+ (B) (C) + (D)



Baixar 65.91 Kb.
Encontro07.08.2016
Tamanho65.91 Kb.

QUÍMICA (PROVA AMARELA)


25) Dada a reação química expressa pela equação:
a H3PO4 + b Na2O c Na3PO4 + d H2O e, sendo:
(A) + (B) (C) + (D) os reagentes e produtos, respectivamente, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).
(OBSERVAÇÃO: Os coeficientes a, b, c e d devem estar na sua proporção mínima de números inteiros).
01. A dissociação iônica do ácido (A) é feita em três etapas.

02. O Na3PO4 é um sal neutro.

04. O coeficiente do reagente (B) é 3.

08. A soma de todos os coeficientes da equação (a + b + c + d) é 10.

16. As substâncias reagentes (A) e (B) são, respectivamente, um ácido triprotônico e uma monobase.

32. O produto (D) é um óxido ácido.

64. A soma dos coeficientes dos reagentes da equação (a + b) é 4.


Comentário




Resposta: 15

16. Incorreta. O Na2O é um óxido básico.

32. Incorreta. O composto H2O não é um óxido ácido porque não reage com a água formando um ácido.

64. Incorreta. a + b = 2 + 3 = 5


Observação: Na alternativa 02, se considerarmos a reação de hidrólise, o Na3PO4 produz reação básica por ser formado por uma base forte e um ácido fraco.


26) Uma das principais partículas atômicas é o elétron. Sua descoberta foi efetuada por J. J. Thomson em uma sala do Laboratório Cavendish, na Inglaterra, ao provocar descargas de elevada voltagem em gases bastante rarefeitos, contidos no interior de um tubo de vidro.


No tubo de vidro “A”, observa-se que o fluxo de elétrons (raios catódicos) colide com um anteparo e projeta sua sombra na parede oposta do tubo.

No tubo de vidro “B”, observa-se que o fluxo de elétrons (raios catódicos) movimenta um catavento de mica.

No tubo de vidro “C”, observa-se que o fluxo de elétrons (raios catódicos) sofre uma deflexão para o lado onde foi colocada uma placa carregada positivamente.

Observando os fenômenos que ocorrem nos tubos, podemos afirmar CORRETAMENTE que:


01. gases são bons condutores da corrente elétrica.

02. os elétrons possuem massa – são corpusculares.

04. os elétrons possuem carga elétrica negativa.

08. os elétrons partem do cátodo.

16. os elétrons se propagam em linha reta.

32. o catavento entrou em rotação devido ao impacto dos elétrons na sua superfície.




Comentário




Resposta: 62

01. Incorreto. Os gases normalmente não produzem íons; são, portanto, maus condutores de corrente elétrica.




27) A energia de ionização dos elementos químicos é uma propriedade periódica, isto é, varia regularmente quando os mesmos estão dispostos num sistema em ordem crescente de seus números atômicos. O gráfico, a seguir, mostra a variação da energia de ionização do 1o elétron, em e.V, para diferentes átomos.
Com base na ilustração, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).

01. A carga nuclear é o único fator determinante da energia de ionização.


02. Selecionando-se três átomos com maior dificuldade para formarem cátions monovalentes, teríamos os átomos de He, Li e Na.
04. O potássio é o metal que apresenta o menor potencial de ionização, entre os elementos representados.
08. No intervalo Z = 3 a Z = 10, observa-se que o aumento da carga nuclear tende a aumentar a força de atração do elétron pelo núcleo.
16. Os elevados valores da energia de ionização para os gases He, Ne e Ar são evidências de que “camadas eletrônicas completas” são um arranjo estável.
32. Considerando os elementos que formam um período da tabela periódica, a tendência da energia de ionização é diminuir com o aumento do número atômico.
64. As menores energias de ionização correspondem aos metais alcalinos.


Comentário




Resposta: 92

01. Incorreta. Existem outros fatores que determinam a energia de ionização, tais como: raio atômico e número de elétrons na camada de valência.

02. Incorreta. Dos elementos citados, apenas o He apresenta alta energia de ionização e, portanto, maior dificuldade em formar íons positivos (cátions).

32. Incorreta. Em um período, à medida que aumenta o número atômico, o número de camadas eletrônicas permanece constante, e, assim, a força de atração núcleo–elétrons aumenta, e a energia de ionização também.




28) Considere um átomo representado pelo seu número atômico Z = 58 e em seu estado normal.
É CORRETO afirmar que:
01. o mesmo possui um total de 20 elétrons em subnível f.

02. o primeiro nível de energia com elétrons em orbitais d é o n = 4.


04. se um de seus isótopos tiver número de massa 142, o número de nêutrons desse isótopo é 82.
08. os subníveis 5s 4d 5p 6s 4f não estão escritos na sua ordem crescente de energia.
16. sua última camada contém 2 elétrons no total.
32. um de seus elétrons pode apresentar o seguinte conjunto de números quânticos: n = 2, l = 0, m = +1, s = +1/2.


Comentário

Resposta: 16

01. Incorreto. Fazendo a configuração eletrônica, temos: 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6 4s2 3d10 4p6 5s2 4d10 5p6 6s2 4f2 , portanto dois elétrons ficam em subnível f.

02. Incorreto. O primeiro nível de energia com elétrons em orbitais d é o 3d10, assim n=3.

04. Incorreto. Como A = Z + n, temos que 142 = 58 + n \ n = 142 – 58 = 84 nêutrons.

08. Incorreto. Analisando a alternativa 01, verificamos que os subníveis citados estão em ordem crescente de energia de acordo com o diagrama de Linus Pauling.

32. Incorreto. Se l = 0, o valor de m só pode ser zero.




29) Um álcool secundário, de fórmula molecular C4H10O, quando aquecido na presença de alumina (Al2O3) sofre desidratação, dando origem ao composto orgânico A que, por sua vez, é tratado com um ácido halogenídrico (HX), produzindo o composto orgânico B. Considere que os produtos A e B são aqueles que se formam em maior quantidade.
Como as informações acima são verdadeiras, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S):
01. a estrutura do álcool secundário admite isomeria ótica.
02. o álcool secundário é denominado oficialmente 2-butanol.
04. o composto A formado admite isomeria geométrica ou cis-trans.
08. o composto A formado é o 1-buteno.
16. o composto B formado admite simultaneamente isomeria geométrica e isomeria ótica.
32. o composto B formado admite isomeria ótica.


Comentário

Resposta: 39

08. Incorreta. O composto A formado é o buteno-2.

16. Incorreta. Admite apenas isomeria óptica.


30) O narcotráfico tem sempre uma novidade para aumentar o vício. A última é o GHB, com a seguinte fórmula estrutural plana:


Entre os principais malefícios da droga estão:



- dificuldade de concentração

- perda de memória

- parada cardiorrespiratória

- diminuição dos reflexos

- perda da consciência

- disfunção renal
Com base na estrutura orgânica acima, assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S):
01. a fórmula representa um composto orgânico de função mista: ácido orgânico e enol.
02. o carbono onde está ligado o grupo hidroxila é o carbono delta.
04. a hidroxila está ligada ao carbono 4 da cadeia principal.
08. a nomenclatura do composto é ácido gama-hidróxi-butanóico.
16. na estrutura do referido composto existe um carbono insaturado.
32. todos os carbonos da cadeia são saturados.
64. o composto possui isômeros óticos que apresentam os mesmos princípios maléficos acima referidos.


Comentário

Resposta: 28

01. Incorreta. É ácido orgânico e álcool.

02. Incorreta. Ele está ligado ao carbono gama.

32. Incorreta. O carbono-1 (da carboxila) é um carbono hibridado na sp2, portanto, é insaturado.

64. Incorreta. Não apresenta isomeria óptica.


31) A estrutura do hidrocarboneto aromático benzeno (C6H6) é representada pelo híbrido de ressonância a seguir, que possui:


01. três carbonos híbridos em sp3 e três carbonos híbridos em sp2.
02. seis orbitais não-híbridos denominados “p puro”.
04. todos os átomos de hidrogênio ligados aos de carbono através de ligações â (s-sp2).
08. três ligações do tipo p.
16. apenas seis ligações do tipo â.
32. todos os carbonos híbridos em sp2.
64. três carbonos saturados e três carbonos insaturados.


Comentário

Resposta: 46

01. Incorreta. Existem 6 átomos de carbono sp2.

16. Incorreta. São 12 ligações sigma.

64. Incorreta. Todos os carbonos são insa-turados.



32) Assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S) a respeito da cadeia carbônica de fórmula estrutural plana que segue:

01. representa uma cadeia carbônica acíclica heterogênea.


02. é uma amida primária monossubstituída.
04. é uma amina primária.
08. o radical orgânico ligado ao grupo amino (-NH2) é uma alcoíla ou alquila.
16. é isômero de cadeia da substância: H2N – CH2 – CH2 – CH2 – CH3.
32. possui um carbono assimétrico.
64. todos os seus carbonos são saturados.


Comentário

Resposta: 92

01. Incorreta. A cadeia é acíclica e homo-gênea.

02. Incorreta. É uma amina primária.

32. Incorreta. Não existe carbono assimé-trico.



33) Soluções ácidas e soluções alcalinas exibem propriedades importantes, algumas delas ligadas à força do ácido ou da base. Uma solução aquosa de um ácido genérico HA poderá ser classificada como solução de um ácido fraco quando:

01. não se alterar na presença de uma base.


02. apresentar coloração avermelhada na presença do indicador fenolftaleína.
04. apresentar uma concentração de íons H+ maior que a concentração de íons A-.
08. mantiver uma concentração de HA muito maior que a concentração dos íons H+.
16. a solução for altamente condutora de corrente elétrica.


Comentário

Resposta: 08

01. Incorreta. Ácidos, independentemente das suas forças, reagem com bases, portanto sofrem alteração.

02. Incorreta. Em presença de ácidos a fenolftaleína deixa o meio incolor.

04. Incorreta. A força de um ácido não depende da relação entre H+ e A, mas sim do grau de ionização do ácido.

16. Incorreta. Ácidos fracos apresentam grau de ionização pequeno e, portanto, possuem pequena concentração de íons no meio, o que torna a solução fraca-mente condutora de eletricidade.


34) A glicose, fórmula molecular C6H12O6, se presente na urina, pode ter sua concentração determinada pela medida da intensidade da cor resultante da sua reação com um reagente específico, o ácido 3,5-dinitrossalicílico, conforme ilustrado na figura:

0,0

0,2

0,4

0,6

0,8

1,0

1,2

1,4

0,0

0,2

0,4

0,6







Concentração de glicose (g/100mL)

Imaginemos que uma amostra de urina, submetida ao tratamento acima, tenha apresentado uma intensidade de cor igual a 0,2 na escala do gráfico. É então CORRETO afirmar que:


01. a concentração de glicose corresponde a 7,5 g/L de urina.

02. a amostra apresenta aproximadamente 0,028 mol de glicose por litro.

04. observa-se, na figura, que a intensidade da cor diminui com o aumento da concentração de glicose na amostra.

08. a intensidade da cor da amostra não está relacionada com a concentração de glicose.

16. uma vez que a glicose não forma soluções aquosas, sua presença na urina é impossível.


Comentário

Resposta: 02

01. Incorreto. A concentração de glicose corresponde a 5 g/L.

04. Incorreto. Pela análise do gráfico veri-fica-se que a intensidade da cor é dire-tamente proporcional à concentração da glicose.

08. Incorreto. A intensidade da cor da amostra está diretamente relacionada com a concentração da glicose.

16. Incorreto. A glicose é uma substância que se dissolve em água, por isso a sua presença na urina é possível.


35) Dados os potenciais de redução E0 (em volts, em solução aquosa 1M, a 25oC e 1atm.) das semi-reações:

assinale a(s) proposição(ões) CORRETA(S).
01. O Ca2+ recebe mais facilmente elétrons.

02. O Ni0 perde mais facilmente elétrons.

04. O Zn2+ perde mais facilmente elétrons.

08. O Ni2+ recebe mais facilmente elétrons.

16. O Ca0 perde mais facilmente elétrons.

32. O Zn2+ é o melhor agente redutor.

64. O Ni2+ é o melhor agente oxidante.


Comentário

Resposta: 88

01. Incorreta. Por apresentar o menor po-tencial de redução, o Ca2+ é o que mais dificilmente recebe elétrons.

02. Incorreta. Por apresentar o maior po-tencial de redução, o Ni0 é o que mais facimente recebe elétrons.

04. Incorreta. Por não apresentar o menor potencial de redução, o Zn2+ não é o que mais facilmente perde elétrons.

32. Incorreta. O melhor agente redutor é o Ca0 .


36) Verifica-se, experimentalmente, que a pressão de vapor de um líquido aumenta com a elevação da temperatura e que, na temperatura de ebulição, seu valor é máximo.
A 100oC a pressão máxima de vapor da água pura é de 1 atmosfera, e nessa temperatura a água pura entra em ebulição, conforme ilustração a seguir:

Numa cidade, cuja altitude é superior à do nível do mar, a temperatura de ebulição da água pura é:


01. menor que 100oC, porque a pressão atmosférica é menor.
02. maior que 100oC, porque a pressão atmosférica é menor.
04. menor que 100oC, porque a pressão atmosférica é maior.
08. maior que 100oC, porque a pressão atmosférica é maior.
16. igual a 100oC, porque a fórmula da água não se altera, seja qual for a temperatura ou pressão.


Comentário

Resposta: 01

02. Incorreta. Quanto maior a altitude menor a pressão atmosférica do local e menor o ponto de ebulição da água.

04. Incorreta. É menor do que 100 °C, porque a pressão atmosférica é menor.

08. Incorreta. É menor do que 100 °C.



16. Incorreta. O P.E. da água é menor do que 100 °C.



©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal