1- onde nasceu? Nasci em Mouraz. 2-Viveu sempre em Mouraz?



Baixar 7.47 Kb.
Encontro02.08.2016
Tamanho7.47 Kb.
INQUÉRITO REALIZADO A UMA PESSOA IDOSA DA TERRA

1- Onde nasceu?

Nasci em Mouraz.



2-Viveu sempre em Mouraz?

Sim.
3-Então sabe o nome de pessoas que estão ligadas à história desta terra?

Sim, penso que os Mouros estão ligados à história da nossa terra.
4-Ainda se lembra dos seus nomes?

Não, pois já faz muito tempo.


5-Há aqui casas muito antigas. Sabe o seu nome?

Casa dos Lobos, o Tribunal, a Cadeia, a Escola, a Câmara, o Solar e a Igreja.


6-Quer contar-nos um pouco da sua história?

Antigamente, a aldeia do Caravalhal era uma vila que tinha como concelho Mouraz.


7- Conheceu quem lá viveu?

Sim.
8- Quer falar-nos um pouco dessa pessoa ou pessoas?

Apenas sei, hoje, que a pessoa que vive na casa dos Lobo ainda lá permanece.
9- Sabe o nome de outras pessoas importantes aqui da terra?

Não.
10- Sabe alguma história acerca da nossa aldeia?

Não porque a história desta aldeia tem muitos anos e não me lembro.
11- Que festa se celebra aqui todos os anos?

Festa de S. Pedro no dia 29 de Junho e festa da Nossa Senhora da Esperança no dia 5 de Agosto.


12- Qual o seu padroeiro ou padroeira?

O Santo Padroeiro S. Pedro.


13 – É capaz de descrever como era esta festa no seu tempo?

Antigamente iam cortar um pinheiro grande e iam às fazendas roubar molhos de vides para fazer a fogueira. O povo reunia-se à volta da fogueira a cantar e a divertir-se. Celebra-se ainda a missa como se faz recentemente e a procissão com o santo padroeiro.


14- Hoje é muito diferente do seu tempo?

Não, porque as tradições vão-se mantendo, só que agora por vezes fazem bailarico, coisa que antes era rara. Até eram as próprias pessoas a cantar para se divertirem.


15- Que pratos típicos eram confeccionados?

Chanfana, papas de milho, torresmos, lapas de Mouraz e caldo verde.


16-Quer ensinar-nos como se confeccionavam um deles?

Receita da chanfana:

Na véspera tempera-se a carne de cabra ou ovelha com vinho tinto, alho, louro, salsa, piripiri e sal. No dia seguinte vai na padela de Barro ao forno de lenha. Deixa-se assar a carne até se separar do osso. Serve-se com batata cozida e verdura.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal