1 Administração: conceito e importância 14



Baixar 0.94 Mb.
Página3/17
Encontro18.07.2016
Tamanho0.94 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   17

Fonte: (MAXIMIANO, 2000, p. 31)

3.2.2 Levantamento Simples
O levantamento simples é feito usando-se questionários, entrevistas, observação direta e outras técnicas semelhantes de obtenção de informações. Seu objetivo é simplesmente identificar as características de algum fenômeno administrativo, entender algo que esteja ocorrendo num grupo de organizações, ou analisar a freqüência com que determinada técnica ou princípio está disseminada. O levantamento simples estuda um aspecto singular, chamado variável de observação.

O levantamento simples é feito apoiado em urna pergunta básica, também chamada pergunta-chave ou questão de pesquisa.

Por exemplo:


  • Quais as estruturas organizacionais mais freqüentes em empresas de engenharia?

  • Quais são as atribuições mais comuns dos gerentes de recursos humanos? Com que freqüência os grupos autogeridos são empregados pelas empresas de um ramo de negócios?

  • Quais os critérios utilizados pelas empresas para promover a participação nos lucros e resultados?


3.2.3 Levantamento Correlacional
Os levantamentos correlacionam procuram identificar relações de causa e efeito entre determinados processos ou variáveis. Por exemplo: entre a produtividade da equipe de trabalho e o estilo de chefia de seu gerente; entre a satisfação dos empregados e os métodos de trabalho que a organização utiliza. O levantamento correlacional procura identificar o efeito ou impacto de um tipo de variáveis (variáveis independentes ou causas) sobre outro tipo de variáveis (variáveis dependentes ou efeitos). A finalidade é verificar se há alguma relação do tipo "se x, então y" (Figura 6).

Figura 6: Exemplo de estudo de correlação






Fonte: (MAXIMIANO, 2000, p. 32)

Tabela 1: Informações produzidas por um estudo correlacional


Nível em que o superior aceita sugestões do subordinado



Satisfação experimentada pelo funcionário


Alta

Média

Baixa




Elevado

30*

10

10

50

Moderado

20

5

5

30

Baixo

10

0

10

20




60

15

25

100

* 30 = Número de empregados que manifestam satisfação elevadas e, ao mesmo tempo, consideram elevado o nível em que o superior aceita suas sugestões. O mesmo raciocínio aplica-se às outras células.

Fonte: (MAXIMIANO, 2000, p. 36)
Os mesmos princípios do levantamento simples aplicam-se aqui. A diferença fundamental está no fato de que o levantamento correlacional usa pelo menos duas classes de variáveis (ou questões) que são contrastadas entre si. A pergunta básica do levantamento correlacional, como nos exemplos a seguir, deixa evidente a tentativa de associação entre duas questões:

  • De que modo o estilo de liderança do chefe (efeito) é influenciado por seu treinamento (causa)?

  • Quando o chefe aceita sugestões (causa), qual o efeito sobre a satisfação experimentada por seus funcionários (efeito)?


4 OBJETIVOS E CAMPO DE APLICAÇÃO


A Teoria Geral da Administração abrange os conhecimentos descritivos ou prescritivos que se relacionam com as organizações, os administradores e o processo administrativo. Seu objetivo final é a preparação de administradores para todos os tipos de organizações. Derivados desse objetivo final, os grandes objetivos específicos da Teoria Geral da Administração são os seguintes:



  1. Entender e explicar as organizações.

  2. Entender e explicar o papel da administração e dos administradores nas organizações.

  3. Identificar e propor diretrizes e técnicas para administrar as organizações.

A Teoria Geral da Administração abrange grande variedade de assuntos específicos. Esses assuntos específicos correspondem a teorias específicas ou campos do conhecimento com vida própria (por exemplo, teoria das organizações, teoria da decisão, liderança, papel gerencial, administração estratégica, estrutura organizacional), de tal maneira que a teoria geral da administração é um sistema que abrange diversas teorias distintas e interdependentes.

Os conhecimentos que compõem a Teoria Geral da Administração agrupam-se em três categorias principais: enfoques, modelos e escolas conforme mostra a Figura 7. As fronteiras entre essas três categorias não são rígidas, de forma que há muita sobreposição entre elas.

Figura 7: Três maneiras de estudar administração

1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   17


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal