1 Em Felicidade Clandestina, a que felicidade o texto remete? A felicidade pode ser clandestina? Se sim, por quê?



Baixar 4.47 Kb.
Encontro27.07.2016
Tamanho4.47 Kb.
QUESTÕES

1) Em Felicidade Clandestina, a que felicidade o texto remete? A felicidade pode ser clandestina? Se sim, por quê?

2) Dentre os temas recorrentes na produção literária de Clarice, está a complexidade das relações humanas. Transcreva um trecho de Felicidade Clandestina em que isso esteja explícito.

3) Transcreva o trecho do conto em que a relação com o livro é elevada da simples relação com um objeto para uma relação afetuosa, amorosa.

4) No trecho “era um livro para se ficar vivendo com ele, comendo-o, dormindo-o”, o que leva a narradora a escolher esses verbos? Como isso se comprova no final do texto?

5) A narradora afirma ter passado por uma “tortura chinesa”. Tal expressão pode ser entendida como uma forma de punição intensa e, principalmente, demorada. Por que a protagonista se submeteu a essa tortura?

6) De que forma é construída a narrativa de A Quinta História? Quais os efeitos de sentido provocados? Em outras palavras, como a estrutura do texto interfere na interpretação de cada trecho?

7) Imagine que a terceira história é construída principalmente a partir de metáforas. O que cada uma daquelas baratas – e, especialmente, a forma como elas morreram –, pode estar representando? (Para fins de contextualização: a cidade de Pompeia foi soterrada por um vulcão e reencontrada séculos depois, com os corpos petrificados de seus habitantes)

8) Cada “história” contada em A Quinta História, com exceção da quarta, tem um título que remete ao seu conteúdo e ao ponto de vista tomado naquela versão da narrativa. Que título traduziria bem essa quarta história?

9) Quando analisamos o conto A Quinta História, percebemos que cada uma das “histórias” é contada em um parágrafo diferente. Sendo assim, conclua a última história, em um parágrafo de 5 a 15 linhas.

A quinta história chama-se “Leibnitz e a Transcendência do Amor na Polinésia”. Começa assim: queixei-me de baratas...



10) Ao final das duas histórias, como se sentiam as narradoras? Insatisfeitas? Aliviadas? Se possível, estabeleça alguma relação entre elas, mesmo que seja de oposição.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal