1 Enumere as principais características da Teoria Estruturalista?



Baixar 55.3 Kb.
Encontro06.08.2016
Tamanho55.3 Kb.
1) Enumere as principais características da Teoria Estruturalista?

- Visão crítica da escola de Relações Humanas;

- Ênfase na análise dos elementos formais e informais da organização e suas relações;

- Ênfase na análise das interações entre a organização e seu ambiente externo;

- Análise das relações entre as organizações e entre estas e o governo, bem como, entre os seus parceiros;

- Análise da atuação dos grupos informais dentro e fora das organizações;

- Ênfase no estudo das recompensas materiais, sociais e psicológicas e os efeitos de umas sobre as outras.
2) Como os estruturalistas analisavam as organizações da sociedade moderna?

A Teoria Estruturalista enfatizou o estudo e análise de diversos tipos de organizações - empresas, sindicatos, escolas, universidades, partidos políticos e etc.

Seus princípios básicos são os seguintes:

- A sociedade é constituída de organizações;

- Os novos problemas organizacionais exigem novas análises;

- A análise do comportamento deve basear-se na análise de papéis;

- As organizações são unidades sociais de análise organizacional. Os mais conhecidos são de Etzioni, Blau e Scott, Parsons, Mintzberg, Thompson e etc.
3) Como os estruturalistas analisam as relações entre as organizações?

1º- Analisam o papel do Estado como ente regulador;

2º- Avaliam como funciona o sistema regulador;

3º- Fazem a análise das relações entre os órgão reguladores;

4º- Analisam os arranjos organizacionais e institucionais utilizados pela organização e pelo Estado para coordenar o seu trabalho conjunto.
4) O que é um Sistema e quais são os seus elementos?

Sistema é um conjunto de partes interdependentes, que juntas formam uma totalidade, um conjunto harmonioso.

Sistema é uma totalidade – um conjunto de partes que se relacionam entre si e constituem algo novo.

São os seguintes os seus elementos:



  1. Entradas(insumos ou input);

  2. Processamento(mecanismos de conversão);

  3. Saídas(produtos ou output);

  4. Objetivos;

  5. Ambiente(meio);

  6. Retroalimentação ou Feedback.


5) Classificação dos Sistemas:

1) Estáticos;

2) Dinâmicos;

3) Concretos;

4) Abstratos;

5) Naturais;

6) Feito pelo homem;

7) Fechados;

8) Abertos.
6) Aspectos de como analisar um Sistema;

Objetivos, Componentes, Processo, Administração e Controle.


7) SWOT?

É uma ferramenta de gestão para verificar a posição estratégica da empresa. Foi Kenneth Andrews quem inovou ao criar um modelo de planejamento estratégico com base na análise das forças(Strengths = S) e fraquezas(Weaknesses = W) no ambiente interno e das oportunidades(Opportunits = O ) e ameaças( Threats = T)no ambiente externo – SWOT – da organização.


8) Descreva e explique o modelo da Matriz BCG?

A Matriz BCG que foi desenvolvida nos anos 70 , compara o crescimento de um mercado com a cota de mercado da empresa. Seu idealizador Bruce Henderson afirmou o seguinte: ”Para ter sucesso, uma empresa precisa ter um portfólio de produtos com diferentes taxas de crescimento de produtos com diferentes taxas de crescimento e diferentes participações de mercados”.

*Produto Estrela – São os produtos líderes, que geram lucros e tem uma alta participação de mercado.

*Produto Ponto de Interrogação – Produtos novos, com potencial de sucesso, mas que precisa de dinheiro para ser desenvolvidos.

*Produto Vaca Leiteira – Produtos que exige muito investimento para manter sua participação no mercado.

*Produto Cachorro – Produtos com pequena participação de mercado que não tem potencial de gerar lucro.




9) Descreva e explique o modelo de Porter?

O modelo de Porter é denominado de cinco forças. Através desse modelo Porter identificou as forças ambientais que influenciam o nível de concorrência de um setor de atividades.

Concorrentes

Potenciais

(novos entrantes)
Poder de Rivalidade Poder

Barganha entre os de barga

dos Forne- concorrentes nha dos

cedores Clientes


Substitutos
10) O Modelo dos 7S de Thomas J. Peters e Robert Waterman:

O modelo oferece uma estrutura com a qual pode ser feita uma análise da empresa como um todo, de modo que os problemas possam ser diagnosticados e assim, formulados e implementados novas estratégias.

São sete elementos a serem analisados: estratégia, estrutura, sistemas, habilidades, pessoal, estilo, metas e valores.
11) Enumere as principais características da Teoria Contingencial:

1ª – Foco nos fatores externos: mercado, clientes, governo, concorrentes e etc.;

2ª – Ênfase no caráter adaptativo das organizações ao seu ambiente;

3ª – Críticas aos princípios de Administração;

4ª – Visão crítica da abordagem prescritiva e formalista da Administração;

5ª – Ênfase em questões pontuais e específicas tais como: tecnologia X estrutura e modelo de gestão e estratégia X estrutura.


12) As Principais Premissas da T. Contingencial:

* As organizações adaptadas ao seu ambiente externo são as que apresentam melhor desempenho;

* A grande mudança ambiental é fator decisivo e determinante na organização e funcionamento das organizações;

* A dinâmica de relacionamento entre a empresa e seu ambiente é fator determinante na escolha e implementação da sua estrutura e modelo de gestão;

* O desenho apropriado da estrutura organizacional depende do contexto da organização;

* Os elementos centrais do desenvolvimento organizacional são determinados por aspectos do ambiente externo;


13) Características dos 3 tipos de ambiente nos quais uma organização pode atuar:

*Ambiente estável:

-Volumes previsíveis;

-Conjunto estável de concorrentes;

-Não há mudanças freqüentes de políticas governamentais e legislação que regulam o setor;

*Ambiente em Mudança:

-Mudanças na procura de produtos e serviços;

-Contínuas inovações de produtos e processos, mas previsíveis;

-Mudanças freqüentes e previsíveis de políticas e legislação;

-Grande flutuação do nº de empresas atuante no setor

*Ambiente Inovador:

-Grande flutuação na demanda de produtos e serviços;

-Mudanças rápidas e qualitativamente diferentes de políticas e legislação;

-grande desenvolvimento tecnológico de produtos e processos;

-Rápidas inovações.
14) Abordagem Sistêmica e Contingencial:

Sistêmica- relações de troca entre a empresa e o seu ambiente externo.

Contingencial- influência dos fatores externos sobre o desempenho e o comportamento da organização.
15) Teoria da Necessidades dos Empreendedores:

Birley e Westhead, são 5 as necessidades:

1ª – Aprovação;

2ª – Independência;

3ª – Desenvolvimento Pessoal;

4ª – Segurança;

5 – Auto-realização.
16) O Ciclo PDCA:

O método PDCA tem como base o controle de processos. Esse método foi desenvolvido na década de 1930 por Walter A. Shewhart. Em 1990, Deming propôs o Processo de Melhoria Contínua através do ciclo PDCA, aperfeiçoando-o e sendo seu maior divulgador no Japão pós-guerra.



P(plan=planejar): definir o que se quer, estabelecer metas e métodos, planejar o que será feito.

D(do=executar): tomar iniciativa, educar, treinar, implementar, executar o que foi anteriormente planejado.

C(check=verificar): verificar os resultados, conferir se estão acontecendo como planejados.

A(action=agir): verificar os resultados, conferir se estão acontecendo como planejados.
17) O Modelo de Juran: A Triologia Juraniana:

Ele desenvolveu um modelo de gestão da qualidade centrado em três processos chaves:



1) Planejamento da qualidade: diz respeito à definição da missão, dos clientes e produtos/serviços da organização, dos recursos e dos padrões de excelência;

2) Controle de qualidade: consiste em monitoramento, supervisão e avaliação dos produtos e processos com base nos padrões de qualidade estabelecida;

3) Melhoria da qualidade: consiste na solução de problemas e realização de ações de melhoria da qualidade do produto/serviços e processos.
18) O Diagrama de Ishikawa:

Com essa ferramenta, procura-se identificar e analisar as principais causas de um problema a fim de solucioná-lo mais facilmente. As possíveis causas do problema são separadas por blocos. Cada tipo de causa é identificado por uma “espinha de peixe” cujo formato no gráfico é composto pela espinha dorsal (por que ocorre o problema?) e pelas hastes espinhais (quais são os tipos de causas?)


19) O Modelo de Crosby:

Philip Crosby definiu qualidade como conformidade do produto ou serviço aos requisitos definidos.

Crosby identifica cinco estágios de desenvolvimento de uma organização: Incerteza, Despertar, Esclarecimento, Sabedoria e Certeza.
20) Explique o Conceito de Ética nos Negócio (Ética Empresarial):

A ética nos negócios versa sobre a adoção de uma conduta ética pela empresa e a utilização e princípios éticos e valores morais que devem nortear o relacionamento da empresa com os seus diversos públicos: acionistas, clientes, empregados, parceiros, governo, sociedade e meio ambiente.


21) Qual é o Conceito de Empresa Ética?

Uma empresa ética alia o discurso a pratica ética. Colocam em prática os seus princípios éticos mesmos quando isso possa vir a gerar prejuízos, reduzir sua lucratividade, abandonar mercados e não atender a certos clientes.


22) O que é Código de Ética?

É o documento principal da gestão da ética e da responsabilidade social na empresa. Inclui declarações formais relativas às expectativas da empresa acerca das atitudes dos empregados, fornecedores, clientes, prestadores de serviços e demais parceiros em matéria de conduta.


23) Explique os conceitos de Responsabilidade Social Corporativa(RSC) e Balanço Social:

RSC é o compromisso que uma organização deve ter para com a sociedade, expresso por meio de atos e atitudes que a afetem positivamente. É uma nova maneira de conduzir os negócios, tornando a empresa parceira e co-responsável pelo desenvolvimento social.

Responsabilidade Social Interna é o compromisso que a empresa tem em relação ao seu público interno( acionistas, empregados e dependentes).

Responsabilidade Social Externa é compromisso social que a empresa tem em relação aos seus clientes, parceiros, governo, comunidade e Meio Ambiente.

Balanço Social é um instrumento de análise, prestação de contas e divulgação das ações sociais da empresa.
24) Teoria dos 3Is de Charles Handy:

Handy desenvolveu a Teoria dos 3 Is: Informação, Inteligência e Idéias, os três principais ingredientes de uma empresa de sucesso e que constituem a base da excelência empresarial.


25) A Teoria da Liderança como Fator de Excelência empresarial:

Para Jim Collins, a liderança é um fator-chave para o sucesso da empresa: “um dos elementos que fazem com que uma empresa deixe de ser boa para ser excelente é a liderança” E classificou os líderes empresarias em cinco níveis:

* Nível 5 – Líder Excelente- constrói excelência por meio da humildade pessoal e determinação profissional

* Nível 4 – Líder Eficiente- demonstra um alto grau de comprometimento. Tem visão inovadora e estimula seus funcionários a produzirem mais.

* Nível 3- Gerente Competente- organiza pessoas e recursos para que os resultados sejam atingidos.

* Nível 2- Membro da Equipe que Contribui- contribui com a sua capacidade individual para que o grupo cresça e seja capaz de alcançar seus objetivos.

* Nível 1- Indivíduo Altamente Capaz- contribui individualmente, por meio de seus talento, conhecimento e bons hábitos de trabalho.
26) A Teoria de Transformação de George Land:

Para que uma empresa mantenha-se viva, deve evoluir continuamente para níveis mais altos de complexidade, integração e interdependência:

1ªFase- Formação-quando a empresa surge, tem inicio a sua formação.

2ªFase- Normatização- privilegia o estabelecimento de regras e políticas que regulam o seu funcionamento.

3ªFase- Recriação- defronta com demandas que dela exigem maior flexibilidade, agilidade e inovação.

4ªFase- Integração- caracteriza-se pela implantação de um novo modelo de negócios, de organização e gestão, ajustando-o às novas condições ambientais.


27) Reengenharia:

Hammer e Champy criaram um redesenho radical dos processos de negócio com o objetivo de obter melhorias em três áreas: custos, serviços e tempo.

REENGENHARIA

Custos Serviços Tempo




28)Conceito de Reengenharia:

É mudar a forma como o trabalho é feito para:

-obter mais competitividade;

-garantir mercado para sobreviver e/ou continuar a crescer;

-melhorar a eficiência e eficácia de suas operações e processos, tendo em vista melhor atender às necessidades dos clientes.
29)Etapas do Processo de Reengenharia:

Hammer identificou os seguintes passos para se criar uma empresa de processos:



  1. Identificar os processos;

  2. Escolher o líder;

  3. Montar equipe multifuncional;

  4. Colocar as idéias em prática.


30) Reengenharia Clássica:

-Ênfase nos processos;

-Redução de Custos;

-Focos nos processos empresariais;

-Aplicação das técnicas de reengenharia aos processos da empresa;

-Uso da tecnologia de informação como base da inovação.


31) X-engenharia:

-Ênfase nos clientes;

-Redução drástica dos custos;

-Focos nos processos intra e inter-empresariais;

-Aplicação das técnicas de reengenharia a toda cadeia de valor da qual a empresa participe;

-Uso da tecnologia de informação e da web como base da inovação.


32)Discorra sobre as contribuições de Alvim Toffler e John Naisbitt:

Alvim Toffer- é o autor dos livros “O Choque do Futuro”, onde analisou a nova sociedade do conhecimento e das informações e criou o conceito de “Ad-hocracia” e “Terceira Onda”, onde identificou as três ondas de mudanças que culminaram com o surgimento da sociedade pós-industrial baseada no valor do conhecimento e da informação.

Onde:

1ª Onda- da cultura nômade para revolução agrária;



2ª Onda- da sociedade agrária para a sociedade industrial;

3ª Onda- da sociedade industrial para a sociedade pós-industrial(revolução do conhecimento).

John Naisbitt- definiu as megastendências que caracterizam a passagem da sociedade industrial para a sociedade pós-industrial. Como por exemplo, as novas tecnologias de informação, as inovações nas comunicações e na tecnologia dos computadores e os novos desafios da educação etc.
33) O Ócio Criativo:

O ócio criativo, valorizam e estimulam as seguintes capacidades humanas>

*Introspecção( o pensar reflexivo );

*Ideação( o pensar crítico );

*Produção Criativa( materialização das idéias em projetos concretos );

*Reprodução Vital( sustentabilidade dos projetos criados );

*Jogo Inventivo( estímulo à criatividade e à inovação, difusão, educação para a criatividade ).
34) Conhecimento Explícito:

È aquele que, registrado de alguma forma, encontra-se disponível para as pessoas.


35) Conhecimento Tácito

É aquele que as pessoas possuem, mas não está descrito em nenhum lugar, residindo apenas em suas cabeças.


36) Gestão do Conhecimento:

É um processo sistemático, articulado e intencional, apoiado na geração, codificação, disseminação e apropriação de conhecimentos, com o propósito de atingir a excelência organizacional.


37) Teoria dos 4 Capitais de Conhecimento

1) Capital Ambiental: é o conjunto de fatores que descrevem o ambiente onde a organização está inserida.

2) Capital Intelectual: refere-se ao conjunto de habilidades, conhecimento e experiência que os empregados possuem e que utilizam na organização.

3) Capital Estrutural: é o conjunto de sistemas administrativos, conceitos, modelos, rotinas, marcas, patentes e sistemas de informática desenvolvido pela organização.

4) Capital de Relacionamento: é composto pela rede de relacionamento de uma organização e seus colaboradores e stakeholders(clientes, fornecedores, acionistas, revendedores, franqueados, licenciados, distribuidores etc.).
38) O que são organizações de aprendizagem?

São aquelas organizações nas quais as pessoas expandem continuamente sua capacidade de criar resultados que realmente desejam, onde surgem novos e elevados padrões de raciocínio, onde a aspiração coletiva é libertada e onde as pessoas aprendem continuamente a aprender em grupo.


39) As características das organizações que aprendem – as Learning Organizations:

*Ter uma abordagem sistemática para resolver problemas;

*Experimentar e ousar novas abordagens;

*Ser capaz de aprender com suas próprias experiências;

*Ser capaz de aprender com as experiências de 3º;

*Transferir, de forma rápida e eficiente, o conhecimento para toda a organização.


40)Define os conceitos de Criatividade e Inovação:

Criatividade é criar algo novo, desenvolver uma idéia nova e dar utilidade à novidade.

Inovação é a transformação dessa nova idéia em um produto, serviço ou negócio. É a transformação de uma nova idéia em algo concreto.
41) Defina o Conceito de Pensamento Lateral:

É a expressão usada para identificar o processo lógico convencional, e o pensamento lateral, que representa um modo criativo e diferente de usar a mente.


42) Quais são as principais características de uma Empresa Virtual?

São as seguintes as principais características de uma Empresa Virtual:

-Orientada ao consumidor e capaz de responder as suas necessidade de forma eficaz em termos do tempo e custo;

- Constitui uma rede temporária de companhias independentes( fornecedores, consumidores e competidores ).

-É ligada por tecnologia avançada de informação–TI;

-Não possui um escritório central de organograma;

-Não tem hierarquia, nem organograma vertical;

-Seus processos-chaves são subcontratados a outros fornecedores;

-Assume a forma de rede;

-Prioriza o controle de resultados e não do processo;

-Ênfase nos relacionamentos;

-Uso do teletrabalho.


43) O que é Teletrabalho?

O teletrabalho ocorre quando as TI e o computador são utilizados para a realização do trabalho longe da sede da empresa e, com isso, altera a noção de espaço da organização.


44) O 4 tipos de Redes:

São: Internet, Intranet, Extranet e Sohonet.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal