1 Pede criança (Denise Ursine, Marina Morena)



Baixar 43.2 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho43.2 Kb.

1 - Pede criança

(Denise Ursine, Marina Morena)

Pé-de-vento, pé-de-moleque

Pede criança, pé de serelepe

Ver no quintal a tia de avental

Ver da janela flor tão amarela

Ver da varanda tantas rodas de ciranda

Pé-de-vento, pé-de-moleque

Pede criança, pé de serelepe

Bola, pique, pega-pega

Cabra-cega, pipa, pra gente soltar

Lápis, papel e tesoura

Tudo colorido pra gente brincar

Pé-de-vento, pé-de-moleque

Pede criança, pé de serelepe

Fita, boneca, linha, carretel

Bola de meia, canto de sereia

Roda e dança, tudo é coisa de criança


02- Folia no quintal

(Denise Ursine, Marina Morena)

É hora de brincar, não deixa pro final

É hora de brincar, folia no quintal

Corre-cotia, na casa da tia

Roda pião na casa da avó

Bola-de-gude atrás da parreira

Se for esperto ganha a brincadeira

É hora de brincar, não deixa pro final

É hora de brincar, folia no quintal

Pique-parede, corrida de ovos

Meu pai é ferreiro, os prisioneiros

Passe o anel, mamãe-da-rua

Quem chegar primeiro

É o dono da lua

É hora de brincar, não deixa pro final

É hora de brincar, folia no quintal

Amarelinha, jogar purrinha

É bente- alta, brincar de casinha

Salada mista, cirandear

E dona Maria com quem vai casar?

Jogar queimada, tocar e parar

Rouba-bandeira, pique-pegador

Esconde-esconde, duelo de giz

Criança que brinca é bem mais feliz

É hora de brincar, não deixa pro final

É hora de brincar, corre e vem pro quintal.

3- Casa amarela (Denise Ursine e Marina Morena)
Vou te contar um segredo

O segredo da casa amarela

Pode abrir qualquer porta

Ou também qualquer janela

Pode entrar procurar

Em todo e qualquer lugar

O que vai abrir o segredo

Que você vai desvendar

Dentro da casa um quarto

Dentro do quarto uma cama

Debaixo da cama uma mala

Dentro da mala uma caixa

Dentro da caixa um livro

Dentro do livro uma história

Que você vai me contar

Este é o segredo

Que você vai desvendar

Vou te contar um segredo

O segredo da casa amarela

Pode abrir qualquer porta

Ou também qualquer janela.


4 -De papo pro ar (Denise Ursine)

O pato chamou o sapo

Pra bater papo

Pra conversar

O sapo falou pro pato

Gosto de fato de prosear

E os dois no meio da lagoa

Contando história boa de contar

E a noitinha vem caindo à toa

Batendo papo de papo pro ar

Batendo papo de papo pro ar

Batendo papo de papo pro ar!




5- Festa na Floresta (Denise Ursine)

Toda vez que tem festa na floresta

Bem de mansinho vem chegando a bicharada

Vem o macaco como sempre enrolado

Dona coruja com cara desconfiada

Toda vez que tem festa na floresta

Bem de mansinho vem chegando a bicharada

O jacaré coçando o pé com seu bocão

Mostrando a juba vem charmoso o rei leão

E então já dá vontade de tocar

E de novo já é hora de dançar

E cada um, e cada um

E cada um escolha agora o seu par...

6- Carlota Minhoca (Denise Ursine)

Eu estava passeando no jardim

E encontrei uma minhoca

A minhoca olhou pra mim


E me disse: - eu me chamo Carlota!


Carlota minhoca

Gosta de cantar

Carlota minhoca

Disse quer ser artista

7- Castelo de areia (Denise Ursine)
Fiz um castelo de areia

na beira do mar

Veio uma onda tão brejeira

E o meu castelo quis levar


Não leva, não leva o meu castelo

Que um dia nele eu vou morar

Vou ser a princesa dessas praias

E pra lua vou cantar




8- Balança (Denise Ursine)

Balança pra lá

Balança pra cá

A folhinha do coqueiro

Começou a balançar

E o vento soprou

E o vento soprou

A folhinha balançou

Ô ô ô ô

E a folhinha carregou



Ô ô ô ô


9- Passarinhos cantores (Marku Ribas)

Eu sou um canarinho

Eu sou um bem-te-vi

Cantamos a liberdade

Cantamos pra existir

Sabiá, sabiá, sabiá

Onde está, onde está a minha flor

No quintal da vovó eu encontrei

O beija-flor namorando o meu amor

10- Zabelinha (Denise Ursine)


Zabelinha voa... zabelinha voou

Zabelinha voa... zabelinha voou

Faz de novo teu vôo de dança

Ter meus olhos, rever meu amor

Embaralha tuas asas na trança

Teu cabelo tem cheiro de flor

Meu coração é como um rio, deságua

Nos olhos teus um desafio, deságua

Meu coração é como um rio, deságua

Da montanha agora é mar

Da montanha agora é mar...

Zzzzzzzzzzzzz...



11- Desembola (Denise Ursine)

Rola bola, pique-cola, desembola

Quero ver se rola...

Rola bola, pique-cola, desembola

Quero ver se rola...

Rola bola, pique-cola, desembola

Quero ver se rola... de você dizer

Essa trava-língua, sem demora

Quero ver se rola

Eu quero ver você rimar com...

(balão, anel, agora)

Ê menino, ê menina...




12- Festa das caveiras (Denise Ursine)

No cemitério à luz do luar

Três irmãs caveiras foram festejar

Elas chamaram todo cemitério

Aranha, morcego, fantasma aéreo

Tumbalatum, tum tum

Tumbalatum, tum, tum

Uma caveira tocava tambor

E a barulheira era sempre um horror

Tumbalatum, tum tum

Tumbalatum, tum, tum

Outra caveira tocava chocalho

Enquanto dançava com seu espantalho

Tumbalatum, tum tum

Tumbalatum, tum, tum

Outra caveira o sino tocava

E a noite inteira a festa animava

Tumbalatum, tum tum


Tumbalatum, tum, tum

13 - Ziriguibum

(Denise Ursine – Marina Morena - João Luiz Nogueira e Augusto Pimenta)

Mas o que é Ziriguibum?

O que será Ziriguibum?

É uma dança maluca

É um chamego na nuca

É o que dá na sapituca

É o que dá na sapituca

Mas o que é Ziriguibum?

O que será Ziriguibum?

Já perguntei pra minha mãe

Já perguntei pra minha avó

perguntei pra minha tia

Minha cabeça deu um nó

Mas o que eu quero é saber

Você vai ter de responder

Você vai ter que me dizer

Mas o que é Ziriguibum?

O que será Ziriguibum?


É o cabelo da menina


É o cachorro da minha prima

É um som que alucina

É um som que alucina

É um tambor que faz tum, tum

Será que alguém já viu algum?

Se todo mundo já fez um...

Ah! Então deve ser...

Soltar um... huuuummmm!

14 – Pede criança (Denise Ursine)

(Faixa bônus)



CD “O corpo pra que serve” / 2006 – ONG Corpo Cidadão


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal