1 Qual a doutrina contábil explica a dinâmica do balanço, evidenciada pelos fatos permutativos e modificativos? Fundamentar resposta



Baixar 17.4 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho17.4 Kb.
Questões I – Teoria da Contabilidade

1) Qual a doutrina contábil explica a dinâmica do balanço, evidenciada pelos fatos permutativos e modificativos? Fundamentar resposta.

R. A Doutrina Contábil é a NEOCONTISTA.

Para os neocontistas, a principal função da contabilidade era a de registrar e classificar as contas e não a de demonstrar os aspectos econômicos e suas teorias baseavam-se na equação fundamental da contabilidade (ATIVO – PASSIVO = PATRIMÔNIO LÍQUIDO) para explicar a dinâmica do balanço, evidenciada pelos fatos permutativos e modificativos.

2) Fundamente a contabilidade do mundo antigo.

R. Contabilidade do mundo antigo - período que se inicia com as primeiras civilizações e vai até 1202 da era cristã, quando apareceu o livro “Liber Abaci”, da autoria Leonardo Fibonaci, o Pisano, que retratava na época técnicas matemáticas, pesos e medidas, cambio, tornando o homem mais evoluído em conhecimentos comerciais e financeiros.



3) Qual é o objeto e o objetivo da Contabilidade?

O objeto da Contabilidade é o patrimônio, o contexto formal da estrutura patrimonial que vai se alterando a medida em que ocorrem variações nos eventos contábeis.

Já os objetivos (o que fazer aonde chegar) são registrar essas variações, transmitir de forma inteligível as informações aos usuários da Contabilidade, de acordo com suas necessidades.

4) O que é o patrimônio, objeto de estudo da Contabilidade?

R. Definido como um conjunto de bens, direitos e de obrigações para com terceiros, pertencente a uma pessoa física, a um conjunto de pessoas, como ocorre nas sociedades informais, ou a uma sociedade ou instituição de qualquer natureza, independentemente da sua finalidade, que pode, ou não, incluir o lucro.



5) Qual a doutrina que define a Contabilidade como a ciência que estuda o patrimônio como a grandeza real que se transforma com a evolução das atividades econômicas? Fundamente sua resposta.

R. A doutrina Patrimonialista, pois define a Contabilidade como a ciência que estuda o patrimônio e também define o patrimônio como o objeto da Contabilidade.

O Patrimônio ou Passivo Não Exigível é o conjunto dos recursos dos sócios ou acionistas aplicados numa empresa, abrangendo o capital inicial, as reservas constituídas e os lucros acumulados.

6) O que é a Doutrina Contista e quem fundamentou?

Como primeiro expositor do método das partidas dobradas, Pacioli foi o grande iniciador da primeira escola de pensamento contábil, o Contismo.

Para os adeptos desta corrente, a principal preocupação da Contabilidade seria com o processo de escrituração e com as técnicas de registro através das contas.

7) Cite e explique três maneiras de se registrar e controlar contabilmente na época empírica.

1º Os Sumérios, Babilônios e também os Assírios, faziam os seus registros em peças de argila retangulares ou ovais, ficando famosas as pequenas tabuas de Uruk, que mediam aproximadamente 2,5 a 4,5 centímetros, tendo faces ligeiramente convexas. Estes registros combinavam o figurativo com o numérico. Gravava-se a cara do animal cuja existência se queria controlar e o numero correspondente `a cabeças existentes, ou o quantitativo dos sacos de cereal.

2º Os Incas utilizavam nós dados em cordas penduradas, que registravam os seus bens.

3º Os rebanhos eram controlados através de pedras, que correspondias as cabeças de ovelhas ou gado.



8) É correto afirmar que na idade medieval já se tinha a preocupação com os aspectos quantitativos? Fundamente a resposta.

R. Sim. Este tipo de contabilidade, a Contabilidade Empírica, Já tinha como objeto o Patrimônio, representado pelos rebanhos e outros bens nos seus aspectos quantitativos.

A contabilidade passou por uma época chamada "Época Empírica" (6.000 a 1202 a.C.) que se caracterizou pela ausência da sistematização dos registros e pela ausência dos estudos de natureza científica e metodológica.

Mesmo sem escrita a Contabilidade era utilizada pelo homem como um instrumento de controle do crescimento patrimonial através de pedras e fichas de barro de vários formatos.



9) Por qual motivo o homem fez surgir a contabilidade?

R. A contabilidade surgiu da necessidade do homem acompanhar e controlar a evolução de seu patrimônio.



10) O que são as Doutrinas contábeis e quais são?

R .São conceitos contábeis desenvolvidos através de estudos.

Na Idade Contemporânea que vai do século XVIII até os dias de hoje, foi marcada como o período científico da Contabilidade (se torna "ciência”), a partir daí surgiram várias doutrinas contábeis ou seja após a obra de Luca Pacioli, vários conceitos contábeis foram desenvolvidos através de estudos.

As doutrinas contábeis foram introduzidas por diversas escolas contemporâneas que conceituaram a Contabilidade sob diversos aspectos: Contista, Personalista, Neocontista, Controladora, Aziendalista, Patrimonialista



11) Fundamente a contabilidade do mundo Medieval.

R. Contabilidade do Mundo Medieval – período que vai de 1202 da era crista ate 1494, quando apareceu o Tratactus de Computis et Scripturis (Contabilidade por Partidas Dobradas) de Frei Luca Paciolo, publicado em 1494, enfatizando à Teoria contábil do Débito e do Crédito corresponde à Teoria dos números positivos e negativos, obra que contribui para inserir a contabilidade entre os ramos do conhecimento humano.



12) Qual é a Doutrina Contábil que defendia que a contabilidade deveria estabelecer um ponto de partida? Explique tal necessidade deste conceito.

R. A Doutrina Contábil é o Controladora.

Este pensamento contábil, defendida por dentre outros autores, Fábio Besta, o qual entendia que a contabilidade deveria estabelecer um ponto de partida para tornar possível a análise dos resultados da gestão, evidenciar os fatos ocorridos e, por fim, demonstrar os resultados para aprovação ou rejeição dos gestores.

Este conceito limita a Contabilidade em função do controle das entidades.



13) “O desenvolvimento da Contabilidade é o resultado da evolução da civilização, resultado do desenvolvimento intelectual e cultural do homem e da sociedade”. Fundamente este texto baseado na história da Contabilidade e nas doutrinas contábeis.

R. Texto fundamentado na evolução do homem primitivo, troca de mercadorias, necessidade de pesos e medidas, controle de seus pertences (preocupação com as perdas), aumento do comercio através das caravanas, através da navegação até chegar a revolução industrial.



Obras na época antiga – conceitos matemáticos de pesos e medidas, Obras na época medieval – conceitos com as partidas dobrados (contas), e época moderna, abertura da contabilidade através da revolução industrial, o homem evoluindo através de sociedades jurídicas e conceituando o patrimônio.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal