13ª Mostra da Produção Universitária



Baixar 14.16 Kb.
Encontro28.07.2016
Tamanho14.16 Kb.

13ª Mostra da Produção Universitária

.

Rio Grande/RS, Brasil, 14 a 17 de outubro de 2014.


Os usos e sentidos do livro didático de História do Ensino Médio da Rede Salesiana de Escolas na cidade do Rio Grande, RS: entre o descrito e o vivido
HORNES, Luciana Gerundo (autor).

RODRIGUES, Mariana de Mello (co-autor).

SILVA, Débora Pires da (co-autor).



SENNA, Adriana Kivanski de (orientador).

lugerundo@yahoo.com.br
Evento: Congresso de Iniciação Científica

Área do conhecimento: História
Palavras-chave: Ensino História; Oralidade; Livro Didático.
Introdução
O grande desafio de hoje, para os educadores da área de História é conseguir transformá-la em algo mais atrativo, mais instigante e desafiador, possibilitando aos educandos uma aprendizagem com mais valor educacional.

Nesse sentido, e com essa preocupação foi construída a coleção didática de História, da Rede Salesiana de Escolas (RSE), com o intuito de oportunizar aos educandos pensar a História como uma prática social, em que o diálogo entre o presente e o passado possa permitir que os mesmos percebam como sujeitos históricos (homens e mulheres, em cada tempo e lugar considerado) enfrentaram, ou não, seus desafios e conflitos e de que forma contribuíram para a mudança ou para a permanência de suas condições de existências.

Esse trabalho busca compreender como o livro didático de História do Ensino Médio estabelece relações entre o conteúdo histórico e a formação para o pensamento histórico.
Referencial Teórico
Nas últimas décadas, o ensino de História tem sido amplamente debatido, principalmente no que se refere aos seus objetivos. Bittencourt (2008, p.121) destaca que “um dos objetivos centrais do ensino de História, na atualidade, relaciona-se à sua contribuição de identidades.” Tornando assim, um importante instrumento para a formação da consciência histórica.

Em relação a construção da consciência histórica, Rusen destaca que


“se entende por consciência histórica a soma das operações mentais com as quais os homens interpretam sua experiência da evolução temporal de seu mundo e de si mesmos de forma tal que possam orientar , intencionalmente, sua vida prática no tempo.” (RUSEN, 2001, p.57)
Nessa perspectiva, enfatiza-se na proposta de História, a formação do pensamento histórico, ou seja, um investimento na reflexão vivida direta ou indiretamente pelo educando, em seu tempo e em seu espaço. Isso para que se apropriem com desenvoltura as noções e conceitos necessários a compreensão do passado, presente e perspectivas para o futuro.

Ao referir-se na formação da construção da consciência histórica, não podemos desconsiderar a importância e influência do livro didático na formação escolar e no processo de ensino aprendizagem, visto que eles são fundamentais na mediação entre o ensino e a aprendizagem.

Para tanto esse trabalho busca perceber como os educandos compreendem a História a partir do livro didático e consequentemente como o mesmo proporciona um pensar historicamente.
Metodologia
No que diz respeito a pesquisa a metodologia utilizada foi a História Oral. Nessa perspectiva a análise do material didático procurou destacar momentos que os educandos consideram significativos e consequentemente importantes na sua formação enquanto cidadão.

Portelli ainda destaca que a História Oral é imprescindível para a pesquisa de campo. Para ele


“a História Oral é uma ciência e arte do individuo. Embora diga respeito a padrões culturais, estruturas sociais e processos históricos, visa aprofundá-los em essência, por meio de conversas com pessoas sobre a experiência a memória individual e ainda por meio do impacto que eles tiveram na vida de cada uma. (PORTELLI, 1997, p.13-49)

Esse trabalho foi alicerçado em procedimentos de coleta de dados através da metodologia de História Oral, com base em entrevistas com os educandos do 3º Ano do Ensino Médio do Colégio Liceu Salesiano Leão XIII, na cidade do Rio Grande. Foram utilizados gravadores para a extração dos testemunhos e após esse momento os mesmos serão transcritos e analisados comprovando ou refutando a afirmação do aprendizado eficiente a partir dos livros didáticos da RSE.

Essa pesquisa ainda encontra-se em fase de conclusão do estudo proposto.
Considerações Finais
Esse trabalho é parte do estudo da dissertação do Mestrado Profissional em História pela FURG. Cuja pesquisa intitula-se Prática Docente de História: Desafios da Educação Histórica, um Estudo de Caso da Rede Salesiana de Escolas do Rio Grande do Sul.
Bibliografia
BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes. Livro didático e saber escolar (1810-1910). Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2008a.

PORTELLI, A. Tentando aprender um pouquinho. Algumas reflexões sobre a ética na História Oral. In: Projeto História n. 15. São Paulo, 1997.



RÜSEN. Jörn. Razão Histórica: teoria da história: fundamentos da ciência histórica. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2001b.




Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal