1911 – Com us$ 000,00 economizados e us$ 500,00 emprestados, o engenheiro de minas Charles Cassius Gates compra a “



Baixar 15.77 Kb.
Encontro24.07.2016
Tamanho15.77 Kb.




AS PRINCIPAIS VITÓRIAS DA GATES EM 100 ANOS
1911 – Com US$ 1.000,00 economizados e US$ 2.500,00 emprestados, o engenheiro de minas Charles Cassius Gates compra a “Colorado Tire and Leather Company”, instalada na cidade norte-americana de Denver. O principal produto da empresa é uma faixa de aço com couro que os motoristas usam sobre os frágeis pneus dos carros da época.
1914 – A empresa muda para instalações maiores e passa a produzir componentes de borracha, além dos tradicionais produtos em couro.
1917John Gideon Gates, irmão de Charles e funcionário da empresa desde 1912, inventa a correia V, um sucesso mundial até hoje.
1918Rebatizada de “The Gates Rubber Company”, a empresa passa a fabricar câmaras de ar. No ano seguinte, lança os primeiros pneus.
1927Faturando milhões de dólares ao ano, a empresa expande a sua linha de produtos com mangueiras automotivas.
1940 – A Gates passa a produzir mangueiras hidráulicas, correias para altas rotações e a exclusiva linha de correias com nylon Flexweave®.
1942Durante a II Guerra Mundial, a Gates fabrica máscaras antigases e ajuda o exército dos Estados Unidos a criar uma borracha sintética.
1946Os irmãos Gates e suas famílias criam a “Fundação Gates”, para desenvolver projetos sociais nas áreas de saúde e educação.
1954Líder mundial em correias V, a Gates começa a sua expansão internacional, com a abertura de uma fábrica no Canadá.
1961Com a morte do fundador, Charles Gates Jr. se torna presidente do grupo. O faturamento anual ultrapassa os US$ 140 milhões.
1967 – A Gates começa a diversificar suas atividades, com a produção de baterias e a compra da fabricante de aviões Lear Jet.
1968No bairro do Pari, na cidade de São Paulo, é instalada a Orion-Gates, dedicada à produção de correias de transmissão de força.
1970 – São criados vários produtos de alta tecnologia, como as correias reforçadas com fibra de vidro e as mangueiras hidráulicas em plástico.
1972 – A unidade brasileira da Gates passa a produzir uma completa linha de correias industriais e automotivas.
1975 – A empresa investe na construção de uma nova fábrica no Brasil. Instalada em Jacareí (SP), produz inicialmente mangueiras.
1980 – A Gates lança no mercado mundial uma série de novos produtos, como correias sincronizadoras, Micro-V e tensionadores automáticos.
1985 – A Divisão Aeroespacial da Gates Lear Jet ganha um importante contrato para produzir peças para os motores dos ônibus espaciais.
1986 – A Gates faz diversas aquisições. A maior é a compra da Uniroyal Power Transmission. No Brasil, passa a produzir correias sincronizadoras.
1990 – Num processo de reestruturação, a empresa vende os negócios paralelos e foca a sua atuação em correias, tensionadores e mangueiras.
1996 – A família Gates transfere o controle da empresa para o grupo industrial inglês Tomkins.
1999 – No Brasil, começa a produção de tensionadores em Jacareí. Dois anos depois, a unidade também passa a fabricar correias Micro-V.
2004 – O Citroën C3, primeiro carro de série com sistema “start-stop”, é equipado com um exclusivo sistema de correia e tensionador da Gates.
2005 – A Gates inaugura na cidade norte-americana de Englewood, no Colorado, um avançado centro mundial de pesquisa e desenvolvimento.
2010 – A Gates lança o PowerGrip Kit no Brasil. Além das principais peças para o reparo da sincronização, traz um completo manual de montagem.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal