2013 Revista Internacional de Educacão Missionária



Baixar 0.69 Mb.
Página2/14
Encontro01.08.2016
Tamanho0.69 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   14

Envolva-se!
Ore por e Escreva a Prisioneiros

Diariamente em áreas do mundo hostis ao cristianismo, cristãos são postos na prisão por causa da sua fé. Visite www.prisoneralert.com, e imprima uma folha informativa sobre uma irmã ou irmão cristão preso.




  • Ore especificamente – a folha dos factos da-lhe informações sobre alguém encarcerado por causa da sua fé. Ore por suas necessidades específicas.

  • Escreva uma carta de encorajamento. No website do PrisonerAlert, pode escolher de entre uma variedade de frases que serão traduzidas e encontrar instruções de correio e endereços.

  • Não envie dinheiro à pessoa ou a alguém que diga representá-la.

  • Não espere resposta de volta.

  • Nunca mencione o nome de qualquer organização na sua carta. Referir-se à fonte onde encontrou o nome do prisioneiro ou o nome da sua igreja pode pôr em perigo a vida do prisioneiros ou de outros.


Inicie um Ministério na Prisão

Está interessado em dar início a um ministério na prisão? Veja algumas ajudas em:

  • http://www.prisonnet.org/

  • http://www.globalchristians.org/harvest/Prison/JailAndPrison.htm


Ore

  • Agradeça a Deus pela Sua orientação para visitar aqueles que estão na prisão.

  • Ore pela Igreja Rey de Reyes em Buenos Aires, Argentina, ao continuirem o seu ministério entre os presos da sua comunidade.

  • Ore por Howard Tripp, para que Deus continue a usá-lo no seu ministério de ajuda aos prisioneiros recentemente libertados.

  • Ore para que pessoas ao redor do mundo sejam a “presença de Deus” para os que estão presos.


Use os Seguintes Recursos

  • PrisonerAlert.com, www.PrisonerAlert.com, é um ministério da Voz dos Mártires.

  • Difusão de Missao Mundial (WMB) é um ministério da Igreja do Nazareno, que apresenta o Evangelho através da rádio, televisão e programas de internet. Para mais informações, visitar www.worldmissionbroadcast.com.

  • Para a mais recente versão da Lista da População Prisional Mundial, visitar http://www.kcl.ac.uk/depsta/law/research/icps/news.php?id=203.



Folha Informativa
Ministério na Prisão
Escritura: Actos 16:16.34
Grande Ideia

Como cristãos vivemos numa tensão entre os poderes deste mundo e o poder e autoridade finais de Jesus Cristo. Em alguns países, é muitas vezes um desafio equilibrar o respeito pela autoridade governamental, as expectativas da sociedade e o testemunho de uma pessoa. Isto é especialmente verdade quando se ministra aos que estão presos, onde o mundo colocou pessoas por detrás das linhas das grades das celas e dos muros de ferro, fazendo com que seja fácil esquecê-las completamente. Quando cruzamos tais linhas para trazer para a comunhão os que estão presos, testemunhamos para o mundo que a liberdade vem apenas de Cristo.


Uma Forma Como Cristãos Ajudam

Uma Igreja do Nazareno em Buenos Aires, Argentina, Iglesia Rey de Reyes, determinou fazer da prisão o seu campo missionário. Sessenta por cento dos encarcerados já aceitaram Cristo como seu Salvador. Estão a ser discipulados através do ministério da prisão patrocinado pela igreja.


Rey de Reyes vê a prisão como uma parte importante da sua paróquia. A igreja comprou um pedaço de terra dentro da área da prisão e começou uma horta comunitária para ajudar a providenciar comidade de qualidade e em quantidade para os prisioneiros. Apesar de lhes ter sido dito que aquela terra não era boa para agricultura, a igreja plantou o que hoje é uma horta linda e viçosa para a glória de Deus.
Envolva-se!

Ore pelas pessoas que estão presas hoje, quer seja por causa da sua fé cristã ou por terem prevaricado alguma das leis do seu país.


Oração

  • Agradeça a Deus pela Sua orientação para visitar os que estão na prisão.

  • Ore pela Igreja Rey de Reyes em Buenos Aires, Argentina, ao continuarem a ministrar aos presos da sua comunidade.

  • Ore por Howard Tripp, para que Deus continue a usa-lo no seu ministério de ajuda aos prisioneiros recentemente libertados.

  • Ore para que pessoas ao redor do mundo sejam a “presença de Deus” para os que estão presos.


LIÇÃO 2: Radicalismo
PROPÓSITO


  1. Examinar o que significa ser “radical” no século 21 e comparar esse significado com a vida de Cristo

  2. Compreender como os nazarenos globalmente levam Cristo para o meio das suas vidas diárias e escolhem viver de forma radicalmente diferente dos que os rodeiam

  3. Adoptar um estilo de vida cristão que tem muito pouco a ver com o ser “radical” no sentido negativo e tudo a ver com o seguir o exemplo do amor radical de Jesus


Preparação

  • Prepare cartões para notas e utensílios de escrita (suficientes para todos os participantes) para a Actividade.

  • Converse com o seu pastor e outros líderes missionários sobre a resposta que esperam do grupo. Quando as pessoas são confrontadas com o que acham ser uma necessidade real, normalmente respondem. Podem até querer fazer elas mesmas os planos. Esteja preparado com ideias, mas aberto a outras iniciativas.


Apresentação
Actividade

[O ponto desta actividade é fazer o grupo pensar sobre as nossas definições negativas de ‘radical’ em contraste com a forma como Jesus viveu.]


[Peça a alguém que distribua cartões para notas e utensílios de escrita aos participantes.]
Peça a cada pessoa que escreva no seu cartão o nome de alguém deste ou do século passado que considere “radical.” Debaixo do nome, devem escrever cinco características dessa pessoa que a define como tal. Para grupos grandes, divida em grupos e cada grupo decide sobre uma pessoa.

Depois, enquanto escutam as características cada pessoa/grupo deve tentar acertar quem é o “radical.”


[Enquando o grupo debate, peça a alguém para registar uma lista das características usadas.]
Depois de 5 minutos, leia a lista das características usadas e então diga ao grupo que tem um que gostaria que adivinhassem. (Se todo o grupo não participou, permita que isso aconteça no fim da lição.)
Caracteristicas:

  1. Ele trabalhou com as suas mãos.

  2. Durante toda a sua vida ele não se afastou muito da casa.

  3. Ele tinha um pequeno grupo de amigos chegados.

  4. Ele não era um político nem um militar.

  5. Era famoso, mas não muito popular.

  6. Era um professor e um orador público.

[Tenha a liberdade de acrescentar outras características abstratas sobre Jesus.]


Deixe o grupo acertar; e depois de determinarem que a pessoa é Jesus, continue com o debate.
Debate da Actividade

  • Como é que Jesus se posiciona com a nossa lista de características que definem as outras figuras “radicais”?

  • Como é que a nossa cultura está obssecada com o que é radical e extremo?

  • Como acham que esta obssesão afeta o mundo?

  • Como é que uma obsessão com o radicalismo afeta a vossa comunidade, escola, igreja ou amigos cristãos?

[Peça a alguém para ler o seguinte]


Vivemos num mundo obcecado com o que é radical, subversivo e extremo. A verdade é – Jesus também. Os fariseus, saduceus, zelotes e outros, todos tinham pontos de vista radicais do que o Messias deveria ser. Seria muito mais fácil Jesus cumprir a Sua missão juntando-se a um dos grupos e usasse as suas crenças para mostrar o reino de Deus vindo à terra.
[Tenha pessoas preparadas para lerem os seguintes versículos.]


  • Jesus não fez nada sem o Pai – João 5:19.

  • Jesus não decidiu nada sem o Pai – João 5:30.

  • Jesus não fez nada sem o Pai – João 8:28.

  • Jesus não disse nada sem o Pai – João 12:49.

  • Jesus não fez nada sem o Pai – João 14:31.

Jesus cruzou precisamente o meio radical de todas as expectativas deles. Ele usou coisas comuns como lama, pescadores sujos e uma cruz romana para trazer cura permanente a um mundo em necessidade.


Oração de Abertura

Amado Jesus, ensina-nos os Teus caminhos e ajuda-nos a escutar. Dá-nos a coragem para viver pelo Teu exemplo e sabedoria e não ser levados pelos ventos e ondas da nossa cultura. Permita que o Teu amor – apenas o Teu amor – nos defina. Amen.


Leitura da Escritura: Filipenses 2:5-11
Debate das Escrituras

  • As expectativas sobre o Messias nos dias de Jesus eram as de um político, um rei, um guerreiro. Jesus foi ao encontro de tais expectativas? Porquê ou porque não?

  • Pensem sobre a vida de Jesus, o Seu nascimento numa manjedoura, a escolha dos Seus discípulos, a Sua forma de curar, a Sua crucificação numa cruz criminosa. Como é que Jesus redefiniu o radical com o Seu uso do comum e do terreno?

  • Porque o fez?


História Missionária: A Forma Simples
Leia esta história em voz alta para o grupo, ou peça a um membro (ou vários) para a lerem em voz alta.
Em 1997 sete amigos decidiram “amar a Deus, amar o seu próximo e seguir o caminho de Jesus” na baixa de um bairro de Filadélfia chamada Kensington. Assim nascia A Forma Simples.

Começou, bem, simples. Os fundadores de A Forma Simples brincavam com os filhos dos vizinhos, compartilhavam a comida, tratavam os jardins e tinham uma loja comunitária. Agora, duas décadas depois, A Forma Simples continua ainda com força, como um exemplo de um um grupo de pessoas comprometidas em permitir que as suas crenças sejam incorporadas em pequenas coisas do seu viver diário.

Apesar dos fundadores de A Forma Simples nunca se considerarem como um movimento, o seu exemplo têm ajudado a pessoas na igreja a examinar a separação entre fé e obras, ricos e pobres, e a forma como Jesus viveu e a forma como o fazemos.

Para mais informações sobre o A Forma Simples, vá a www.thesimpleway.org.



Debate

  • Quais acha que foram alguns dos desafios que este grupo enfrentou no princípio?

  • Que vantagens houve, na sua opinião, na forma como esee ministério foi moldado?

  • Quais são algumas diferenças na forma como Jesus viveu e como nós vivemos?

  • Que passos são precisos dar para vivermos na forma como Jesus viveu?


O que a Igreja do Nazareno está a Fazer?
[Conte as seguintes histórias de como pessoas na Igreja do Nazareno estão a mostrar globalmente a misericórdia de Deus.]
Amor Ganha – Trinity Family Midtown

A Igreja do Nazareno Trinity Family aceitou a chamada para ministrar à comunidade lésbica, homossexual, bissexual e transsexual no coração de Kansas City, Missouri. A igreja estabeleceu-se no meio de pessoas que desesperadamente precisavam do amor e da misericórdia de Deus. A missão é “Amor Ganha,” e se ilustra em quatro principais objectivos:




  1. Amar Radicalmente

  2. Restabelecer a Confiança

  3. Compartilhar a sua Fé

  4. Continuar a Amar Radicalmente

Quando Jesus interagiu com os pecadores, os líderes religiosos de então entraram em desespero. Contudo, o ministério de Jesus não era “negócio como sempre,” era amor radical. Trinity Family Midtown incorpora Jesus, indo precisamente lá onde as pessoas lutam com o pecado. Tem a igreja enfrentado resistência? Sim, tal como Jesus. Mas continuaram, porque foi Deus quem chamou e é o amor de Deus que ganhará.

Sarah Weems-McGee, pastor na igreja, disse que uma das actividades nas quais ela participa é cantar karaoke nos bares da zona. Isto dá-lhe a oportunidade de encontrar pessoas, conversar e começar relacionamentos.

Um outro evento da igreja é a noite “Andy’s House for a expulsão do Big Brother.” Big Brother é um programa de televisão e o pastor principal Andy McGee abre as portas da sua casa nas noites de “expulsão” do programa para qualquer um que quer assistir ao programa e confraternizar.

As suas casas, o seu tempo, seus recursos e eles próprios são o que Trinity Family Midtown dá à comunidade. A equipa pastoral, liderada por Andy, inclui os associados Sarah Wems-McGee, Letiah Fraser e Julie Hanson. Estas pessoas, mais os membros da igreja, amam os seus vizinhos a despeito das suas lutas. Dão de si mesmas, e assim a confiança é estabelecida. Compartilham a sua fé e vivem a vida duma forma radicalmente diferente daquilo que a comunidade experimentara com pessoas da igreja. E a experiência faz com que almas perdidas perguntem sobre Jesus. E mesmo se não o fizerem, são amadas da mesma forma.

“O baú da graça de Deus é grande,” diz Sarah. “Independentemente de onde um membro da igreja ou visitante estiver na vida, ele é amado. As amizades não estão condicionadas por uma pessoa se tornar crente. Permite-se ao Espirito Santo tempo e espaço para trabalhar nas vidas individualmente. A igreja lança as sementes, vive a verdade, ama incondicionalmente e depois confia em Jesus para trabalhar.”

A Igreja do Nazareno Trinity Family ministra radicalmente em amor, fora do formato normal, tal como Jesus.

Para saber mais sobre o ministério Amor Ganha do Trinity Family Midtown, visite www.trinityfamilyonline.com.


***
Mais do Que Palavras – Ayman Kafrouny

Em Novembro de 2009, a televisão nazarena mostrou Aktar Min Kalam (“Mais do Que Palavras”) emitido em SAT-7. O espetáculo é orientado de forma a alcançar crentes e não crentes e alcança jovens naquela área. É produzido pela Difusão de Missão Mundial, o ministério de rádio, televisão e internet da Igreja do Nazareno.

O criador do espetáculo, Ayman Kafrouny, foi um artista musical muito popular naquela área do mundo, e era patrocidano pela MTV na Arabia. Há doze anos, Ayman aceitou Cristo como seu Salvador e, desde então, tem usado a sua influência para espalhar o Evangelho através da difusão a uma audiência afetada por pensamentos e crenças anti-cristãos.

“Sempre procuro formas de fazer a obra de Deus profissionalmente,” disse Ayman, “por isso fui ao Studio Vision Company que é propriedade da mesma pessoa que é dona do MTV na Arabia, para alugar as instalações deles para filmar o novo espetáculo. Durante a minha reunião com o proprietário, ele insistiu em ouvir o meu testemunho.

“Depois de ouvir a minha história, ele indagou sobre a minha vida e que tipo de trabalho fazia para ganhar a vida. Disse-lhe que sou um ministro a tempo inteiro e responsável pelo ministério da difusão e comunicação nazarena no Médio Oriente e que produzimos espetáculos de TV cristãos e programas de rádio.”

O dono do estudio interessou-se na emissão de algumas das produções de Ayman no MTV Arabia. Estamos ansiosos pelo que Deus tem guardado para Ayman.

Quando questionado sobre como vê a sua vida num relacionamento radical com Cristo, ele disse, “Agarro a cada oportunidade na minha vida – todos os eventos do meu passado e todos os relacionamentos que tenho agora ou tive antes de conhecer a Jesus – e vejo-os como parte da minha mordomia. Um dia o Senhor perguntar-me-á: ‘O que fizeste com o que pus nas tuas mãos?’ Anseio por ouvir Jesus dizer-me:” Bem está, servo bom e fiel, foste fiel no pouco, e sobre muito te colocarei. Entra no gozo do teu senhor.” (Mateus 25:21). Acredito que se cada um de nós pensar no momento em que se encontrará com o Senhor, o nosso desempenho como cristãos no mundo será bem diferente.”
Fontes

Para saber mais sobr Ayman e o espetáculo, vá a http://www.intisar.org/ World Mission Broadcast. “Arabic television program debuts November 9.” Engage Magazine 9 Nov. 2009: n. pag. Web. 1 Oct. 2011.

Kafrouny, Ayman, 25 Sept. 2011, e-mail to Ann Baldwin.
***
O Que Mais Estão As Pessoas a Fazer?
Pessoas da Segunda OportunidadeI

Veja o grupo Pessoas da Segunda Oportunidade (POTSC) no seu website: www.potsc.com. “Somos uma comunidade global de ativistas, imperfeccionistas e segundas oportunidades comprometidos a desencadear graça radical diariamente, em todos os momentos, para todas as pessoas.

“Nós desafiamos o equívoco comum sobre fracasso e sucesso e ficamos ao lado dos que já atingiram o fundo do poço nas suas vidas pessoal e profissional. Somos uma comunidade comprometida a se extender nas áreas de perdão relacional, transparência pessoal e advogar misericórdia acima do julgamento.”

Embora não estejam afiliados a nenhuma denominação, estão comprometidos com princípios cristãos, vivendo a “graça radical.” As “Manifestações da Graça” da organização são descritas como:
“Somos GRAÇA em AÇÃO.

Determinamos ser os primeiros na linha para perdoar.

Corremos para liberar rancores.

Arranjamos espaço para os que estão nas margens da vida.

Levantamos a nossa voz pelos vulneráveis.

Aceitamos o inaceitável.

Tornamo-nos na equipa de resgate da Cruz Vermelha para os desastres nas vidas pessoais das pessoas … e fazemo-lo em ACÇÃO.”
Que actividades “radicais” de misericórdia e graça pode o seu grupo ou igreja aprender de pessoas como POTSC, e como conhecer acerca deles pode afetar o futuro da sua igreja?
Fonte: www.potsc.com
Envolva-se!
Encontro no Centro

A maioria das visões “radicais” resulta de uma falta de compreensão. Por exemplo, algumas pessoas são de opinião que pessoas de determinadas etnias tendem para a violência ou não gostam de pessoas de outras áreas do mundo. Tais mitos são quase sempre diluídos com o relacionamento.

Desafie ao seu grupo a tentar conversar com alguém duma cultura ou estilo de vida ou cultura completamente diferente durante a próxima semana. Peça que registem a experiência por escrito para a compartilhar com os outros do grupo.
Projectos dos Ministérios Nazarenos de Compaixão

Há muitos lugares no mundo onde é extremamente difícil para os líderes cristãos viverem em paz. Os Ministérios Nazarenos de Compaixão têm projectos ao redor do mundo focando o andar no meio radical e manifestando o amor de Deus com perseverança e cuidado.

Visite o website dos Ministérios Nazarenos de Compaixão (www.ncm.org), clique em “Give,” depois “NVM Projects,” e escolha uma área do mundo para uma lista de projectos e sua descrição. Ore sobre maneiras de se envolver.
Ore

Durante a vossa reunião, como grupo concentrem-se pelo menos num pedido de oração.




  • Agradeça a Deus por Jesus usar o comum para realizar o extraordinário.

  • Ore por pessoas ao redor do mundo, tais como os envolvidos no A Forma Simples, cujo único propósito é amar as pessoas da mesma forma como Jesus o fez.

  • Ore pela equipa do “Amor Ganha” e os membros da Igreja do Nazareno Trinity Family Midtown, para que continuem a mostrar o amor de Cristo às pessoas da comunidade LGBT.

  • Ore por Ayman Kafrouny ao viver o radicalimo de Cristo “bem-no-meio”.

  • Ore por sua igreja, para que siga o exemplo de Cristo e encontrem formas únicas de expressar o Seu amor ao mundo.



Folha Informativa
Radicalismo
Leitura da Escritura: Filipenses 2:5-11
Um Mundo Obcecado pelo Radicalismo

Vivemos num mundo obcecado com o que é radical e extremo. Assim também foi Jesus. Os líderes religiosos do Seu tempo tinham pontos de vista radicais sobre o que o Messias seria. Seria fácil para Jesus cumprir a Sua missão se tão somente acompanhasse aquelas ideias. Mas não o fez. Ele atravessou precisamente no meio de todas as expectativas deles com o Seu amor radical. Ele usou coisas comuns como lama, pescadores sujos e uma cruz romana para trazer cura a um mundo em necessidade.


Uma Forma dos Cristãos Ajudarem

Sete amigos decidiram “amar a Deus, amar o seu próximo e a seguir os caminhos de Jesus” na baixa dos bairros de Filadélfia. Assim nascia A Forma Simples. Hoje, duas décadas depois, ainda continuam como um exemplo de um grupo de pessoas comprometidas a criar a Igreja com a qual sonharam e permitir que a sua fé seja encorporada em pequenas coisas na sua vida diária.


Fonte: www.thesimpleway.org
Mais do Que Palavraas—Ayman Kafrouny

Ayman Kafrouny era um músico secular muito popular no Líbano. Há doze anos atrás aceitou a Cristo como seu Salvador e a sua vida foi mudada. Desde então, Ayman continua a usar a sua influência para espalhar o Evangelho através da rádio e da televisão a uma audiência afetada por pensamentos e crenças anti-cristãos.


Ayman é o anfitrião do espetáculo de televisão nazareno intitulado Aktar Min Kalam que significa “Mais do Que Palavras,” emitido em SAT-7, uma estação do Médio Oriente semlhante à MTV Americana. O espetáculo é produzido pela Difusão de Missão Mundial, o ministério de transmissao da Igreja do Nazareno.
Oração

  • Agradeça a Deus por Jesus usar o comum para realizar o extraordinário.

  • Ore por pessoas ao redor do mundo cuju propósito principal é amar da forma como Jesus o faz.

  • Ore por Ayman Kafrouny ao viver o radicalismo de Cristo “bem-no-meio” e da possível trasmissao futura através da MTV da Arabia, para um grupo de pessoas que nem sempre está exposto ao Evangelho.

  • Ore por sua igreja, para que sigam o exemplo de Cristo e descubram formas únicas para expressar o Seu amor ao mundo.


LIÇÃO 3: Missões Relacionais
PROPÓSITO


  1. Aprender como a missão de Deus está sendo levada a cabo através de relacionamentos intencionais.

  2. Quebrar o isolamento que define muitas culturas.

  3. Alimentar um relacionamento verdadeiro com Deus que ligue profundamente crentes com pessoas precisamdo de misericórdia.


Preparação

  • Procure um espelho alto e vários marcadaros secos apagáveis para a Actividade e coloque o espelho num lugar que seja visto por todos.

  • Debata com o seu pastor e outros líderes missionaries que resposta espera que o grupo tenha. Quando as pessoas são confrontadas com o que acham ser uma necessidade real, normalmente querem responder. Podem até querer fazer elas mesmas os planos. Esteja preparado com ideias, mas aberto a criatividade delas.


Leitura da Escritura: 1 João 3:11-18
Apresentação
Actividade

Chame a atenção do grupo para o espelho e os marcadores apagáveis. Desenhe um perfil vago de uma pessoa. Diga ao grupo que todos vão criar a pessoa média da na sua comunidade. Diga, Por exemplo, qual acham ser a altura mais comum, peso, cor da pele, cor do cabelo, tipo de roupa, ocupação ou salário e carro duma pessoa na nossa comunidade?

Peça ao grupo para desenhar ou escrever as palavras no espelho com os marcadores apagáveis.
Debate Sobre a Actividade


  • Como se sentiriam se as pessoas olhassem para vós e só vissem apenas os itens neste espelho?

  • Quantas vezes encontramos pessoas e não vemos mais do que o que está no espelho? Porque será?

  • 1 Joao 3:18 diz, “Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de lingual, mas por obra e em verdade.” O que precisamos saber sobre outras pessoas – informações que não estão neste espelho – para as amar com acções e verdade?

  • Durante a semana passada, quando se sentiram mais ligados a Deus e aos outros? Quanto se sentiram mais isolados?

  • O que nos impede de realmente estarmos ligados com as pessoas que nos rodeiam?

  • Somos chamados a ser santos como Deus é santo. Se Deus é um relacionamento entre Pai, Filho e Espírito Santo, o que o nosso relacionamento com os outros tem a ver com santidade?

  • Lesslie Newbigin – o falecido missionoário e teólogo cristão – disse que a melhor forma de fazer o Evangelho ser credível é ver uma igreja que verdadeiramente cre nele. Como é que a nossa vida conjunta testemunha do Evangelho? Como falhamos?

1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   14


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal