A chave para Teosofia



Baixar 1.97 Mb.
Página1/29
Encontro22.07.2016
Tamanho1.97 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   29
A Chave para Teosofia

Dedicado por " H.P.B ". Para tudo os Alunos dela,


Que Eles podem Aprender e podem Ensinar na volta deles.
A Chave para Teosofia
Uma Exposição Clara
na Forma de Pergunta e Resposta
das Éticas, Ciência, e Filosofia
para o Estudo de Qual
A Sociedade Teosófica foi Fundada.
H.P. BLAVATSKY
Prefacie
O propósito deste livro é expressado exatamente em seu título, A Chave para

Teosofia, e precisa mas poucos formulam de explicação. Não é um completo ou

livro de ensino exaustivo de Teosofia, mas só uma chave para destrancar a porta que

dianteiras para o estudo mais fundo. Localiza os esboços largos do

Sabedoria-religião, e explica seus princípios fundamentais; se encontrando, ao

mesmo tempo, as várias objeções elevadas pelo inquirer Ocidental comum,

e empreendendo apresentar conceitos pouco conhecidos em uma forma como simples e em idioma tão claro quanto possível. Que deveria ter sucesso fazendo Teosofia

inteligível sem esforço mental por parte do leitor, também seria

muito para esperar; mas esperou que a obscuridade ainda esquerda é do

pensamento e não do idioma, está devido a profundidade e não para confusão. To

o mentalmente preguiçoso ou obtuso, Teosofia tem que permanecer um enigma; para no

mundo mental como no espiritual mundial cada homem tem que progredir pelo próprio dele

esforços. O escritor não pode fazer o leitor está pensando para ele, nem vai o

posterior seja qualquer o melhor fora se tal pensamento vicário fosse possível. O

precise para tal uma exposição como o presente foi sentido muito tempo entre esses

se interessado pela Sociedade Teosófica e seu trabalho, e esperou que isto

proveja informação, tão livre quanto possível de detalhes técnicos, para muitos

de quem atenção foi despertada, mas são confundidos quem, como ainda, somente e

não convencido.
Um pouco de cuidado foi tomado desembaraçando alguma parte do do qual é verdade

o que é falso em ensinos Espiritualistas sobre a vida de postmortem, e para

mostrando a verdadeira natureza de fenômenos Espiritualistas. Explicações prévias

de um tipo semelhante utilizou muita ira a cabeça dedicada do escritor; o

Espiritualistas, como muitos outros, que preferem acreditar o que é agradável

em lugar de o que é verdade, e ficando muito bravo com qualquer um que destrói

uma ilusão agradável. Para o Teosofia de ano passado o objetivo foi para

toda seta envenenada de Espiritualismo, como se os possuidores de um meio

verdade sentia mais antagonismo aos possuidores da verdade inteira que esses

que não teve nenhuma parte para ostentar de.


Muito amável obrigado é devido do autor para muitos Teósofo que têm

sugestões enviadas e perguntas, ou contribuiu ajuda caso contrário durante

a escritura deste livro. O trabalho será o mais útil para a ajuda deles/delas,

e isso será a melhor recompensa deles/delas.


-H.P. BLAVATSKY
1889
Conteúdos
Prefacie
Teosofia e A Sociedade 1 Teosófica
O Significado do Nome 1
A Política da Sociedade 4 Teosófica
A Sabedoria-religião, Esotérico em Todas as Idades 7
Teosofia não é Budismo 12
Teosofia 15 exotérico e Esotérico
O que a Sociedade Teosófica Moderna não é 15
Teósofo e Sócios do T.S. 18
A Diferença Entre Teosofia e Occultism 23
A Diferença Entre Teosofia e Espiritualismo 25
Por que Teosofia é Aceitado? 32
O Sistema de Funcionamento do T.S. 37
Os Objetos da Sociedade 37
A Origem Comum de Homem 38
Nosso Outro Contesta 44
No Sacredness do Penhor 45
As Relações do T.S. para Teosofia 49
Em Ego-melhoria 49
O Abstrato e o Concreto 52
Os Ensinos Fundamentais de Teosofia 57
Em Deus e Oração 57
É Necessário Rezar? 61
Oração Mata Ego-confiança 66
Na Fonte da Alma 69 Humana
Os Ensinos budistas no Anterior 71
Ensinos teosóficos sobre Natureza e Tripula 77
A Unidade de ao todo 77
Evolução e Ilusão 78
Em A Constituição de Septenary de Nosso Planeta 81
A Natureza de Septenary de Homem 83
A Distinção Entre Alma e Espírito 86
Os Ensinos 89 gregos
No Vários Postmortem Estados 95
O Físico e o Homem 95 Espiritual
Em Recompensa Eterna e Castigo, e em Nirvana 102
Nos Vários Princípios em Homem 109
Em Reencarnação ou Renascimento 115
O que é Memória de acordo com Ensino Teosófico? 115
Por que Nós não Nos lembramos de Nossas Vidas Passadas? 119
Em Individualidade e Personalidade 124
Na Recompensa e Castigo do Ego 128
No Kamaloka e Devachan 133
No Destino dos mais Baixos Princípios 133
Por que Teósofo não Acreditam no Retorno de Puros " Espíritos " 135
Alguns Palavras Sobre o Skandhas 142
Em Postmortem e Consciência 145 Pós-natal
O que Realmente é Significado por Aniquilação 150
Palavras definidas para Coisas 158 Definidas
Na Natureza de Nosso Pensamento Princípio 165
O Mistério do Ego 165
A Natureza Complexa de Manas 170
A Doutrina é Ensinada em St. O Evangelho 172 de John
Nos Mistérios de Reencarnação 183
Renascimentos 183 periódicos
O que é Karma? 186
Quem São Esses Que Sabem? 199
A Diferença Entre Fé e Conhecimento, Ou Encobre e Fé 201 Debatida
Tem Deus o Direito para Perdoar? 205
O que é Teosofia Prático? 209
Dever 209
As Relações do T.S. para Político Reforma 213
Em Abnegação 217
Em Caridade 222
Teosofia para as Massas 224
Como os Sócios podem Ajudar a Sociedade 227
O que um Teósofo Deve não Fazer 228
No Misconceptions Sobre o T.S. 237
Teosofia e Asceticismo 237
Teosofia e Matrimônio 240
Teosofia e Educação 241
Por que é tanto Então Preconceito Contra o T.S.? 248
A Sociedade Teosófica é UMA Preocupação de Dinheiro-fabricação? 256
O Pessoal de Funcionamento do T.S. 260
O " Mahatmas " 263 Teosófico
Eles " são Álcoóis de Luz " ou " Duendes Condenados "? 263
O Abuso de Nomes Sagrados e Condições 273
Conclusão 277
O Futuro da Sociedade 277 Teosófica
Glossário 281
Apêndice 345
A Sociedade Teosófica: Informação para Inquirers 345
O Estado Legal da Sociedade 347 Teosófica

Note pelo editor: os números de página recorrem à edição de livro e

não tenha nenhum significado neste arquivo. Apesar de verificação cuidadosa para typos lá

ainda possa ser alguns partidos.


Teosofia e A Sociedade Teosófica
O Significado do Nome
Q. Teosofia e suas doutrinas são freqüentemente chamado um moderno

religião. É uma religião?


Um. Não é. Teosofia é Divine Knowledge ou Ciência.
Q. O que está significando a realidade do termo?
Um. Sabedoria " Divina," (Theosophia) ou Sabedoria dos deuses, como (theogonia),

genealogia dos deuses. A palavra ' theos' significa um deus em grego, um do

seres divinos, certamente não " Deus " no senso prendido por nosso dia para o

termo. Então, não é Sabedoria de Deus, " como traduzido por alguns, mas

Sabedoria Divina como isso possuído pelos deuses. O termo é muitos mil

anos velho.


Q. O que é a origem do nome?
Um. Vem a nós dos filósofos de Alexandrian, amantes chamados de verdade,

Philaletheians, de (phil) " amando, " e (aletheia) verdade ". O nome

Teosofia data do terceiro século de nossa era, e começou com Ammonius

Saccas e os discípulos dele, Analogeticists também chamado que começou o

Sistema Teosófico adepto.
Como explicado por Professor Wilder, eles foram chamados assim por causa do deles/delas

prática de interpretar todas as lendas sagradas e narrativas, mitos e

mistérios, por uma regra ou princípio de analogia e correspondência: de forma que

eventos que estavam relacionados como eram ter acontecido no mundo externo

considerado expressando operações e experiências da alma humana. Eles

também foi denominado Neo-Platonists. Embora Teosofia, ou o Adepto

Sistema teosófico, geralmente é atribuído ao terceiro século, contudo, se

Diogenes Laërtius será creditado, sua origem é muito mais cedo, como ele

atribuído o sistema a um padre egípcio, Panela-Amun, que viveu dentro o

cedo dias da dinastia ptolemaica. O mesmo autor nos fala que o nome

é cóptico, e significa consagrado a Amun, o Deus de Sabedoria.

Teosofia é o equivalente de Brahma-Vidya, conhecimento divino.


Q. O que foi o objeto deste sistema?
Um. Em primeiro lugar inculcar certas grandes verdades de moral em seus discípulos,

e tudo esses que eram " os amantes da verdade ". Conseqüentemente o lema adotado pelo

Sociedade teosófica: não há nenhuma religião mais alto que verdade ".
Teosofia adepto foi dividido debaixo de três cabeças:
1. Convicção em uma Deidade absoluta, incompreensível e suprema, ou infinito

essência que é a raiz de toda a natureza e de tudo aquilo é, visível e

invisível.
2. Convicção na natureza imortal eterna de homem, porque, sendo uma radiação de

a Alma Universal, é de uma essência idêntica com isto.


3. Theurgy, ou " trabalho divino, " ou produzindo um trabalho de deuses; de theoi,

" deuses, " e ergein, trabalhar ".


O termo é muito velho, mas, como pertence ao vocabulário dos mistérios,

não estava em uso popular. Era convicção-praticamente um místico provado por

peritos iniciados e padre-que, fazendo a si mesmo tão puro quanto o

incorporeal ser-i.e., voltando à pureza primitiva da pessoa de natureza-homem

possa mover os deuses para dar a ele o Divine mistérios, e até mesmo os cause

ficar ocasionalmente visível, subjectively ou objetivamente. Era

o aspecto transcendental do que é chamado Espiritualismo agora; mas tendo

sido abusado e misconceived pelo populaça, tinha vindo ser considerado por

alguma como necromancia, e geralmente foi proibido. Uma prática parodiada de

o theurgy de Iamblichus ainda demora na magia cerimonial de alguns

Cabalistas modernos. Teosofia moderno evita e rejeita ambos estes tipos de

magia e " necromancia " como sendo muito perigoso. Real theurgy divino requer

uma pureza quase sobre-humana e santidade de vida; caso contrário se degenera

em mediumship ou magia de preto. Os discípulos imediatos de Ammonius Saccas,

que foi chamado Theodidaktos, " deus-taught"-tal como Plotinus e o seguidor dele

Theurgy Porphyry-rejeitado no princípio, mas foi reconciliado finalmente a isto

por Iamblichus que escreveu um trabalho àquele efeito intitulou De Mysteriis,

debaixo do nome do próprio mestre dele, um padre egípcio famoso chamado Abammon.

Ammonius Saccas era o filho de pais Cristãos, e, tido sido repelido

por Cristianismo Espiritualista dogmático da infância dele, se tornou um

Neo-Platonist, e como J. Boëhme e outros grandes videntes e místicos, é dito

ter tido sabedoria divina revelado a ele em sonhos e visões. Conseqüentemente seu

nome de Theodidaktos. Ele solucionou para reconciliar todo sistema de religião, e

demonstrando a origem idêntica deles/delas para estabelecer um credo universal

baseado em éticas. A vida dele era tão inocente e pura, a aprendizagem dele assim

profundo e vasto, aqueles vários Pais de Igreja eram os discípulos secretos dele.

Clemens Alexandrinus fala muito altamente dele. Plotinus, o " St., John " de

Ammonius, também era universalmente um homem respeitado e estimou, e do mais mais

aprendizagem profunda e integridade. Quando trinta-nove anos de idade ele

acompanhado o Imperador romano Gordian e o exército dele para o Leste, ser,

instruído pelas salvas de Bactria e Índia. Ele teve uma Escola de Filosofia

em Roma. Porphyry, o discípulo dele cujo real nome era Malek (um Hellenized

Judeu), colecionou todas as escritas do mestre dele. Porphyry se era um grande

autor, e deu uma interpretação alegórica a algumas partes de Homer

escritas. O sistema de meditação para o que o Philaletheians recorreu era

êxtase, um sistema consangüíneo a prática de Ioga índia. O do qual é conhecido o

Escola adepto está devido a Origen, Longinus, e Plotinus, o imediato

discípulos de Ammonius.


A pontaria principal dos Fundadores da Escola Teosófica Adepto era um de

os três objetos de seu sucessor moderno, a Sociedade Teosófica, isto é,

reconciliar todas as religiões, seitas, e nações debaixo de um sistema comum de

éticas, baseado em verdades eternas.


Q. O que o tem mostrar que este não é um sonho impossível; e que tudo

as religiões do mundo estão baseado no um e a mesma verdade?


Um. O estudo comparativo deles/delas e análise. A " Sabedoria-religião " era a pessoa dentro

antigüidade; e a uniformidade de filosofia religiosa primitiva é provada

nós pelas doutrinas idênticas ensinadas o Inicia durante os mistérios,

uma instituição difundiu uma vez universalmente.


Todas as adorações velhas indicam a existência de um único Teosofia anterior

para eles. A chave que é abrir a pessoa tem que abrir tudo; caso contrário não pode ser

a chave certa.
-oOo -
A Política da Sociedade Teosófica
Q. Nos dias de Ammonius havia várias grandes religiões antigas, e

numeroso era só as seitas no Egito e Palestine. Como pôde ele reconcilia

eles?
Um. Fazendo que que nós tentamos fazer agora novamente. O Neo-Platonists seja um

corpo grande, e pertenceu a várias filosofias religiosas; assim faz nosso

Teósofo.
Estava debaixo de Philadelphus que o Judaísmo se estabeleceu em Alexandria, e

em seguida os professores Helenos se tornaram os rivais perigosos da Faculdade

de Rabinos de Babilônia. Como o autor de A Filosofia Adepto mesmo

pertinently observa:


O budista, Vedantic, e sistemas de Magian foram expostos junto com o

filosofias de Grécia àquele período. Não era maravilhoso que pensativo

os homens supuseram que a discussão de palavras deveria cessar, e considerou isto

possível extrair um sistema harmonioso destes vários ensinos…

Panaetius, Athenagoras, e Clemente foi instruído completamente em Platonic

filosofia, e compreendeu sua unidade essencial com os sistemas Orientais.


Por esses dias, o judeu que Aristobulus afirmou que as éticas de Aristóteles

representado os ensinos esotéricos da Lei de Moses; Philo Judaeus

empreendido reconciliar o Pentateuch com o Pythagorean e Platonic

filosofia; e Josephus provou que o Essenes de Carmel simplesmente seja o

copyists e seguidores do Therapeutae egípcio (os curandeiros). Assim é

por nosso dia. Nós podemos mostrar a linha de descida de toda religião Cristã, como

de todo, até mesmo o menor, seita. O posterior é os ramos secundários ou brotos

crescido nas filiais maiores; mas brotos e fonte de filiais do mesmo

tronco-a sabedoria-religião. Provar isto era a pontaria de Ammonius que

empreendido induzir Gentiles e cristãos, judeus e Idólatras, se deitar,

aparte a contenção deles/delas e discussão, só se lembrando que eles eram tudo dentro

posse da mesma verdade debaixo de vários vestuários, e era todos o

crianças de uma mãe comum. Esta é igualmente a pontaria de Teosofia.
Diz Mosheim de Ammonius:
Não só concebendo isso os filósofos de Grécia, mas também tudo esses de

as nações de bárbaro diferentes, estava perfeitamente em harmonia com um ao outro

com respeito a todo ponto essencial, ele fez isto o negócio dele assim expor

as mil doutrinas de tudo estas várias seitas sobre espetáculo eles tiveram tudo

originado de um e a mesma fonte, e tendeu tudo a um e o mesmo

fim.
Se o escritor em Ammonius na Enciclopédia de Edinburgh sabe o que ele é

falando aproximadamente, então ele descreve os Teósofo modernos, as convicções deles/delas, e

o trabalho deles/delas, porque ele diz, enquanto falando do Theodidaktos:


Ele adotou as doutrinas que foram recebidas no Egito (o esotérico era

esses de Índia) relativo ao Universo e a Deidade, considerou como

um grande todo constituindo; relativo à eternidade do mundo… e

estabelecido um sistema de disciplina moral que permitiu as pessoas em geral

viver de acordo com as leis do país deles/delas e as ordens de natureza,

mas exigido o modo para exaltar a mente deles/delas por contemplação.


Q. Para o que é sua autoridade dizendo isto dos Teósofo antigos de

Alexandria?


Um. Um número quase incontável de escritores famosos. Mosheim, um deles,

diz isso:


Ammonius ensinou que a religião da multidão foi mão-em-dar com

filosofia, e com ela tinha compartilhado o destino de estar através de graus corrompido

e obscureceu com meras vaidades humanas, superstições, e mentiras; que isto

então, deva ser trazido atrás a sua pureza original purgando isto de

este dross e expondo isto em princípios filosóficos; e o todo

Cristo teve era à vista restabelecer e restabelecer a sua integridade primitiva

a sabedoria dos anciões; reduzir dentro de saltos o

domínio universalmente-prevalecente de superstição; e em parte corrigir, e

em parte exterminar os vários erros nos que tinham achado o modo deles/delas o

religiões populares diferentes.


Isto, novamente, é precisamente o que os Teósofo modernos dizem. Só enquanto o

grande Philaletheian foi apoiado e ajudou na política que ele procurou antes das duas

Igreja Gera, Clemente e Athenagoras, por todos os Rabinos instruídos do

Sinagoga, a Academia e o Groves, e enquanto ele ensinou uma doutrina comum

para tudo, nós, os seguidores dele na mesma linha, não recebemos nenhum reconhecimento, mas, em

o contrário, é abusado e perseguiu. Pessoas são 1,500 anos atrás assim

mostrado para ter sido mais tolerante que eles estão neste século iluminado.
Q. Era ele encorajou e apoiou pela Igreja porque, todavia

as heresias dele, Ammonius ensinou Cristianismo e um Christian era?


Um. Não. Ele nasceu um Christian, mas nunca aceitou Igreja

Cristianismo. Como dito dele pelo mesmo escritor:


Ele teve mas propor as instruções dele de acordo com os pilares antigos de

Hermes antes do qual o Platão e Pythagoras conheceram, e deles constituiu

a filosofia deles/delas. Achando o mesmo no prólogo do Evangelho conforme

para St. John, ele supôs muito corretamente que o propósito de Jesus era

restabeleça a grande doutrina de sabedoria em sua integridade primitiva. O

narrativas da Bíblia e as histórias dos deuses ele considerou ser

alegorias ilustrativo da verdade, ou então fábulas ser rejeitado. Como diz

a Enciclopédia de Edinburgh:


Além disso, ele reconheceu aquele Jesus Christ era um homem excelente e o

" amigo de Deus, " mas alegado que não era completamente o desígnio dele para abolir

a adoração de demônios (deuses), e que a única intenção dele era purificar o

religião antiga.


-oOo -
A Sabedoria-religião, Esotérico em Todas as Idades
Q. Desde Ammonius nunca cometeu qualquer coisa a escrever, como possa um seguramente sente

aquele tal os ensinos dele eram?


Um. Buddha nem, Pythagoras, Confucius, Orpheus, Sócrates, ou até mesmo

Jesus, os deixe para trás qualquer escrita. Ainda a maioria destes é histórico

personagens, e os ensinos deles/delas têm tudo sobrevividos. Os discípulos de Ammonius

(entre quem Origen e Herennius) escreveu tratados e explicou as éticas dele.

Certamente o posterior é como histórico, se não mais assim, que o Apostólico

escritas. Além disso, o dele aluno-Origen, Plotinus, e Longinus (o conselheiro de

a Rainha famosa Zenobia)-tem toda a esquerda registros volumosos do

Philaletheian Sistema-assim longe, a todos os eventos, como a profissão pública deles/delas de

fé era conhecida, para a escola foi dividido em exotérico e esotérico

ensinos.


Q. Como tenha as doutrinas posteriores alcançado nosso dia, desde que você cabo que o que é

corretamente chamado a sabedoria-religião era esotérica?


Um. A sabedoria-religião sempre era um, e sendo a última palavra de possível

conhecimento humano, era, então, cuidadosamente preservou. Precedeu muito tempo por

idades os Teósofo de Alexandrian, alcançou o moderno, e sobreviverá

toda outra religião e filosofia.


Q. Onde e por quem estava assim preservou?
Um. Entre Inicia de todo país; entre investigadores profundos depois de

verdade-seus discípulos; e nessas partes do mundo onde tais tópicos

sempre foi a maioria avaliado e procurou: na Índia, Ásia Central, e

Persia.
Q. Você pode me dar algumas provas de seu esotericism?


Um. A melhor prova que você pode ter do fato é que todo religioso antigo,

ou bastante filosófico, culto consistiu em um ensino esotérico ou secreto,

e um exotérico (o público externo) adoração. Além disso, é um famoso

fato que os mistérios dos anciões incluíram com toda nação o

maior " (segredo) e " Menos " (o público) mistério-por exemplo., no célebre

solenidades chamadas o Eleusinia, na Grécia. Do Hierophants de

Samothrace, Egito, e o Brahmins iniciado da Índia de velho, até

os Rabinos hebreus posteriores, tudo preservaram, para medo de profanação, a realidade deles/delas

bona fide convicções segredo. Os Rabinos judeus chamaram o religioso secular deles/delas

série o Merkabah (o corpo exterior), " o veículo, " ou, a coberta

que contém o escondido alma-i.e., o conhecimento secreto mais alto deles/delas. Nenhum

das nações antigas sempre dadas por seus padres sua realidade

segredos filosóficos para as massas, mas dividiu o posterior só o

cascas. Budismo do norte tem seu " maior " e seu " menos " veículo, conhecido,

como o Mahayana, o esotérico, e o Hinayana, o exotérico, Escolas. Nem

possa você os culpa por tal segredo; para seguramente você não pensaria de

alimentando seu rebanho de ovelha em dissertações instruídas em botânica em vez de em

grama? Pythagoras chamado o Gnosis " dele o conhecimento de coisas que são, " ou

[translit.Greek] " ele tonelada de gnosis onton " e preservou aquele conhecimento por seu

discípulos empenhados só: para esses que poderiam digerir tal comida mental e tato

satisfeito; e ele os empenhou silenciar e segredo. Alfabetos ocultos e

cifras secretas são o desenvolvimento das escritas hieráticas egípcias velhas,

o segredo de qual era, outrora, na posse só do

Hierogrammatists, ou iniciou os padres egípcios. Ammonius Saccas, como seu,

biógrafos nos falam, salte os alunos dele por juramento não divulgar o mais alto dele

doutrinas excluem a esses que já tinham sido instruídos em preliminar

conhecimento, e que também era encadernado por um penhor. Finalmente, faça nós não achamos o

mesmo até mesmo em Cristianismo cedo, entre o Gnostics, e até mesmo no

ensinos de Cristo? Feito ele não fala com as multidões em parábolas que

tido um significado de dois-dobra, e só explica as razões dele aos discípulos dele? He

diz:
A você é dado para saber os mistérios do reino de céu; mas até

  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   29


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal