A concepçÃo de história de walter benjamin e a história da educaçÃO



Baixar 3.44 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho3.44 Kb.
A CONCEPÇÃO DE HISTÓRIA DE WALTER BENJAMIN E A HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO.
Sonia Aparecida Alem Marrach

Professora livre-docente de História da Educação da UNESP-Marília.

Depto. Administração e Supervisão escolar.

soniamarrach@linkway.com.br
RESUMO
O objetivo deste trabalho é discutir a concepção de história de Walter Benjamin, para desenvolvê-la no campo da história da educação. Primeiramente, abordaremos seus textos de juventude, onde começa a elaborar o tema. Na segunda da parte, trataremos das Teses sobre o conceito de história – obra da maturidade do pensador da Escola de Frankfurt, escrita em 1940, quando ele vivia a experiência do judeu errante perseguido pelo fascismo. As Teses escritas, em forma de fragmentos, constituem obra aberta e permitem, pelo menos duas leituras: como se faz a história e como se escreve a história. Mostraremos que o modo de escrever a história benjaminiana pode ser rico em interfaces metodológicas para a história da educação.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal