A contexto “O longo século xix” “O breve século xx” Desenvolvimento econômico e cultural belle époque: novas tecnologias, otimismo



Baixar 32.53 Kb.
Encontro27.07.2016
Tamanho32.53 Kb.

HISTÓRIA GERAL Priscila Campos

1ª GUERRA MUNDIAL 2011



A) CONTEXTO

  • “O longo século XIX” “O breve século XX”

  • Desenvolvimento econômico e cultural

  • BELLE ÉPOQUE: novas tecnologias, otimismo, remédios. “Não há limites para o progresso”

  • Primeira vez na História em que todas as potências estavam envolvidas no conflito


B) CAUSAS

  1. Conflitos imperialistas (disputa de territórios coloniais) /rompimento do equilíbrio europeu desde as guerras napoleônicas

- expansão do capitalismo financeiro monopolista

- ascensão da Alemanha como potência econômica




  1. Revanchismo francês

- Guerra franco-prussiana (territórios Alsacia e Lorena)


  1. Rivalidade industrial anglo-germânica (União FRA/ING)

- Intenso desenvolvimento da indústria alemã – Krup (siderúrgica) e marinha mercante. "Se a Alemanha fosse extinta amanhã, não haveria depois de amanhã um só inglês no mundo que não fosse mais rico do que é hoje. Nações lutaram durante anos por uma cidade ou por um direito de sucessão; e não se deve lutar por um comércio de duzentos e cinqüenta milhões de esterlinos?

- Rivalidade marinha bélica (novas tecnologias náuticas, blindagem, motores, hélices)




  1. Nacionalismo exacerbado (discurso romântico/História/ unidade nacional)

- França revanchismo da derrota na Guerra Franco Prussiana

- Ingleses: imagem de civilização

- Alemães: homens de espírito puro superior devendo se impor sobre os povos de origem germânica como holandeses, dinamarqueses, austríacos. PANGERMANISMO

- Russos: eslavismo (pretendiam englobar os povos de origem eslava – thecos, poloneses, eslovacos, eslovenos, croatas, bósnios e sérvios). PAN-ESLAVISMO

- Itália: desejo de terminar a anexação de várias províncias – Irredentismo (províncias irredentas)

- Império Austro Húngaro – etnias e nacionalidades diversas (bósnios, eslovenos, eslovacos, croatas, romenos, e até as províncias irredentas da Itália)

- Sérvia: Região desejava uma saída para o mar e apoiava os movimentos de independência dos povos eslavos.

(Os povos eslavos são classificados geográfica e linguisticamente em eslavos ocidentais (englobando tchecos, eslovacos, morávios, poloneses, silesianos e sórbios), eslavos orientais (englobando bielorrussos, russos e ucranianos)[8] e eslavos do sul (englobando bosníacos, búlgaros, croatas, macedônios, montenegrinos, sérvios e eslovenos)


  1. Corrida armamentista

- grandes investimentos em tecnologia bélica

- objetivava a proteção interna e o aumento dos lucros com o novo setor industrial.




  1. Paz armada: Período inicial do século XX – Momento em que as potências capitalistas investem no desenvolvimento bélico, armando-se contra as principais oponentes.




  1. Política de alianças

- TRÍLICE ALIANÇA (Alemanha, Império Austro- húngaro e Itália)

- TRIPLICE ENTENTE/ENTENTE CORDIALE (acordo entre ING/FRA): (Inglaterra, França, Rússia) - 1907

POSTERIOR REPRODUÇÃO DAS ALIANÇAS
C) CONFLITOS ENTRE OS BLOCOS

1) Questão Marroquina (1904)

°Proibição aos alemães de explorarem a região do Marrocos.

°Acordo que daria o Egito aos ingleses e o Marrocos aos franceses

°conflitos diplomáticos entre ingleses + franceses x alemães

°1911= Congo francês domínio alemão/Marrocos domínio francês

°Ambos os governos ficaram descontentes.
2) Questão Balcânica

° Colocava em oposição tríplice aliança e tríplice Entente.

° Desmembramento do Império Turco-Otomano

° Interesse russo na região = PAN-ESLAVISMO

° Interesse do Império Austro-Húngaro na região aliado à Alemanha (construção da estrada de ferro Berlim Bagdá/ áreas de petróleo no golfo pérsico – aumento do poderio alemão)

°Bósnia/Herzegovina invadidas pelo império Austro – movimentos de independência incentivados pela Sérvia.

° “Barril de Pólvora”

D) O ESTOPIM DA GUERRA: “O Atentado de Sarajevo”


  • 1914: Arquiduque Francisco Ferdinando – defendia a formação da monarquia tríplice (Austro-Húngara-eslava) para reduzir os interesses de emancipação

  • Assassinado pela organização secreta “Mão Negra” (Sérvia/ Rússia)

  • Reação em cadeia – Política de alianças

Sérvia x Império Austro Húngaro

Rússia x Alemanha

França x Alemanha
E) FASES DA GUERRA

1) Guerra de Movimento – 1914-1915

2) Guerra de Trincheiras 1915-1917

3) O ano crítico 1917

4) Os tratados de Paz


  1. Guerra de movimento

- Inicial ofensiva alemã

- Plano Schlieffen – estratégia de guerra elaborada pelos alemães

- Resistência francesa + inglesa (Batalha de Marne) – Fracasso do plano alemão

- Fim da guerra de movimento




  1. “Guerra de trincheiras” (1915/1917)

- Grande avanço alemão – principalmente sob a Rússia

- Momento de maior tensão e perdas do conflito

- Itália troca de lado, promessas inglesas de partilhar colônias

- Conseqüências drásticas para a sociedade e economia européia.

- Grande desgaste econômico e social dos dois blocos envolvidos.


  1. 1917 – Ano crítico

- Saída da Rússia da Guerra (Estado absolutista, maioria camponeses, ruralizado – Tratado de Brest-Litovski)

- Intensificação dos ataques alemães (Bloqueio Econômico à Grã-Bretanha)

- Ataque a um navio estadunidense – ENTRADA DOS EUA NA 1ª GUERRA MUNDIAL

- Progressivas vitórias da Tríplice Entente

- Deposição da Kaiser alemão (para evitar que a Alemanha fosse invadida um movimento popular obrigou o Kaiser a abdicar)
CONSEQUENCIAS DA GUERRA

- Custo financeiro – (1918 10 milhões de dólares por hora)

- Queda demográfica – inserção das mulheres no mercado de trabalho

- Crise econômica e financeira (inflação e absorção do desemprego)

- Países neutros: Suécia, Suiça, Holanda e Espanha

- Conseqüências psicológicas, traumas de guerra e o processo de desumanização da sociedade européia.

- Ascensão do Japão como potência local – dominando diversas colônias alemãs na região do pacífico.

- Declínio do poderio econômico europeu, ascensão dos EUA como nova potência mundial.

- Criação da Liga das nações (sem participação da Rússia e Alemanha/ sem a participação dos EUA)

4) Tratados de Paz

(Diversos armistícios de Paz entre set/1918 e nov/1918)


  • 14 pontos de Wilson – “Paz sem vencedores” – Proposta de paz anterior ao fim do conflito.

- Fronteiras definidas de acordo com o principio da nacionalidade.

- Criação da Sociedade das Nações – Liga das Nações



  • Tratado de Versalhes – “Culpava a Alemanha pelo conflito”

- Diktat – “imposição”

- Reunião entre os principais vencedores, sem a presença dos alemães.

- Devolução dos territórios da Alsácia e Lorena à França

- Impulsionou o sentimento revanchista alemão.



  • Tratado de Saint- Germain (1919)

- Criação dos novos países na região dos Bálcãs – Hungria, Tchecoslováquia, Iugoslávia e da Polônia. Áustria impedida de juntar-se à Alemanha.

  • Tratado de Neuilly (1919)

- Tratado impostos à Bulgária

  • Tratado de Sévres (1920)

-Tratado imposto ao império Turco Otomano – reconhecimento da independência de todos os povos não otomanos.

° ING: Palestina, Jordânia e Iraque



° FRA: Síria e Líbano



©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal