A doutrina de deus filho



Baixar 169.02 Kb.
Página1/3
Encontro20.07.2016
Tamanho169.02 Kb.
  1   2   3
CRISTOLOGIA : DOUTRINA DE CRISTO.
A Bíblia e o messias salvador senhor e Deus Jesus Cristo, crucificação, cruz, divindade, encarnação, filho de Deus, filho do homem, nascimento virginal, ressurreição, sangue, trindade.

3. CRISTOLOGIA

A DOUTRINA DE

DEUS - FILHO

H.M.S., Dez/1997.
ÍNDICE:

3.1. INTRODUÇÃO



A PESSOA DE JESUS, O CRISTO

3.2. PREEXISTÊNCIA ETERNA DO VERBO, COMO DEUS

3.3. MINISTÉRIO NO V.T.

3.4. ENCARNAÇÃO VIRGINAL. UNIÃO DAS 2 NATUREZAS (DIVINA E HUMANA) EM UMA SÓ PESSOA

3.5. SUBORDINAÇÃO. INÍCIO DA POSIÇÃO DE FILHO

3.6. NOMES E TÍTULOS

3.7. HUMANIDADE

3.8. DIVINDADE

3.9. IMPECABILIDADE

3.10. CARÁTER

3.11 DIFERENTES ÊNFASES NOS 4 EVANGELHOS

A OBRA DE JESUS, O CRISTO

3.12. SUA VERDADEIRA KENOSIS (ESVAZIAMENTO)

3.13. MINISTÉRIO TERRESTRE

3.14. OFÍCIOS

3.15. MORTE

3.16. DESCIDA AO CORAÇÃO DA TERRA

3.17. RESSURREIÇÃO

3.18. ASCENSÃO E PRESENTE EXALTAÇÃO E MINISTÉRIO

3.19. DUPLA 2A. VINDA

3.20 REINO MILENAR

3.21 TIPOS DO CRISTO, NO V.T.

BIBLIOGRAFIA CONSULTADA



3.1. INTRODUÇÃO: A QUESTÃO CHAVE DO UNIVERSO CONTINUA SENDO: “QUE PENSAIS VÓS DO CRISTO?”  MT 22:42. A HISTÓRIA TEM SEU CENTRO E DECISÃO NO CRISTO! HISTÓRIA DO MUNDO ... E DE CADA INDIVÍDUO!


a Pessoa de Jesus, o Cristo

QUALQUER OUTRA “RELIGIÃO” POUCO PERDERIA COM A DESCOBERTA DE QUE SEU FUNDADOR NÃO EXISTIU REALMENTE, NÃO FOI EXATAMENTE O QUE SE CRÊ, OU TEVE FALHA NO ENSINO OU NO PROCEDER... PODE-SE TER BUDISMO SEM BUDA, ETC., MAS NÃO CRISTIANISMO SEM “CRISTO EM VÓS, A ESPERANÇA DA GLÓRIA”! CRISTIANISMO É UMA PESSOA, O  CRISTO!


3.2. PREEXISTÊNCIA ETERNA DO VERBO, COMO DEUS:

- O Verbo de Deus sempre existiu, eternamente Mq 5:2; Jo 1:1,15,27,30; 6:38,51,61-62; 8:58; 17:5,24 (+ Is 42:8); Fp 2:6-8; 1Pe 1:20; 1Jo 1:12.

- Ocupando-Se: da criação do universo (Jo 1:3,10; 1Co 8:6; Cl 1:16; He 1:2,10), do controle do universo (Cl 1:17; He 1:3); e da comunhão com o Pai (Jo 17:23-24).

3.3. MINISTÉRIO NO V.T.

- As aparições de “O anjo do SENHOR” eram teofanias, manifestações do Verbo antes da Sua encarnação (Gn 48:16; Jz 13:18 + Is 9:6), e só ocorreram antes dela.

- ALGUNS MINISTÉRIOS DO CRISTO PREENCARNADO:
CUIDOU DE AGAR GN 16:7-14.

AVISOU ABRAÃO DA DESTRUIÇÃO DE SODOMA GN 18:1

E RESGATOU ISAQUE DE MORRER 22:11-13.

FALOU A JACÓ, DO TOPO DE ESCADA GN 28:13,

GUARDOU-O DAS TRAPAÇAS DE LABÃO 31:11-13.

DEIXOU JACÓ LUTAR CONSIGO 32:24-32.

MANDOU MOISÉS SANTIFICAR SEUS PÉS EX 3:4-5, (V.4 CHAMA O ANJO DO SENHOR DE DEUS!),

FOI NA FRENTE DE ISRAEL EX 14:19 CF. 23:20,

PROMETEU PROTEÇÃO NO CAMINHAR 23:20,

E PROTEGEU  MOISÉS AO PASSAR SUA GLÓRIA 33:22,34.

A ROCHA SEGUINDO ISRAEL ERA O CRISTO 1CO 10:4.

ORDENOU A BALAÃO NU 22:22-35.

ENCORAJOU JOSUÉ ANTES DA BATALHA CONTRA JERICÓ JS 5:13-15.

CHAMOU GIDEÃO JZ 6:11-24.

DEU SANSÃO AOS SEUS PAIS, E OS INSTRUIU JZ 13.

TROUXE PESTILÊNCIA PELO CENSO DE DAVÍ 1CR 21,

CONFORTOU ELIAS 1RS 19:5-,9-18,

DIZIMOU ASSÍRIOS 2RS 19:35,

FEZ ISAÍAS ENTENDER SUA GLÓRIA E SANTIDADE! IS 6:1-13.

GUARDOU 3 JOVENS HEBREUS NA FORNALHA DE FOGO DN 3:24-25

GUARDOU DANIEL NO COVIL DOS LEÕES 6:22 E REVELOU-LHE SEU REINO 7:13-14.

APARECEU A ZACARIAS ZC 1:11; 3:11

E REVELOU QUE PROTEGE JERUSALÉM ZC 1:8-13, A MEDE 2:8-11, PURIFICA 3:10, E EDIFICA 6:12-15.
3.4. ENCARNAÇÃO VIRGINAL. UNIÃO DAS 2 NATUREZAS (DIVINA E HUMANA) EM UMA SÓ PESSOA.
1.       FALSAS TEORIAS SOBRE A UNIÃO (VER 3.7-HUMANIDADE E 3.8-DIVINDADE):

- GNOSTICISMO É DUALISTA (BEM CONTRA MAL, ESPÍRITO VS. CARNE, ETC.) E NEGA A HUMANIDADE DO CRISTO, POIS O CORPO SERIA INERENTEMENTE MAU CL 1:15-18; 2:9; HE 2:14; 1JO 2:22-23; 4:2-6,15; 5:1-6; 2JO 7

- EBIONISMO NEGA SUA PREEXISTÊNCIA, DIVINDADE E ENCARNAÇÃO, ELE SERIA APENAS O HOMEM ESCOLHIDO E QUE VIVEU MAIS ELEVADAMENTE, E, AO SER IMERSO, RECEBEU O ESPÍRITO SANTO E CONSCIENTIZOU-SE DE QUE ERA O MESSIAS.

- ARIUS DISTORCE MC 13:32; JO 5:19; 14:28; 1CO 15:28 E ACEITA A PREEXISTÊNCIA DO CRISTO SÓ COMO O 1O SER CRIADO,  INSTRUMENTO PARA TUDO MAIS SER CRIADO, PORTANTO NEGA SUAS COMPLETAS DIVINDADE E HUMANIDADE.

- NESTORIUS AFIRMA HAVER 2 PESSOAS DISTINTAS NO CRISTO, ELE SERIA SOMENTE UM HOMEM, “SUPER-HABITADO-CHEIO” DO ESPÍRITO SANTO.

- EUTIQUIANISMO  MONOPHYSITA (= 1 NATUREZA) ENSINA QUE AS 2 NATUREZAS (HUMANA E DIVINA) DO CRISTO FORMARAM UMA 3A. NATUREZA (NÃO HUMANA, MAS “PREDOMINANTEMENTE” DIVINA) DISTINTA E SUBSTITUINDO AS ANTERIORES.

- EUTIQUIANISMO MONOTHELITE (= 1 VONTADE) ENSINA 2 NATUREZAS MAS 1 SÓ VOLIÇÃO NO CRISTO.

- CERINTIANISMO, UM GNOSTICISMO,  MANTÉM QUE O CRISTO GANHOU DIVINDADE  NA IMERSÃO E PERDEU-A ANTES DE MORRER.

- DOCETISMO, UM GNOSTICISMO, NEGA QUE O CRISTO TIVESSE HUMANIDADE, CORPO HUMANO REAL.

- APOLLINARIS AFIRMA QUE O CRISTO TINHA CORPO REAL E ALMA (ANIMAL), MAS NÃO TINHA ESPÍRITO NEM MENTE HUMANOS, O LOGOS VEIO PREENCHER O LUGAR DELES, O CRISTO ERA DIVIDIDO, HOMEM (IMPERFEITO) “FOLHEADO” DA DIVINDADE.
2.     Ensino bíblico sobre a união (ver 3.7-Humanidade, 3.8-Divindade, 3.9Impecabilidade): Jesus Cristo, para sempre sendo 1 só pessoa, desde a encarnação e para sempre tem 2 naturezas, unidas indissolúvel mas subsistentemente. Simultaneamente: Ele é completa e totalmente Deus, e completa e totalmente homem (impecável); sem perda dessas naturezas, nem formação de nova natureza. Por isso, Ele pode dar a aparência de fraco, sendo onipotente; de finito, sendo infinito; de crescer em conhecimento, sendo onisciente; de ser localizado, sendo onipresente. A personalidade do Cristo reside na Sua natureza divina e não na humana, porque ao Verbo não foi adicionada uma pessoa humana, mas sim uma natureza humana.

3.     Necessidade da encarnação: o Salvador simultaneamente tinha que ser: (a) da raça humana, para representar-nos, substituir-nos vicariamente (e, assim, os benefícios da Sua morte aplicarem-se a nós); (b) e divino, para Sua morte ter valor infinito e salvar a tantos homens.

4.     Necessidade da encarnação ser virginal: a 1a. célula do corpo do homem, e, portanto toda sua natureza humana, vem metade da semente do homem, metade da semente da mulher, a natureza pecaminosa natureza sendo herdada da semente do homem Rm 5:12; portanto, a humanidade do corpo que o Verbo eterno ganhou (Jo 1:12) podia vir metade de mãe pecadora, mas a outra metade tinha que vir por geração miraculosa realizada por Deus, sem contribuição de homem.

5.     Fato da encarnação: Jo 1:14; Ver seção 3.12Kenosis e 3.4.6EncarnaçãoVirginal¯

6.     Fato da encarnação virginal: Mt 1:18-25; Lc 1:26-38.

7.     Milagres envolvidos na encarnação:

a) Deus-o-Verbo adicionou toda a natureza humana, mas sempre retendo toda a natureza divina (“união hipostática”, sem analogia na criação).

b) Um corpo humano foi miraculosamente concebido sem contribuição de pai terrestre (e sem ser ..., nem clone de mulher).

8.     Perpetuidade da encarnação: Depois dela, o Cristo sempre terá Seu corpo (que, depois da ressurreição, passou a ser corpo glorificado, para sempre). Depois da ressurreição, Ele tinha a aparência de um homem Jo 20:15; 21:4-5. Hoje, está no céu como homem 1Tm 2:5.Voltará como homem Mt 16:27-28; 25:31; 26:64-65. Julgará como homem At 17:31.

9.     Profecias: O nascido será chamado de Deus-Forte Is 9:6-7, e de Emanuel, sendo nascido de uma virgem Is 7:14, em Belém Mq 5:2, eterno, a ser precedido por João Batista Lc 1:17,76. Será o Salvador, o Filho de Deus, como profetizado por Isabel Lc 1:42, anunciado a Maria 1:31,35, a José Mt 1:20-21, aos pastores Lc 2:10-12, aos magos Mt 2:1-2, a Simeão Lc 2:25-32, e a Ana 2:38.

10.FINALIDADE da encarnação (ver também 3.15.h. Resultados da Morte do Cristo)
- REVELAR O DEUS INVISÍVEL JO 1:18; 14:9.

- CUMPRIR AS PROFECIAS DE UM SALVADOR (GN 3:15; IS 53:4-6; DN 9:26; 1CO 5:7) E REI (GN 17:6,16; 49:9-10; 2SM 7:12-13; SL 8; 24; 45; 110; ZC 14:9).

- REVELAR O PAI (CONCEITO NOVO, DEUS COMO PAI!) MT 6:9; JO 1:18; 14:9; 16:27; MT 6:8,32; 5:45.

- FAZER SACRIFÍCIO POR NOSSOS PECADOS, REMOVÊ-LOS IS 53:6; MC 10:45; JO 1:29,36; 2 CO 5:21; HE 2:9; 9:26; 10:4-5,10,12; 1JO 3:5. O Cristo é tanto o bode sacrificial como o expiatório! Lv 16: 8-9, 20-22.

- RECONCILIAR O HOMEM COM DEUS 2CO 5:19; HE 2:17; 1TM 2:5-6.

- SER-NOS FIEL SUMO SACEDOTE (ver 3.14Ofícios). HE 9:26

- PROVER, PARA OS CRENTES:

. UM EXEMPLO DE VIDA, SANTA MT 11:29;  1PE 2:21; 1JO 2:6, Os escritores da Bíblia foram infalíveis em ensino, mas não em caráter. O Cristo é o único infalível em ambos aspectos! Transformemo-nos na imagem do Senhor, por olharmos, como que em um espelho, a Sua glória 2Co 3:18.

. UM FIEL E COMPASSIVO SUMO SACERDOTE HE 2:17; 3:1; 9:26.  (ver 3.14.Ofícios),

. E O ESCAPE PARA A MALDIÇÃO SOBRE ADÃO RM 5:12.

- DESTRUIR O DIABO E SUAS OBRAS HE 2:14; 1JO 3:8. ESTE ESTÁ VENCIDO JO 12:31; 14:30, SERÁ LANÇADO NO LAGO DE FOGO AP 20:10, TUDO O QUE ALCANÇOU PELA INTRODUÇÃO DO PECADO SERÁ DESFEITO (EXCETO PUNIÇÃO AOS SEUS SEGUIDORES).

- SARAR OS QUEBRANTADOS DE CORAÇÃO LC 4:18.

- PÔR EM LIBERDADE OS OPRIMIDOS LC 4:18.

- DAR VIDA, VIDA ABUNDANTE JO 3:36; 10:10.

- GLORIFICAR O PAI  JO 13:31; 14:13; 17:4.

- PREPARAR PARA SUA 2A. VINDA (APENAS ENTÃO NOSSA SALVAÇÃO COMPLETAR-SE-Á) HE 9:28; AP 5:6.


11. A união das 2 naturezas (humana e divina) do Cristo (ver 3.7Humanidade, 3.8Divindade e 3.12Sua Verdadeira Kenosis): A encarnação foi Deus, o Verbo Eterno, a 2a. pessoa da Trindade, ganhando os atributos de homem perfeito [1],sem jamais, por 1 segundo, perder os divinos Cl 2:9; 1Tm 3:16 (T.Recebidos, a Bíblia preservada. Ou a Almeida Corrigida e Revisada, Fiel, Trinitariana). O Cristo, para sempre sendo 1 só pessoa, desde a encarnação e para sempre tem 2 naturezas, em união perfeita, indissolúvel, concordes, estas 2 naturezas jamais funcionam independentemente,  mesmo subsistindo eternamente distintas. Simultaneamente: o Filho é completa e totalmente Deus, e completa e totalmente homem; sem perda parcial ou temporária de nenhuma dessas naturezas, nem formação de nova natureza.

12. Provas da união das 2 naturezas em UMA só pessoa:

- Não há o mais leve indício de multiplicidade de pessoas (pensamento Propósito + sentir + decidir Agir) no Cristo, como há abundantemente para a Trindade!...

- Há um único sujeito em frases referindo-se simultaneamente tanto à humanidade como à divindade do Cristo (!): Jo 1:14; Gl 4:4; 1Tm 3:16 (T.Recebidos).

3.5. SUBORDINAÇÃO. INÍCIO DA POSIÇÃO DE FILHO:

A subordinação do Cristo ao Pai (é de ordem, ofício, operação, não de essência-poder-valor!  Ver 3.12-Sua Verdadeira Kenosis):
- O CRISTO A EXPRESSOU, REFERINDO-SE AO PAI COMO SUPERIOR JO 14:28.

- PELO PAI FOI GERADO (VER LOGO ABAIXO) JO 3:16. ENVIADO JO 8:29. RECEBEU AUTORIDADE JO 13:3. RECEBEU SUA MENSAGEM JO 17:8. TEVE SEU REINO ESTABELECIDO LC 22:29.

- O CRISTO DEPENDIA DO PAI JO 5:19. ESTAVA SOB SUA AUTORIDADE JO 10:18. ENTREGAR-LHE-Á SEU REINO 1CO 15:24. SEMPRE SER-LHE-Á SUJEITO 1CO 11:3.
Sua Posição de Filho, Filho [Uni-]Gerado:

- O Verbo, a 2a. pessoa da Trindade, é Deus, eterno, incriado e criador de tudo que foi criado Jo 1:1-3.

- O Filho foi gerado Sl 2:7 “...Tu é meu Filho, eu hoje te gerei”, e é chamado gerado, unigênito, primogênito, etc.
- ALGUNS INTERPRETAM O “HOJE” DE SL 2:7 COMO O “DIA DA ETERNIDADE” DE MQ 5:2 E 2PE 3:18, O “SEMPRE”, PORTANTO “GERADO DESDE A ETERNIDADE” SIGNIFICARIA QUE O FILHO NUNCA FOI EXATAMENTE GERADO... OUTROS INTERPRETAM QUE O CRISTO FOI GERADO NO SENTIDO DE TER SIDO GERADO DENTRE OS MORTOS, NA RESSURREIÇÃO AT 13:32-33.

- MAS MQ 5:2 NÃO NECESSARIAMENTE SE REFERE À POSIÇÃO DE FILHO; 2PE 3:18 SE REFERE À ETERNIDADE FUTURA; GERADO É GERADO; E A PROMESSA DE AT 13:32 É “PARA OS PAIS”, NÃO “PARA O FILHO”, A PROMESSA AOS PAIS É A DO SALVADOR DE ISRAEL (VERSO 23). A RESSURREIÇÃO, AQUÍ PROMETIDA PARA O CRISTO, NÃO PARA OS PAIS, ERA PROVA E ERA INDISPENSÁVEL PARA CUMPRIR A PROMESSA DE SALVAÇÃO.

- ASSIM, É MUITO MAIS NATURAL E MELHOR INTERPRETARMOS QUE:¯
- O Verbo sendo Deus Eterno, pôs-Se na posição de Filho no instante em que encarnou e teve Sua natureza humana, inclusive Seu corpo, literalmente gerados, criados do nada. A ressurreição somente declarou (demonstrou e proclamou) que Ele tinha se colocado na posição de Filho e Deus o tinha aceito, sendo Seu Pai Rm 1:4.

3.6. NOMES E TÍTULOS:
ADÃO 1CO 15:45.

ADVOGADO 1JO 2:1.

ALFA E ÔMEGA AP 1:8; 21:6.

AMADO EF 1:6.

AMÉM AP 3:14.

AMIGO DOS PECADORES MT 11:19.

ANJO DO SENHOR GN 16:9-14; JZ 6:11-14.

APÓSTOLO HE 3:1.

AUTOR ( E CONSUMADOR DA NOSSA FÉ ) HE 12:2.

BENDITO 1TM 6:15.

BISPO 1PD 2:25.

CABEÇA DAS IGREJAS CL 1:18.

CAPITÃO JS 5:14.

CARPINTEIRO MT 13:55; MC 6:3.

CEIFEIRO AP 14:15.

CHIFRE DA SALVAÇÃO SL 18:2.

COMANDANTE IS 55:4.

CONSELHEIRO IS 9:6.

CONSOLAÇÃO DE ISRAEL LC 2:25.

CORDEIRO DE DEUS JO 1:29, 36.

o CRISTO (= UNGIDO) MT 1:16; 2:4.

DESEJO DAS NAÇÕES AG 2:7.

DEUS JO 1:1; RM 9:5; 1TM 3:16 (T.RECEBIDOS).

DEUS FORTE IS 9:6; 63:1.

DOM DE DEUS 2CO 9:15.

EMANUEL MT 1:23.

ESTRELA D’ALVA 2PD 1:19.

ESTRELA DA MANHÃ, A BRILHANTE AP 22:16.

EU SOU: A LUZ DO MUNDO JO 9:5. EU SOU: A PORTA JO 10:9. EU SOU: A RESSURREIÇÃO E A VIDA JO 11:25. EU SOU: A VIDEIRA VERDADEIRA JO 15:1. EU SOU: O BOM PASTOR JO 10:11. EU SOU: O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA JO 14:6. EU SOU: O PÃO DA VIDA JO 6:35.

EXPRESSA IMAGEM DE DEUS HE 1:3.

FIEL TESTEMUNHA AP 1:5; 3:14; 19:11.

FILHO DE DAVÍ (PELOS 2 CEGOS DE CAFARNAUM MT 9:27; A SÍRIO-FENÍCIA MT 15:22; 2 CEGOS DE JERICÓ MT 20:30; MC 10:46-47; MULTIDÃO NO “DOMINGO DE RAMOS” MT 21:9).

FILHO DE DEUS (POR JESUS, SÓ 2 VEZES JO 9:35; 10:36; PELO DIABO MT 4:3,6; GABRIEL LC 1:35; DEMÔNIO MT 8:29; LC 4:41; DISCÍPULO MT 14:33; PEDRO MT 16:16; MARTA JO 11:27; NATANAEL JO 1:49; CENTURIÃO MT 27:54).

FILHO DE MARIA MC 6:3.

FILHO DO ALTÍSSIMO LC 1:32.

FILHO DO HOMEM (NOME QUE PREFERIU USAR PARA SI PRÓPRIO: NÃO VEIO PARA SE MINISTRADO MT 20:28; VEIO PARA BUSCAR E SALVAR AQUELE QUE TINHA SE PERDIDO MT 18:11; SÓ ELE PODE PERDOAR O PECADO MT 9:6; NÃO TINHA ONDE REPOUSAR SUA CABEÇA MT 8:20; É SENHOR DO SÁBADO LC 6:5; SERIA TRAÍDO MT 17:22; SOFRERIA MT 17:12; SERIA LEVANTADO JO 3:14; ESTARIA 3 DIAS NO CORAÇÃO DA TERRA MT 12:40; SERIA ERGUIDO DOS MORTOS MT 17:9; VIRÁ NOVAMENTE, NA GLÓRIA DO SEU PAI MT 16:27; 24:30; ENVIARÁ SEUS ANJOS MT 13:41; SENTAR-SE-Á SOBRE O TRONO DA SUA GLÓRIA MT 19:28).

FILHO IS 9:6.

FILHO UNIGÊNITO DO PAI JO 1:18.

FONTE ZC 13:1.

FUNDAÇÃO IS 28:16.

GLÓRIA DE DEUS IS 60:1.

GOVERNADOR MT 2:6.

GUIA SL 48:14.

HERDEIRO DE TODAS AS COISAS HE 1:2.

HOMEM AT 17:31; 1TM 2:5.

JEOVÁ IS 26:4; 40:3.

JESUS (= SALVADOR) MT 1:21.

JUIZ MQ 5:1; AT 10:42.

JUSTIÇA JR 23:6; 33:16.

LEÃO DA TRIBO DE JUDÁ AP 5:5.

LEGISLADOR IS 33:22.

LIBERTADOR RM 11:26.

MARAVILHOSO IS 9:6.

MEDIADOR 1TM 2:5.

MÉDICO MT 9:12.

MENINO LC 2:16.

MESSIAS DN 9:25; JO 1:41.

MESTRE (= DONO) MT 8:19.

MESTRE (= PROFESSOR) MT 26:18; JO 3:2; 11:28.

MINISTRO HE 8:2.

NAZARENO MC 1:24.

NOIVO MT 9:15.

PAI DA ETERNIDADE IS 9:6.

PÁSCOA 1CO 5:7.

PASTOR (O SUMO 1PD 5:4; O BOM JO 10:11,14; O GRANDE HE 13:20; O MEU SL 23:1).

PEDRA MT 21:42; MC 12:10; AT 4:11; RM 9:32,33; EF 2:20; 1PD 2:6-7.

PEDRA DE ESQUINA EF 2:20.

PODER DE DEUS 1CO 1:24.

PORTA DO APRISCO JO 10:7.

POTENTADO 1TM 6:15.

PRECURSOR HE 6:20.

PRIMÍCIAS 1CO 15:23.

PRÍNCIPE (DA PAZ) IS 9:6.

PRINCÍPIO DA CRIAÇÃO DE DEUS AP 3:14.

PROFETA AT 3:22.

PROPICIAÇÃO 1JO 2:2; 4:10.

PURIFICADOR ML 3:3.

RABÍ (= PROFESSOR) (POR NICODEMOS JO 3:2; POR JUDAS MT 26:25; POR MARIA DE MAGDALA JO 20:16).

RAIZ DE DAVÍ AP 22:16.

REDENTOR IS 59:20; 60:16.

REFINADOR ML 3:3.

REFÚGIO IS 25:4.

REI: DE ISRAEL MT 27:42; JO 1:49.

REI: DOS REIS AP 17:14; 19:16.

RENOVO ZC 3:8.

RESGATE 1TM 2:6.

ROCHA DT 32:15.

ROSA DE SHARON CANT 2:1.

SACERDOTE HE 4:14.

SACRIFÍCIO EF 5:2.

SALVADOR (CHAMADO POR MARIA LC 1:47; ANJOS LC 2:11; SAMARITANOS JO 4:42).

SAMARITANO (O BOM) LC 10:33.

SANTO FILHO AT 4:30.

SANTO DE DEUS MC 1:24.

SANTO DE ISRAEL IS 41:14.

SEGUNDO HOMEM 1CO 15:47.

SEMENTE DA MULHER GN 3:15.

SEMENTE DE ABRAÃO GL 3:16,19.

SEMENTE DE DAVÍ 2TM 2:8.

SENHOR DOS SENHORES AP 19:16.

SERPENTE DE BRONZE JO 3:14.

SERVO IS 42:1; 49:5-7.

SHILOH GN 49:10.

SOL DA JUSTIÇA ML 4:2.

SOL NASCENTE DAS ALTURAS LC 1:78.

SUMO SACERDOTE HE 3:1; 7:1.

TODO PODEROSO AP 1:8.

UNGIDO SL 2:2.

UNIGÊNITO DO PAI JO 1:14.

VARA (= CETRO) IS 11:1.

VERBO (= PALAVRA), O NOME PREFERIDO POR JOÃO JO 1:1; AP 19:13.
ANTES DA ENCARNAÇÃO, A 2A. PESSOA DA TRINDADE É CHAMADA FILHO (SL 2:7), JEOVÁ (GN 19:24 + 18:13-14,17-20,33; OS 1:7), DEUS (EX 3:4; SL 45:6), ANJO DE JEOVÁ (GN 16:9-14; JZ 6:11-14 E VIDE 3.3MINISTÉRIO NA TERRA), MAS NUNCA É CHAMADA DE O CRISTO (= O MESSIAS = O UNGIDO).

3.7. HUMANIDADE (Diminuí-la vem do espírito de anticristo 1Jo 4:2-3!) (“O Salvador tinha que ser homem para Seu sacrifício ser aplicável em nosso benefício”):
O CRISTO TEM:

“MÃE-BIOLÓGICA”, HUMANA MT 1:18; LC 1:31; GL 4:4.

CORPO HUMANO MT 26:12; LC 24:39; JO 1:14; 2:21; HE 10:5,10,15.

ALMA HUMANA MT 26:38; JO 12:27; 13:21.

ESPÍRITO HUMANO MC 2:8; LC 23:46.

APARÊNCIA HUMANA JO 4:9; 8:57; JO 20:15.

CARNE E SANGUE HE 2:14.

DESCENDE DA SEMENTE DE DAVÍ (Oh, a graça de Deus! A genealogia do Cristo (Mt 1) exibe o perdão de: o incesto de Tamar-Judá; a prostituta Raabe; Rute, descendente de Moabe, filho do incesto da filha de Ló; o adultério com Betseba e o assassinato de Urias) MT 1:1; AT 13:22-23; RM 1:3, CONFORME O PACTO DAVÍDICO 2SM 7:5-16; LC 1:26-27,32-33. CHAMOU-SE “O HOMEM” JO 8:40.

ELE TEM NOMES HUMANOS:

JESUS (= SALVADOR) MT 1:21.

“JESUS, O NAZARENO” AT 2:22;



O PROFETA MT 21:11;

O CARPINTEIRO MC 6:3;

JESUS CRISTO, HOMEM” 1TM 2:5;

FILHO DO HOMEM” LC 19:10 (usado profeticamente em Dn 7:13. Implica não só que Ele é o homem perfeito, o representante vicário de toda a raça, mas também que é o Filho de Deus Lc 22:69-70).

ELE NASCEU,

CRESCEU LC 2:40,46,52.

APRENDEU EM ESCOLA JO 7:15, EM CASA, NA SINAGOGA LC 4:16, ESTUDOU AS ESCRITURAS LC 4:17, QUESTIONOU (NO TEMPLO) LC 2:46.

CRESCEU EM SABEDORIA LC 2:52. [NA POSIÇÃO HUMANA] FOI LIMITADO EM CONHECIMENTO (MAS VER 3.8-DIVINDADE_ONISCIENTE E 3.12-SUA VERDADEIRA KENOSIS) MC 5:30; 11:13; JO 11:34.

OROU MC 1:35; LC 11:1.

RECEBEU A UNÇÃO DO ESPÍRITO SANTO AT 10:38.

FOI TENTADO (MAS VER 3.9-IMPECABILIDADE) MT 4:1; HE 2:18; 4:15.

APRENDEU OBEDIÊNCIA HE 5:8.
Ele teve:
Fome Mt 4:2; 21:18 contraste Sl 50:10-12.

Sede Jo 4:7; 19:28.

Cansaço Jo 4:6 contraste Is 40:28.

Sono Mt 8:24 contraste Sl 121:4-5.

Compaixão Mt 9:36.

Amou Mc 10:21; Jo 11:3; 13:23.

Foi tentado (ver 3.9Impecabilidade) He 2:18; 4:15; contraste Tg 1:13).

Dependeu do Pai Mc 1:35; Jo 6:15; He 5:7).

Aborreceu-se e entristeceu-se Mt 26:37.

Indignou-Se e condoeu-Se Mc 3:5; 10:14.

Chorou Lc 19:41; Jo 11:35.

Regozijou-Se Lc 10:21; He 12:2.

Perturbou-Se Mc 14:33-34; Jo 11:33; 12:27; 13:21.

Suou (gotas como de sangue) Lc 22:44.

Sofreu dores Lc 22:44; 1Pd 4:1.

Jorrou Seu sangue 19:34.

Morreu Mt 27:50; Jo 19:34; 1Co 15:3.

Foi sepultado Mt 27:59-60.


Implicações da humanidade: expiação aplicável em nosso benefício; o Cristo pode ser nosso sacerdote, empatizando e intercedendo He 4:15; mostra-nos a verdadeira natureza humana, perfeita, que  teremos.

3.8. DIVINDADE (“O Salvador tinha que ser Deus para Seu sacrifício ter infinito valor, e ser eficaz sobre tantos”) (ver também Cap. 2-Teologia, item 2.2.1.d-Tri-unidade):

- O Cristo tem atributos divinos:

. É onipotente (Mt 28:18; Fp 3:21; Ap 1:8). Na terra, demonstrou-o sobre: doenças Mt 8:1-4; Lc 4:39, demônios Mt 8:16-17,28-32; Lc 4:35, homens Mt 9:9; Jo 17:2, natureza Mt 8:26, pecado Mt 9:1:8, tradições Mt 9:10-17, morte Lc 7:14-15; 8:54,56; Jo 11:4. Os milagres de Elias não provavam que era Deus encarnado (eram feitos pelo poder do Espírito Santo), mas os do Cristo sim Jo 20:31. Portanto, pelo menos alguns dos milagres do Cristo foram feitos com Seu próprio poder inerente, não o do Espírito Santo Mt 9:28.

. É onisciente (Jo 2:24-25; 16:30). Na terra, demonstrou-o sobre: Natanael Jo 1:48, Judas Jo 6:70; 13:11, fariseus Mt 12:25; Lc 5:22; 6:8; 7:39-40, escribas Mt 9:3-4, escriba sincero Mc 12:34, samaritana Jo 4:29.

. É onipresente Ef 1:23. Demonstrou-o na terra: Mt 18:20; 28:20; Jo 3:13; 14:20;

. É eterno Mq 5:2; Jo 1:1; 8:58.

. É imutável He 13:8, a plenitude da divindade Cl 2:9, o Senhor da glória Tg 2:1, o criador do universo Jo 1:1,3. É Rei, nos céus 1Pd 3:22. Perdoa pecados Mc 2:5,10-11, salva Mt 18:11; Jo 10:28, recompensa os santos 2Co 5:10. Julga Jo 5:22.

- O Cristo recebe nomes divinos (ver também 3.6-Nomes e Títulos):

. Deus Sl 110:1; Is 9:6; Dn 7:13-14; Jo 1:1+3+14; 20:28; Rm 9:5; 1Tm 3:16 (T.Recebidos); Tt 2:13; Sl 45: 6 + Hb 1:8; 1Jo 5:20.

. Filho de Deus (40 vezes) Mt 16:16-17.

. O Primeiro e o Último, o Alfa e o Ômega Ap 1:17 (compare Is 41:4; 44:6); Ap 1:8; 22:12-13,15.

. O Santo At 3:14 (compare Os 11:9).

. O Senhor At 9:17 (este é o nome de Jeová. Os Ptolomeus e os imperadores romanos só permitiam que esse nome lhes fosse aplicado quando se deixavam endeusar(!), Os 1os. cristãos morriam mas não chamavam os césares nem ninguém de Senhor (!), não há dúvidas sobre o que o Espírito Santo quis expressar quando fez este nome ser tão dado, só ao Cristo, no N.T.).

. Rei dos Reis e Senhor dos Senhores Ap 19:16.

. “Senhor de Todos” e “Senhor da Glória” At 10:36; 1Co 2:8; He 1:8. (Compare com Sl 24:8-10 e Is 9:6).

- Recebe adoração, culto divino:

. Isto é exclusivo de Deus Mt 4:9-10; At 10:25-26; 12:20-25; 14:14-15; Ap 22:8-9. Pedro não aceitou At 10:25-26. Anjos não aceitaram Ap 22:8-9.

. Mas o Cristo aceitou e parece ter encorajado (Jo 4:10; 13:13) adoração pelos: anjos He 1:6; pastores Lc 2:15; magos Mt 2:2,11; leproso Mt 8:2; governador Mt 9:18; mulher sírio-fenícia Mt 15:25; uma mãe Mt 20:20; maníaco Mc 5:6; cego de nascença Jo 9:38; Tomé Jo 20:28; Gregos Jo 12:20-21; apóstolos Mt 14:33; 28:9; Pedro Lc 5:8; discípulos Lc 23:52.

. Deus ordenou a adoração ao Cristo Fp 2:10-11; He 1:6; compare Is 45:21-23; Jo 5:22-23.

. As primeiras igrejas adoravam e oravam ao Cristo At 7:59; 1Co 1:2; 2Co 12:8-10.

- Mostrou ser Deus:

. Ao perdoar pecados Mc 2:5;

. Declarar ser o senhor do sábado Mc 2:27-28;

. Ser eterno Jo 3:13; 8:58 + Ex 3:14;

. Ser igual ao Pai Jo 10:30; 14:7-9;

. Ao ser condenado por “fazer-se” Deus Mt 26:63; Jo 19:7 e “fazer-se” O Filho de Deus Jo 5:2-18.

- Tem ofícios divinos:

. Criador do universo Is 40:28; Jo 1:1-3; Cl 1:15-17; He 1:10; Ap 3:14.

. Inclusive criador dos anjos Sl 148:5 cf. Cl 1:16.

. Preservador de tudo Cl 1:17; He 1:3.

. Perdoador de pecados Mc 2:5,10-11 (compare Sl 51:4; Lc 7:48-50).

. Doador da vida imortal e da vida de ressurreição Jo 5:28-29; 6:39,44; Fp 3:21.

. Juiz dos vivos e mortos Mt 25:31-33; Jo 5:22-23; At 17:31; 2Tm 4:1.

. Doador da vida eterna Jo 10:28; 17:2.

- O N.T. Lhe atribui afirmações do V.T., sobre Jeová:

. Senhor imutável Sl 102:24-27 compare He 1:10-12.

. Jeová º o Cristo Jr 17:10 compare Ap 2:23.

. Senhor a quem foi enviado mensageiro Is 40:3-4 compare Lc 1:68-69,76.

. Luz e glória Is 60:19 compare Lc 2:32.

. Glória de Jeová Is 6:10 compare Jo 12:37-41.

. Pedra de tropeço Is 8:13-14 compare 1Pe 2:7-8.

. Senhor-dos-Exércitos, a santificarmos Is 8:12-13 compare 1Pe 3:14-15.

. Posto em prova Nu 21:6-7 compare 1Co 10:9.

. O Pastor Sl 23:1 (compare Jo 10:11; 1Pe 5:4; He 13:20-21).

. Quem busca e salva o perdido Ez 34:11-12 compare Lc 19:10.

. A Septuaginta, cerca de 3800 vezes, traduz “Jeová” pelo Grego “Kurios”, o mesmo “Senhor” que no N.T. é atribuído ao Cristo. No V.T., o termo “Senhor” sempre se refere a Deus; no N.T. se refere ao Cristo.

- Seu nome vem junto e é posto no nível do de Deus Pai: Mt 28:19; Jo 14:1,23; 17:3; Rm 1:7; 1Co 12:4-6; 2Co 13:14; Cl 2:2; 1Ts 3:11; Tg 1:1; 2Pe 1:1; Ap 7:10; 5:13.

- Implicações da divindade: Ver 3.15h.MorteResultadosParaCrentes. 1 só morte salvando tantos! Adoremo-lo!



3.9. IMPECABILIDADE:

- Santo, o Cristo não conheceu pecado 2Co 5:21, não pecou He 4:15; 1Pd 2:22. Imaculado He 7:26; 9:14, santo Lc 1:35, não teve nenhum pecado Jo 14:30; 1Jo 3:5, o Diabo não tinha nada nEle Jo 14:30. Ele clamou ser impecável Jo 8:29,46; 15:10, e homens reconheceram isto Mt 27:4,19; Lc 23:41,47; Jo 19:4.

- O Cristo não podia, não tinha a possibilidade de pecar: Se, por 1 seg, Ele pudesse pecar, não seria Deus Tg 1:13. A encarnação não foi a geração de uma pessoa, mas sim a adição de natureza humana perfeita (que Adão teria se tivesse passado no teste) à natureza divina do eterno Santo do Senhor Sl 16:10; Mc 1:24. Mesmo que a natureza humana fosse a de Adão antes de ter caído, ela não poderia pecar sem que a personalidade total de o Santo do Senhor quisesse pecar, o que é impossível. Nas tentações que a Trindade permitiu sobre o Cristo, Ela visou não verificar se Ele pecaria, mas sim provar que Ele não poderia pecar. O Cristo experimentou as limitações de homem perfeito, mas sem jamais pôr de lado nada da Sua divindade, nada do Seu caráter perfeito de Deus perfeito, imutável-incessante e perfeitamente santo! Ver 3.10-Caráter, item-Santo.

3.10. CARÁTER [2] [3] (Ver também 2.2.2-Os Atributos Morais da Trindade)

- Santo: sem a menor contaminação 2Co 5:21; Hb 4:15; 9:14; 1Pe 1:19; 1Jo 3:5. (No V.T. só Jeová é dito o Santo, no N.T. é o Cristo que o é, portanto...). Imaculadamente puro Jo 1:4; 8:12; 1Jo 1:5; 3:3.

. Testemunhado por: demônio Mc 1:23-24; Judas Mt 27:3-4; Pilatos Jo 18:38; 19:4-6; sua esposa Mt 27:19; ladrão moribundo Lc 23:41; centurião Lc 23:47; Pedro At 3:14; João 1Jo 3:5; Ananias At 22:14; todo grupo de apóstolos At 4:27; Paulo 2Co 5:21; Jesus Jo 8:46; 14:30; Deus Pai Hb 1:8-9; Mt 17:5.

. Manifestado por Suas: atitudes-posições Hb 1:9; ações Jo 8:29; 1Pe 2:22; exigências Mt 5:48 (e todo o Sermão da Montanha!); repreender Mt 16:23; 23:13,33; sacrifício 1Pe 2:24; julgar e castigar 2Ts 1:7-9. Ver 3.9Impecabilidade.

- Amor (Jo 15:13) infinito (Ef 3:19) ao: Pai Jo 14:31; 15:10. Escrituras Mt 15:17-18; Jo 10:35. Igrejas Ef 5:25. Discípulos Jo 13:34; 17:2,9,12; 19:25-27. Crentes individuais Gl 2:20. Aqueles que Lhe pertencem Jo 13:1; 17:2,9,12; Ef 5:2, 25; Ap 1:5. Discípulos obedientes Jo 13:1; 14:21; 15:9. Criancinhas Mc 10:13-16. Amigos achegados Jo 11:1-3; 13:23. Jerusalém Mt 23:37; Lc 19:41. Inimigos Lc 23:34. Sua família Jo 19:25-27; 1Co 15:7. Pecadores perdidos Mt 9:13; Rm 5:6-8;. O jovem rico Mc 10;21.

. Manifestou-se ao Pai por obedecê-Lo Jo 15:10, fazer o que Lhe agradava Jo 8:29, procurar Sua glória Jo 17:1,4.

. Manifestou-se aos homens por Se ter proposto dar Sua vida para salvá-los Mt 20:28; Jo 10:11; 15:13; Rm 5:8; Ef 5:2,25, ir em busca deles Lc 15:4, buscá-los e salvá-los Lc 19:10, por regozijar-se em ganhá-los Lc 15:4-7; Jo 4:32-34, entristecer-se profundamente pelos rejeitantes Mt 23:37; Lc 19:41-42; Jo 5:40.

. Ninguém pode nos separar do Seu amor Rm 8:37-39!
- ZELO PERFEITO PARA COM DEUS, MESMO AQUÍ MC 3:21; LC 2:49; 4:42-44; 8:1; 12:49-50; JO 2:15-17.

- COMPAIXÃO MT 9:36 (PELAS MULTIDÕES SEM PASTOR); 14:14; 15:32; MC 1:41; 5:19; 9:22-23; LC 7:13; HE 5:2.

- MANSIDÃO E AMABILIDADE IS 53:7; MT 11:28-30; 12:18-21 CF. IS 42:2,3; JO 13:4-5; 2CO 10:1; 1PE 2:21-22. MANIFESTADA NA SUA LONGANIMIDADE E TOLERÂNCIA PARA COM OS FRACOS [NÃO REVOLTOSOS] MT 12:20, PERDÃO AOS (ARREPENDIDOS) REFUGADOS PELOS HOMENS LC 7:38,48,50, MANSA REPREENSÃO A TOMÉ JO 20:24-25,29, A PEDRO JO 21:15-17, A JUDAS MT 26:48-50; JO 13:21, COMPASSIVA ORAÇÃO PELOS SEUS ASSASSINOS LC 23:34, O SUPORTAR INJÚRIAS E MALTRATOS 1PE 2:23. DEVEMOS IMITÁ-LO “AO SERVO DO SENHOR NÃO CONVÉM CONTENDER...” 2TM 2:24-25.

- HUMILDADE (OPOSTO DE ORGULHO E ARROGÂNCIA) ZC 9:9; MT 11:29. MANIFESTADA AO TOMAR FORMA E POSIÇÃO DE SERVO JO 13:4-5, NÃO BUSCAR SUA PRÓPRIA GLÓRIA JO 8:50.

- CORAGEM: TENTARAM MATÁ-LO POR EXPOR A MALDADE DE ISRAEL LC 4:16-30. AS 2 PURIFICAÇÕES DO TEMPLO MT 21:12-16 + JO 2:13-17. ENFRENTOU LOUCO-ENDEMONINHADO MC 5:1-9. ARRISCOU A VIDA POR LÁZARO JO 11:7-8,16,53. DENUNCIOU FACE A FACE OS PODEROSOS FARISEUS MT 23. FOI PARA O CALVÁRIO MC 10:32-34; LC 9:51.

- INCESSANTE TRABALHADOR: JO 5:17; 9:4. COMEÇANDO AO NASCER DO SOL MC 1:35; JO 8:2, INDO ATÉ TARDE NA NOITE MT 8:16; LC 6:12; JO 3:2, ÀS VEZES “ESQUECENDO” DE COMER JO 4:31-34, DE REPOUSAR MC 6:31, DAS SUAS DORES E MORTE LC 23:41-43. INCANSÁVELMENTE (COMO PREGADOR-ANDARILHO, EM TODOS OS TEMPOS, SITUAÇÕES E OPORTUNIDADES): ENSINOU, PREGOU, SALVOU OS PERDIDOS, EXPULSOU DEMÔNIOS, CUROU, CHAMOU E TREINOU SEUS OBREIROS MT 10; LC 10. COMO OBREIRO, CARACTERIZOU-SE POR: CORAGEM JO 2:14-17; 3:3; 19:10-11, EMPENHO + METICULOSIDADE MT 14:36; JO 7:23, IMPARCIALIDADE MT 11:19, E TATO MC 12:34; JO 4:7-30.

- VIDA DE ORAÇÃO: ÀS VEZES TODA A NOITE MT 14:23; LC 6:12, ÀS VEZES DE MADRUGADA E SOLITÁRIO MC 1:35; ANTES DE GRANDES TAREFAS: MC 1:35-38; MT 26:38-46, DEPOIS DE GRANDES SUCESSOS JO 6:15; PELOS SEUS LC 22:32; JO 17, ARDENTEMENTE LC 22:44; HE 5:7, PERVERANTEMENTE MT 26:44; SUBMISIVAMENTE MT 26:39; CRENDO MESMO JO 11:41-42. QUANTO NÓS PRECISAMOS ORAR!

- PERFEITO EQUILÍBRIO:

. SÉRIO-GRAVE, REMINDO O TEMPO, CHEIO DE PESAR IS 53:3-4; CF SL 69:9; RM 15:3; HE 2:10, CHOROU LC 19:41; JO 11:35, AFLIGIU-SE PELOS QUE O REJEITARAM MT 23:37; JO 5:40.

. MAS SEM AMARGURA, SEM O MENOR DESÂNIMO, ANTES CHEIO DE ALEGRIA JO 15:11; 17:13, E, AS VEZES, [SANTO] SENSO DE HUMOR MT 19:24; 23:24; LC 7:31-35 (MAS NUNCA LEMOS QUE JESUS DEU RISADAS (ALTAS, NERVOSA/TOLAS)!...). SUA ALEGRIA É A DE OBEDECER A DEUS, DE ANTEVER SALVAÇÕES E BÊNÇÃOS DA ETERNIDADE IS 53:11; HE 12:2.
3.11. DIFERENTES ÊNFASES NOS 4 EVANGELHOS

Mateus

o Rei profetizado

leão

profético

p/os Judeus

o Filho de Daví, Rei

Renovo justo, de Daví

Marcos

Servo obediente

boi

prático

os Romanos

o Servo do Senhor

meu Servo, o Renovo

Lucas

Homem perfeito

homem

histórico

os Gregos

o Filho do Homem

o Homem, o Renovo

João

o Deus forte

águia

espiritual

todo o mundo

o Verbo de Deus

o Renovo do Senhor Is 4:2; Jr 23:5-6; Zc 3:8; 6:12




A Obra de Jesus, o  Cristo

Estágios na obra do Verbo eterno, conforme abordaremos:

Humilhação: kenosis e encarnação, ministério terrrestre (ofício de profeta), morte e sepultamento, descida ao coração da terra.

Exaltação: ascensão, exaltação propriamente dita, ofício de sacerdote, dupla 2a. vinda, ofício de rei, julgando.

  1   2   3


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal