A educaçÃo das camadas populares: o repensar da prática cotidiana



Baixar 3.74 Kb.
Encontro02.08.2016
Tamanho3.74 Kb.
A EDUCAÇÃO DAS CAMADAS POPULARES: O REPENSAR DA PRÁTICA COTIDIANA

GT: Historiografia e questões teórico-metodológicas da história da educação


Prof. Dr. Luiz Bezerra Neto, UFSCAR

lbezerra@ufscar.br

Prof. Dra Maria Cristina dos Santos Bezerra

lbezerra@terra.com.br

RESUMO


A instituição escolar assumiu, na sociedade capitalista, uma posição de destaque como importante instrumento de conformação social. Em períodos diferentes da história suas funções foram alteradas de acordo com o projeto burguês dominante. A criação da escola pública está inserida nesse processo e atualmente a maior parte de seu público advém da classe trabalhadora. Neste texto discute-se a educação pública destinada as camadas populares buscando compreender a prática escolar e as respectivas teorias que as embasam, mostrando que há um processo crescente de empobrecimento do ensino da maioria, intensificado pelas propostas neoliberais ao mesmo tempo em que a burguesia conserva para si um receituário próprio que passa inclusive pela utilização de modelos de ensino mais conservadores.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal