A humanidade faz parte de um corpo maior da bio-diversidade. A ecologia é a ciência que estuda a relação do homem com a bio-diversidade e o educa nessa direção



Baixar 35.7 Kb.
Encontro07.08.2016
Tamanho35.7 Kb.


www.healing-tao.com.br

CNPJ – 05502230/0001 - 72
Uma Ecologia Interna

A humanidade faz  parte de um corpo maior da bio-diversidade. A ecologia é a ciência que estuda a relação do homem com a bio-diversidade e o educa nessa direção. Entendemos que os princípios ecológicos precisam ser aplicados dentro do conhecimento de uma ecologia Interna, se realmente quisermos que estes princípios sejam  respeitados na nossa relação com a natureza. Propomos estabelecê-las primeiro dentro do ser humano, com o conhecimento de princípios eficientes criados para administrar os fluxos da energia emocional. Nos conhecimentos tradicionais e milenares chineses, encontramos a inspiração para criar no ocidente uma fórmula eficiente de aprendizagem da ecologia da mente. Estas fórmulas milenares procuram suprir o problema das atitudes humanas destrutivas frente à natureza, treinando nosso corpo, físico mental e emocional a reciclar, a produzir energia limpa e útil. Assim que nosso corpo aprende a se utilizar desta tecnologia, naturalmente muda seus hábitos, aprende a reciclagem interna de nosso lixo emocional e mental e adota atitudes que espelham a harmonia com as leis da bio-diversidade que forma a regularidade harmoniosa dos ciclos da vida na natureza.

Os mestres dos saberes, homens sábios do passado, chamavam esta tecnologia de fórmula, mostrando o significado puro e simples de uma ação direta sem a interferência da mente e suas limitações. Não a chamaram de metodologia, porque um método para ser aplicado de uma forma correta precisa da correção de atitudes de acordo com a disciplina que segue e de quem o está aplicando. Na China se diz: “O método correto na mão do homem errado, resultará em um método errado. O método errado na mão de um homem correto resultará em um método correto.”

As sociedades tradicionais de todos os tempos, através de seus saberes, desenvolveram uma tecnologia simples de reciclagem de nossa bio-energia. Conhecimentos milenares de alguns povos que podem se unir perfeitamente com as últimas descobertas da ciência.  Alguns conhecimentos tradicionais conseguiram sobreviver mantidos durante milhares de anos como segredos, transmitidos pela tradição oral e repassados apenas para homens que comprovassem ter as virtudes necessárias para preservar sua pureza. Estes conhecimentos podem agora se unir a conhecimentos da ecologia, somando saberes tradicionais aos legitimados cientificamente com foco em uma tecnologia sustentável que primeiro transforme o homem, suas crenças e seus hábitos negativos. Uma tecnologia que poderia nos auxiliar nesta árdua tarefa são alguns dos conhecimentos milenares da civilização chinesa, mantidos puros até os dias de hoje.

O nome Ecologia da Mente foi inspirado no trabalho do antropólogo Gregory Bateson, quem primeiro chamou assim esta nova área de conhecimento. Seu livro An Step to aa Ecology of Mind, discute as bases que fundamentam dentro dos conhecimentos ocidentais  esta proposta  que agora lhes apresento.  Neste livro, Bateson deixa uma pergunta que ainda está sem resposta; como mudar as atitudes dos homens? Que tecnologia eficiente pode realizar esta transformação já que uma ecologia da mente passa por uma mudança profunda dos hábitos humanos em seu cotidiano?

 Quando surgiu a PNL- Neuro-Lingüística – técnica que usa a estrutura da linguagem para mudança de padrões mentais ou crenças, Gregory Bateson acreditou que havia encontrado a fórmula para mudar essas atitudes. Escreveu no prefácio do livro A Estrutura da Magia – (um livro sobre a linguagem e a terapia) que talvez a resposta estivesse na gramática transformacional, que fundamentavam os trabalhos cognitivos do Bandler e do Glinder. Infelizmente a Neuro-Lingüística considerou apenas o que se passava na mente humana, deixando de lado a tecnologia que poderia transformar nosso coração. Nossas emoções não são programadas pela mente, muito pelo contrário, a força energética de uma mente vem da qualidade das emoções. São as emoções que nos tornam homens de qualidade e não uma programação exclusivamente mental como pensava esta nova ciência cognitiva.

Homens sábios do passado conheciam a tecnologia transformadora das emoções negativas em positivas. Estes conhecimentos foram mantidos puros, longe das religiões, de suas crenças e rituais. Eram conhecimentos passados e repassados na antiga China de pai para o filho e mantidos em segredos durante milênios. Tive acesso, como muitos o tiveram, a esta tecnologia. Testei-a em meu corpo com sucesso e após vários anos ensinando-a a milhares de pessoas em todo o Brasil, posso agora oferecer um programa mais eficiente para ser experimentado e testado por pessoas que podem somar ainda suas experiências e conhecimento, as conclusões que cheguei.

 Durante 40 anos estudei a antiga civilização chinesa e suas tecnologias energéticas. Foram anos de estudos teóricos e práticos que me levaram a conhecer e a trocar informações com centenas de estudiosos dos conhecimentos asiáticos de todo o mundo. Há doze anos conheci um dos últimos mestres vivos de uma tecnologia extremamente poderosa que ensinava nove fórmulas de administração das energias internas do corpo, da mente e das emoções e fui uma dentre seus aprendizes. 

Ao voltar para o Brasil, ensinei durante oito anos esta tecnologia milenar em 9 estados brasileiros. No Rio de Janeiro realizei 8 simpósios com instrutores internacionais para aprimoramento de instrutores que eu havia formado no Brasil.

Hoje temos um corpo de especialistas já formados e senti a necessidade de sistematizar estes conhecimentos em uma linguagem mais moderna e que tornasse possível seu entendimento e aplicação pelas pessoas ligadas à ecologia e ao desenvolvimento sustentável de nossa época.

O projeto Uma Ecologia da Mente,  pretende ser um campo aberto de investigação, uma rede de estudos para inspirar novas descobertas.

Justificativa

Neste exato momento estamos construindo a ecovila Viver Simples, na região de Itamonte no Sul de Minas Gerais. Esta ecovila abrigará um mini centro tecnológico que promoverá eventos, seminários, cursos, grupos de estudos e pesquisas, congregando mentes que hoje criam o futuro do conhecimento em todo o mundo.

Seguimos com enorme interesse o trabalho de alfabetização ecológica do Fritjof Capra, e pretendemos aplicá-lo em nossos projetos sociais. Mas este projeto deixa de fora a ecologia da mente na formação interna das atitudes deste homem que está sendo alfabetizado no campo da ecologia. Queremos com este projeto suprir esta carência de uma tecnologia eficiente que formem homens naturalmente ecológicos, técnico-cientifico e filosoficamente.

 Acreditamos em sonhos e em sua concretização. Acreditamos que a arte de viver seja o conhecimento mais vital e necessário para resolvermos os impasses dos tempos em que vivemos. Acreditamos em movimentos realizados em sistema de redes.

Gostaríamos de fazer uma parceria com a sua organização. O caminho que seguiram até agora é o mesmo caminho que estamos percorrendo. Acreditamos que somente uma rede poderosa de pessoas abertas a discussão e a concretização de uma ecologia da mente pode realmente mudar o rumo destrutivo que nossa civilização tem seguido.

Objetivo geral

Criar uma rede de parceria com o objetivo de trocar informações, produzir estudos e pesquisar e realizar cursos.



Objetivos específicos

  • Produção de cursos internacionais na ecovila e demais locais a serem identificados com os resultados alcançados na parceria 

  • Produção de livros com os resultados dos projetos e estudos objetos da parceria 

  • Elaboração e aplicação de metodologia  para utilização do sistema de Ecologia da Mente em escolas públicas e privadas, acopladas a alfabetização ecológica criada por Fritjof Capra. 

  • Realizar reuniões para definir interesses dos parceiros, tendo como áreas prioritárias informações necessárias ao desenvolvimento e construção de ecovilas e no campo das tecnologias sociais.

  • Participar das discussões sobre as leis relacionadas à formação de ecovilas no Brasil e no mundo.

  • Estudar as tecnologias aplicadas em agricultura e permacultura.

  • Pesquisar projetos de educação ambiental e espiritual.

  • Participar nas soluções encontradas para manejo de águas, ventos, eletricidade e inclusão social. Com intercambio de profissionais especializados em cada uma destas áreas.

  • Participar  nas discussões sobre a integração de todas as ecovilas nacionais e internacionais em redes.

  • Realizar intercambio de conhecimentos em geral ligados ao meio ambiente e ao desenvolvimento regional.

  • Credenciar as pessoas envolvidas no projeto junto as organização Universal Tao com sede em Chiang Mai na Tailândia do fundador Mantak Chia1.

  • Inserir o logotipo dos parceiro no site www.healing-tao.com.br com a descrição dos objetivos e filosofia da organização.

  • Inserir pessoas especializadas da organização parceira, no orçamento e realização de projetos aprovados pelas instituições que promovem os projetos na área de tecnologias sociais.

 Ativo e histórico do projeto

  • Rede nacional e internacional de estudiosos e praticantes especificadas abaixo.

  • 3 listas de discussão pela Internet sobre estes conhecimentos milenares e sobre a formação de nossa ecovila com mais de 800 participantes, que existem deste de 2000.

  • Presença de mais de 150 pessoas em cursos internacionais que estamos produzindo desde 2003 aqui no Rio de Janeiro e com a participação de pessoas vindas de todo o Brasil. 95% destas pessoas comparecem aos cursos por divulgação realizada em nossa rede montada pela Internet.

 

Anexo 1

Proponente  

Ely Amorim de Britto, nasceu em Viçosa – Minas Gerais em 1947. Estudou literatura e línguas nos Estados Unidos – University of Miami e na França, na Sorbonne. Durante 38 anos se dedicou aos estudos asiáticos com ênfase na cultura chinesa. Em 1993 publicou um livro sobre o I Ching – O Livro das Mutações- um dos pilares dos 5 livros clássicos chineses compilados durante a Dinastia Han em 296 A.C.  pela Editora Cultrix.

Complementou seus estudos sobre a antiga civilização chinesa  na Tailândia, com um dos poucos mestres vivos da Alquimia Interna Taoista – tecnologia para a longevidade e a saúde, cuja origem vem da pré-história chinesa, de tradição oral passada nos mosteiros taoista de pai para filho durante mais de 5.000 anos. Certificou-se na Tailândia com o mestre Mantak Chia em 1997, como Instrutora Plena da Universal Tao Organization, criada em 1995 por Mantak Chia em Chiang Mai,  cidade imperial situada  no norte da Tailândia, no inicio do Himalaia. Hoje Ely foi promovida a Instrutora Sênior o grau maior dentro da organização Universal Tao.  

Ensina esta tecnologia milenar em seminários por todo o Brasil desde 1997, viajando para dar cursos mensais nas seguintes cidades brasileiras; Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo, Belo Horizonte, Recife, Brasília, Porto Alegre e Vitória do Espírito Santo. Com estas viagens criou uma rede nacional e internacional de intercambio pela Internet para discussão e pesquisa sobre a cultura chinesa que possue mais de 700 membros. Fundou e é presidente da Associação Mantak Chia do Brasil com sede no Rio de Janeiro,  e o InterTao, marca cultural que esta sendo registrada, para a comercialização de produtos como vídeos, Cds, DVds, posters e material escrito sobre a cultura chinesa e sua aplicação na formação de valores internos do ser humano e na solidificação de sua cultura tradicional.

 Desde o ano de 2004 tem produzido cursos internacionais no Rio de Janeiro com as maiores autoridades especializadas em práticas chinesas para o combate do stress, para a manutenção da saúde e para a longevidade, e cursos de  filosofia e cultura chinesa. Têm inúmeros artigos publicados em diversas revistas nacionais e internacionais ligadas ao assunto.



Anexo 2

Descrição do programa uma ecologia da mente, os cursos serão apresentados com data show e com material didático em Power Point. Uma apostila, DVD e Cds fazem parte do material entregue aos alunos participantes dos cursos. Os cursos são dados em 4 módulos:

 

1-      Fortalecendo o corpo pela circulação da bio-energia – Energia Vital Chi



       Focando a atenção

a-      Abrindo os meridianos da acupuntura e os vasos maravilhosos, que são os reservatórios da energia Chi  que circula pelos meridianos secundários. Através de exercícios originados da milenar cultura chinesa, alongamos os tendões (os condutores da energia vital no corpo)- abrimos as juntas para que esta energia circule melhor, multiplicamos esta bio –energia e a conduzimos as áreas do corpo que estão com deficiência dessa energia vital.

b-     Na ecologia da mente as emoções têm um papel fundamental no desbloqueio da circulação da bio-energia pelo corpo. Através de uma fórmula milenar de transformação das emoções negativas em positivas, você aprende a aproveitar a energia negativas reciclando-a em energia positiva. Não há como superar as emoções negativas porque as emoções são pura energia e sabemos que não podemos destruir nenhum tipo de energia. Esta fórmula milenar,criada por mestres sábios do passado na China, ensina uma tecnologia eficiente de transformar as emoções negativas em energia útil. A prática diária desta tecnologia interior, equilibra o corpo emocional multiplicando assim os níveis de energia vital que dispomos para construir uma vida plena de qualidade. Cria também uma atenção plena focalizada nos processos de transformação interna.

 2-     O universo a nossa volta é uma fonte inesgotável de bio-energia (energia Chi). Para administrarmos a qualidade de nossa vida precisamos de muita energia boa. Absorvemos esta energia pelos alimentos, pela respiração e pela pele (poros). As partículas cósmica são a maior e melhor fonte de energia para o corpo humano. Nossa civilização destruiu o acesso a esta fonte inesgotável de energia. Respiramos mal, desconhecemos a tecnologia tradicional de absorver os nutrientes que chegam ao nosso corpo trazido pela atmosfera da terra. Nossa bio-esfera processa este alimento que vem das partículas cósmicas e a deixa pronta para a absorvermos pela pele. Os mestres do passado conheciam a tecnologia para re-aprendermos a absorver este tipo poderoso de nutrientes cósmicos. Através da respiração da pele aprendemos a conectar esta fonte de energia cósmica e a nutrir nossa mente e nosso corpo com mais energia pura.

 3-     O que sabemos sobre a energia sexual? O que, do ponto de vista energético, significa este tipo de energia poderosa? O que esta energia criativa sexual pode fazer pela nosso desenvolvimento e saúde? Confundimos a energia criativa sexual com o prazer e o sexo genital. Os sábios do passado, descobriram que poderíamos usar esta energia criativa, quando não queremos fazer filhos, como combustível para o aperfeiçoamento interior e o aumento da bio-energia que circula pelo nosso corpo. Criaram exercícios eficientes para transformar esta energia em energia pura vital que pode ser  utilizada para curar doenças e multiplicar nossos níveis de bio-energia circulando pelo corpo.  O resultado final é um sistema imunológico poderoso e energia extra para gastarmos construindo nosso futuro de uma forma independente e saudável.

 4-     Recentemente a ciência descobriu que temos um cérebro abdominal. Conhecíamos através da poesia e literatura um outro cérebro, o cérebro do coração- as emoções. Juntando com o cérebro comum, temos 3 cérebros que precisam ser integrados e treinados para funcionar em rede,em um sistema de cooperação mutua. Técnicas milenares nos ensinam a como realizar esta tarefa com eficiência. Para isto abrimos canais especiais de circulação entre os reservatórios destes 3 cérebros e os treinamos a funcionar em sistema de rede.



 

Anexo 3
Algumas fotos dos eventos que produzimos este ano:


Mantak Chia em Maio de 2005 - Internacional


Lee Holden em Outubro de 2005 - Internacional



Mantak Chia em Maio de 2005 - Internacional


Curso Internacional de Chi Nei Tsang 2004 -Exercícios



Curso Massagem Ron Diana - Internacional


Curso Nacional Porto Alegre 2003



Curso Nacional – Belo Horizonte ano 2002


1 Estudei e me credenciei com ele sobre as técnicas milenares de administrar as energias internas do corpo. Fui promovida o ano passado a Instrutora Sênior desta organização, e estou autorizada a credenciar novos instrutores.






Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal