Actividades culturais da casa museu de monçÃo ano 2009



Baixar 24.71 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho24.71 Kb.
ACTIVIDADES CULTURAIS DA CASA MUSEU DE MONÇÃO
ANO 2009
A Casa Museu de Monção, Unidade Cultural da Universidade do Minho persegue o cumprimento dos seus objectivos Estatutários. Sedeada no Alto Minho, tem privilegiado em primeira instância na realização das suas actividades, aquelas que sejam direccionadas para a população Alto Minhota, e em particular as que se revelem de interesse para a comunidade local Monçanense.

Desta forma e fruto de uma parceria entre a Casa Museu de Monção/Universidade do Minho e o Agrupamento de Escolas de Vale do Mouro, a Sala de Exposições acolheu a Exposição intitulada Escola (d)outras infâncias. Nesta Exposição os visitantes viram in locco alguns objectos, livros e outros materiais, tal como a recriação do ambiente da Escola de "Outros Tempos". Esta exposição foi inaugurada no dia 12 de Janeiro de 2009 e devido a inúmeras solicitações teve de ser prolongada até ao final do mês de Fevereiro devido ao número muito elevado de visitantes.

Conforme já foi referido a Casa Museu de Monção/Universidade do Minho têm como uma das suas finalidades a envolvência e apoio à comunidade local. Desta forma cedeu a sua Sala de Exposições para a mostra dos trabalhos dos alunos da Tríade. A Tríade - Centro Empresarial de Desenvolvimento Estratégico e de Formação, Lda. tem vindo a desenvolver actividades de formação profissional, em diferentes sectores de actividade e áreas de formação. Possui uma bolsa de peritos técnicos que colaboram com a Tríade, em diferentes áreas científicas e técnicas. Assim, a empresa intervém em áreas de formação específica e diferenciadas em conteúdos e nível de qualificação, sempre com o objectivo da adequação à realidade. A sua área de intervenção tem-se circunscrito aos distritos de Viana do Castelo e Braga, estando a sua maior incidência centrada nos concelhos de Monção e Limítrofes.

Na Sala de Exposições da Casa Museu de Monção/Universidade do Minho, estiveram patentes ao público os trabalhos dos Temas de Vida, área onde os formandos elaboraram vários projectos conciliando a sua experiência pessoal e as aquisições efectuadas na formação.

Um desses Temas foi o Património Cultural e Local que conduziu os formandos a apurarem tradições e hábitos culturais locais e aprofundarem temáticas como o linho e sua utilização, a pesca, o fabrico da broa, os trajes locais, gastronomia, entre outros, retratados através de documentação e dos instrumentos utilizados na sua confecção, culminando na exposição cujo espaço Casa Museu de Monção/Universidade do Minho cedeu. Inicialmente a Mostra decorreu entre 18 e 21 de Fevereiro. Contudo, devido ao elevado afluxo de visitantes esta exposição manteve-se visitável até ao dia 6 de Março.

Associando-se às comemorações do dia do concelho de Monção, e como vêm sendo hábito a Casa Museu de Monção, organizou o programa cultural das comemorações. Neste contexto organizou nas suas instalações no dia 12 de Março a realização de uma conferência subordinada ao tema "Portugal na 1ª Guerra Mundial: uma faina patriótica", proferida pelo professor Doutor Norberto Cunha, Prof. Catedrático Jubilado da Universidade do Minho.

Em simultâneo com a realização desta conferência foi inaugurada a exposição "Bernardino Machado e a 1ª Grande Guerra", cedida pelo Museu Municipal Bernardino Machado da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, instituição esta que coopera regularmente com a Casa Museu de Monção. Nesta ocasião foi também lançada da obra do Prof. Doutor Norberto Cunha Factos, opiniões e controvérsias sobre a 1ª Guerra Mundial.
Entre 28 Março a 12 Abril a Sala de Exposições para a mostra dos trabalhos de dois artistas, Mário Madeira e Elisabete Fernandes. A obra de Mário Madeira estará representada pela produção artística em pintura e a de Elisabete Fernandes com objectos de cerâmica.
Entre 14 e 23 Abril – A Sala de Exposições da Casa Museu de Monção/Universidade do Minho acolheu a mostra de trabalhos do grupo artesãos locais.
Entre 23 a 25 Abril decorreu na vila de Monção o Festim Quinhentista. Esta iniciativa conjunta promovida pela Câmara Municipal de Monção e pelos Agrupamentos de Escolas da vila de Monção teve a participação da Casa Museu de Monção/Universidade do Minho com a realização da Conferência: Os Descobrimentos e a Cultura Portuguesa, proferida pela Profª. Doutora Maria Augusta Lima Cruz, Professora Associada com Agregação, do Departamento de História da Universidade do Minho
Entre 6 e 29 de Maio esteve patente na Sala de Exposições mais uma das exposições itinerantes do Museu Bernardino Machado intitulada Centenário da Revolta Académica de 1907. Exposição documental - Uma vez que foi criada no ano de 2007, para a comemoração do Centenário da Revolta Académica de 1907. A Casa Museu de Monção/Universidade do Minho fruto de uma colaboração com a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, acolhe regularmente nos seus espaços exposições desta instituição.

O Museu Bernardino Machado pretendeu assinalar, desde 2007, ano do centenário da Revolta Académica de 1907, este acontecimento com uma exposição que foca os factos mais relevantes e o papel determinante de Bernardino Machado no decurso do conflito que desencadeou o confronto dos estudantes com o reitor e uma parte dos professores da Universidade e que, pouco depois, se estendeu ao próprio governo de João Franco. Nesta Mostra os visitantes observaram através de 21 painéis as diferentes perspectivas deste acontecimento.


Cumprindo os seus objectivos de proximidade à comunidade local, a da Casa Museu de Monção/Universidade do Minho, cedeu a sua Sala de Exposições para a exposição de pintura do artista João Luís Marrocos Fernandes (J. Marrocos) entre 1 e 30 de Junho.
No dia 18 Julho a Casa Museu de Monção/Universidade do Minho acolheu nos seus jardins a realização de um concerto do Ensemble de Clarinetes da Licenciatura em Música da Universidade do Minho. Desta forma esta Unidade Cultural pretende que a comunidade Monçanense fique informada sobre as ofertas culturais e musicais de que a Licenciatura em Música da Universidade do Minho possui. Neste concerto foram interpretadas obras de W.A. Mozart, Antonín Dvorák, D. Shostakovich, Josef Bonisch e Peter Tchaikovsky.

O Ensemble de Clarinetes da Universidade do Minho é composto por: André Vieira, Daniela Costa, Hélder Barbosa, José Manuel Capitão, Leonardo Marques, Mariana Silva, Nuno Teixeira (curso livre), Tânia Barbosa, Tiago Silva com a Direcção de Vitor Matos.


A Casa Museu de Monção/Universidade do Minho associou-se mais uma vez à Bienal Internacional de Arte de Vila Nova de Cerveira, nesta XV Bienal subordinada à temática A Cultura do Poder ou o Poder da Cultura, poderá visitar nas instalações da Casa Museu de Monção, a exposição intitulada O TRIÂNGULO DA GRAVURA Holanda - Japão - Portugal, que esteve patente ao público entre 18 de Julho a 31 de Agosto.
Conforme têm vindo a acontecer em anos transactos, a Casa Museu de Monção/Universidade do Minho, cedeu um dos seus espaços para a XIV Mostra Filatélica. Esta Mostra é organizada pelo Cine Clube de Monção e está patente ao público por altura das festas em honra de Nossa Senhora das Dores. Entre 11 a 24 de Agosto a Exposição cuja temática em 2009 foi em Homenagem ao Maestro Miguel de Oliveira, natural de Monção, tendo a iniciativa de inauguração contado com a presença de familiares do referido Maestro. A inauguração foi a 11 de Agosto sendo efectuada a apresentação do carimbo comemorativo dos CTT, lançamento de sobrescrito comemorativo e lançamento de postal comemorativo.
Cumprindo os seus objectivos de proximidade à comunidade local e também à vizinha Galiza, a Casa Museu de Monção/Universidade do Minho, cedeu a sua Sala de Exposições para uma exposição colectiva dos artistas Contravento. Esta exposição colectiva acolheu obras dos escultores ceramistas Rosa Mozo Y Tono Pérez e de 3 pintores, Fernando Morales, Zacarias Castro e Lolo Nantes. Esteve patente ao público entre 26 de Setembro e 30 de Outubro.
Um dos objectivos da criação da Casa Museu de Monção/Universidade do Minho é a sua abertura e interacção com a comunidade local. Frequentemente a Casa Museu de Monção/Universidade do Minho cede as suas instalações a instituições Monçanenses cuja função pedagógica, social, cultural, entre outras, se destaquem no apoio às gentes Monçanenses. Desta forma a Casa Museu de Monção/Universidade do Minho cedeu a sua Sala de Exposições para uma causa muito nobre - a mostra/venda de trabalhos dos utentes do Lar D. Maria Teresa Salgueiro. A Santa Casa da Misericórdia de Monção organizou uma exposição intitulada Saberes e fazeres do ser. Esta exposição/venda era composta por trabalhos realizados durante todo o ano pelos utentes do Lar de Idosos da Santa Casa da Misericórdia de Monção, Lar D. Maria Teresa Salgueiro - a Legatária da Casa Museu de Monção à Universidade do Minho. Esta Exposição esteve patente ao público entre 23 e 28 de Novembro.
Entre 16 e 20 de Novembro a Casa Museu de Monção/Universidade do Minho cedeu a sua Sala de Exposições ao Rancho Folclórico da Casa do Povo de Barbeita para uma Exposição comemorativa dos seus 50 anos. Esta exposição foi totalmente organizada pelo Rancho Folclórico da Casa do Povo de Barbeita e estiveram expostos objectos e utensílios utilizados ao longo dos anos pelo Grupo.
Nas vésperas da Quadra Natalícia a Casa Museu de Monção/Universidade do Minho cede as suas instalações para uma Exposição/Venda dos alunos da APPCDM, disponibilizando um dos Salões para a exposição/venda de Natal com os trabalhos elaborados pelos utentes da APPACDM - Associação Portuguesa de Pais entre os dias 30 de Novembro e 14 de Dezembro de 2008. A A.P.P.A.C.D.M. (Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental) é uma Instituição Particular de Solidariedade Social sem fins lucrativos destinada à proveniência de meios educativos, sócio-culturais, profissionais e reabilitação de crianças e jovens com necessidades educativas especiais com o objectivo de lhes proporcionar uma maior integração na sociedade.
Fora das suas actividades regulares a Casa Museu de Monção, acolheu no dia 15 de Julho a Reunião dos vice-reitores das Universidades do Norte de Portugal (Minho, Porto e Trás–os-Montes) e Galiza (Corunha, Vigo e Compostela). Estas reuniões são efectuadas em Monção devido à posição estratégica da Casa Museu de Monção/Universidade do Minho.
No âmbito da Comemoração dos 200 anos das Invasões Francesas, a Casa Museu de Monção pretendeu evocar estas comemorações com o lançamento da exposição itinerante intitulada As Invasões Francesas e a Restauração Nacional de 1808, que depois de ter estado patente ao público em Braga e Monção passou a ser itinerante. Fruto de parcerias estabelecidas com os diferentes municípios esta exposição esteve patente ao público nos seguintes locais no ano de 2009:

No início do ano de 2009, esteve em Mostra no Município da Ponte da Barca, no Edifício das Piscinas Municipais, entre 8 e 31 de Janeiro.

No Município de Caminha a Exposição, em ponto mais pequeno, foi inaugurada no dia 14 de Fevereiro e esteve patente ao público até ao dia 17 de Maio.

Em Vila Nova de Famalicão a exposição esteve patente ao público durante todo o mês de Março no Edifício do Museu Bernardino Machado.

No mês de Abril a exposição seguiu para o concelho de Valença do Minho (exposição em ponto pequeno).

Mês de Maio - concelho de Esposende - Escola Secundária Henrique Medina (até 19 de Junho)

Mês de Outubro - concelho de Vila Nova de Cerveira.

Mês de Novembro - concelho de Paredes de Coura.

Mês de Dezembro - concelho de Barcelos – edifício dos Paços do concelho.

De seguida seguirá para o Município de Viana do Castelo ficando patente ao público no interface dos transportes da cidade.

A abertura de cada uma destas exposições contou sempre com a presença do Presidente da Técnica Superior da Casa Museu de Monção que efectuam a apresentação pública desta exposição itinerante.

Na sua actividade regular destacam-se as visitas à Casa às terças, quintas e sábados das 15 às 17 horas, para além de outros dias conforme as solicitações que nos são efectuadas por grupos escolares, de empresas, Universidades Séniores e grupos organizados que nos solicitaram a realização de visitas guiadas.



A Casa Museu de Monção/Universidade do Minho para além do mailing que efectua faz a divulgação de todas as suas actividades através do seu site www.casamuseumoncao.uminho.pt

O Presidente da Casa Museu de Monção
José Viriato Eiras Capela

Prof. Catedrático


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal