AdministraçÃo geral sumário



Baixar 1 Mb.
Página15/34
Encontro18.07.2016
Tamanho1 Mb.
1   ...   11   12   13   14   15   16   17   18   ...   34

6. ABORDAGEM SISTÊMICA DA ADMINISTRAÇÃO

Desenvolvida a partir de 1950, essa abordagem surge como decorrência dos estudos do biólogo alemão Von Bertalanffy, com o intuito de criar uma ciência que transcendesse aos problemas exclusivos de cada ciência; uma teoria interdisciplinar que proporcionasse princípios gerais aplicáveis a todas as ciências.

Essa abordagem explicita um momento de transição da Teoria Geral de Administração, onde três novos princípios (de certa forma antagônicos) passam a vigorar no “pensamento administrativo”, em detrimento de três postulados clássicos.

Os princípios do reducionismo4, do pensamento analítico5 e do mecanicismo6 passam a ser substituído pelos princípios opostos do expansionismo, do pensamento sistêmico e da teleologia.

O Expansionismo é o princípio que sustenta que todo fenômeno é parte de um fenômeno maior. O desenvolvimento de um sistema depende de como ele se relaciona como todo maior que o envolve e do qual faz parte.

O Pensamento Sistêmico é o fenômeno visto como parte de um sistema maior e é explicado em termos do papel que desempenha nesse sistema maior.

A Teleologia ressalta a importância de estudarmos a relação entre as partes que compõem um todo (pois o todo é “maior” que a soma das partes), o fato de que cada sistema está inserido em outro maior e que estudo das variáveis externas é de fundamental importância para que possamos compreender o funcionamento de um sistema.

Com esses três princípios a Teoria Geral de Sistemas (TGS) permitiu o surgimento da Cibernética e desaguou na Teoria Geral de Administração redimensionando totalmente suas concepções.


Dica: A teoria administrativa passou a pensar sistemicamente.
A abordagem sistêmica será desenvolvida em três partes: Tecnologia e Administração, Teoria Matemática da Administração e Teoria de Sistemas.


6.1. TECNOLOGIA E ADMINISTRAÇÃO

Sabemos que o desenvolvimento tecnológico sempre construiu a plataforma básica que impulsionou o desenvolvimento das organizações e permitiu a consolidação da globalização, principalmente depois da invenção do computador.


Cibernética a Administração
A Cibernética surgiu com o objetivo de estabelecer relação entre as várias ciências, preenchendo os espaços vazios interdisciplinares não-pesquisados por nenhuma e permitindo que cada uma utilizasse os conhecimentos desenvolvidos pelas demais, abrangendo comunicação, processamento e transferência de informação.


A Cibernética compreende os processos e sistemas de transformação da informação e sua concretização em processos físicos, fisiológicos, piscicológicos, etc.








Entradas Saídas


Dados Informação

Energia Energia

Matéria Matéria

Seu campo de ação são os sistemas, cujas características são:


I – Entradas (inputs) – aquilo que o sistema recebe do exterior;
II – Saídas (outputs) – o resultado exportado para o meio ambiente;
III – Retroação (feedback) – é um sistema de comunicação de retorno proporcionado pela saída do sistema à sua entrada. Funciona como um mecanismo regulador. Pode ser positiva (se aumenta a entrada) ou negativa.

IV – Homeostasia – é um equilíbrio dinâmico obtido através da auto-regulação, ou seja, através do auto-controle. É a capacidade que tem o sistema de manter certas variáveis dentro de limites, mesmo quando os estímulos do meio externo forçam essas variáveis a assumirem valores que ultrapassam os limites da normalidade (como é o caso do piloto automático em aviação).






Entradas Sistema Saídas

Feedback
V – Sinergia – significa literalmente “trabalho conjunto”. O conceito de sinergia também é controvertido. Existe sinergia quando duas ou mais causas produzem, atuando conjuntamente, um efeito maior do que a soma dos efeitos que produziriam atuando simultaneamente produzem um efeito febrífugo multiplicado. As organizações são exemplos maravilhosos de efeito sinergístico. Assim, a sinergia constitui o efeito multiplicador das partes de um sistema que alavancam o seu resultado global. A sinergia é um exemplo de emergente sistêmico: uma característica do sistema que não é encontrada em nenhuma de suas partes.

VI – Entropia – refere-se à perda de energia em sistemas isolados, levando-os à degradação, à desintegração e ao desaparecimento. A entropia significa que partes do sistema perdem sua integração e comunicação entre si, fazendo com que o sistema se decomponha, perca energia e a informação se degenere. Se a entropia é um processo pelo qual um sistema tende à exaustão, à desorganização, à desintegração e, por fim à morte, para sobreviver o sistema precisa abrir-se e reabastecer-se de energia e de informação para manter a sua estrutura. A esse processo reativo de obtenção de reservas de energia e de informação dá-se o nome de entropia negativa ou negentropia.

Dica: No mundo dos negócios, a tecnologia é conhecida como informática e aparece sob a forma de processamento de dados ou de redes descentralizadas e integradas de computadores.

Por meio da informática, as organizações implementam bancos de dados, sistemas de informação e redes de comunicação integradas.

As principais conseqüências da informática na Administração são:

a) automação: ultramecanização, super racionalização, processamento contínuo e controle automático. É a substituição do homem pela máquina.

b) Tecnologia da Informação (TI): é o principal produto da cibernética, representa a convergência do computador com a televisão e as telecomunicações. A TI modifica o trabalho das organizações dentro e fora delas. A internet é um grande exemplo disso.

c) Sistemas de Informação: As decisões tomadas nas organizações baseiam-se necessariamente nas informações disponíveis. Assim, as empresas criam os Sistemas de informações gerenciais (SIG), que são sistemas computacionais capazes de proporcionar informação como matéria-prima para todas as decisões a serem tomadas.

Dica: Quanto mais avançada e poderosa for a TI de uma organização, maior sua competitividade e chances de sucesso!

d) Integração do negócio: Cada vez mais as organizações estão buscando meios para alcançar o sucesso nos negócios tradicionais e nos virtuais. Integração, conectividade e mobilidade são as palavras de ordem no mundo atual. Incorporar a moderna TI à dinâmica da organização se torna hoje imprescindível para o sucesso organizacional.

e) E-business: É o motor da nova economia. São os negócios virtuais feitos pela mídia eletrônica (Web). As organizações estão precisando se adaptar a essa nova forma de negócios para se manter competitiva.

A TI proporcionou a Internet, a rede mundiais de computadores, que permite que se envie e receba informações de pessoas e negócios do mundo inteiro, através de um simples micro, iniciando a “Era digital”

f) homo digitalis: É o homem digital, aquele cujas transações com o meio ambiente são efetuadas predominantemente por intermédio do computador.

CRÍTICAS


1 – Os administradores tem uma visão limitada do que a TI pode proporcionar à sua organização. Acabam querendo reduzir custos e tarefas, automatizando ou eliminando quase sempre as que envolvem contato direto com o cliente.

2- Em vez de apenas automatizar tarefas, a TI deveria estar preocupada principalmente em informar pessoas.

3 – A TI se transformou em mais uma função na organização, quando deveria ser um recurso à disposição de todos.

RESUMO


1 – Embora seja uma ciência recente, a Cibernética proporcionou profunda influência sobre a administração, não apenas em termos de conceitos e idéias, mas principalmente por seus produtos como máquinas inteligentes e computadores.

2 – Alguns conceitos da Cibernética ultrapassaram suas fronteiras e foram incorporados à teoria administrativa: o conceito de sistema e a representação de sistemas por meio de modelos. Outros conceitos, como entrada, saída, retroação, homeostasia e informação são usados hoje na linguagem comum da teoria administrativa. A teoria da informação proporciona uma visão ampla dos fenômenos de informação e comunicação dentro das organizações.

3 – Assim, a Cibernética trouxe uma série de conseqüências e influências muito poderosas sobre a administração, como a automação e a informática.

Dica: Palavras-chaves importantes sobre a Tecnologia e Administração: Cibernética, entradas (imputs), saídas (outputs), feedback, homeostasia, sinergia, entropia, automação, TI, SIG, e-buniness, homo digitalis.


1   ...   11   12   13   14   15   16   17   18   ...   34


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal