ANÁlise climática para a cidade de curitiba/PR



Baixar 26.19 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho26.19 Kb.
ANÁLISE CLIMÁTICA PARA A CIDADE DE CURITIBA/PR
Raniéri C. F. AMORIM1, Ricardo F. C.AMORIM2, Dayse Karine. F. AMORIM3,

Christiane C. LEITE4, Heliofábio B. GOMES4



RESUMO
O trabalho objetiva-se mostrar uma análise das condições climáticas da cidade de Curitiba/PR, a partir das normais climatológicas no período de (1931–1960) e (1961–1990). Dentre os objetivos e a metodologia propostos pode-se observar que, a temperatura média do ar houve um acréscimo de 0,68oC no quadrimestre de setembro a dezembro para a normal climatológica de (1961–90), devido a maior ocorrência de El Niño neste período em relação (1931–60). A precipitação pluviométrica para os meses de Jan, Fev e Abr, destacam-se como os meses mais chuvosos com totais mensais acima de 170 mm para o período de (1931– 60) e o trimestre de Mai a Jul como os mais chuvosos para o período de (1961 – 90). Comparando as normais climatológicas de evaporação, observou-se uma perda maior no período de (1961– 90) com os mínimos nos meses Abr a Jun (52,6)mm/mês e máximos nos meses de Ago, Nov a Jan, sendo que Nov houve uma perda máxima de 81,1mm/mês. Observou-se que as normais climatológicas de insolação de (1931– 60) e (1961–90), foram inversamente proporcionais as normais climatológicas de evaporação, ou seja quanto maior o período de insolação maior será a quantidade de energia disponível e conseqüentemente maior perda por evaporação referente ao período de (1961– 90).
PALAVRA CHAVE: precipitação pluvial, temperatura do ar.
ABSTRACT
The objective work to show an analysis of the climatic conditions of the city of Curitiba/PR, from the climatological normal in the period of (1931-1960) e (1961-1990). Amongst the considered objectives and the methodology it can be observed that, the average temperature of air had an addition of 0,68oC in the quadrimestre of Set the Dez for the climatological normal of (1961-90), due the biggest occurrence of El Nino in this period in relation (1931-60). The pluvial precipitation for the months of Jan, Fev and Abr, is distinguished as the months rainiest with monthly totals above of 170 mm for the period of (1931-60) and the trimester of rainiest Mai at Jul for the period of (1961-90). Comparing the climatological normal of evaporation, observed a bigger loss in the period of (1961-90) with the minimum in the months Abr at Jun (52,6) mm/mês and maximum in the months of Ago, Nov at Jan, being that Nov had a loss maximum of 81,1mm/mês. It was observed that the climatological normal of insolation of (1931-60) and (1961-90), the climatological normal of evaporation had been inversely proportional, or either how much bigger the period of bigger insolation will be the amount of available energy and consequently bigger loss for evaporation referring to the period of (1961-90).
Keywords: precipitation pluvial, temperature air.

1. INTRODUÇÃO
O estado do Paraná, situado na região sul do Brasil, está compreendido entre os paralelos de 22o30’ e 26o29’ de latitude Sul, caracteriza-se, do ponto de vista climático, como uma região de transição entre os climas tropical quente e úmido e o subtropical úmido, que domina, de modo geral, a região sul do país. Dando ação de massas de ar quente e frias, em especial as massas de ar tropical marítima e polar (MONTEIRO, 1968).

O conhecimento da variabilidade do clima na região sul torna-se importante pelo fato de ser um estado que tem como principais influências econômicas a agricultura e agropecuária. Segundo Buriol et al. (1974) a variabilidade dos elementos climáticos constitui um fator importante de julgamento para a caracterização dos valores médios dos elementos meteorológicos de maior influência no crescimento e desenvolvimento dos vegetais.

O clima regional não se apresenta com as mesmas características anualmente, sendo assim necessário realizar uma análise dos registros climáticos e conseqüentemente uma melhor interpretação dos seus efeitos, visando a implantação de empreendimentos agrícolas. A temperatura média do ar, precipitação pluviométrica, umidade relativa do ar, evaporação e insolação são elementos meteorológicos que exercem influência direta sobre as condições agrícolas. O objetivo do presente trabalho é mostrar uma análise das condições climáticas da cidade de Curitiba/PR, a partir das normais climatológicas no período de (1931 – 1960) e (1961 – 1990).
2. MATERIAL E MÉTODOS
Neste trabalho, foram utilizados dados históricos de temperatura média do ar, precipitação pluviométrica, umidade relativa do ar, evaporação e insolação registrados nas normais climatológicas (1931 – 60) e (1961 – 90), do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET/DF) para a cidade de Curitiba – PR, cujas coordenadas geográficas latitude 25°31’S, longitude 49°10’W e altitude de 911m.


3. RESULTADOS E DISCUSSÃO
Na Figura 1, são comparadas as normais climatológicas nos períodos 1931-60 e 1961-90 para a cidade de Curitiba/PR, onde pode-se verificar que a temperatura média do ar obteve um comportamento semelhante durante todo o ciclo, ocorrendo um pequeno acréscimo de 0,68oC no quadrimestre de setembro a dezembro para a normal climatológica de (1961 – 90), devido a maior ocorrência de El Niño neste período em relação (1931 – 60).

.

Fig 1 – Normais Climatológicas de temperatura média do ar para Curitiba – PR.

As temperaturas médias variaram de 12,5oC a 20,1oC para o período de 1931-60 e 12,2oC a 19,9oC para o período de 1961 – 90. Observa-se que os meses de temperatura mais elevados foram novembro a fevereiro, onde o mês mais seco foi de 20,1oC e nos meses janeiro a fevereiro, decrescendo progressivamente nos meses de maio a julho onde suas temperaturas foram em média de 13,5oC em junho. A temperatura média, mais elevada no período de 1961 – 90 foram os meses de novembro a fevereiro, em seguida decrescendo nos meses de maio a julho, onde sua temperatura foi de 12,2 oC



Fig 2 – Normais Climatológicas de precipitação pluviométrica para Curitiba – PR.

As normais climatológicas de precipitação pluviométrica para a cidade de Curitiba/PR, nos período 1931-60 e 1961-90, estão ilustrados na Figura 2. Os meses de Janeiro, Fevereiro e Abril, destacam-se como meses mais chuvosos com totais mensais acima de 170 mm para o período de 1931 – 60 e o trimestre de maio, junho e julho como os mais chuvosos para o período de 1961 – 90, quando comparados ao período anterior.

No segundo período mostra que a cidade sofreu mudanças em suas variações climáticas quando comparadas as normais do período 1961 – 90 com as do período de 1931 – 60. O total anual médio de 1931 – 60 foi de1412,7 mm, enquanto que para o segundo período foi 1407,9 mm.



Fig 3 – Normais Climatológicas de umidade relativa do ar para Curitiba – PR.


Com relação as normais climatológicas de umidade relativa do ar (Figura 3), em Curitiba/PR, variaram em média 77,9% a 83,9% no período de 1931 – 60 sendo o mês mais úmido março de (83,9%) e o mês mais seco agosto de (77,9%) e, no segundo período variaram de 76% a 82% com os meses mais úmidos maio, outubro e dezembro e mês mais seco junho com (76%). Observa-se ainda que no primeiro semestre de janeiro a junho os índices de umidade relativa do ar são elevados em torno de 83% no período de (1931 – 60), enquanto que, o período de (1961 – 90) foram inversamente proporcionais de julho a dezembro em média 81%.



Fig 4 – Normais Climatológicas de evaporação para Curitiba – PR.

A Figura 4, mostra uma distribuição anual de evaporação no 1931 – 60 e 1961 – 90, para a cidade de Curitiba/PR. Comparando-se as normais climatológicas observou-se uma perda no período de 1961 – 90 com os mínimos nos meses abril a junho e máximos nos meses de agosto, novembro a janeiro. A distribuição dos totais mensais de evaporação, obteve um pico de 81,1 mm/mês.

No período de 1931 – 60, houve perda de água para atmosfera nos meses de agosto, novembro a janeiro tendo uma variação de 78,4 mm/mês e os meses menor evaporação foram abril, maio e julho, tendo uma média de 50,5 mm/mês.



Fig 5 – Normais Climatológicas de Insolação para Curitiba – PR.



4. CONCLUSÃO
Dentre os objetivos e a metodologia propostos pode-se observar que, a temperatura média do ar houve um pequeno acréscimo de 0,68oC no quadrimestre de setembro a dezembro para a normal climatológica de 1961 – 90, devido a maior ocorrência de El Niño neste período em relação 1931 – 60.

A precipitação pluviométrica para os meses de Janeiro, Fevereiro e Abril, destacam-se como os meses mais chuvosos com totais mensais acima de 170 mm para o período de 1931 – 60 e o trimestre de maio a julho como os mais chuvosos para o período de 1961 – 90.

A umidade relativa do ar variou em média 77,9% a 83,9% no período de 1931 – 60, sendo o mês mais úmido março de (83,9%) e o mês mais seco agosto com (77,9%) e, no segundo período variaram de 76% a 82% com os meses mais úmidos maio, outubro e dezembro, sendo o mês mais seco junho (76%).

Comparando as normais climatológicas de evaporação, observou-se uma perda maior no período de 1961 – 90 com os mínimos nos meses abril a junho (52,6)mm/mês e máximos nos meses de agosto, novembro a janeiro, sendo que novembro houve uma perda máxima de 81,1mm/mês.

Observou-se que as normais climatológicas de insolação de 1931 – 60 e 1961 – 90, foram inversamente proporcionais as normais climatológicas de evaporação, ou seja quanto maior o período de insolação maior será a quantidade de energia disponível e consequentemente maior perda por evaporação referente ao período de 1961 – 90, devido a ocorrência do fenômeno El Niño que aumentou a maior quantidade de precipitação pluviométrica no mesmo período.

5. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
BURIOL, G. A ; FERREIRA, M.; ESTEFANEL, V. Variabilidade das temperaturas médias mensais e estacionais do ar no estado do Rio Grande do Sul. Revista do Centro de Ciências Rurais, Santa Maria, v.4, n.3, p. 271-294, 1974.

INMET, Normais Climatológicas (1931 – 1960), Rio de Janeiro – RJ, 1979.

INMET, Normais Climatológicas (1931 – 1960), Brasília – DF, 1992.

MONTEIRO,C.A.F. Clima. Grande Região Sul. Rio de Janeiro: IBGE. v.4, t.1, p-114-166. 1968.




1 Aluno de Pós-Graduação em Meteorlogia Agrícola - UFV. Email: rcfamorim@vicosa.ufv.br.

2 Prof. Adjunto Departamento de Meteorologia - AL

3 Aluna de Graduação em Análise de Sistemas – Fejal / Cesmac / AL

4 Aluno de Pós-Graduação em Meteorologia - AL

Catálogo: cbm-files
cbm-files -> ContribuiçÃo do dca/ufcg ao plano nacional de controle da desertificaçÃo dayane Carvalho da Costa1, José Ivaldo Barbosa de Brito2
cbm-files -> A divulgaçÃo do índice ultravioleta como prevençÃo ao excesso de exposiçÃo ao sol: uma contribuiçÃo da meteorologia para o desenvolvimento de políticas públicas para a saúde no paíS
cbm-files -> ANÁlise das chuvas intensas ocorridas nos meses de janeiro e fevereiro de 2004 no estado de pernambuco
cbm-files -> Metodologia aplicada na fase preliminar no desenvolvimento de um sistema de recursos hídrico para o estado do rio de janeiro
cbm-files -> Variabilidade Intrasazonal no Verão: Modulação pela Variabilidade Interdecadal
cbm-files -> Resultados de um Estudo Estatístico das Propriedades Ópticas das Partículas de Aerossol de Queimadas via aeronet
cbm-files -> Fluxos de onda longa descendente à superfície: conceitos e parametrizaçÕes para estimativas por satélite
cbm-files -> Variabilidade temporal e espacial na precipitaçÃo da costa leste do nordeste no período 1992-97
cbm-files -> Sobre o nordeste do brasil
cbm-files -> ANÁlise do ambiente convectivo na região sudoeste da amazônia: um estudo de caso


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal