ANÁlise das entidades geológicas e geomorfológicas por assinatura ambiental da bacia do rio guandu (natural)-rj



Baixar 6.24 Kb.
Encontro20.07.2016
Tamanho6.24 Kb.
ANÁLISE DAS ENTIDADES GEOLÓGICAS E GEOMORFOLÓGICAS POR ASSINATURA AMBIENTAL DA BACIA DO RIO GUANDU (NATURAL)-RJ
Maria Hilde B. Góes¹; Aléxis Nummer²; Pablo Flaeschen Nunes³; Carolina de Lucena Sagrillo³; Jose Carlos Paranhos Souza de Castro³

¹ Profa. Dra. e coordenadora do LGA/UFRRJ; ² Prof. Dr. LGA/UFRRJ; ³ Graduando em Geologia (DG/LGA/UFRRJ).


Esta contribuição apresenta o método da Assinatura Ambiental vinculada ao programa SAGA/UFRJ aplicado à análise dos sistemas geológicos e geomorfológicos, da bacia do rio Guandu - RJ, setor Leste - Natural, quanto a sua diversidade ambiental. A área considerada para o tratamento ambiental abrange a drenagem original da referida bacia hidrográfica, antes mesmo da primeira atuação antrópica - a dos Jesuítas, em 1916; isto corresponde a Unidade Territorial 1 ou Bacia do Guandu Natural. Quanto a Unidade Territorial 2, corresponde ao setor oeste da bacia do rio Guandu, como um todo, caracterizada significativamente, por sua drenagem artificial.

Os dois planos de informação selecionados são componentes da base de dados georreferenciada, a BDG/GUANDU, constituída por 32 Mapas Temáticos Básicos, escala 1:50.000 e resolução espacial de 25m. Neste trabalho é apresentado o contexto natural/antrópico da Geologia (Litologia e Intensidade de Lineamentos Estruturais) e da Geomorfologia. A meta fundamental é mostrar cada uma de suas categorias, sendo analisada em função da contribuição das demais categorias dos restantes 31 parâmetros da citada BDG - “categorias externas contribuintes”. Mais detalhadamente, há uma convergência de classes “externas” que irão mais influenciar a classe do Mapa Temático Geológico, em função da hierarquia planimétrica. O produto de tal levantamento analítico é um quadro-síntese (método GOES,1994) no qual é apresentado o resultado do levantamento das assinaturas ambientais relativas a todos os mapas temáticos constituintes da BDG/GUANDU. Nas linhas, são apresentadas as classes geológicas e nas colunas, a sua planimetria, a descrição específica, o aproveitamento econômico sustentável, e os 31 Mapas Temáticos da BDG. A cada categoria geológica, serão incluídas as classes “externas contribuintes”; aquelas que mais irão influenciar a categoria Granitóide, por exemplo. Trata-se de um ganho de conhecimento integrador e interativo, através da inclusão geoambiental de outros elementos da BDG/GUANDU, que irão caracterizar o contexto global ambiental dos quadros geológico e geomorfológicos atuais - objetivo da presente pesquisa. Neste sentido, a contribuição fundamental é mostrar a diversidade ambiental para cada entidade geológica e geomorfológica, atual; como exemplo, para Geomorfologia, as contribuições das classes de Litologia, Intensidade de Lineamentos Estruturais, Uso do Solo, Vegetação, Declividade, Altitude, dos inúmeros mapas de Proximidades dos fatos geográficos, como dos sistemas viário, urbano, industrial, institucional, histórico-culturais, e outros.



Trata-se, portanto, de um elenco de informações extraídas dos dados contidos nos 31 Mapas temáticos Básicos da BDG/GUANDU, no caso das classes ou categorias. Convém aqui ressaltar que este levantamento é básico para o estudo posterior da Geodiversidade da bacia do rio Guandu, selecionando-se por exemplo a Ocupação do Solo, como elemento de análise. Para tal, tem-se que definir os Índices de Geodiversidade. O LGA/UFRRJ já tem produtos sobre tal tema, aplicado à referida bacia hidrográfica e municípios. Esta contribuição faz parte do primeiro módulo da metodologia de “Análise Ambiental por Geoprocessamento” do Laboratório de Geoprocessamento Aplicado da UFRRJ.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal