ANÁlise do perfil dos usuários dos parques urbanos da bacia da pampulha – belo horizonte, mg



Baixar 3.88 Kb.
Encontro21.07.2016
Tamanho3.88 Kb.
UFV / VI SIMPÓS / FEVEREIRO-2007 / Engenharia Florestal / 59 
_________________________________________________________________________

ANÁLISE DO PERFIL DOS USUÁRIOS DOS PARQUES URBANOS DA BACIA DA PAMPULHA – BELO HORIZONTE, MG

TEIXEIRA, Ricardo dos Santos (Estudante); GONÇALVES, Wantuelfer (Orientador)



A capital mineira, Belo Horizonte, foi inaugurada em 12 de dezembro de 1897. Foi planejada para uma população de 200 mil habitantes. Seu espaço urbano inicial limitava-se aos 8,8 milhões de metros quadrados dentro da Avenida do Contorno, e o restante da cidade era chamado área suburbana ou rural. No entanto, atualmente, o número de habitantes já ultrapassa o valor de 2,3 milhões. Na década de 1970, a cidade tinha apenas o Parque Municipal Américo René Gianetti como grande espaço de lazer, na região central, e a Fundação Zoo-Botânica, na Pampulha. Em 1993, já havia oito parques implantados. Atualmente, o município tem 45 parques abertos ao público. Muitos destes não têm nenhum tipo de estudo ou levantamento. Neste sentido, para contribuir nesta questão, o presente trabalho objetiva uma análise do perfil dos usuários dos parques urbanos da cidade de Belo Horizonte, tomando como objeto de estudo os parques da Bacia da Pampulha. A metodologia utilizada para se fazer os levantamentos consistiu basicamente em aplicação de questionários, levantamento fotográfico e observação in loco . Para isso, foram utilizados, entre outros, os seguintes materiais: mapas da bacia em questão, projetos de cada parque, câmera digital, computador com scanner e impressora. Considerando que este estudo faz parte da pesquisa para dissertação do autor, a qual ainda está em andamento, os resultados apresentados são preliminares. Entre eles encontram-se dados como a origem dos usuários, faixas de idade, profissão, faixas de renda. Além disso, encontram-se dados, em porcentagem, de qual é o uso que fazem destes espaços, tais como caminhadas, exercícios físicos, descanso, brincadeiras infantis, contemplação da natureza. (CNPq)
Catálogo: simposio integracao academica -> simposiosAnteriores -> fev2007 -> conteudo
simposiosAnteriores -> Ufv / V seu / novembro de 2007 / departamento de educaçÃo física a importância do xadrez na escola
simposiosAnteriores -> RepresentaçÃo social da leitura: espaços sociais e formaçao do leitor
simposiosAnteriores -> Uma análise da participaçÃo das regiões sudeste e nordeste no produto interno bruto brasileiro (pib) entre os anos de 1997-2001
conteudo -> A densidade de indivíduos que apresentam atividade fitotóxica interfere na riqueza local e na distribuiçÃo de espécies na comunidade vegetal?
simposiosAnteriores -> Ufv / XVIII sic / outubro de 2008 / letras cch cch cch as fontes medievais de saramago: relaçÕes entre literatura e história no romance portuguêS
conteudo -> Programa de capacitaçÃo de trabalhadores rurais assentados: cooperativismo/associativismo, comercializaçÃo e meio ambiente
conteudo -> História e ensino: navegando na modernidade
conteudo -> A ponderaçÃo de interesses frente ao conflito de princípios constitucionais: construçÃo de pressupostos e requisitos para a sua aplicabilidade


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal