Antonio Muniz de Rezende



Baixar 185.95 Kb.
Página5/5
Encontro19.07.2016
Tamanho185.95 Kb.
1   2   3   4   5

(1962) Learning from experience (Aprendendo com a experiência), London: Karnac Books.

(1962) A theory of thinking. (Uma teoria sobre o processo de pensar) em Second Thoughts

(1963) Elements of psycho-analysis (Elementos de Psicanálise), London: Karnac Books.

(1965) Transformations (Transformações), London: Karnac Books.

(1967) Second Thoughts, (Estudos psicanalíticos revisados), London: Karnac Books.

(1970) Attention and interpretation (Atenção e Interpretação), London: Karnac Books.

(1973) Brazilian Lectures, I (Conferências Brasileiras, I), Rio de Janeiro, Brasil, Imago Editora.

(1977). Two papers: the Grid and Caesura. Imago, Rio de Janeiro. Também na Rev.Brasil. Psic. No. 15. 1981 (Trad. de Maria Tereza Marcondes Godoy, Revisão de Luciano Marcondes Godoy).

(1979) Making the best of a bad job (Tirando proveito de um mau negócio), Boletim, Sociedade Britânica de Psicanálise (fev.)

(1980) Bion in New York and São Paulo (Bion em Nova York e São Paulo) Strathclyde: Clunie Press

(1992) Cogitations, London: Karnac Books. Cogitações, trad. de Ester Hadassa Sandler e Paulo Cesar Sandler, Rio de Janeiro, Imago Editora, 2000.

Supervisões ( Revista IDE)
Boff, Leonardo.

(2000) Espiritualidade, um caminho de transformação. Rio de Janeiro, Sextante Editora.

(2000) Tempo de transcendência. O ser humano como um projeto infinito. Rio de Janeiro, Sextante Editora.
Buber, M.

(1979) Eu e Tu, São Paulo, Cortez & Moraes, Trad. de Newton Aquiles von Zuben


Comte-Sponville, A .

(2001) A felicidade, desesperadamente. São Paulo, Livraria Martins Fontes Ltda. Trad. Eduardo Brandão.


Deleuze-Guattari.

(1972) O anti-édipo, Rio de Janeiro, Imago Edt., trad. de Georges Lamazière

Derrida, J.

(1996) Résistances, Paris Editions Galilée


Espinosa, B.

De emendatione intellectus
Foucault, M.

(1996) A era da psicanálise. Citado por Derrida, J. in Résistances


Freud, S.

(1927) O futuro de uma ilusão, Standard Edition, vol. XXI.



(1930) Mal estar na civilização, Standard Edition, vol. XXI.

Gay, Peter.

(1988) Freud: a life for our time. (Uma vida para o nosso tempo) Trad. de Denise Bottman. São Paulo, Cia. das Letras, 1989)
Green, André.

(1979) Prefácio a Entretiens psychanalytiques. 1980, Editions Gallimard.


Grotstein, J. S.

(1981) Memorial. Do I dare disturb the universe? Caesura Press, Beverly Hills.


Houaiss, A.

(2001) Dicionário da língua portuguesa. Rio de Janeiro, Ed. Objetiva.


Jacques, Elliot

(1965) Morte e crise da meia idade. In: Melanie Klein Hoje. Rio de Janeiro, Imago Editora.


João da Cruz, São.

(1972) Obras completas de San Juan de la Cruz. Burgos.


Jones, E.

(1953) The life and work of Sigmund Freud. New York. Tradução francesa La vie et l’oeuvre de Sigmud Freud. Paris, Presses Universtaires de France, 1958.

Klein, M.

A importância da formação de símbolos no desenvolvimento do Ego

Reproduzido de Klein, Melanie. The importance of symbol formation in the development of the ego. In: Contributions of Psycho-analysis. Londres, The Hogarth Press, 1948. p. 236-50. Trad. por Carlos Eugênio Marcondes de Moura (Publicado também em Contribuições à Psicanálise. 2. ed. São Paulo, Mestre Jou, 1981).


Lacan, J.

(1966) Écrits. (Escritos) Trad. de Vera Ribeiro, Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editor, 1998.


Melsohn, Isaias.

(2001) Psicanálise em nova chave. São Paulo, Editora Perspectiva.


Merleau-Ponty, M.

(1963) L’Oeil et L’Esprit. (O olho e o espírito) Paris, Gallimard. Tradução e Notas de Marilena de Souza Chauí, São Paulo, Ed. Abril Cultural.


Nietzsche, F.

Oração ao Deus desconhecido. Citado por Leonardo Boff
Masi, Domenico de

(2000) O ócio criativo. Tradução de Lea Manzi, Rio de Janeiro, Sextante Editora


Rezende, A . M.

(1993) Bion e o futuro da psicanálise. Campinas, Papirus.

(1998) A questão da verdade na investigação psicanalítica. Campinas, Papirus.

(1999) Ser e não ser sob o vértice de “O”. Taubaté, Cabral.

(1999) Os elementos de psicanálise e a alfabetização do psicanalista. Curso ministrado em Ribeirão Preto.

(2000) A identidade do psicanalista, função e fatores. Taubaté, Cabral.

(2000) Desenvolvimento e maturidade. Curso ministrado em Campinas. Biblioteca do Núcleo de Psicanálise de Campinas e Região.

(2000) O paradoxo da psicanálise, uma ciência pós-paradigmática. São Paulo, Via Lettera

(2001) A psicanálise “atual” na interface das “novas” ciências. São Paulo, Via Lettera

Rezende, Cristiano Novaes.

(2002) Investigação sobre o conceito de “emendatio”, no Proemio doTractatus de intellectus emendatione” de Espinosa. Dissertação de mestrado. Depto. de Filosofia da USP, 2002.

(2009) “Intellectus Fabrica. Tese de Doutorado defendida na USP.


Rizzuto, Ana-Maria

(1998) Por que Freud rejeitou Deus? São Paulo, Edições Loyola. Trad. de Luciana Pudenzi


Safra, G.

Freud, judeu, ateu. Revista IDE, nº 30
Sapienza, Antonio.

(2001) Cesura. Palestra pronunciada no XVIIIº Congresso de Psicanálise da ABP em São Paulo

(2001) Mudança psíquica. Palestra pronunciada no XVIIIº Congresso de Psicanálise da ABP em São Paulo

Talamo, Parthenope Bion.



(1997) Os dois lados da cesura. In Bion em São Paulo, Ressonâncias. Organizado por Maria Olympia de A.F. França. Acervo psicanalítico - Sociedade Brasileira de Psicanálise, São Paulo.

Por que não podemos nos intitular bionianos? Texto apresentado no Centro Milanese di Psicoanalisi em 2 de abril de 1987. Publicado em português na revista IDE, nº 32
Yeats, poema citado por Bion em Cesura
1   2   3   4   5


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal