Atividade de Estudo – lp – Interpretação de Texto



Baixar 11.32 Kb.
Encontro28.07.2016
Tamanho11.32 Kb.



Atividade de Estudo – LP – Interpretação de Texto

O texto abaixo conta uma história do interior da cidade grande, onde os costumes são bem diferentes (vida em família, os meios de transporte etc). Leia com bastante calma e atenção!




A bolsinha, a bolsa e a bolsona” (Rosane Pamplona)

Um menino ia passear na cidade grande pela primeira vez. O pai recomendou:

- Filho, tome o dinheiro para o trem, mas guarde-o sempre nesta bolsinha. Só tire da bolsinha as notas que precisar e nunca a deixe aberta! Tome bastante cuidado na cidade grande!

O menino guardou bem aquelas palavras e foi se despedir da mãe. A mãe achou que a bolsinha não era segura. Pegou outra, maior, e ensinou ao garoto:

- Meu filho, leve a bolsinha de dinheiro sempre dentro desta bolsa. E nunca a deixe aberta! Cuidado! Você nunca foi para a cidade grande. Lá é bem diferente daqui do campo.

O menino foi se despedir da avó. A avó, mais precavida, achou melhor lhe dar uma bolsa maior ainda. E explicou:

- Meu neto, ponha sempre a bolsa com a bolsinha dentro desta bolsona. E nunca a deixe aberta! Tome cuidado! A cidade grande é bem movimentada e você não está acostumado com isso...

O menino ouviu tudo com atenção e foi embora pegar o trem. Chegando ao guichê, abriu a bolsona e tirou dela a bolsa. Fechou a bolsona e abriu a bolsa. Tirou a bolsinha, fechou a bolsa, abriu a bolsona, guardou a bolsa, fechou a bolsona. Então, abriu a bolsinha, tirou uma nota de dez reais e fechou a bolsinha. Abriu a bolsona, tirou a bolsa, fechou a bolsona, abriu a bolsa, guardou a bolsinha, fechou a bolsa, abriu a bolsona, guardou a bolsa, fechou a bolsona. Só então, deu o dinheiro para o funcionário do guichê. Mas, este não quis lhe dar a passagem.

- O valor da passagem de trem é 12 reais, rapazinho.

O menino, então, abriu a bolsona, tirou a bolsa, fechou a bolsona, abriu a bolsa, tirou a bolsinha, fechou a bolsa, abriu a bolsona, guardou a bolsa, fechou a bolsona, abriu a bolsinha, tirou mais uma nota de dez, fechou a bolsinha. Daí abriu a bolsona, tirou a bolsa, fechou a bolsona, abriu a bolsa, guardou a bolsinha, fechou a bolsa, abriu a bolsona, guardou a bolsa e fechou a bolsona. Deu a outra nota para o funcionário, que lhe devolveu o troco.

Para guardar o troco, o menino abriu a bolsona, tirou a bolsa, fechou a bolsona, abriu a bolsa, tirou a bolsinha, fechou a bolsa, abriu a bolsona, guardou a bolsa, fechou a bolsona, abriu a bolsinha, guardou o dinheiro, fechou a bolsinha, abriu a bolsona, tirou a bolsa, fechou a bolsona, abriu a bolsa, porém, antes que ele guardasse a bolsinha na bolsa, fechasse a bolsa, abrisse a bolsona, guardasse a bolsa na bolsona e fechasse a bolsona, o trem passou e ele ... perdeu o trem!



Vocabulário:

* precavida = prevenida.

* guichê = pequena janela numa parede, com grade ou não, onde funcionários se

comunicam com pessoas que queiram comprar passagens de ônibus, de trens etc.



  1. Quais foram as pessoas que fizeram um pedido muito especial ao garotinho que morava no interior (no campo)?

  2. Para onde o garoto estava indo? O que ele ia fazer neste lugar?

  3. Houve uma preocupação excessiva em relação ao dinheiro que o garoto tinha ganhado... Por que será que todos que se despediram do garoto tiveram uma preocupação muito grande

com o dinheiro? Explique, de acordo com o texto.

4- O menino “levou ao pé da letra” tudo o que lhe recomendaram (fez exatamente tudo aquilo que



lhe pediram)? Explique.

5- O menino, ao chegar no guichê para comprar a passagem de trem, cometeu um erro. Ele teve que abrir e fechar todas as bolsas, várias vezes, para pegar a quantia correta que lhe foi pedida. Para que ele tivesse aberto e fechado as bolsas menos vezes, qual deveria ter sido a atitude do menino, assim que ele chegou ao guichê para comprar a passagem?


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal