Atividades aula religiosidade afro-brasileira docente vagner gonçalves da silva



Baixar 14.6 Kb.
Encontro22.07.2016
Tamanho14.6 Kb.
ATIVIDADES – AULA – RELIGIOSIDADE AFRO-BRASILEIRA – DOCENTE VAGNER GONÇALVES DA SILVA
1)                       As religiões afro-brasileiras são resultantes principalmente das trocas culturais ocorridas entre as religiosidades dos três grupos que entraram em contato no Brasil: índios, brancos e negros. Quais os principais aspectos dessas religiosidades que permitiram essas trocas e sob quais condições políticas e econômicas elas ocorreram?

2)                       De que forma os terreiros das religiões afro-brasileiras serviram como rede de solidariedade e manutenção das identidades dos africanos e seus descendentes no Brasil.

3)                       Pode–se dizer que no processo de construção da identidade nacional as religiosidades afro-brasileiras expandiram-se para além dos terreiros influenciando a formação de muitos aspectos dessa identidade, como na música, festas, culinária etc. Comente algumas características desse processo.

 

 LINKS – Prof. VAGNER –



www.fflch.usp.br/da/vagner
www.n-a-u.org
www.doafroaobrasileiro.org

Bibliografia sugerida:

 AMARAL, Rita – Xirê o modo de crer e de viver no candomblé. Rio de Janeiro, Educ/ Pallas, 2002 (Parte II – “O ethos do povo-de-santo”)

AMARAL, Rita & SILVA, Vagner G – “Foi conta para todo canto: As religiões afro-brasileiras nas letras do repertório musical popular brasileiro”. In: Afro-Ásia, Salvador, UFBA, n. 34, pp 189-235. Disponível em: http://www.afroasia.ufba.br/edicao.php?codEd=87

AMARAL, Rita & SILVA, Vagner G - “Cantar para subir - um estudo antropológico da música ritual no candomblé paulista”. In: Religião e Sociedade, Rio de Janeiro, ISER, v. 16, n.1/2, pp.160-184. disponível em: http://www.n-a-u.org/Amaral&Silva1.html

ARAÚJO, Emanoel – Negro de Corpo e Alma. Mostra do Redescobrimento. MINC/ Fundação Bienal de São Paulo, 2000. (Catálogo)

BASTIDE, Roger - As Religiões Africanas no Brasil. São Paulo. Pioneira. 1985.

DaMATTA, Roberto – “Do País do Carnaval à Carnavalização: o Escritor e seus Dois Brasis”. In Cadernos de Literatura Brasileira: Jorge Amado, São Paulo, Instituto Moreira Salles, 1995.

dantas, Beatriz G. - Vovó Nagô e Papai Branco. Rio de Janeiro. Graal. 1988. (Cap. 4)

FRY, Peter - “Feijoada e Soul Food: 25 anos depois”. In: ESTERCI, Neide, FRY, Peter e Mirian GOLDENBERG (orgs.) - Fazendo antropologia no Brasil. Rio de Janeiro, DP&A, 2001.

MONTES, Maria Lucia – “O erudito e o que é popular”. In: Revista da USP, São Paulo, USP, n 32, 1996/7.

MOURA, Roberto - Tia Ciata e a Pequena África no Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. FUNARTE/ INM/ Divisão de Música Popular. 1983.

ORTIZ, Renato - A Morte Branca do Feiticeiro Negro. Rio de Janeiro. Vozes. 1978.

PEREIRA, João Baptista Borges - “A cultura negra: resistência de cultura à cultura de resistência". In: Dédalo, n.23, São Paulo1984.

REIS, Letícia Vidor – O mundo de pernas pro ar. A capoeira no Brasil. São Paulo Publisher Brasil, 2000.

SANTOS, Jocélio Teles – A cultura no poder e o poder da cultura. A construção da disputa simbólica da herança cultural negra no Brasil. Salvador Edfuba, 2005.

SILVA, Vagner G - Candomblé e Umbanda - Caminhos da Devoção Brasileira. São Paulo, Selo Negro, 2005, 2a.ed

Silva, Vagner G. – “Religiões afro-brasileiras. Construção e legitimação de um campo do saber acadêmico (1900-1960)”. In: Revista USP. São Paulo, USP-CCS, n.55, 2002, (pp. 82-111).

SILVA, Vagner G. - Orixás da metrópole. Petrópolis, Vozes, 1995

SILVA, Vagner G. - “Na encruzilhada, com os antropólogos”. In: Religião e Sociedade, Rio de Janeiro, ISER, v. 24, n.2, 2005. pp.28-60. Disponível em: http://www.iser.org.br/publique/media/RS24-2_artigo_vagner_da_silva.pdf

SILVA, Vagner G & AMARAL, Rita de Cássia - “Símbolos da herança africana. Por que candomblé”. In: SCHWARCZ, Lilia & REIS, Letícia (orgs.)- Negras Imagens. Ensaios sobre escravidão e cultura. Edusp e Estação Ciência, 1996.

SILVA, Vagner G; (org.) - Coleção Memória Afro-brasileira (vol 1: Caminhos da alma, 2002; Vol 2: Artes do Corpo, 2004; Vol 3: Imaginário, Cotidiano e Poder, 2007). São Paulo. Selo Negro.

VIANNA, Hermano - O Mistério do Samba. Rio de Janeiro, Zahar,1995.



 

Filmes e Vídeos



 

O fio da memória, de Eduardo Coutinho, FUNARJ, 1991, 115 min.

Eu vi Boa Morte sorrir, de Angela Machado, IRDEB - TVE Bahia, 1996, 29’.

Mastros Sagrados e Profanos. IRDEB - TVE Bahia, 2000, 29’.

Pastinha Uma vida pela capoeira, de Antonio Carlos Muricy, 1999.

Atlântico Negro- Na Rota dos Orixás, de Renato Barbieri, 1998, 75 min

 

 


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal