Avaliação da Contribuição do Correlograma dos Dados Digitais da Imagem de Tomografia Computadorizada do Nódulo Pulmonar para a Distinção entre Sua Natureza Benigna ou Maligna



Baixar 4.18 Kb.
Encontro19.07.2016
Tamanho4.18 Kb.
Avaliação da Contribuição do Correlograma dos Dados Digitais da Imagem de Tomografia Computadorizada do Nódulo Pulmonar para a Distinção entre Sua Natureza Benigna ou Maligna

Rodolfo Acatauassú Nunes; Aristófanes Correia da Silva; Marcelo Gattass; Paulo Cézar Carvalho; Márcia Boechat; Eduardo Haruo Saito; Cláudio Higa

Instituição: UERJ, UFMA, PUC - Rio


Neste trabalho foi avaliada a contribuição do método de geoestatística denominado correlograma, adaptado para medir o grau de dependência espacial entre voxels, na distinção entre o nódulo pulmonar (NP) benigno e maligno em imagens de Tomografia Computadorizada Helicoidal (TC).

Trinta e seis pacientes realizaram uma TC torácica com cortes de 1 mm na área de interesse do NP. As imagens foram quantizadas em 12 bits e armazenadas no formato DICOM. Para a análise dos dados digitais foi utilizado um software específico elaborado em parceria entre a UFMA, UERJ, PUC-Rio e IMPA. O NP foi segmentado de forma semi-automática. O correlograma foi obtido como uma versão normalizada da função de covariância, situando-se os coeficientes de correlação na faixa de -1 a +1 . O melhor ponto de corte para a classificação foi estabelecido pela Análise Discriminante Linear de Fisher. A histopatologia ou a estabilidade do NP por três anos constituíram o padrâo de referência da classificação.



Com a utilização do CORRELOGRAMA foi encontrado para a série estudada, uma Especificidade de 96,5 % , uma Sensibilidade de 100 % e uma Acurácia de 97,2%. Embora os resultados iniciais sejam muito bons há necessidade de prosseguir na avaliação aumentando a base de dados.> >


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal