Avisos dia



Baixar 52.55 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho52.55 Kb.

AVISOS

Dia

Assunto - Atividade

10

D.º

5.º Domingo do Tempo Comum.

11

2.ª

21.º Dia Mundial do Doente: ver programa ao lado.

De 11 a 17 Semana da Oração do “Rogai” pelas Vocações:


às 18,30h, excepto na 4.ª feira: ver pauta afixada.

Reunião Vicarial dos delegados da Catequese: 21,30h.



12

3.ª

Carnaval.

Reunião dos Párocos da Vigararia.



13

4-ª

Bênção e imposição das Cinzas: Celebração às 21h:

Oração do “Rogai” às 20h.



14

5.ª

Festa dos Padroeiros da Europa (S. Cirilo e S. Metódio).

15

6.ª

Reunião dos pais do 5.º Ano: 21,30h.

16

S.º

“Dia do Amigo” em Catequese. Também na missa das crianças.

17

D.º

Lausperene: Adoração das 13h às 18,45h.(ver pauta ao lado).

22.º Aniversário do Programa da Azeméis F.M. “Nova Dimensão”.




Dia Mundial do Doente - “O Bom Samaritano” “Vai e faz tu o mesmo – É este o tema que o Santo Padre escolheu para este Dia. O Samaritano seguiu um esquema rigoroso que o coração lhe ditou: viu, aproximou-se, tratou-o, Levou-o e pagou as despesas. A lição ressalta a seguir: vai e faz o mesmo. O Papa apela a seguir ``as Comunidades que ponham em prática a mensagem do Evangelho.

Também no Hospital lhe daremos particular relevo: na Celebração litúrgica na capela, da forma tradicional. Às 14h, o acolhimento aos doentes; às 15h, a Eucaristia. No fim, a comunhão aos doentes pelas enfermarias.


Oração do “Rogai” na Vigararia de Oliveira de Azeméis/S. João da Madeira - Empenhados com a implementação da Pastoral Vocacional, cada vez daremos mais importância à oração do “Rogai”. Em tempo de crise vocacional, a oração é fundamental. Esta semana diariamente temos essa hora na nossa igreja para a oração comunitária (veja-se a pauta afixada: às 18.30, excepto na 4.ª feira que será às 20h)- O facto de estar uma pauta afixada com o nome dos grupos orientadores não dispensa a participação de tantos que possam dispensar o seu tempo para a oração. Também podem fazer a oração individual ou familiar.

Cartório Paroquial de Oliveira de Azeméis – R. P. Salgueiro - 82 - Tel.256682773



www.paroquiaz.org / E.mail: paroquiaolazemeis@gmail.com




SÃO

MIGUEL

DE

OLIVEIRA

DE AZEMÉIS
FOLHA DOMINICAL


5.º Domingo do Tempo Comum

Ano C

10 de Fevereiro 2013

N.º 900


Eis a missão para todos: salvar a humanidade

A História Bíblica é história de profetas e apóstolos. Deus que nos criou. e purificou, não nos deixa parados. Ele quer habitar em todos os corações. Isto requer o anúncio da Palavra e a conversão dos corações. A experiência bíblica, que ressalta nas leituras de hoje, explica como os anunciadores da Boa Nova mostraram, no primeiro passo, o arrependimento e a conversão. Do coração purificado ressalta a eficácia do anúncio. O Ano da Fé é um estimulante.





  • O profeta Isaías, em contemplação no templo, sente como um carvão ardente, a purificação dos seus lábios. Sinal do arrependimento e força para o anúncio (1.ª Leit.).

  • Paulo experimentou a Mensagem transmitida pelos apóstolos e parte encorajado para a Missão à qual se entrega totalmente (2.ª Leit.).

  • Pedro, impressionado diante da pesca milagrosa de Jesus, sente-se arrependido e pronto para a Missão (Evang.º).

  • Neste itinerário louvaremos alegremente o Senhor (Salmo).


Canta, Assembleia

Entrada: Irmãos, adoremos o Senhor nosso Deus, nosso Deus e nosso Pai.

Comunhão: Eu sou o Pão vivo descido do céu: quem dele comer viverá eternamente: tomai e

comei.


Final: Ide por todo o mundo: anunciai a Boa Nova. (bis)
Tempo da Quaresma – Quaresma. Quaresma (do latim quadragésima) é o período de 40 dias que antecede a festa central do cristianismo: a Ressurreição de Jesus Cristo: (Domingo de Páscoa). Ela lembra a ida de Jesus ao deserto, e o jejum que ele fez durante 40 dias e 40 noites. Inicia-se na  quarta-feira de cinzas, e termina no Domingo de Ramos, ou melhor, até a Sexta-feira Santa, cujo dia já é voltado para penitência e oração. Incluem - se os preceitos do jejum e da abstinência.

Os fiéis são convidados a fazerem uma comparação entre suas vidas e a mensagem cristã, expressa nos Evangelhos. Tal, exige um recomeço, um renascimento para as questões espirituais e de crescimento pessoal.


Campanha da Quaresma – Campanha quaresmal: Atenção às renúncias quaresmais (jejum, abstinência e outras..)

A Catequese está a preparar a Campanha Quaresmal. Oportunamente apresentaremos o esquema. As famílias devem estar atentas para apoiarem a Campanha quaresmal dos catequizandos.


Quaresma – Confissões para a Reconciliação - Quaresma é tempo de conversão. Os arrependidos confessam os seus pecados e fazem penitência pelos seus pecados. Brevemente anunciamos os horários deste exercício penitencial


Quaresma – Seguindo a tradição, apresentamos horários e orientação da Via-Sacra durante a Quaresma.

O 1.º Domingo é pleno: tem as tradicionais Horas de Adoração.

Esperamos que todos colaborem incutindo o melhor espírito de participação, em recolhimento e oração.


Lausperene (17 de Fevereiro)

Via Sacra

Hora

Orientação

Domingo

Data

Orientadores:

13

Apostolado da Oração

2.º

24– Fev.º

Confraria / Arautos

14

Mensagem de Fátima

3.º

3- Março

Carismáticos

15

Carismáticos

4.º

10 – Março

Apost. Oração

16

Confraria do SS.mo

5.º

17 – Março

Vilar 21h-Mens. Fát.ª

17

Cursilhistas / Arautos

Ramos

24 - Março

La Salette (15h)

18

Coro Litúrgº / Vicentino e outros

6.ªFeira Santa–15h.

29 - Março

Catequese: 5.º Ano

LEITURA 1 Is 6, ]-7a3-8

Leitura do Livro de Isaías

No ano em que morreu Ozias, rei de Judá, vi o Senhor, sentado num trono alto e sublime; a fímbria do seu manto enchia o templo. À sua volta estavam serafins de pé, que tinham seis asas cada um e clamavam alternadamente, dizendo: «Santo, santo, santo é o Senhor do Universo. A sua glória enche toda a terra!» Com estes brados as portas oscilavam nos seus gonzos e o templo enchia-se de fumo. Então exclamei: «Ai de mim, que estou perdido, porque sou um homem de lábios impuros, moro no meio de um povo de lábios impuros e os meus olhos viram o Rei, Senhor do Universo». Um dos serafins voou ao meu encontro, tendo na mão um carvão ardente que tirara do altar com uma tenaz. Tocou-me com ele na boca e disse-me: «Isto tocou os teus lábios: desapareceu o teu pecado, foi perdoada a tua culpa». Ouvi então a voz do Senhor, que dizia: «Quem enviarei? Quem irá por nós?» Eu respondi: «Eis-me aqui: podeis enviar-me».



Palavra do Senhor.
SALMO RESPONSORIAL Salmo 137 (138), 1-2a.2bc-3.4-5.7c-8 (R. Ic)

Refrão: Na presença dos Anjos, eu Vos louvarei, Senhor.

De todo o coração, Senhor, eu Vos dou graças,

porque ouvistes as palavras da minha boca.

Na presença dos Anjos Vos hei-de cantar

e Vos adorarei, voltado para o vosso templo santo.





Hei-de louvar o vosso nome pela vossa bondade e

fidelidade,

porque exaltastes acima de tudo o vosso nome

e a vossa promessa.

Quando Vos invoquei, me respondestes,

aumentastes a fortaleza da minha alma.



LEITURA 1 - Forma breve 1 Cor 15, 3-8.11

Leitura da Primeira Epístola do apóstolo São Paulo aos Coríntios

[Irmãos: Transmiti-vos em primeiro lugar o que eu mesmo recebi: Cristo morreu pelos nossos pecados, segundo as Escrituras; foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras, e apareceu a Pedro e depois aos Doze. Em seguida apareceu a mais de quinhentos irmãos de uma só vez, dos quais a maior parte ainda vive, enquanto alguns já faleceram. Posteriormente apareceu a Tiago e depois a todos os Apóstolos. Em último lugar, apareceu-me também a mim, como o abortivo. Tanto eu como eles, é assim que pregamos e foi assim que vós acreditastes.



Palavra do Senhor.

EVANGELHO Lc 5, 1-11

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas

Naquele tempo, estava a multidão aglomerada em volta de Jesus, para ouvir a palavra de Deus. Ele encontrava-Se na margem do lago de Genesaré e viu dois barcos estacionados no lago. Os pescadores tinham deixado os barcos e estavam a lavar as redes. Jesus subiu para um barco, que era de Simão, e pediu-lhe que se afastasse um pouco da terra. Depois sentou-Se e do barco pôs-Se a ensinar a multidão. Quando acabou de falar, disse a Simão: «Faz-te ao largo e lançai as redes para a pesca». Respondeu-Lhe Simão: «Mestre, andámos na faina toda a noite e não apanhámos nada. Mas, já que o dizes, lançarei as redes». Eles assim fizeram e apanharam tão grande quantidade de peixes que as redes começavam a romper-se. Fizeram sinal aos companheiros que estavam no outro barco para os virem ajudar; eles vieram e encheram ambos os barcos de tal modo que quase se afundavam. Ao ver o sucedido, Simão Pedro lançou-se aos pés de Jesus e disse-lhe: «Senhor, afasta-Te de mim, que sou um homem pecador». Na verdade, o temor tinha-se apoderado dele e de todos os seus companheiros, por causa da pesca realizada. Isto mesmo sucedeu a Tiago e a João, filhos de Zebedeu, que eram companheiros de Simão. Jesus disse a Simão: «Não temas. Daqui em diante serás pescador de homens». Tendo conduzido os barcos para terra, eles deixaram tudo e seguiram Jesus.



Palavra da salvação.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal