Bem Vindo, Espírito Santo Como experimentar a dinâmica obra do Espírito Santo em sua vida Benny Hinn



Baixar 0.65 Mb.
Página1/40
Encontro25.07.2016
Tamanho0.65 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   40




Bem Vindo, Espírito Santo

Como experimentar a dinâmica obra

do Espírito Santo em sua vida

Benny Hinn
Título original: "Welcome, Holy Spirit"

Tradução: Maria José Arabicano

Bompastor Editora Ltda., 1995

Digitalização: BlacKnight



www.portaldetonando.com.br/forumnovo/




Dedicatória

Dedicado à minha querida filha, ELEASHA,

cujo espírito meigo me traz tanta alegria.

Oro para que ela experimente, bem cedo, o glorioso

toque do Espírito Santo em sua vida;

e que Jesus Cristo sempre seja glorificado

em sua vida e através dela, levando

outras pessoas à cruz do Calvário.


Agradecimentos

Meus agradecimentos a Rick Nash e Sheryl Palmquist pela assistência editorial que prestaram no desenvolvimento deste manuscrito e aos meus amigos, associados e equipe pelo apoio e estímulo a este projeto.


Sumário

1. Amanhece um Novo Dia

2. A Pessoa Única e Divina do Espírito Santo

3. "De Repente, dos Céus"

4. Nomes e Títulos do Espírito Santo

5. Nomes e Títulos do Espírito Santo

6. O Vento do Espírito

8. De Pecador a Santo

9. Transformado de Dentro Para Fora

10. A Presença e o Poder

11. A Comunhão Transformadora do Espírito Santo

12. Removendo as Barreiras Para a Bênção

Notas

1. Amanhece um Novo Dia


Atlanta é uma linda cidade, o coração e a jóia do sul, mas não se engane, em agosto é quente e úmida! E quando se está na Interestadual 75, bem no meio de um grande congestionamento, com carros na frente, carros atrás e por todos os lados que a vista alcança, com o sol de fim de tarde na cabeça, aí é realmente quente!

Assim, lá estávamos nós: em Atlanta, mês de agosto, cercados por todos os tipos e tamanhos de veículos, andando lentamente pela Interestadual 75. Nosso microônibus parecia uma sauna sobre rodas devido à umidade. E para piorar as coisas, vou acabar me atrasando para a minha própria cruzada.

― Por que não estamos andando, Gene? ― perguntei. ― Onde todas estas pessoas estão indo?

À medida que avançávamos com lentidão, Gene Polino, meu administrador e braço direito, me informou que por causa da cruzada de milagres e de um jogo de futebol de pré-temporada, as ruas do centro da cidade de Atlanta estavam completamente paralisadas.

Estamos sendo levados ao Estádio Omni, no centro de Atlanta, onde nossa cruzada de milagres está marcada para as 19:00 horas. Embora a capacidade do Estádio Omni seja para 18.500 pessoas, todas as informações prévias indicam uma boa mobilização na noite. Baseados nas reservas prévias para ônibus e grupos, além de corais, acompanhantes, funcionários, convidados e a estimativa do público em geral, precisaríamos de todos os lugares e mais. E pelo trânsito à nossa volta, fica claro que estão indo para o estádio muito mais pessoas do que tínhamos pensado.

― Quanto falta, Gene? ― perguntei.

― É difícil dizer, mas o trânsito está um pouco melhor agora.

― Espero que sim. Está ficando tarde. Gene viu que eu estava absorto e, como sempre faz, antecipou o que eu estava pensando:

― Pastor, Charlie disse que o chefe dos bombeiros está trabalhando conosco para nos ajudar a acomodar o maior número possível de pessoas. Fizemos tudo o que pudemos para preparar tudo para o grande público.

Ao prosseguirmos pela via lotada, naquele veículo que parecia um forno, o telefone celular tocou ― era Charlie McCuen, meu coordenador de cruzadas.

― Alô, Charlie. O que está acontecendo no Omni? ― perguntei.― Pastor, já estão ocorrendo milagres! O lugar está abarrotado de gente e o poder de Deus está em todo lugar! Pessoas estão levantando de cadeiras de rodas e a atmosfera está carregada do poder de Deus, dentro e fora! Nunca vimos algo assim! O Espírito Santo já está operando, mesmo antes do culto começar! Deus está fazendo aqui muito mais do que pedimos em oração! Existe uma empolgação no ar, Pastor! O culto desta noite será tremendo!

― Que toda a glória seja para Deus, Charlie. Estaremos aí em poucos minutos. Até já.

Quando desliguei o telefone e pensei naquilo que Charlie tinha acabado de dizer, o Senhor me lembrou da seguinte passagem das Escrituras: "Ora, àquele que é poderoso para fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos, ou pensamos, conforme o seu poder que opera em nós, a ele seja a glória, na igreja e em Cristo Jesus, por todas as gerações, para todo o sempre. Amém" (Ef. 3.20,21).

Murmurei uma oração de agradecimento ao Senhor, por Sua fidelidade. "Obrigado, Senhor, pelo que está fazendo. Realmente a obra é do Senhor e não minha. Senhor, Tu és maravilhoso e eu O amo demais." Comecei a refletir sobre tudo aquilo que Charlie havia dito e novamente fui cheio de assombro e admiração pela graça e misericórdia de Deus.

(Prezado leitor, ao ler este livro, minha oração por você é para que descubra que "Não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito, diz o Senhor dos Exércitos." Se você tem fome do poder de Deus, continue lendo este livro, porque nele vou compartilhar com você o que tenho aprendido com o Espírito Santo a respeito do Seu maravilhoso poder para operar milagres, poder este que está disponível para você e para mim.)

Gene interrompeu meus pensamentos e disse:

― Já estamos quase lá, Pastor. Estou vendo o Omni lá na frente.

Dirigimo-nos para a entrada dos fundos do estádio e paramos. Quando o portão se fechou atrás de nós, saí do microônibus e me dirigi à sala que havia sido preparada para mim. O monitor de televisão já estava ligado quando entrei. Fui até o monitor para aumentar o volume. Havia pessoas aplaudindo e gritando por todos os lados! E havia uma grande comoção na área para cadeiras de rodas! Estavam acontecendo milagres! Pude vê-los pelo monitor! E eu podia sentir a presença de Deus de uma maneira muito forte lá dentro do meu camarim. Era glorioso!

Meus olhos estavam grudados no monitor. Eu estava impressionado pelo poder que Deus estava demonstrando, antes mesmo do culto começar... Aí apareceu uma pessoa correndo para frente e para trás no estádio...

Era emocionante! Aconteciam milagres diante dos meus olhos! "Que Deus assombroso nós temos," pensei. Ao continuar a assistir ao monitor, comecei a chorar. Fui dominado pelo amor e fidelidade de Deus. Estava impressionado com o que estava acontecendo! Tomadas das várias seções do local permitiram que eu visse as faces das pessoas. Observei uma variedade de emoções nos rostos, de risos e excitação, até lágrimas de alegria e adoração ― mas a emoção mais comum que vi representada diante de mim era fome, fome de experimentar o glorioso toque do Mestre.

Enquanto olhava fixamente para o monitor, pensei, "sei melhor do que qualquer outra pessoa aqui que estas pessoas não vieram para ver o Benny Hinn. Porque eu mesmo não iria ouvir o Benny Hinn. Eu nem mesmo atravessaria a rua para me ouvir pregando. Sei melhor do que qualquer pessoa que está aqui esta noite, que estas pessoas não vieram porque eu estou aqui; elas vieram porque o Senhor Jesus está aqui!"

Rapidamente me veio à mente a passagem de Isaías onde Deus disse: "A minha glória, não a dou a outrem" (Is. 48.11). Aprendi, ao longo dos anos, que esta é uma coisa que Deus não dividirá.

Algumas pessoas podem perguntar, "o que motiva uma pessoa a viajar uma longa distância para ir a uma cruzada e chegar com horas de antecedência?"

Para mim a resposta é fácil, porque não faz muito tempo que eu também fiquei esperando para entrar em um culto de Kathryn Kuhlman, crendo e esperando receber de Deus. Foi uma fome que me dirigiu, uma fome que ainda tenho hoje e uma ânsia de experimentar o glorioso toque da Sua presença. Hoje tenho mais fome do que nunca. E esta fome e ânsia de conhecê-Lo e à glória de Sua presença apenas se intensificam. Quanto mais O conheço, mais quero saber sobre Ele.

Sim, eu me identifico com estas pessoas maravilhosas que assistem nossas cruzadas, porque eu, como eles, estava tão faminto espiritualmente, que não pensava duas vezes para viajar uma grande distância ou chegar horas antes da reunião começar, só para experimentar uma visitação da presença de Deus mais uma vez.

As milhares de pessoas que enchem estes auditórios e estádios ao redor do mundo, vêm de diferentes camadas sociais e possuem necessidades diferentes, mas se unem por uma coisa: um profundo desejo de ficarem perdidas no poder e na maravilha da obra do Espírito Santo.


  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   40


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal