Cabeça e Pescoço 1 a incidência na qual visibilizamos melhor os seios etmoidais é


As questões 105, 106 e 107, referem-se à figura abaixo



Baixar 274.88 Kb.
Página3/4
Encontro27.07.2016
Tamanho274.88 Kb.
1   2   3   4

As questões 105, 106 e 107, referem-se à figura abaixo.






105) No caso observa-se destruição óssea, subluxação e anquilose de articulações interfalangeanas distais na mão direita. O diagnóstico mais provável é:


  1. Gota;

  2. Artrite psoriática;

  3. Síndrome de Reiter;

  4. Artrite reumatóide;

  5. Hemofilia.

106) Considerando as seguintes afirmações em relação a esta doença, assinale a alternativa CORRETA.


  1. O envolvimento das articulações interfalangeanas distais dos dedos das mãos é mais freqüentemente simétrico;

  2. É incomum, em associação às lesões ósseas, o aparecimento de tumefações de tecidos moles adjacentes.

  3. É freqüente a associação com sacroileite uni ou bilateral e sindesmófitos na coluna dorsolombar.




  1. Apenas a afirmativa I é verdadeira;

  2. As afirmativas I e II as verdadeiras;

  3. Apenas a afirmativa III é verdadeira;

  4. As afirmativas II e III são verdadeiras;

  5. Todas as alternativas são verdadeiras.


107) Qual das artropatias abaixo não cursa com alterações ósseas nas mãos?


  1. Síndrome de Reiter;

  2. Espondilose anquilosante;

  3. Artrite de Jaccoud;

  4. Osteoartrose;

  5. Sarcoidose.


MAMOGRAFIA

108) Quais são as características mais freqüentes do fibroadenolipoma (hamartoma) na mamografia?


  1. Massas pequenas e múltiplas com densidade heterogênea e calcificações tópicas no interior;

  2. Massas de limites indefinidos e infiltrativa com densidade variável dependendo do conteúdo de gordura;

  3. Tumor composto de tecido adiposo e fibroso circundado por célula fina, geralmente de tamanhos moderados a grandes;

  4. Massa solitária, sólida, de alta densidade com dilatação de ductos no interior;

  5. Massa de margem irregular infiltrativa com microcalcificações no interior do tipo vermiforme.


109) A presença de septações completas no interior de uma prótese de silicone indicam provavelmente:


  1. Ruptura intra-capsular;

  2. Ruptura extra-capsular;

  3. Apenas dobras do invólucro da prótese;

  4. Contratura capsular;

  5. Tais septações não são identificadas no estudo ecográfico.


110) Em relação ao carcinoma de massa, é CORRETO afirmar:


  1. Na maioria dos casos a ecogenicidade do nódulo é maior que a do tecido fibroglandular normal;

  2. Atenuação do feixe sonoro não é habitualmente encontrada;

  3. A grande maioria dos carcinomas apresentam-se com margens regulares e definidas no estudo ultra-sonográfico;

  4. Na avaliação dinâmica, observa-se redução da mobilidade do nódulo maligno, comparativamente a um nódulo benigno;

  5. São habitualmente de formato elipsóide, com o maior eixo paralelo à parede torácica subjacente.


111) Considerando as doenças benignas da mama, assinale a alternativa INCORRETA:


  1. Cistos mamários ocorrem predominantemente dos 30 – 50 anos;

  2. A mastite ocorre predominantemente na lactação e seu diagnóstico diferencial deve ser feito com carcinoma inflamatório;

  3. Fibroadenoma juvenil apresenta rápido crescimento e ocorre em jovens;

  4. TU phyllodes têm crescimento rápido e é sempre benigno;

  5. Fibroadenolipoma pode ser diferenciado de fibroadenoma e de lipoma.



112) Em uma mamografia foi identificado um nódulo bocelado na projeção dos quadrantes laterais na incidência em crânio-caudal. O nódulo se projetava posteriormente ao mamilo na incidência médio-lateral obliqua, isto é, entre os quadrantes superiores e inferiores. É CORRETO afirmar que:


  1. Na incidência em perfil absoluto, a lesão provavelmente se localizará no quadrante ínfero-lateral;

  2. Na ultra-sonografia, a lesão localizará provavelmente no quadrante súpero-lateral;

  3. A lesão é benigna;

  4. Como a lesão não pode ser precisamente localizada, está indicada a mastectomia;

  5. Como a lesão não pode ser precisamente localizada, está contra-indicada a quadrantectomia.


113) Na ultra-sonografia mamária, as lesões que não produzem massa são:


  1. Alteração funcional benigna e carcinoma lobular infiltrante;

  2. Tumor filóides e papiloma intraductal;

  3. Fibroadenolipoma e cisto simples;

  4. Mastite com formação de abscesso e papiloma intraductal;

  5. Linfoma e carcinoma ductal.


114) A probabilidade de haver um carcinoma em uma lesão sólida, não palpável, de baixa densidade, menor do que 1,0cm em paciente entre 40 e 50 anos é de:


  1. 2%;

  2. 5%;

  3. 10%;

  4. 20%;

  5. 30%.


115) Em relação ao exame mamográfico, NÃO podemos afirmar.


  1. A dose de radiação calculada pela fotocélula na mamografia, influi na qualidade da imagem radiográfica;

  2. A compressão adequada da mama melhora o contraste do exame mamográfico por diminuir a radiação espalhada;

  3. A compressão aplicada á mama influi na dose de radiação recebida pela paciente;

  4. A compressão adequada da mama melhora a distinção entre as estruturas de baixa e de alta densidade;

  5. Não há relação entre o grupo de compressão da mama e a dose de radiação na paciente.



Nas questões 116 e 117, considerando os dados clínicos abaixo,

Assinale a alternativa CORRETA

Mulher entre 40 e 50 anos de idade, em uso de contraceptivo oral, sem história familiar de câncer de mama, observou a 3 meses, nódulo móvel em quadrante superior interno da mama direita, de contornos irregulares, com cerca de 15mm, não doloroso na palpação, de crescimento lento mas progressivo”.


116)


  1. A paciente deve ser submetida a mamografia bilateral e se tiver mama densa também ser examinada com ecografia de mamas;

  2. A paciente deve ser submetida a mamografia bilateral + ecografia de mamas;

  3. A paciente deve ser investigada com ecografia de mama e se houver nódulo ser submetida à punção aspirativa com agulha fina (PAAF);

  4. A paciente deve ser submetida a mamografia bilateral + ecografias de mama + punção aspirativa do nódulo se o mesmo for cístico;

  5. A paciente deve ser submetida a mamografia bilateral + ecografia de mama + punção aspirativa do nódulo. Seja ele sólido ou cístico.


117)


  1. A paciente provavelmente é portadora de um cisto mamário infectado;

  2. Pela história clinica da paciente, deve-se tratar-se de um fibroadenoma;

  3. Se houver história de trauma mamário, deve-se considerar a possibilidade de hematoma e fazer controle evolutivo em 1 mês;

  4. A possibilidade de que seja neoplasia é alta e deve ser feita biópsia cirúrgica;

  5. Considerando-se a localização e o crescimento da lesão, deve ser excluída a hipótese de neoplasia.



QUESTÕES COM IMAGENS – MAMOGRAFIA

118) Analisando a figura abaixo, podemos afirmar:






  1. Esta imagem corresponde a nódulo palpável e móvel, que pode ser doloroso, em paciente entre 20 e 30 anos e não apresentou crescimento nos últimos 3 anos;

  2. Os contornos finalmente ondulados devem ser valorizados e é imprescindível a correlação com a imagem da mamografia;

  3. Contornos bocelados mas bem definidos, com calcificação no interior, corresponde a nódulo benigno;

  4. O diagnóstico de carcinoma medular pode ser excluído;

  5. A ecografia permite o diagnóstico de cisto de conteúdo espesso.


As questões 119 e 120, referem-se à figura abaixo.




119) Assinale a hipótese diagnostica CORRETA.


  1. Cisto mamário simples;

  2. Carcinoma mamário com necrose;

  3. Área de flutuação em mastite difusa;

  4. Lesão complexa de mama com extensão para a pele;

  5. Cisto oleoso em fase de resolução.


120) Se a paciente da figura acima tiver historia de trauma, podemos afirmar:


  1. A lesão mamográfica geralmente tem forma de contornos regulares;

  2. A resolução é progressiva e deve ser completa, num espaço de alguns meses;

  3. Pode haver novo sangramento na mesma lesão sem trauma prévio;

  4. O conteúdo é sempre ____________ homogêneo;

  5. ____________ a lesão é difusa e mal delimitada.



121) Em relação à figura abaixo, assinale a alternativa INCORRETA.






  1. Na ginecomastia as lesões derivadas de unidades lobulares são raras;

  2. O diagnóstico pode ser feito apenas pelo aspecto mamográfico, principalmente nos casos de ginecomastia com padrão nodular;

  3. É considerada fisiológica nos recém-nascidos;

  4. A ecografia é útil para distinguir ginecomastia de outras lesões, principalmente nos casos de ginecomastia com padrão nodular;

  5. A ginecomastia unilateral ou assimétrica é rara.


122) Considerando-se os achados da figura abaixo podemos afirmar:






  1. É uma paciente com mamas densas;

  2. A paciente possui implante bilateral tópico;

  3. Esta incidência foi feita com a técnica de Eklund;

  4. As mamas são lipo-substitídas e a paciente possui prótese mamária rota, bilateral;

  5. As próteses são íntegras mais deslocadas para a região axilar bilateral.



ULTRA-SOM

123) Em relação a parede abdominal fetal é CORRETO afirmar:


  1. A gastrosquise é um defeito paramediano esquerdo;

  2. A presença de herniação umbilical durante à 10ª semana ed gestação é considerada patológica;

  3. Na onfalocele a massa herniada é recoberta por membrana peritoneal;

  4. Na gastrosquise as estruturas herniadas estão recobertas por membrana peritoneal;

  5. O risco de recorrência na gastrosquise é elevado.


124) Qual a causa mais comum de uma massa cística pancreática?


  1. Metástase;

  2. Linfoma;

  3. Pseudocisto em decorrência de pancreatite;

  4. Cistadenoma seroso ou mucinoso;

  5. Acenocarcinoma.



125) Com relação à síndrome de Sjöegren, considere as seguintes afirmações e assinale a alternativa CORRETA.


  1. As infecções bacterianas são a causa da patologia;

  2. As infecções bacterianas são conseqüência, relacionadas à redução do calibre dos ductos e à saliva estagnada no interior das sialectasias;

  3. Podem evoluir com xerostomia.




  1. Apenas a afirmativa I está correta;

  2. Apenas a afirmativa II está correta;

  3. Apenas a afirmativa III está correta;

  4. Apenas as afirmativas I e II estão corretas;

  5. Apenas as afirmativas II e III estão corretas;


126) Em relação aos abscessos hepáticos, é INCORRETO afirma:


  1. A drenagem percutânea é um método com baixo risco e eficiente no tratamento da maioria dos abscessos hepáticos;

  2. Os abscessos devem ser prontamente drenados, devido o risco de disseminação hematogênica e sépsis;

  3. A técnica de Seldinger consiste na punção da coleção, seguida da colocação de fio guia e dilatação do trajeto finalizando com colocação do dreno no interior da loja;

  4. A conduta cirúrgica deve sempre preceder a intervenção percutânea, considerando sua melhor eficácia no controle do abscesso;

  5. Coleções septadas ou em número maior que um são contra-indicações absolutas a drenagem percutânea.


127) Na investigação e conduta do nódulo hepático em pacientes portadores de hepatopatias crônicas, é CORRETO afirmar:


  1. O estudo ultra-sonográfico é o método por imagem mais sensível na detecção destes nódulos;

  2. Os nódulos displásicos são facilmente diferenciáveis do parênquima hepático cirrótico;

  3. A dosagem elevada de alfa-feto proteína pode estar relacionada com a presença de hepatocarcinoma, podendo também estar elevada na necrose hepatocelular induzida pelo vírus;

  4. A presença de pequenos hepatocarcinomas no fígado cirrótico sem evidencia de metástase é contra-indicado ao transplante hepático;

  5. O hepatocarcinoma está sempre relacionado à hepatopatia crônica.


128) Escolha a seqüência correta em ordem crescente de importância dos sinais ecográficos mais comuns encontrados na colecistite aguda.


  1. Vesícula hidrópica, litíase, espessamento da parede vesicular, bile espessa;

  2. Vesícula hidrópica, espessamento da parede vesicular, bile espessa, litíase;

  3. Bile espessa, litíase, vesícula hidrópica, espessamento da parede vesicular;

  4. Espessamento da parede vesicular, litíase, bile espessa, vesícula hidrópica;

  5. Vesícula hidrópica, litíase, bile espessa, espessamento da parede vesicular.


129) Entre as neoplasias relacionadas abaixo, assinale a que mais freqüentemente dá metástases para as adrenais.


  1. Melanoma;

  2. Carcinoma gástrico;

  3. Hipermefroma;

  4. Carcinoma de mama;

  5. Carcinoma broncogênico.


130) O sinal do “badalo de sino”, é encontrado:


  1. Na ruptura muscular parcial;

  2. Na ruptura muscular completa extensa;

  3. Nas tenosinovites;

  4. Nas lesões musculares por estiramento;

  5. Na miosite ossificante.



131) Escolha a alternativa CORRETA quanto à origem a inserção da fáscia plantar.


  1. Calcâneo e base das falanges proximais dos pododáctilos;

  2. Tálus e base das falanges proximais dos pododáctilos;

  3. Calcâneo e base das falanges distais dos pododáctilos;

  4. Metatarsianos e base das falanges distais dos pododáctilos;

  5. Calcâneo e base dos metatarsianos.


132) No caso de avaliação ultra-sonográfica do piloto para recém-natos, considera-se como dimensões normais:


  1. Até 10mm de comprimento e até 15mm de espessura;

  2. Até 15mm de comprimento e até 20mm de espessura;

  3. Até 10mm de comprimento e até 20mm de espessura;

  4. Tanto no comprimento quanto na espessura não deve ultrapassar 8mm;

  5. Tanto no comprimento como na espessura pode chegar a 15mm.



GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA

133) Paciente do sexo feminino, 32 anos, com sangramento nas fezes. Têm antecedentes de dores pélvicas recorrentes de forte intensidade. Enema opaco demonstrou lesão de aspecto extrínseco na parede anterior do reto. Das condições abaixo, qual é a mais apropriada?


  1. Diverticulite;

  2. Abscesso tuba-ovariana;

  3. Carcinoma epidermóide de colo uterino;

  4. Adenocarcinoma de ovário;

  5. Endometriose.


134) Se tivéssemos apenas um exame ultra-sonográfico à disposição da gestante, escolheríamos que período para a sua realização?


  1. Entre 07 e 10 semanas;

  2. Entre 12 e 15 semanas;

  3. Entre 18 e 22 semanas;

  4. Entre 25 e 28 semanas;

  5. Entre 32 e 36 semanas;


135) Sobre o câncer de ovário, é CORRETO afirmar:


  1. É mais comumente uma lesão puramente sólida;

  2. A maioria dos casos ocorre em pacientes com menos de trinta anos;

  3. É uma lesão silenciosa clinicamente no inicio da doença e predominantemente cística, na maioria das vezes;

  4. Geralmente determina sintomas precocemente, levando a um diagnóstico na fase inicial da doença;

  5. Uma lesão cística em uma paciente pós menopausa, mesmo com paredes delgadas, é mais provavelmente maligna.


136) Em que idade gestacional é idealmente realizado o rastreamento para aneuploidias através da medida da translucência nucal?


  1. Entre 09 e 10 semanas;

  2. Entre 16 e 20 semanas;

  3. Após 30 semanas;

  4. Entre 10 e 14 semanas;

  5. Entre 20 e 26 semanas;



137) São objetivos da avaliação ultra-sonográfica do primeiro trimestre:


  1. Datar a gestação;

  2. Avaliar movimentos respiratórios fetais;

  3. Avaliar grau de maturidade placentária;

  4. Avaliar local de implantação placentária;

  5. Estudo morfológico do concepto.


138) Todas as afirmativas concernentes às indicações do Doppler colorido em obstetrícia estão corretas, EXCETO:


  1. Avaliação da vitabilidade ovular;

  2. Perfil hemodinâmico fetal;

  3. Diagnóstico e avaliação de tumores placentários e fetais;

  4. Avaliação do volume de liquido amniótico;

  5. Avaliação funcional do corpo lúteo gravídico.


139) Em relação à aplicação do Doppler em ginecologia, assinale a alternativa CORRETA.


  1. Os sinais das artérias ovarianas são caracterizados pela alta velocidade e alta freqüência;

  2. Aspecto da onda obtido na artéria ovariana não varia com atividade funcional que possui o ovário;

  3. Ovário que contém o folículo dominante e o corpo lúteo mostra impedância elevada e constante quando comparado com contralateral;

  4. Corpo lúteo parece atuar como um “Shunt” de alta impedância, elevando o fluxo diastólico com os valores no 21º dia do ciclo menstrual;

  5. NDA.


140) Assinale alternativa CORRETA em relação ao diagnóstico diferencial entre mioma e adenomiose.


  1. Nas mulheres portadoras de mioma existe freqüentemente aumento do fluxo menstrual. Os índices de pulsatilidade na artéria uterina são maiores quando comparado aos de pacientes normais ou com adenomiose;

  2. A vascularização dos miomas depende diretamente de três fatores: dimensão, localização e alterações secundárias (degeneração);

  3. Os miomas maiores localizados, lateralmente, com alterações necróticas degenerativas e inflamatórias, costumam apresentar fluxo diastólico diminuído e maior índice de resistência;

  4. Em relação à alternativa C, o fluxo diastólico está aumentado e com maior índice de resistência;

  5. Todas as alternativas estão corretas.


141) São causas de teste imunológico de gravidez positivo e ausência de identificação de são gestacional/embrião à ultra-sonografia, EXCETO:


  1. Gestação ectópica;

  2. Cisto endometriótico de ovário;

  3. Gestação intra-uterina inicial (< 5 semanas);

  4. Abortamento incompleto;

  5. Mola hidatiforme.


142) São causas de crescimento intra-uterino retardado do tipo simétrico (todo o feto é afetado por igual), EXCETO:


  1. Drogas (álcool, fumo);

  2. Infecções intra-uterinas;

  3. Malformações fetais;

  4. Doença hipertensiva especifica da gravidez;

  5. Anormalias cromossômicas.



QUESTÕES COM IMAGENS – GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA


143) Esta é a avaliação da artéria uterina esquerda numa paciente na 15ª semana de gestação. Conclui-se:






  1. Com um índice de resistência de 0.735 haverá grandes chances de deslocamento prematuro da placenta;

  2. A artéria uterina apresenta índice de resistência normal para idade gestacional;

  3. Deve-se fazer a comparação com a artéria uterina contra-lateral para se chegar a uma conclusão;

  4. Pela avaliação do índice de resistência e pulsatilidade da artéria uterina a paciente provavelmente terá eclampsia;

  5. O risco de nascimento prematuro com índice de pulsatilidade da artéria uterina na 15ª semana acima 1.5 aumenta 5X em comparação com a população normal.


144) Primigesta assintomática no 1º trimestre realizou US, sendo visualizado a imagem apresentada abaixo, isto indica:







  1. Embrião vivo com má-formação ainda não evidente;

  2. Apenas achado permanecendo o embrião estável;

  3. Óbito embrionário a pelo menos 24hs;

  4. Calcificação vascular sem significado clínico;

  5. Necessidade de repetir o exame.


145) Em relação ao estudo ultra-sonográfico de ombro assinale o INCORRETO.






  1. O ligamento córaco-umeral é uma das estruturas responsáveis por manter o tendão do cabo longo do bíceps em sua topografia;

  2. O tendão subscapular se insere no tubérculo menor da cabeça umeral;

  3. A ruptura do tendão supra-espinhal identificada na foto estende da superfície bursal à umeral;

  4. O aumento da ecogenicill muscular pode representar degeneração ou rotura crônica e _____________

  5. A lesão de Hill-Sacks é representada por depressão na superfície anterior da cabeça umeral.

Catálogo: groups
groups -> Tae 06 – Financiamento da Seguridade Social
groups -> 14-1 Ciclo de conversão de caixa
groups -> Gerência 5 recursos humanos 7 comercial 9 contábil/fiscal/financeira 20 tele(marketing) 27 atendente 29 design/publicidade/comunicaçÃO 30 informática 31 comércio exterior 36 logística / almoxarifado / expediçÃO 36 engenharia 41 projetos
groups -> Formado ou cursando Contábeis, Administração, Economia, Direito. Rotinas e experiência de constituição de Empresas, conhecimento de órgãos públicos. Salário à combinar + vr +VT, horário comercial. Bairro São Francisco
groups -> 1 Para o trabalhador avulso, pode ser considerado como salário de contribuição: a as gorjetas
groups -> Logo correta é a letra "C"
groups -> Pedagogia waldorf (Diversos textos retirados de sites diferentes) Introdução V. W. Setzer
groups -> Introdução
groups -> O conceito, a doutrina e as origens do cooperativismo
groups -> Marshall berman tudo que é SÓlido desmancha no ar a aventura da modernidade


Compartilhe com seus amigos:
1   2   3   4


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal