Campus jk em diamantina programa da disciplina



Baixar 23.52 Kb.
Encontro27.07.2016
Tamanho23.52 Kb.


UNIVERSIDADE FEDERAL DOS VALES DO JEQUITINHONHA E MUCURI (UFVJM)

CAMPUS JK EM DIAMANTINA
PROGRAMA DA DISCIPLINA
Curso: Bacharelado em Humanidades
Disciplina: História da Cultura e da Arte
Carga horária: 72 h/a presenciais + 18 h/a extra-classe = 90 h/a
Corpo docente: Miliandre Garcia
Ementa: Definições de Arte; Introdução aos Estudos da História da Arte; Debate Historiográfico acerca da História da Arte; Das Pinturas Rupestres à Arte Medieval; Renascença, Renascimento, Renascimentos; Maneirismo ou uma Crise na Arte; Barroco; Rococó; A Pintura Holandesa do século XVII; A Era da Razão: Arte Européia na Transição dos Séculos XVIII-XIX; Revolução Permanente no Final do Século XIX; Experimentalismo na Arte do início do século XIX; Arte Contemporânea; Indústria Cultural; Cultura de Massa.
Objetivos:

O objetivo principal da disciplina História da Cultura e da Arte é apresentar os conceitos básicos da história da arte, situar as produções artísticas nos contextos históricos, mapear as vertentes historiográficas da história da arte e introduzir o aluno na análise interdisciplinar das fontes.


Metodologia de ensino: aulas expositivas, leitura crítica, debate de idéias, análise de fontes, seminários temáticos
Avaliação:

Duas avaliações (individual, escrita e sem consulta) e uma resenha individual.


Recursos didáticos:

Recursos áudios-visuais: filmes, documentários, músicas

Ferramenta de trabalho: data-show, computador, Xerox, gravador, discos, CDs

Acesso à informação: revistas, livros, jornais, sites, blogs etc.
Conteúdo programático:

1. Abrangências e historicidade do conceito de Arte

a) Debate conceitual

b) Definições de arte

c) Vertentes historiográficas


2. Relações entre pesquisa histórica e arte

a) Análise de procedimentos teórico-metodológicos em pesquisas pautadas na utilização de produções artísticas como fontes:

- cinema

- música

- fotografia

- artes visuais

- charges e caricaturas
3. Aspectos históricos e estéticos na produção artística européia do Renascimento ao século XIX

a) A história dos estilos:

- Renascimento

- Maneirismo

- Barroco

- Rococó


- Neoclassicismo

- Romantismo


4. As vanguardas modernas na Europa: estética e política na primeira metade do século XX

a) Modernismo, Modernismos

b) A reprodutibilidade na obra de arte
5. Arte contemporânea

a) Novas questões na relação entre arte e sociedade

b) Indústria cultural e cultura de massas
Bibliografia básica e complementar:

a) Aspectos teórico-metodológicos da relação entre história e arte

ARGAN, Giulio Carlo. A história da arte. In: História da arte como história da cidade. São Paulo: Martins Fontes, 1992.

BAXANDALL, Michael. Padrões de intenção: a explicação histórica dos quadros. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

BENJAMIN, Walter. A obra de arte na época de sua reprodutibilidade técnica. In: Magia e técnica, arte e política. São Paulo, Brasilense: 1987.

BURKE, Peter. Testemunha ocular: história e imagem. Bauru: Edusc, 2004.

COLI, Jorge. O que é arte. São Paulo: Brasiliense, 1984.

FREITAS, Artur. História e imagem artística: por uma abordagem tríplice. Estudos Históricos. Rio de Janeiro, n.34, jul-dez/2004.

GINZBURG, Carlo. De A. Warburg a E. H. Gombrich: notas sobre um problema de método. In: Mitos, emblemas, sinais. 2. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1989.

GOMBRICH, Ernst. Arte e ilusão. São Paulo: Martins fontes, 2007.

MENEZES, Ulpiano T. Bezerra de. Fontes visuais, cultura visual, história visual. Balanço provisório, propostas cautelares. Revista Brasileira de História. São Paulo, v.23, n.45, 2003.

MICELI, Sergio. Por uma história social da arte. In: CLARK, T. J. A pintura da vida moderna: Paris na arte de Manet e de seus seguidores. São Paulo, Companhia Das Letras, 2004.

NAPOLITANO, Marcos. História e arte, história das artes, ou simplesmente história? In: Simpósio Nacional da Associação Nacional de História / História: fronteiras / Associação Nacional de História. São Paulo: Humanitas / FFLCH / USP: ANPUH, 1999.

NOVAES, Adauto. Artepensamento. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

PANOFSKY, Erwin. Iconografia e iconologia: uma introdução ao estudo da arte da renascença. In: O significado nas artes visuais. São Paulo: Perspectiva, 2001.

PÄTCH, Otto. Questões de método em história da arte. In: LICHTENSTEIN, Jaqueline (org.). A pintura – vol. 8: descrição e interpretação. Vol.8. São Paulo: Editora 34, 2005.
b) História da arte

ALAMBERT, Francisco. A semana de 22: a aventura modernista no Brasil. 3. Ed. São Paulo: Scipione, 2004.

ARCHER, Michael. Arte contemporânea: uma história concisa. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

ARGAN, Giulio Carlo. A arte moderna na Europa: de Hogarth a Picasso. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

ARGAN, Giulio Carlo. Arte moderna: do iluminismo aos movimentos contemporâneos. São Paulo, Companhia das Letras, 1992.

ARGAN, Giulio Carlo. Clássico anticlássico: o Renascimento de Brunelleschi a Bruegel. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.

ARGAN, Giulio Carlo. História da arte italiana 2. São Paulo, Cosac & Naify, [?].

ARGAN, Giulio Carlo. História da arte italiana 3. São Paulo, Cosac & Naify, [?].

ARGAN, Giulio Carlo. Imagem e persuasão: ensaios sobre o barroco. Companhia das Letras, 2004.

BAUER, Hermann; PRATER, Andreas. Barroco.

BAXANDAL, Michael. O olhar renascente: pintura e experiência social na Itália da Renascença. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1991.

BAZIN, Germain. Barroco e rococó. São Paulo: Martins Fontes, 1993.

BORTULUCCE, Vanessa Beatriz. Rússia e Alemanha: a arte dos regimes totalitários do século XX. São Paulo: FAPESP/Annablume, 2008.

BOSCHI, Caio C. O barroco mineiro. Artes e trabalho. São Paulo: Brasiliense, 1988.

BRAUDEL, Fernand. O modelo italiano. São Paulo: Cia das Letras, 2007.

BURCKARDT, Jacob. A cultura do renascimento na Itália: um ensaio. Companhia das Letras, 2009.

BURKE, Peter. O renascimento. Lisboa: Edições Texto&Grafia, 2008.

COLI, Jorge. Como estudar a arte brasileira no século XIX. São Paulo: Senac, 2005.

GOMBRICH, Ernst. História da arte. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1993.

HADJINICOLAOU, Nicos. História da arte e movimentos sociais. São Paulo: Martins Fontes, 1978.

HAUSER, Arnold. História social da arte e da literatura. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

HUGHES, Robert. Goya. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

JANSON, H. W.; JANSON, Anthony F. Iniciação à história da arte. 2. Ed. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

MICELI, Sergio. Imagens negociadas. São Paulo: Cia das Letras,1996.

MICELI, Sergio. Nacional estrangeiro. São Paulo: Cia das Letras, 2003.

SCHWARCZ, Lilia Moritz. O sol do Brasil: Nicolas-Antoine Taunay e as desventuras dos artistas franceses na corte de d. João. São Paulo: Cia das Letras, 2008.



STANGOS, Nikos. Conceitos da arte moderna. Rio de janeiro: Zahar, 1991.

WÖLFFLIN, Heinrich. Conceitos fundamentais da história da arte. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1989.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal