Capítulo 29 — Tarefa que não pode ser transferida Responsabilidade intransferível dos pais



Baixar 10.77 Kb.
Encontro05.08.2016
Tamanho10.77 Kb.
Capítulo 29 — Tarefa que não pode ser transferida
Responsabilidade intransferível dos pais
Pais, tendes responsabilidades que ninguém pode levar em vosso lugar. Enquanto viverdes, sois responsabilizados por Deus quanto a guardar o Seu caminho. ... Os pais que fazem da Palavra de Deus seu guia, e que compreendem quanto seus filhos dependem deles na formação do caráter, dar-lhes-ão um exemplo que lhes seja seguro seguir. — Carta 356, 1907. {LA 187.1}

Os pais e mães são responsáveis pela saúde, a constituição, o desenvolvimento do caráter de seus filhos. Nenhum outro devia ser feito fiador desta obra. Ao vos tornardes pais, sobre vós recai a tarefa de cooperar com o Senhor na educação dos filhos em princípios sadios. — Manuscrito, 126, 1897. {LA 187.2}

Quão triste é que muitos pais têm deposto a responsabilidade que Deus lhes deu com respeito aos filhos, nas mãos de estranhos! Estão desejosos de que outros trabalhem por seus filhos e os libertem de todo o peso na questão. — The Review and Herald, 25 de Outubro de 1892. {LA 187.3}

Muitos que estão agora lamentando o desvio dos filhos são os únicos culpados. Examinem suas Bíblias e vejam o que Deus deles exige como pais e guardiões. Assumam eles seus deveres negligenciados por muito tempo. Necessitam humilhar-se e arrepender-se diante de Deus por sua negligência em seguir Sua direção na educação dos filhos. Necessitam mudar seu curso de ação e seguir estrita e cuidadosamente a Bíblia como seu guia e conselheiro. — Manuscrito, 57, 1897. {LA 187.4}



A igreja sozinha não pode assumir essas responsabilidades
Se os jovens e as crianças entregassem o coração a Cristo, que exército poderia então ser suscitado para levar outros à justiça Mas os pais não devem deixar esta obra exclusivamente para a igreja. — The Signs of the Times, 13 de Agosto de 1896. {LA 188.1}
Nem o pode o pastor
Acumulais grandes responsabilidades sobre o pregador e o fazeis responsável pela alma de vossos filhos; mas não sentis vossa própria responsabilidade como pais e instrutores. ... Vossos filhos e filhas são corrompidos por vosso próprio exemplo e frouxos preceitos; e, não obstante esta falta de ensino doméstico, esperais que o pastor contorne vossa obra diária e realize a maravilhosa tarefa de educar-lhes o coração e a vida para a virtude e a piedade. Depois de haver o pastor feito tudo que pode para a igreja mediante fiel e afetiva admoestação, paciente disciplina e fervente oração para reconquistar e salvar a alma, não sendo bem-sucedido, os pais e mães não raro culpam-no por não se haverem os seus filhos convertido, quando a causa pode ser a sua própria negligência. A tarefa repousa sobre os pais. Tomarão eles sobre si a obra que Deus lhes confiou, a fim de fielmente realizá-la? Prosseguirão para a frente e para cima, trabalhando de maneira perseverante, paciente e humilde, a fim de alcançarem para si mesmos a exaltada norma e levar os filhos consigo? — Testimonies for the Church 5:494, 495. {LA 188.2}

Não há muitos pais e mães pondo suas responsabilidades nas mãos de outros? Não pensam muitos deles que o pastor deve tomar o encargo e preocupar-se para que seus filhos se convertam e o selo de Deus seja posto neles? — The Review and Herald, 21 de Maio de 1895. {LA 188.3}



Nem o pode também a Escola Sabatina
É seu privilégio [dos pais] ajudar os filhos a obter o conhecimento que os pode levar à vida futura. Mas por alguma razão muitos pais não apreciam dar a seus filhos instrução religiosa. Permitem que respiguem na Escola Sabatina o conhecimento que eles deviam comunicar acerca de sua responsabilidade diante de Deus. Esses pais necessitam compreender que Deus deseja que eduquem, disciplinem e instruam seus filhos, pondo sempre diante deles o facto de que estão formando caráter para a vida presente e a futura. — The Review and Herald, 6 de Junho de 1899. {LA 188.4}

Não recai sobre os professores da Escola Sabatina a obra de indicar a vossos filhos o caminho que devem seguir. A Escola Sabatina é uma grande bênção; ela pode ajudar-vos em vosso trabalho, mas não pode tomar vosso lugar. Deus deu a todos os pais e mães a responsabilidade de levar os filhos a Jesus, ensinando-lhes como orar e crer na Palavra de Deus. {LA 189.1}



Na educação de vossos filhos, não ponhais de lado as grandes verdades da Bíblia, na suposição de que a Escola Sabatina e os pastores farão a obra por vós negligenciada. A Bíblia não é intocavelmente sagrada e sublime que não possa ser aberta diariamente e estudada diligentemente. As verdades da Palavra de Deus devem ser relacionadas com as coisas da vida supostamente consideradas pequenas. Se corretamente consideradas, elas animarão a vida comum, fornecendo motivos para a obediência e princípios para a formação de um caráter reto. — Manuscrito, 5, 1896. {LA 189.2}


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal