Cd 01 proponente



Baixar 0.78 Mb.
Página3/8
Encontro29.07.2016
Tamanho0.78 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8

Certifico que o DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA RELIGIÃO aprovou a proposta apresentada, em sua reunião de 17/08/2011.


Em 13/09/2011 ________________________________________

Dr. Arnaldo Érico Huff Júnior

CHEFE DO DEPARTAMENTO
Ilmo. Sr.

Pró-Reitor de Ensino e Pesquisa,

Encaminhamos a presente proposta a V.Sa. para análise e posterior tramitação.
Em ____/____/____ _________________________________________

Dr. Arnaldo Érico Huff Júnior CHEFE DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA RELIGIÃO





CD - 01

PROPONENTE

UNIDADE: INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS - ICH
DEPARTAMENTO: CIÊNCIA DA RELIGIÃO





PROPOSTA DE:

1 ( x ) Criação de disciplina

2 ( ) Extinção de disciplinas

3 ( ) Mudança de denominação de disciplina

4 ( ) Alteração do número de créditos da disciplina

5 ( ) Alteração de pré-requisitos



NOME DA DISCIPLINA: Cristianismo I (Origens)


NÚMERO DE CRÉDITOS: 4

PRÉ-REQUISITO(S): nenhum

EMENTA DA DISCIPLINA: Como movimento interno à religião judaica, o cristianismo das origens estabeleceu contatos e desenvolveu relações de troca, apropriação e ressignificação de imagens, símbolos, narrativas míticas e rituais com a tradição judaica e com civilizações vizinhas do Mediterrâneo Antigo. Tendo a primeira como matriz fundante, o cristianismo das origens emergiu não como ruptura, mas como resultado de controvérsias internas ao judaísmo que desde Macabeus sinalizavam a heterogeneidade dos grupos dentro da religião judaica, em função de discordâncias com respeito à interpretação da Torá e posicionamento de seus partidos (sacerdotes, saduceus, escribas, fariseus) frente à dominação grega e, posteriormente, romana. Portanto, as origens do movimento cristão são diversas e sua compreensão requer o exame de diferentes tradições literárias. Esta disciplina propõe o estudo de estratos da literatura pseudoepígrafa, manuscritos “apócrifos”, literatura gnóstica e literatura neotestamentária (evangelhos sinóticos, evangelho de João, Atos dos Apóstolos, Epístolas e Apocalipse) como conjunto de fontes primárias que espelham e projetam expectativas sociais, políticas e culturais do período, constituindo um arcabouço de informações para a investigação do cristianismo das origens, também chamado cristianismo do 1º século.


PROGRAMA DA DISCIPLINA:

  • A matriz judaica (religião como sistema socio-político-cultural)

  • Formação do povo de Israel. Estruturas políticas (tribalismo, monarquia e domínios persa, babilônico, grego e romano).

  • A revolução dos Macabeus (1 e 2 Macabeus, Bíblia de Jerusalém)

  • Literatura, religião e sociedade:

  • História e mitos fundantes

  • Poesia e sabedoria

  • Profecia como crítica social

  • A Galiléia dos tempos de Jesus e os movimentos populares

  • O movimento de Jesus e as tradições/interpretações de seus ensinos (história da recepção)

  • Literatura, religião e sociedade:

    • Literatura pseudoepígrafa, Manuscritos “apócrifos”, Literatura gnóstica

    • Literatura neotestamentária (evangelhos sinóticos, evangelho de João, Atos dos Apóstolos, Epístolas)

    • Apocalíptica judaica e cristã do 1º século

BIBLIOGRAFIA:


KÖESTER, Helmut. Introdução ao Novo Testamento. Vol. 1 e 2. São Paulo: Paulus, 2005.

NOGUEIRA, Paulo Augusto de Souza. Experiência religiosa e crítica social no cristianismo primitivo. São Paulo: Paulinas, 2003.

THEISSEN, Gerd; MERZ, Annette. O Jesus Histórico. Um manual. Trad. Milton Camargo Mota e Paulo Nogueira. São Paulo, Loyola, 2002. (Bíblica Loyola, 33).

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR:

“Apocalíptica e as Origens Cristãs”. In Estudos de Religião 19 (2000): 253p. (São Paulo, UMESP).

“Cristianismos Originários (30-70 d.C)”. In Revista de Interpretação Bíblica Latino-Americana 22 (1995): 181p. (Petrópolis, Vozes).

AA.VV. Gospel Origins & Christian Beginnings. Sonoma: Polebridge Press, 1990.

ALLISON, Dale C. The Eschatology of Jesus. In: The Encyclopedia of Apocalypticism. The Origins of Apocalypticism in Judaism and Christianity. New York: Continuum, 1998.

COHN-SHERBOK, Dan; COURT, John (eds.) Religious Diversity in the Graeco-Roman Worl. A Survey of Recent Scholarship. London: Sheffield Academic Press, 2001.

ARANDA PÉREZ G.; MARTÍNEZ, F. G. & PÉREZ FERNÁNDEZ, M. Literatura Judaica Intertestamentária. São Paulo: Ave-Maria, 2000.

BERGER, Klaus. As Formas Literárias do Novo Testamento. São Paulo: Loyola, 1998. (Coleção Bíblica Loyola 23).

CHARLESWORTH, James H. (ed.). The Messiah. Developments in Earliest Judaism and Christianism. Minneapolis: Fortress Press, 1992.

CROSSAN, John Dominic. O Jesus histórico. A vida de um camponês judeu do mediterrâneo. Rio de Janeiro: Imago, 1994.

FLUSSER, David. O Judaísmo e as Origens do Cristianismo. Os Manuscritos do Mar Morto. Vol.1. Rio de Janeiro: Imago, 2000.

HORSLEY, R. A. Arqueologia, História e Sociedade na Galiléia. O Contexto Social de Jesus e dos Rabis. Trad. de Eucides Luis Calloni. São Paulo: Paulus, 2000. 194p.

HORSLEY, R. A. Galilee, History, Politics, People. Valley Forge, Trinity Press International, 1995.

HORSLEY, R. A.; HANSON, J. S. Bandidos, profetas e messias. Movimentos populares nos tempos de Jesus. São Paulo: Paulus, 1995.

KEE, Howard Clark. As Origens Cristãs em Perspectivas Sociológicas. São Paulo: Paulinas, 1983. (Coleção Bíblia e Sociologia).

Kraft, Robert A.; Nickelsburg, George W. E. (eds). Early Judaism and its Modern Interpreters. Atlanta: Scholars Press, 1986.

NOGUEIRA, Paulo Augusto de Souza. “Os primeiros cristãos e o mundo urbano: a importância da cidade no surgimento das comunidades cristãs”. In Culturas e Cristianismos. São Paulo: Loyola, 1999.



Certifico que o DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA RELIGIÃO aprovou a proposta apresentada, em sua reunião de 17/08/2011.


Em 13/09/2011 ________________________________________

Dr. Arnaldo Érico Huff Júnior

CHEFE DO DEPARTAMENTO
Ilmo. Sr.

Pró-Reitor de Ensino e Pesquisa,

Encaminhamos a presente proposta a V.Sa. para análise e posterior tramitação.
Em ____/____/____ _________________________________________

Dr. Arnaldo Érico Huff Júnior CHEFE DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA RELIGIÃO






CD - 01

PROPONENTE

UNIDADE: INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS - ICH
DEPARTAMENTO: CIÊNCIA DA RELIGIÃO





PROPOSTA DE:

1 ( x ) Criação de disciplina

2 ( ) Extinção de disciplinas

3 ( ) Mudança de denominação de disciplina

4 ( ) Alteração do número de créditos da disciplina

5 ( ) Alteração de pré-requisitos



NOME DA DISCIPLINA: Espaço e Tempo em Ciência da Religião



NÚMERO DE CRÉDITOS: 4

PRÉ-REQUISITO(S): nenhum

EMENTA DA DISCIPLINA:

A disciplina dedica-se ao tema do espaço e do tempo no estudo da religião. Serão discutidas questões de ordem teórica, abordagens e métodos voltados para o estudo de como são significados e ressignificados religiosamente o tempo e o espaço. Percepções advindas da fenomenologia e da história das religiões, mas também da geografia cultural e da história cultural nortearão o escopo do curso.




PROGRAMA DA DISCIPLINA:
- O tempo dos mitos

- O espaço sagrado

- A desconstrução do tempo

- As múltiplas temporalidades

- Espaço religioso virtual

- Globalização e religião

- Religião e ambiente
BIBLIOGRAFIA:
BÁSICA

ELIADE, Mircea. Tratado de história das religiões. São Paulo: Martins Fontes, 2008. 

KOSELLECK, Reinhart. Futuro passado, contribuição à semântica dos tempos históricos. Rio de Janeiro: Contraponto, Ed. PUC-Rio, 2006.

ROSENDAHL, Zeny; CORREA, Roberto (orgs.). Introdução à geografia cultural. Rio de Janeiro: Bertrand-Brasil, 2003.


COMPLEMENTAR
ELIADE, Mircea. O mito do eterno retorno. São Paulo: Mercúrio, 1992.
. O sagrado e o profano, a essência das religiões. São Paulo: Martins Fontes, 1992.
FERREIRA, Marieta de Moraes; AMADO, Janaína (Orgs.). Usos e abusos da história oral. 8a ed. Rio de Janeiro: FGV, 2006.
POLLAK, Michael. Memória e identidade social. In: Estudos históricos, Rio de janeiro, 5(10), 1992, p. 200-215.
. Memória, esquecimento, silêncio. In: Estudos históricos, Rio de Janeiro, 2(3), 1989, p. 3-15.

ROSENDAHL, Zeny. Espaço e religião. Rio de janeiro: UERJ/NEPEC, 1996.

SAHLINS, Marshall. Ilhas de história. Rio de Janeiro: Zahar, 1990.

USARSKI, Frank. O espectro disciplinar da ciência da religião. São Paulo: Paulinas, 2005.



Certifico que o DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA RELIGIÃO aprovou a proposta apresentada, em sua reunião de 17/08/2011.


Em 13/09/2011 ________________________________________

Dr. Arnaldo Érico Huff Júnior

CHEFE DO DEPARTAMENTO
Ilmo. Sr.

Pró-Reitor de Ensino e Pesquisa,

Encaminhamos a presente proposta a V.Sa. para análise e posterior tramitação.
Em ____/____/____ _________________________________________

Dr. Arnaldo Érico Huff Júnior CHEFE DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA RELIGIÃO





CD - 01

PROPONENTE

UNIDADE: INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS - ICH
DEPARTAMENTO: CIÊNCIA DA RELIGIÃO





PROPOSTA DE:

1 ( x ) Criação de disciplina

2 ( ) Extinção de disciplinas

3 ( ) Mudança de denominação de disciplina

4 ( ) Alteração do número de créditos da disciplina

5 ( ) Alteração de pré-requisitos



NOME DA DISCIPLINA: Linguagens da Religião



NÚMERO DE CRÉDITOS: 4

PRÉ-REQUISITO(S): nenhum

EMENTA DA DISCIPLINA:

Esta disciplina visa analisar aspectos específicos que constituem o fenômeno religioso, tendo como eixo os modos básicos de expressão da experiência religiosa, a saber: símbolo, mito, rito e doutrina. Nesse sentido, tem por objetivo desenvolver a compreensão de cada um destes modos de expressão bem como suas relações fornecendo elementos teórico-metodológicos para a compreensão do fenômeno religioso em suas várias manifestações. Para tanto, prima pela abordagem teórica, sem prescindir de elementos empíricos.





PROGRAMA DA DISCIPLINA:

  1. Problematização da categoria “experiência religiosa”;

  2. Linguagens da religião: o símbolo;

  3. Linguagens da religião: o mito;

  4. Linguagens da religião: o rito;

  5. Linguagens da religião: o dogma e a revelação.

BIBLIOGRAFIA:


CROATTO, Severino. As linguagens da experiência religiosa. Uma introdução à fenomenologia da religião. São Paulo. Paulinas. 2001

ELIADE, M. Imagens e Símbolos. Ensaio sobre o simbolismo mágico-religioso. São Paulo: Martins Fontes.

____________. Mito e realidade. São Paulo: Perspectivas, 2000.
Bibliografia complementar

BULTMANN, R. Jesus Cristo e Mitologia. Trad. Daniel Costa. São Paulo: Novo Século, 2000.

CAMPBELL, Joseph. Isto és tu. Redimensionando a metáfora religiosa. Trad. Edson Bini. São Paulo: Landy, 2002.

CAPPS, Walter H. Religious Studies. The Making of a Discipline. Minneapolis: Fortress Press. 1995.

DOUGLAS, Mary. Pureza e perigo. Lisboa: Edições 70. s/d/

DURKHEIM, E. As formas elementares da vida religiosa. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

GIRARD, R. A violência e o sagrado. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1998.

HARNACK, Adolf von. Lehrbuch der Dogmengeschichte. Darmstadt: Wissenschaftliche Buchgesellschaft, 1964. 3 v.

HICK, John. A metáfora do Deus encarnado. Trad. Luís H. Dreher. Petrópolis: Vozes, 2000.

LINDBECK, G. The Nature of Doctrine. Religion and Theology in a Postliberal Age. Louisville: Westminster John Knox Press, 1984.

MALINOWSKI, Bronislaw. Magia, ciência e religião. Lisoba: Edições 70, 1988.

MAUSS, M. Sobre o sacrifício. São Paulo: Cosacnaify, 2005.


___________. Sociologia e Antropologia. São Paulo: Cosacnaify, 2003.

MAY, Rollo. A procura do mito. São Paulo: Manole, 1992.

MELLO, Luis Gonzaga de Mello. Antropologia cultural. Petrópolis: Vozes, 2003.

MESLIM, Michel. A experiência humana do divino. Fundamentos de uma antropologia religiosa. Petrópolis: Vozes. 1992.

RAPPAPORT, Roy. Ritual and Religion in the Making of Humanity. Cambridge University Press, 2005.

RICOEUR, P. O conflito das interpretações. Trad. Hilton Japiassu. Rio de Janeiro: Imago, 1978.

TAYLOR, Mark C. Critical Terms for Religious Studies. Chicago: The University of Chicago Press, 1998.

TILLICH, Paul. História do pensamento cristão. 4 ed. Trad de Jaci Maraschin. São Paulo: ASTE, 2007.

TODOROV, Tzvetan. Teorias do símbolo. Lisboa: Edições 70, s/d/

WAARDENBURG, Jacques (ed.). Classical Approaches to the Study of Religion, Aims, Methods and Theories of Research: Introduction & Anthology. Berlin: de Gruyter, 1999.

WATTS, Allan. Myth and Ritual in Christianity. Boston: Beacon Press, 1991.

WESTHELLE, Vitor. Modernidade, mito e religião: crítica e reconstrução das representações religiosas. In: Numem – Revista de Estudos e Persquisa da Religião 3, 1, (2000), 11-38.




Certifico que o DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA RELIGIÃO aprovou a proposta apresentada, em sua reunião de 17/08/2011.


Em 13/09/2011 ________________________________________

Dr. Arnaldo Érico Huff Júnior

CHEFE DO DEPARTAMENTO
Ilmo. Sr.

Pró-Reitor de Ensino e Pesquisa,

Encaminhamos a presente proposta a V.Sa. para análise e posterior tramitação.
Em ____/____/____ _________________________________________

Dr. Arnaldo Érico Huff Júnior CHEFE DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA RELIGIÃO





CD - 01

PROPONENTE

UNIDADE: INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS - ICH
DEPARTAMENTO: CIÊNCIA DA RELIGIÃO





PROPOSTA DE:

1 ( x ) Criação de disciplina

2 ( ) Extinção de disciplinas

3 ( ) Mudança de denominação de disciplina

4 ( ) Alteração do número de créditos da disciplina

5 ( ) Alteração de pré-requisitos



NOME DA DISCIPLINA: Protestantismo


NÚMERO DE CRÉDITOS: 4

PRÉ-REQUISITO(S): nenhum

EMENTA DA DISCIPLINA:

A disciplina visa apresentar um panorama das principais tradições advindas da Reforma Protestante do século XVI, com foco principal no Brasil. Para tanto, apresenta as principais ideias religiosas dos ramos luterano e reformado e seus desdobramentos, bem como os processos sociohistóricos que envolveram o surgimento e a transplantação do protestantismo da Europa e dos Estados Unidos para o Brasil e a América Latina. Em meio a tais dinâmicas, são também contempladas questões como as identidades e visões de mundo dos protestantes, suas proposições éticas, sua inserção política, suas relações como a Igreja Católica e as demais religiões e seu comportamento ritual.




PROGRAMA DA DISCIPLINA:

- O contexto e a Reforma do século XVI

- Confessionalização, ortodoxia, pietismo e avivamentos

- Evangelicalismo, fundamentalismo e ecumenismo

- Os protestantismos de imigração e de missão

- A inserção protestante no campo religioso brasileiro

- Rituais e devoções protestantes

- Protestantismo, política e espaço público

BIBLIOGRAFIA:
ALVES, Rubem. Protestantismo e repressão. São Paulo: Ática, 1979.

DREHER, Martin. A crise e a renovação da igreja no período da reforma. São Leopoldo: Sinodal, 1996. (Coleção História da Igreja, v. 3).

MENDONÇA, Antonio Gouvêa e VELASQUES Fº, Prócoro. Introdução ao protestantismo no Brasil. São Paulo: Loyola, 1990.
Bibliografia de apoio

BONINO, José Miguez. Rostos do protestantismo latino-americano. São Leopoldo: EST/Sinodal, 2003.

DREHER, Martin. A igreja latino-americana no contexto mundial. São Leopoldo: Sinodal, 1999. (Coleção História da Igreja, v. 4).

. Protestantismo de imigração no Brasil. In: DREHER, Martin (org.). Imigrações e história da igreja no Brasil. Aparecida, SP: Ed. Santuário, CEHILA, 1993.

HAHN, Carl Joseph. História do culto protestante no Brasil. São Paulo: ASTE, 1989.

LÉONARD, Émile-G. O protestantismo brasileiro. São Paulo: ASTE, 1964.

MENDONÇA, Antonio Gouvêa. O celeste porvir. São Paulo: EDUSP, 2008.



. Protestantes, pentecostais e ecumênicos. São Bernardo do Campo: UMESP, 1997.

REILY, Duncan Alexander. História documental do protestantismo no Brasil. São Paulo: ASTE, 1984.

SOUZA, Silas Luiz de. Pensamento social e político no protestantismo brasileiro. São Paulo: Mackenzie, 2005.



Certifico que o DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA RELIGIÃO aprovou a proposta apresentada, em sua reunião de 17/08/2011.


Em 13/09/2011 ________________________________________

Dr. Arnaldo Érico Huff Júnior

CHEFE DO DEPARTAMENTO
Ilmo. Sr.

Pró-Reitor de Ensino e Pesquisa,

Encaminhamos a presente proposta a V.Sa. para análise e posterior tramitação.
Em ____/____/____ _________________________________________

Dr. Arnaldo Érico Huff Júnior CHEFE DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA RELIGIÃO






CD - 01

PROPONENTE

UNIDADE: INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS - ICH
DEPARTAMENTO: CIÊNCIA DA RELIGIÃO





PROPOSTA DE:

1 ( x ) Criação de disciplina

2 ( ) Extinção de disciplinas

3 ( ) Mudança de denominação de disciplina

4 ( ) Alteração do número de créditos da disciplina

5 ( ) Alteração de pré-requisitos



NOME DA DISCIPLINA: Religião e Mística


NÚMERO DE CRÉDITOS: 4

PRÉ-REQUISITO(S): nenhum

EMENTA DA DISCIPLINA:

A disciplina visa captar a gênese, significado e peculiaridade do fenômeno místico, em sua relação com a dinâmica religiosa. Partindo de uma aproximação interdisciplinar da experiência mística, busca-se, num primeiro momento, sinalizar a antropologia da experiência mística e a singularidade da linguagem mística. Em seguida, a abordagem volta-se para o desenvolvimento das formas de experiência mística nas tradições ocidental e oriental, sublinhando também a presença das formas não religiosas de mística. Num terceiro momento, com base na distinção entre religião, mística e espiritualidade, será tratada a questão da mística da imanensidade.





PROGRAMA DA DISCIPLINA:

. O desafio da aproximação interdisciplinar da experiência mística

. Fenômeno religioso e fenômeno místico

. Mística: em busca de sua compreensão

. A mística como elemento constitutivo do fenômeno religioso

. Mística e experiência instituinte do sagrado

. A antropologia da experiência mística

. A peculiaridade da linguagem mística

. As formas de experiência mística na tradição ocidental

. As formas de experiência mística na tradição oriental

. As formas não religiosas de mística

. Religião, Mística e Espiritualidade

. A mística como experiência integral da realidade

. Mistica e imanensidade


BIBLIOGRAFIA:


BOFF, Leonardo. Espiritualidade. Um caminho de transformação. 2 ed. Rio de Janeiro: Sextante, 2001.

BOFF, Leonardo & BETTO, Frei. Mística e espiritualidade. 4 ed. Rio de Janeiro: Rocco, 1999.

COMTE-SPONVILLE, André. O espírito do ateísmo. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

TEIXEIRA, Faustino (Org.) No limiar do mistério. Mística e religião. São Paulo: Paulinas, 2004.

VAZ, Henrique C. De Lima. Experiência mística e filosofia na tradição ocidental. São Paulo: Loyola, 2000.

VELASCO, Juan Martín. El fenómeno místico. Estudio comparado. Madrid: Trotta, 1999.


Bibliografia de Apoio
BASTIDE, Roger. O sagrado selvagem e outros ensaios. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

CENTRO Internacional de estúdios místicos. La mística en el siglo XXI. Madrid: Trotta, 2002.

McGINN, Bernard. Storia della mistica cristiana in occidente. Le origini (I-V Secolo). Genova: Marietti, 1997.

PANIKKAR, Raimon. L´Esperienza della vita. La mistica. Milano: Jaca Book, 2004.

TEIXEIRA, Faustino. Nas teias da delicadeza. Itinerários místicos. São Paulo: Paulinas, 2006.

VELASCO, Juan Martín (Ed.) La experiencia mística. Estudio interdisciplinar. Madrid: Trotta, 2004.



Certifico que o DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA RELIGIÃO aprovou a proposta apresentada, em sua reunião de 17/08/2011.


Em 13/09/2011 ________________________________________

Dr. Arnaldo Érico Huff Júnior

CHEFE DO DEPARTAMENTO
Ilmo. Sr.

Pró-Reitor de Ensino e Pesquisa,

Encaminhamos a presente proposta a V.Sa. para análise e posterior tramitação.
Em ____/____/____ _________________________________________

Dr. Arnaldo Érico Huff Júnior CHEFE DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA RELIGIÃO





CD - 01

PROPONENTE

UNIDADE: INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS - ICH
DEPARTAMENTO: CIÊNCIA DA RELIGIÃO





PROPOSTA DE:

1 ( x ) Criação de disciplina

2 ( ) Extinção de disciplinas

3 ( ) Mudança de denominação de disciplina

4 ( ) Alteração do número de créditos da disciplina

5 ( ) Alteração de pré-requisitos



NOME DA DISCIPLINA: Religião e Teologia


NÚMERO DE CRÉDITOS: 4

PRÉ-REQUISITO(S): nenhum

EMENTA DA DISCIPLINA:

As religiões sempre estiveram presentes no cenário das sociedades, cada uma com suas respostas específicas ao Mistério sempre maior. Essa presença se faz mais viva no tempo atual, adentrando-se com vigor no campo das possibilidades de escolha dos indivíduos. O pluralismo religioso impõe-se hoje com um desafio imprescindível. Como a teologia reage a tal desafio ? Esse é o objeto da reflexão proposta pela disciplina indicada. Trata-se de responder ao desafio essencial de uma teologia hermenêutica capaz de corresponder ao pluralismo religioso contemporâneo.





PROGRAMA DA DISCIPLINA:

. Teologia e Religião: gênese e desenvolvimento dessa questão

. Pluralismo Religioso e Teologia

. Pluralismo e crise de plausibilidade

. As reações teológicas ao pluralismo religioso

. O paradigma teológico exclusivista

. O paradigma teológico inclusivista

. O paradigma teológico pluralista

. Desafios contemporâneos da teologia frente ao pluralismo religioso

BIBLIOGRAFIA:


BERGER, Peter. Modernidade, pluralismo e crise de sentido. A orientação do homem moderno. Petrópolis: Vozes, 2004.

DUPUIS, Jacques. O cristianismo e as religiões. Do desencontro ao encontro. São Paulo: Loyola, 2004.

GEFFRÉ, Claude. Crer e interpretar. A virada hermenêutica da teologia. Petrópolis: Vozes, 2004.

KNITTER, Paul. Introdução às teologias das religiões. São Paulo: Paulinas, 2008.

TEIXEIRA, Faustino. Teologia das religiões. Uma visão panorâmica. São Paulo: Paulinas, 1995.
Bibliografia de Apoio
DUQUOC, Christian. O único Cristo. A sinfonia adiada. São Paulo: Paulinas, 2008.

DUPUIS, Jacques. Rumo a uma teologia cristã do pluralismo religioso. São Paulo: Paulinas, 1999.

HICK, John. Teologia cristã e pluralismo religioso. O arco-íris das religiões. São Paulo: PPCIR/Attar, 2005.

QUEIRUGA, Andrés Torres. O diálogo das religiões. São Paulo: Paulus, 1997.

QUEIRUGA, Andrés Torres. Repensar a revelação. A revelação divina na realização humana. São Paulo: Paulinas, 2010.



Certifico que o DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA RELIGIÃO aprovou a proposta apresentada, em sua reunião de 17/08/2011.


Em 13/09/2011 ________________________________________

Dr. Arnaldo Érico Huff Júnior

CHEFE DO DEPARTAMENTO
Ilmo. Sr.

Pró-Reitor de Ensino e Pesquisa,

Encaminhamos a presente proposta a V.Sa. para análise e posterior tramitação.
Em ____/____/____ _________________________________________

Dr. Arnaldo Érico Huff Júnior CHEFE DO DEPARTAMENTO DE CIÊNCIA DA RELIGIÃO






CD - 01

PROPONENTE

UNIDADE: INSTITUTO DE CIÊNCIAS HUMANAS - ICH
DEPARTAMENTO: CIÊNCIA DA RELIGIÃO





PROPOSTA DE:

1 ( x ) Criação de disciplina

2 ( ) Extinção de disciplinas

3 ( ) Mudança de denominação de disciplina

4 ( ) Alteração do número de créditos da disciplina

5 ( ) Alteração de pré-requisitos



NOME DA DISCIPLINA: Religião, Pós-Modernidade e Pós-Colonialidade



NÚMERO DE CRÉDITOS: 4

PRÉ-REQUISITO(S): nenhum

EMENTA DA DISCIPLINA:

O curso examinará a transição da modernidade para a pós-modernidade e seus impactos para a compreensão da religião no mundo contemporâneo, tendo como foco a crítica da concepção unitária de história e o reconhecimento da autonomia das histórias locais. Neste sentido, o curso dialoga com categorias relacionadas à concepção unitária de história (como, por exemplo, fundamento, sujeito, metanarrativas, etc), apontando para a pluralidade e fragmentação do mundo contemporâneo e suas conseqüências para se pensar a religião nesta condição.





PROGRAMA DA DISCIPLINA:


  1. Passagem ao pós-moderno.

  2. Pós-modernidade, pós-colonialidade e religião.

  3. Os limites da modernidade e o “retorno” da religião.

  4. Relativismo e religião no mundo contemporâneo.

  5. Niilismo e religião.

  6. Constituição de identidades religiosas num mundo plural.

  7. Religião: entre o global e o local.

BIBLIOGRAFIA:


DERRIDA, J. e VATTIMO, G. et alii. A religião. Seminário de Capri dirigido por Jacques Derrida e Gianni Vattimo. São Paulo: Estação Liberdade, 1999.

MARASCHIN, J.; PIEPER, Frederico (orgs). Teologia e pós-modernidade. Novas perspectivas em teologia e filosofia da religião. São Paulo: Fonte Editorial, 2007.

BHABHA, Homi. O local da cultura. Belo Horizonte: Editora da UFMG, 1998.
Bibliografia complementar

BERRY, Philipa; WERNICK, Andrew. Shadow of Spirit. Postmodernism and Religion. London: Routledge, 1992.

BEST, Steven; KELLNER, Douglas. The Postmodern Turn. New York: The Guilford Press, 1997.

______________________. Postmodern Theory. Critical Interrogations. New York: The Guilford Press, 1991.

BILIMORIA, Purushottama; IRVINE, Andrew B. (orgs.). Postcolonial Philosophy of Religion. Springer. 2a. edição, 2010.

BORRADORI, G (org). Filosofia em tempo de terror. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.

CAPUTO, J. On Religion. London/New York: Routledge, 2001.

CHALHUB, Samira (Org). Pós moderno &. Rio de Janeiro, Imago Editora, 1994

CHRISMAN, L.; WILLIAMS, P. (Org.). Colonial Discourse and Postcolonial Theory : a Reader. London: Harvester, 1994.

DELEUZE, G.; GUATARI, F. Mil platôs. São Paulo: Editora 34, 1995.

HART, Kevin. The Trespass of the Sign. Cambridge: Cambridge University Press, 1991.

HARVEY, D. A condição pós-moderna. São Paulo: Loyola, 1993.

JAMESON, F. Pós-modernismo. A lógica cultural do capitalismo tardio. São Paulo: Ática, 1996.

LYOTARD, Jean François. A condição pós-moderna. Lisboa: Gradiva, 1989.

MIGNOLO, Walter D. Histórias Locais/ Projetos Globais: Colonialidade, saberes subalternos e pensamento liminar. Belo Horizonte: Ed. da UFMG, 2003.

NEGRI, A. Cinco lições sobre o império. Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

PODDAR, Prem; JOHNSON, David. A Historical Companion of Postcolonial Thought. New York: Columbia University Press, 2005.

RORTY, R. VATTIMO, G. O futuro da religião. Rio de Janeiro: Relume Dará, 2006.

SAID, Edward. Orientalismo. O Oriente como invenção do Ocidente. São Paulo: Cia.das Letras, 1990.

TAYLOR, Mark C. About Religion. Chicago: Chicago University Press, 1999.

_______________.Deconstructing Theology. New York: The Crossroad Publishing Company, 1986.

_______________. Erring. A Postmodern A/theology. Chicago, The University of Chicago Press, 1984.

TOURAINE, A. Crítica da modernidade. Petrópolis, Vozes, 1991.

TRASFETTI, José; GONÇALVES, Paulo Sérgio (org). Teologia na pós-modernidade. Abordagens epistemológica, sistemática e teórico-prática. São Paulo: Paulinas, 2003.

VANHOOZER, Kevin (org.). The Cambridge Companion to Postmodern Theology. Cambridge: Cambridge University Press, 2003.

WARD, Graham. The Blackwell Companion to Postmodern Theology. Oxford: Blackwell Publishers, 2001.

YOUNG, R.J.C. Postcolonialism: an Historical Introduction. Oxford: Blackwell, 2001

1   2   3   4   5   6   7   8


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal