Código: 1his706 Disciplina: História do Brasil I docente



Baixar 36.41 Kb.
Encontro30.07.2016
Tamanho36.41 Kb.



DEPARTAMENTO DE LETRAS E CIÊNCIAS HUMANAS

DEPARTAMENTO DE HISTÓRIA
PROGRAMA DE DISCIPLINA
Código: 1HIS706

Disciplina: História do Brasil I

Docente: Miliandre Garcia

Curso: Ciências Sociais

Ano Letivo: 2013/2

Carga horária: 60 horas = 72 aulas = 18 dias

Presença obrigatória: 45 horas = 54 aulas = 14 dias
EMENTA

Colonização do Brasil e a sociedade colonial.


CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Intérpretes do Brasil Colonial; Características do Antigo Sistema Colonial; A formação do Brasil no Atlântico Sul; Escravidão, Resistência, Cultura e Poder; Religiões e Religiosidades; Famílias e vida doméstica.


OBJETIVOS

Geral:

Introduzir temas e debates da historiografia sobre a colônia através da discussão de obras clássicas, pesquisas recentes e documentos históricos.


Específico:

Identificar as principais teses, resgatar a historicidade das fontes, discutir diferentes análises bem como contemplar a multiplicidade de temas como religião, arte e cultura, escravidão, família, mulheres, trabalhadores livres, entre outros.


METODOLOGIA DE ENSINO

Aulas expositivas, leitura crítica, debate de ideias e análise de fontes.


AVALIAÇÃO

3 avaliações, sendo 2 avaliações referentes ao 1º e 2º bimestres, cada uma com valor 10,0 e 1 leitura dirigida realizada por dois grupos de até 4 alunos em cada aula e com finalidades diferentes. O primeiro grupo apresentará as principais questões do texto indicado (através de uma leitura crítica) e o segundo grupo formulará quatro questões com respectivas respostas para fazê-las e discuti-las com os integrantes do primeiro grupo e a turma (valor 5,0 referente à apresentação oral do texto e valor 5,0 referente à interlocução com o grupo através de questões). Esta avaliação será feita em sala de aula, no entanto os grupos devem entregar o roteiro de leitura dirigida e também as quatro questões formuladas e respondidas por escrito no dia de aula.


CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Na avaliação das provas, seminários, discussões e debates serão considerados:



1. Expressão escrita: correção na língua portuguesa e linguagem acadêmica formal;

2. Procedimentos científicos: correção na utilização da documentação (escrita e audiovisual) bem como no emprego de citações bibliográficas (notas e bibliografia);

3. Exposição das ideias: lógica e coerência (introdução, desenvolvimento e conclusão);

4. Conteúdo/ética: correção no emprego dos conceitos, citação das ideias dos autores e realização do trabalho proposto.
RECURSOS DIDÁTICOS

Recursos áudios-visuais: filmes, documentários, músicas

Ferramenta de trabalho: data-show, computador, Xerox, gravador, discos, CDs

Acesso à informação: bibliotecas, centros de documentação, livrarias, revistas, livros, jornais, sites, blogs etc.
BIBLIOGRAFIA

Básica:

ALENCASTRO, Luiz Felipe de. O trato dos viventes: formação do Brasil no Atlântico Sul. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

SOUZA, Laura de Mello e (org.). História da vida privada no Brasil – cotidiano e vida privada na América portuguesa. 4. ed. Companhia das Letras, 1997. Volume 1.

FREYRE, Gilberto. Casa-grande & Senzala. 34. ed. Rio de Janeiro: Record, 1998.

GOMES, Flávio dos Santos (org). Mocambos de Palmares: história e fontes (séculos XIV-XIX). Rio de Janeiro: 7 Letras, 2010.

HOLANDA, Sérgio Buarque. Raízes do Brasil. 26. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

LARA, Silvia Hunold. Fragmentos setecentistas: escravidão, cultura e poder na América Espanhola. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

NOVAIS, Fernando A. O Brasil nos quadros do antigo sistema colonial. In: MOTA, Carlos Guilherme (org.) Brasil em perspectiva. 18. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1988. p. 47-63.

PRADO JÚNIOR, Caio. Formação do Brasil Contemporâneo. 23. ed. São Paulo: Brasiliense, 1997.

SOUZA, Laura de Mello e. O diabo e a terra de Santa Cruz. São Paulo: Companhia das Letras, 1986.


Complementar:

ALGRANTI, Leila Mezan. Honradas e devotas: mulheres na colônia. Condição feminina nos conventos e recolhimentos do sudeste do Brasil, 1950-1822. Rio de Janeiro: José Olympio; Brasília: Edumb, 1993.

BOTELHO, André; SCHWARCZ, Lilia Moritz (orgs.). Agenda brasileira: temas de uma sociedade em mudança. São Paulo: Companhia das Letras, 2011.

BOTELHO, André; SCHWARCZ, Lilia Moritz (orgs.). Um enigma chamado Brasil: 29 intérpretes e um país. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

FIGUEIREDO, Luciano. Barrocas famílias: vida familiar em Minas Gerais no século XVIII. São Paulo: Hucitec, 1997.

FRAGOSO, João Luís Ribeiro; FLORENTINO, Manolo G. O arcaísmo como projeto: mercado atlântico, sociedade agrária e elite mercantil no Rio de Janeiro, c.1790-c.1840. Rio de Janeiro: Diadorim, 1993.

FREITAS, Marcos Cezar de (org.). Historiografia brasileira em perspectiva. São Paulo: Contexto, 1998.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Visão do Paraíso: os motivos edênicos no descobrimento e colonização do Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

MONTEIRO, John Manuel Monteiro. Negros da terra. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

MOTA, Lourenço Dantas (org.) Introdução ao Brasil – Volume 1: um banquete no Trópico. 5. ed. São Paulo: Senac, 2008.

MOTA, Lourenço Dantas (org.) Introdução ao Brasil – Volume 2: um banquete no Trópico. 3. ed. São Paulo: Senac, 2011.

NOVAIS, Fernando A. Estrutura e dinâmica do antigo sistema colonial (séculos XVI-XVIII). 6. ed. São Paulo: Brasiliense, 1993.

PESAVENTO, Sandra Jatahy (org.). Um historiador nas fronteiras: o Brasil de Sérgio Buarque de Holanda. Belo Horizonte, UFMG, 2005.

PRADO JR., Caio. Evolução Política do Brasil e outros estudos. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

RICUPERO, Rodrigo. A formação da elite colonial. São Paulo: Alameda, 2009.

SAMARA, Eni de Mesquita. Família, mulheres e povoamento. São Paulo: Edusc, 2003.

SAMARA, Eni de Mesquita. Lavoura canavieira, trabalho livre e cotidiano: Itu (1780-1830). São Paulo: Edusp, 2005.

SOUZA, Laura de Mello e. Aspectos da historiografia da cultura sobre o Brasil colonial. In: Historiografia brasileira em perspectiva. 2. ed. São Paulo: Contexto, 1998. p. 17-38.





DATA

CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

24/07

Aula inaugural

31/07

Apresentação do programa da disciplina e do cronograma de atividades

07/08

Aula expositiva: Clássicos do Brasil colonial

Leitura obrigatória (turma): CANDIDO, Antonio. O significado de Raízes do Brasil. In: Raízes do Brasil. 26. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1995. p. 9-21.

14/08

Aula expositiva: Gilberto Freyre

Leitura dirigida (grupos 1/9 e turma): FREYRE, Gilberto. Características gerais da colonização portuguesa do Brasil: formação de uma sociedade agrária, escravocrata e híbrida. In: Casa-grande & Senzala. 34. ed. Rio de Janeiro: Record, 1998. p. 3-87.

21/08

Aula expositiva: Sérgio Buarque de Holanda

Leitura dirigida (grupos 2/8 e turma): HOLANDA, Sérgio Buarque. O homem cordial. In: Raízes do Brasil. 26. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1995. p. 139-151.

28/08

Banca UFMG

Leitura obrigatória (grupos e turma): Carta de Pero Vaz de Caminha – http://objdigital.bn.br/Acervo_Digital/Livros_eletronicos/carta.pdf

04/09

Aula expositiva: Caio Prado Júnior

Leitura dirigida (grupos 3/7 e turma): PRADO JÚNIOR, Caio. O sentido da colonização. In: Formação do Brasil Contemporâneo. 23. ed. São Paulo: Brasiliense, 1997. p. 19-32.

11/09

Aula expositiva: Características do antigo sistema colonial

Leitura dirigida (grupos 4/6 e turma): NOVAIS, Fernando A. O Brasil nos quadros do antigo sistema colonial. In: MOTA, Carlos Guilherme (org.) Brasil em perspectiva. 18. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1988. p. 47-63.

18/09

Avaliação: questões escritas referentes aos textos do 2º bimestre a serem respondidas individualmente.

25/09

Vista de avaliação: comentário detalhado acerca das questões corrigidas.

Notas bimestrais

Exibição de filme: O descobrimento do Brasil, de Humberto Mauro (1936)

02/10

Aula expositiva: A formação do Brasil no Atlântico Sul

Leitura dirigida (grupos 5/4 e turma): ALENCASTRO, Luiz Felipe de. Singularidade do Brasil. In: O trato dos viventes: formação do Brasil no Atlântico Sul. São Paulo: Companhia das Letras, 2000. p. 327-355.

09/10

Aula expositiva: Escravidão, cultura e poder

Leitura dirigida (grupos 6/5 e turma): LARA, Silvia Hunold. Fragmentos setecentistas: escravidão, cultura e poder na América Espanhola. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

16/10

Aula expositiva: Resistência escrava

Leitura dirigida (grupos 7/3 e turma): GOMES, Flávio dos Santos (org). Mocambos de Palmares: história e fontes (séculos XIV-XIX). Rio de Janeiro: 7 Letras, 2010.

23/10

Aula expositiva: Religião e religiosidades

Leitura dirigida (grupos 8/2 e turma): SOUZA, Laura de Mello e. O novo mundo entre Deus e o Diabo. In: O diabo e a terra de Santa Cruz. São Paulo: Companhia das Letras, 1986. p. 21-85.

30/10

Aula expositiva: Famílias e vida doméstica

Leitura dirigida (grupos 9/1 e turma): ALGRANTI, Leila Mezan. Famílias e vida doméstica. In: SOUZA, Laura de Mello e (org.). História da vida privada no Brasil – cotidiano e vida privada na América portuguesa. 4. ed. Companhia das Letras, 1997. Volume 1. p. 83-154.

06/11

Avaliação: questões escritas referentes aos textos do 2º bimestre a serem respondidas individualmente.

13/11

Vista de avaliação: comentário detalhado acerca das questões corrigidas.

Notas bimestrais

20/11

Feriado

27/11

Encerramento do curso


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal