Colégio Santa Teresa de Jesus – Rio de Janeiro



Baixar 21.71 Kb.
Encontro31.07.2016
Tamanho21.71 Kb.

Colégio Santa Teresa de Jesus – Rio de Janeiro



ROTEIRO PARA VÍDEO-DEBATE – ENSINO MÉDIO

DO MICRO AO MACROCOSMO
O vídeo a que assistimos nos propõe uma viagem, que parte da observação de um ramo de folhas, tanto para fora dele (em direção ao macrocosmo), como para dentro dele (em direção ao microcosmo) e nos sugere que percebamos que o homem ainda tem muito a aprender sobre o universo.


  1. Que reflexões podem ser feitas sobre a vida no universo a partir dessa viagem interna ao ramo de folhas?




  1. Fazendo a viagem de retorno à nossa casa, como sugere o vídeo, algumas indagações nos são feitas. Com base no que você assistiu, responda a essas indagações: Quem somos? Para onde vamos? De onde viemos? O que representamos para o nosso universo?




  1. Ao final da viagem ao interior da célula de uma folha do ramo, é possível percebermos a semelhança entre o micro e o macrocosmo. Sabendo que cosmo significa mundo, universo, explique essa semelhança.




  1. De acordo com o vídeo a que assistimos, essa viagem que fizemos tem limites? Quais são esses limites? De que forma esses limites reforçam a tese defendida pelo próprio vídeo?




  1. Sabendo que o projeto 2007 da nossa escola tem como tema “Você faz suas escolhas e suas escolhas fazem você: a Terra em nossas mãos”, explique a relação entre ele e o vídeo “Do micro ao macrocosmo”.




  1. Ao longo da história da humanidade os homens sempre lutaram para dominar a natureza e também dominar o seu semelhante. Qual a concepção de homem subjacente ao vídeo apresentado e que se confronta com a afirmativa no início da questão?

  2. O vídeo ressalta a idéia do macro como algo ilimitado e que nos encanta. Porém, o ser humano não seria também uma realidade ilimitada em suas potencialidades?




  1. Em que sentido o desrespeito  do ser humano para com os outros seres e para com a natureza, poderia reforçar a idéia final do vídeo de certa arrogância em nos considerarmos o centro da existência?




  1. Que outras formas diferentes de perceber a vida o vídeo ajuda você a descobrir?




  1. Partindo da idéia do menor para o maior, que tipo de analogia poderíamos fazer entre a organização dos primeiros grupos humanos, na Pré-História, e o mundo globalizado dos dias de hoje?




  1. Ainda partindo da idéia do menor para o maior, que analogia você estabelece entre fato social e fato histórico? Lembre-se de que o fato social é de amplitude menor e, geralmente, afeta um número reduzido de pessoas. O fato histórico causa grandes modificações, altera muitas vezes a estrutura política, econômica, social e intelectual de inúmeros indivíduos e, na maioria das vezes, repercute em áreas completamente diferentes daquela onde ocorreu o fato histórico.




  1. As imagens apresentadas nos levam ao micro e ao macro, às unidades mínimas e ao universo. Em que espaço a viagem é mais interessante? Aponte um motivo que explique a sua escolha.




  1. Pensando nos espaços trabalhados na questão anterior, podemos refletir sobre o que é do nosso interior e o que está ao nosso redor, a nossa formação, o que somos e o que fazemos, onde atuamos. Após conversar com as pessoas do seu grupo, apresente uma situação que evidencie a relação entre o SER e o FAZER.




  1. Qual a relação e semelhança que percebo que existe entre o Macro e o Micro na Criação?




  1. Qual a  sensação do grupo diante da grandiosidade do Universo (tanto Macro como Micro), tão inteligentemente arquitetado?




  1. O conhecimento sobre a Sabedoria Universal permite-nos ampliar  nossa sensibilidade, assim como estimular o desenvolvimento de nossa inteligência para compreendê-la cada vez mais. O que esse filme  despertou e que o grupo acha interessante aprofundar em estudos e pesquisas?




  1. Percebemos que existe uma total harmonia e equilíbrio em toda a Criação.  Como se explica a intervenção do homem alterando esse estado em nosso planeta, uma vez que ele também é uma Criação de Deus? Como foi dado a ele esse poder? Como o Universo reagirá diante de tamanha irresponsabilidade?




  1. Observamos a evolução do Universo em todas as dimensões, sem alterar o seu equilíbrio (Desde o Micro até o Macro), organizando-se em estruturas cada vez mais complexas. Por que o homem para progredir (que é diferente de evoluir) teve que desequilibrar o seu ambiente? Não é o homem responsável por dar continuidade a essa evolução, na parte que lhe cabe (o planeta Terra), mas respeitando esse equilíbrio instaurado pelas Leis Universais? Qual a parte que nos cabe para cumprir essa missão, diante da situação ambiental crítica a qual chegamos?




  1. Que conhecimentos nos faltam para que possamos perceber o erro do desrespeito ao Universo antes que ele adquira enormes proporções? Que conhecimentos nos faltam para que respeitemos cada ser da Criação, micro ou macro, e assim não incorramos em mais violências, que nada mais são que as conseqüências desse desrespeito e ignorância?




  1. Que semelhanças percebemos entre o Micro e o Macro?




  1. Em qual dos dois "mundos" (Micro X Macro) o ser humano tem feito mais intervenções?




  1. É possível o ser humano viver / evoluir sem alterar a harmonia do Universo?    Devemos ter somente uma atitude contemplativa?




  1. Que analogia podemos fazer com a organização da nossa sociedade ou da própria sala de aula?




  1. Quando o vídeo começa a nos fornecer uma visão mais ampla do ambiente que nos cerca, percebemos que o que parecia auto-suficiente é parte de um todo, que pode ser um arbusto ou um planeta. Quais importantes conceitos ecológicos poderiam ser obtidos a partir dessas observações?




  1. Com o aprimoramento do nosso conhecimento podemos ir mais longe! Uma importante ressalva ao conhecimento científico moderno é fornecida pelo vídeo, quando lembra a limitação de nossas ferramentas de análise. Em que momento podemos observar? Por que é importante que essas limitações sejam sempre lembradas?




  1. A Terra, assim como um arbusto, pode ser um ecossistema ou um “pontinho” no espaço. As interpretações variam de acordo com o olhar do observador? A determinação de grande, pequeno, alto, baixo depende sempre de um referencial?




  1. Quando temos uma visão “sub-celular” podemos observar muitas semelhanças entre mundo macro e micro. Por que é importante entender o que acontece na célula?




  1. Influência do mundo Micro no Macro e vice-versa. A visão da Terra no espaço permite a observação das massas de ar na nossa atmosfera. Como as atividades que realizamos “aqui embaixo” que geram mudanças climáticas que podem interferir no movimento dessas massas?




  1. Apesar de um importante agente transformador da natureza, o Homem “desaparece” quando a Terra é vista do alto. Essa observação evidencia que somos parte de um todo muito mais complexo?




  1. Dependendo do nosso olhar temos “mundos” diferentes. “Preconceitos” podem nos esconder importantes descobertas? Precisamos constatar o que acontece conosco, na nossa casa, no nosso prédio, na nossa cidade, no nosso país, no planeta, no universo. No entanto, não podemos ficar só na constatação. Temos que refletir e agir. O poema a seguir, de Carlos Drummond de Andrade, não é atual. Ele foi publicado no livro “Sentimento do mundo” em 1940. Após a leitura, podemos perceber que ter “saudade” dos tempos passados e considerá-los melhores do que o presente não é algo novo. Analisem o poema e façam uma constatação da realidade, tendo em vista os espaços apresentados no início da questão. Como conclusão da reflexão e ponto de partida para o FAZER, o grupo deve sugerir uma AÇÃO possível (na nossa escola, no nosso bairro) para que tenhamos, hoje e sempre, jardins e manhãs.

Com sua equipe, de no máximo cinco componentes, responda as três perguntas que foram selecionadas para o seu grupo de forma verbal (por escrito) e expresse o conjunto de idéias a que chegaram – as conclusões – através de uma das linguagens: artística, gestual, jornalística, etc.

O trabalho deverá também conter uma PROPOSTA DE AÇÃO diante da análise das conclusões do grupo, levando em conta o tema do projeto da escola para 2007: VOCÊ FAZ SUAS ESCOLHAS E SUAS ESCOLHAS FAZEM VOCÊ – O MUNDO EM SUAS MÃOS. Tal ação poderá ser desenvolvida pela escola como um todo ou apenas pela sua turma.

Este será já a primeira avaliação do bimestre. O conceito atribuído ao trabalho será levado em conta em todas as disciplinas.








©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal