Com base na afirmação acima responda qual é a classificaçÃO da Paralisia Cerebral quanto ao TÔnus muscular e quanto ao movimento e explique os beneficios e implicaçÕes



Baixar 20.44 Kb.
Encontro28.07.2016
Tamanho20.44 Kb.
DP DE EDUCAÇÃO FÍSICA ADAPTADA – NP1
1ª Questão: A Paralisia Cerebral é uma Deficiência Física Neurológica que afeta o tônus muscular e seu movimento, consequentemente o uso do corpo em especial nas suas relações sócio/educacionais.

Com base na afirmação acima responda qual é a CLASSIFICAÇÃO da Paralisia Cerebral quanto ao TÔNUS MUSCULAR e quanto ao MOVIMENTO e explique OS BENEFICIOS E IMPLICAÇÕES do melhor programa para crianças com idade entre zero a seis anos na área da Cultura Corporal de Movimento.
2ª Questão: Arqueólogos e historiadores vêm nos mostrando através de achados e escavações uma história da Educação Física Adaptada voltada a saúde.

Apresente qual a CIÊNCIA que predominava antes da Educação Física ter se transformado em uma atividade pedagógica e qual o PROFISSIONAL responsável em pesquisar, escrever, prescrever e ministrar aulas de Educação Física para P.N.E.E.
3ª Questão: A Educação Física Adaptada foi apresentada através de três enfoques: Recreação Terapêutica, Educação Física Especial e Educação Física Adaptada.

Tendo como base à afirmação acima responda o que precisamente DIFERENCIA a Educação Física Especial DA Educação Física Adaptada.
4º Questão: Romper com as velhas idéias.

“Durante séculos, o mundo tratou as crianças com deficiência como doentes que precisavam de atendimento médico, não de Educação. Essa perspectiva começou a mudar na década de 1950. Mas foi só nos anos de 1990 que as velhas ideias assistenciais foram suplantadas pela tese da inclusão. Procurava-se garantir o acesso de todos á educação. Documentos como a Declaração Mundial de Educação para todos, de 1990, e a Declaração de Salamanca, de 1994, são marcos desse movimento”. (NOVA ESCOLA edição especial inclusão, julho de 2009.)



Qual é o papel da escola e da disciplina educação física democrática e comprometida com a cidadania na perspectiva da educação inclusiva, quando refletimos sobre a formação do educando?
5º Questão: As políticas de inclusão têm enfrentado várias dificuldades de ordem epistemológica ou mesmo prática quando pretendem tratar de modo generalizante e indiferenciado as inúmeras identidades culturais e diferentes demandas oriundas da escolarização das pessoas com necessidades especiais. Sobre esse aspecto, o que podemos considerar na relação sociedade deficiência?
6º Questão: A Educação Física Adaptada é apresentada por diversos autores e engloba uma importante modificação em relação a definição da Associação Americana para Saúde, Educação Física, Recreação e Dança- AAHPERD (1952). Segundo Seman e De Pauw, a AAHPERD é caracterizada como um programa de atividades desenvolvimentistas diversificadas (jogos, esportes e ritmos) adequadas aos interesses, capacidades e limitações de estudantes em condição de deficiência, que não podem se engajar na participação irrestrita com segurança e sucesso em atividades de programas de Educação em geral. Quando discutimos em sala de aula a construção do processo de atendimento da Pessoa com Deficiência pela área de Educação Física nas primeiras aulas do ano tornou-se necessário um posicionamento em relação aos termos atribuídos e programas a serem construídos para um melhor atendimento como Educação Física Corretiva, Educação Física Especial e Educação Física Adaptada. Tendo como base a introdução acima explique o significado do termo Educação Física Adaptada.
7ª Questão: De acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais, terceiro e quarto ciclos do Ensino Fundamental, qual a atitude que o professor de Educação Física deve tomar quando em suas aulas identifica alunos com necessidades especiais?

8ª Questão: Ao longo do tempo, fomos acostumados a associar a prática da Educação Física e do Esporte aos conceitos de performance, rendimentos, recordes. Fomos treinados para buscar resultados: “o mais forte”, “o mais rápido”, “o mais habilidoso”, “o melhor”! Embora este seja um modo para o entendimento da Educação Física e do Esporte, ele não é o único. Podemos pensar a prática da atividade física pelo seu aspecto estético, simbólico, desafiador, social. Historicamente, a origem da participação de pessoas que apresentam diferentes e peculiares condições para a prática das atividades físicas ocorreu em que tipos de programas.Explique:


9ª Questão: Muitas têm sido as definições utilizadas para definir deficiência física, estas definições têm se alterado de acordo com o enfoque que se queira dar: filosófico, sociológico ou fisiológico. Do ponto de vista prático, qual é a definição de Deficiência Física:
10ª Questão: O traumatismo raquimedular é caracterizado por um trauma na coluna vertebral, tumores ou má formação, atingindo a medula espinhal. Este trauma pode ser de forma parcial, quando apenas parte da medula é lesada,ou total, quando há uma lesão transversal da medula.Explique porque esse trauma pode causar lesão completa e lesão incompleta e classifique a lesão medular.
11ª Questão: A poliomielite uma doença aguda, provocada por um vírus (poliovírus). Este vírus ataca a substancia cinzenta da medula, destruindo as células motoras. Ele se aloja no corno anterior da medula deixando como sequelas paralisia nas áreas motoras. Tendo como base a definição de poliomielite explique o que diferencia o lesado de pólio do lesado medular.
12ª Questão: Do ponto de vista prático Deficiência física é toda e qualquer alteração no cérebro ou medula que afeta o uso do corpo em especial o sistema osteomuscular, ossos, músculos, articulações, levando o individuo a uma limitação ou dificuldade no desenvolvimento de alguma tarefa motora. A paralisia cerebral que é definida como uma deficiência neurológica que apresenta “ uma desordem do movimento e da postura devido a um defeito ou lesão do cérebro imaturo” (Bax, 1964). De acordo com BOBATH (1984) a paralisia cerebral é de caráter não progressivo e provoca debilitação variável na coordenação de movimentos, resultando na incapacidade da criança em manter posturas e realizar movimentos normais. Acerca das definições acima explique como você profissional de Educação Física identificaria um aluno que apresenta topograficamente uma dupla hemiplegia (FAÇA O DESENHO) e descreva a cultura corporal de movimento que permite alcançar os objetivos com a pessoa que apresenta a tonicidade e movimento na situação em apreço.
13ª Questão: Carlos é uma criança com lesão medular localizada na 1ª lombar. Ele tem 11 anos de idade, cor negra, seus pais possuem excelentes condições socioeconômicas, e estão preparados para ajudá-lo no que for necessário. Carlos é bastante esforçado, e apesar da fatalidade, uma bala que atravessou transversalmente suas costas, ele está agora, dois anos mais tarde, em excelentes condições psicológicas. Ele perdeu a sensibilidade e a motricidade de seu membro inferior esquerdo. O direito, embora também afetado, foi menos prejudicado. Ele pode agora, com a ajuda de muletas e quando mais cançado, com a ajuda de cadeira de rodas, realizar com certa facilidade suas tarefas do dia-a-dia. O serviço de fisioterapia do hospital aconselhou a família deste menino que procurasse agora um bem professor de Educação Física e que estivesse adaptado aos problemas da Educação Especial, pois era importante que ele se movimentasse mais, e o jogo e a ginástica seriam importantes coadjuvantes de sua total reabilitação. Você foi o escolhido por essa família, que espera muito de você. Tendo como base a história acima apresente as preocupações que você deve ter com as funções autônomas de Carlos que podem sofrer alterações durante a atividade física.
14ª Questão: A história das amputações é quase tão antiga quanto a história da humanidade. As primeiras amputações são atribuídas a Hipócrates (século v a.C.) e foram indicadas para os casos de gangrena. Apresente as causas da deficiência física amputação e as implicações na montagem e participação em programas de Educação Física.
15ª Questão: Conceitue AVC ( Acidente vascular cerebral), apresente as características principais e as implicações no programa de atividade física.


DP NP2 EDUCAÇÃO FÍSICA ADAPTADA PROFESSOR ALMIR TELES DA SILVA


  1. O Retardo mental (deficiência intelectual, deficiência mental) corresponde a um grupo heterogêneo de desordens com variadas causas. Ao longo dos anos, a definição de retardo mental e seus critérios de classificação têm mudado, afetando drasticamente a incidência de deficiência mental. A definição atual de RETARDO MENTAL, segundo a American Association on Mental Retardation (Associação Americana de Retardo Mental) (AAMR), adotada em 1992 estabelece que “Retardo Mental” refere-se:

  2. O novo sistema de classificação define quatro níveis de apoio DE DEFICIÊNCIA INTELECTUAL. Apresente:

  3. Entre os estudantes surdos, aproximadamente dois terços têm SURDEZ CONGÊNITA e um terço têm SURDEZ ADQUIRIDA. Existem três tipos principais de perda auditiva CONDUTIVA, SENSORIAL e MISTA. Quanto a PERDA CONDUTIVA podemos afirmar que:

  4. As competições oficiais regionais, nacionais e internacionais, são efetivadas respeitando a classificação esportiva internacional da pessoa com deficiência visual em três classes. Quais são?

  5. Há uma grande diversidade entre os indivíduos que possuem deficiências visuais, mas algumas características parecem ocorrer com maior frequência dentre esse grupo do que entre as pessoas que enxergam. Quais são essas características?

  6. Apresente na sequencia os programas da grande área psicomotora a serem ministrados ao aluno cego nas aulas de educação física respeitando os níveis escolares e as etapas de aprendizagem.

  7. Quais os traços de personalidade apresentados pelas pessoas com deficiência visual que apresentam problemas psicomotores que influenciam na relação EU mundo, na medida que o corpo não consegue captar adequadamente informação do meio ambiente e operar sobre o mesmo de forma funcional?

  8. Apresente a classificação da Deficiência auditiva quanto a perda em decibéis.

  9. Escreva sobre o momento de perda da audição.

  10. Explique o golboll para pessoas com deficiência visual.

  11. Explique a importância da classificação funcional desportiva para a pratica do esporte paralimpico.

  12. Explique porque da mudança do termo Paraolímpico para Paralímpico.

  13. Quais as preocupações que um professor de Educação Física deve ter com alunos com Síndrome de Down?

  14. O que é autismo? Quais são as suas características?

  15. Explique a classificação do basquetebol quanto ao time em quadra.


VII – BIBLIOGRAFIA



BIBLIOGRAFIA BÁSICA
1) GORGATTI, M.G.; COSTA, R.F. Atividade física adaptada - qualidade de vida para pessoas com necessidades especiais. Ed. Manole, 2005.

2) WINNICK, J. Educação Física e Esportes adaptados. Ed. Manole, 2004.


3) FRONTERA, W. Exercício físico e reabilitação. Ed. ArtMed, 2001.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
1) ALMEIDA, A.C. “Surdez, paixão e dança”. São Paulo, Olho d’Água, 2000.

2) ASSOCIATION OF SWINNING THERAPY Natação para deficientes. Ed. Manole, 2000.



3) WINNICK, J.P.; SHORT, F.X. Testes de aptidão física para jovens com necessidades especiais. Ed. Manole, 2001.

4) MOSQUERA, C.F.F. Educação física para deficientes visuais. Ed. Sprint, 2000.


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal