Comissão permanente de licitaçÃo cpl/sgpf/ses/go edital concorrência pública nº 003/2014 – ses/GO


Da classificação das atividades e tarefas



Baixar 1.51 Mb.
Página21/33
Encontro29.07.2016
Tamanho1.51 Mb.
1   ...   17   18   19   20   21   22   23   24   ...   33

7.2 Da classificação das atividades e tarefas


Os esforços a serem realizados para a execução das tarefas e atividades objeto deste Termo de Referência serão medidos em Unidades de Serviço Técnico. Para aumentar a clareza na definição das tarefas e seus respectivos esforços estimados, optou-se por estabelecer uma classificação em 03 (três) tipos, a saber:
Rotineiras – tarefas de periodicidade previamente definidas para execução;

Sistêmicas – tarefas de que não possuem periodicidade de execução estabelecida, com características de curta duração e que são remuneradas pelo número de execuções no período.

Projetizadas – tarefas empreendidas, tempestivamente, para execução de serviço com resultado específico, executados de forma planejada, com início e término preestabelecido.

Desta forma é possível, utilizando uma métrica uniforme, compartimentalizar as tarefas de acordo com sua periodicidade ou frequência de execução possibilitando maior controle e transparência.


  1. 8. Abrangência


A implantação do SIGA-SAÚDE objeto deste TR será realizada em colaboração entre a SES/GO e os Municípios goianos da Regional de Saúde Sudoeste I. A previsão inicial é de que o SIGA Saúde seja implantado nos 18 municípios da Regional de Saúde Sudoeste I em até 90 Unidades de Saúde.

A implantação do SIGA Saúde em cada Unidade de Saúde deverá contemplar, no que couber, a Lista Mínima das funcionalidades a serem implantadas nas Unidades de Saúde descritas no Anexo I deste Termo de Referência.


  1. 8.1 Região de abrangência


O SIGA-Saúde será implantado primeiramente nos 18 municípios da Regional de Saúde Sudoeste I do Estado de Goiás: Rio Verde, Cachoeira Alta, Itaja, Itarumã, Lagoa Santa, Quirinópolis, Castelândia, Paranaiguara, São Simão, Caçu, Acreúna, Aparecida do Rio Doce, Santo Antônio da Barra, Montividiu, Santa Helena de Goiás, Maurilândia, Porteirão e Turvelândia. Além disso, consta do escopo deste projeto o Hospital Santa Helena, localizado no Município de Santa Helena de Goiás, que é referência na região. A população a ser atendida totaliza 570 mil habitantes.
  1. 8.2 Quantitativos estimados


A tabela a seguir detalha o número de unidades de Saúde da Regional Sudoeste I a serem beneficiadas com a implantação do SIGA Saúde na primeira fase do projeto.


Município

Centro de Saúde

Unidade Básica de Saúde



Clínica Especializada

Ambulatório Especializado



Acreúna

7

-

Aparecida do Rio Doce

1

-

Cachoeira Alta

3

-

Caçu

4

-

Castelândia

1

-

Itajá

1

-

Itarumí

2

-

Lagoa Santa

1

-

Maurilândia

2

-

Montividiu

3

-

Paranaiguara

3

-

Porteirão

1

-

Quirinópolis

10

2

Rio Verde

13

19

Santa Helena de Goiás

6

2

Santo Antônio da Barra

1

-

São Simão

6

-

Turvelândia

1

-

Total

66

23




Total Geral

89

A este quantitativo deve ser acrescido a implantação a ser realizada no Hospital de Urgências da Região Sudoeste – HURSO totalizando 90 implantações a serem realizadas.


  1. 8.3 Equipamento de microinformática, redes e link de dados


Caberá exclusivamente ao estado e municípios prover a infraestrutura de redes e os equipamentos de microinformática necessários à implantação do SIGA Saúde em cada Unidade de Saúde sob sua administração.

Não faz parte do escopo de fornecimento deste TERMO DE REFERÊNCIA à aquisição e implantação de computadores, redes e infraestrutura de TI para uso nas unidades de saúde.

Em princípio, para utilização plena do SIGA-Saúde estas unidades deverão dispor de um computador com acesso à internet e um software de navegação na Internet.




  1. Compartilhe com seus amigos:
1   ...   17   18   19   20   21   22   23   24   ...   33


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal