Compilação e cruzamento de dados



Baixar 73.82 Kb.
Encontro26.07.2016
Tamanho73.82 Kb.

Compilação e cruzamento de dados: www.noticenter.com.br



A participação de Santa Catarina no mercado

têxtil do Sul do País - 2006


Dois rankings publicados recentemente mostram a supremacia da indústria têxtil catarinense em relação ao Sul do Brasil. Um deles é o Anuário Brasil Têxtil, editado pela Abit – Associação Brasileira da Indústria Têxtil, que traz uma relação das 210 maiores empresas do setor no País. Deste total, 51 empresas são catarinenses, número que responde a 21,1%. Dentre os estados do Sul, o Paraná conta com apenas quatro empresas na lista. O Rio Grande do Sul tem cinco empresas. Outro importante indicador do potencial têxtil de Santa Catarina é o ranking das 600 maiores empresas do Sul elaborado pela Fundação Getulio Vargas. Entre as dez maiores do setor têxtil na região, oito são catarinenses.
O Anuário da Abit revela que as 51 maiores empresas catarinenses do setor empregam cerca de 53 mil pessoas diretamente. O maior pólo têxtil continua sendo a cidade de Blumenau. Nela estão concentrados 20,5 mil dos empregos gerados pelas 51 maiores empresas (41%). Blumenau tem também o maior número de empresas listadas no anuário: 12. Em seguida aparecem Brusque, com sete empresas e Jaraguá, com quatro. No número de empregos, no entanto, a situação se inverte: as quatro empresas de Jaraguá geram 12 mil empregos, contra 5,8 mil empregos das sete empresas de Brusque.
A grande maioria das empresas catarinenses classificadas entre as maiores pela Abit é do setor de vestuário. São 33. O segmento têxtil aparece com 18 empresas.
MÉDIA DE IDADE REVELA TRADIÇÃO
De acordo com o anuário, a empresa mais antiga de SC é a Hering, fundada em 1880. A mais nova é a Fakini, de Pomerode, fundada em 2004. A idade média das têxteis catarinenses é de 43,5 anos, o que demonstra a longevidade da maioria delas. As empresas de Brusque têm uma idade média de 68 anos.
SUPREMACIA NO SUL
O ranking das principais empresas têxteis do Sul, elaborado pela FGV e publicado pela revista Expressão, revela que as 10 maiores faturam juntas R$ 1,9 bilhão. Oito delas são catarinenses e alcançam um faturamento conjunto de R$ 1,7 bilhão. Ou seja: 89% do total.
Em Santa Catarina, Blumenau se mantém como maior pólo do setor têxtil, reunindo quatro das dez maiores do Sul: Hering, Teka, Cremer e Karsten. Elas alcançam um faturamento somado de R$ 1 bilhão, cerca de 50% do total faturado pelas dez maiores do Sul.
Abaixo, tabela com as dez maiores empresas têxteis do Sul, de acordo com a Fundação Getulio Vargas:


AS 10 MAIORES EMPRESAS TEXTEIS DO SUL DO BRASIL

Empresa

UF

Faturamento em
milhares de reais

Hering

SC

320.295

Teka

SC

260.703

Karsten

SC

249.613

Marisol

SC

236.831

Döhler

SC

205.120

Cremer

SC

197.581

Pettenati

RS

170.164

Buettner

SC

160.338

Fitesa

RS

106.036

Círculo

SC

89.932

Fonte: FGV/Revista Expressão

A tabela abaixo mostra as 51 maiores empresas têxteis catarineneses, de acordo com o Anuário Brasil Têxtil 2006, elaborado pela Abit – Associação Brasileira da Indústria Têxtil. Obs: a pesquisa não apresenta o faturamento de todas as empresas.




PRINCIPAIS INDÚSTRIAS TEXTEIS CATARINENSES
Fonte: anuário ABIT 2006


Empresas

Cidade

Funcionários

Faturamento em R$

Fundação

Malharia Brandili.

Apiúna

1.100




1964

Haco Etiquetas.

Blumenau

1.200




1928

Malhas Soft S.A Enobrecimento Têxtil

Blumenau

203




1987

Altenburg Ind. Têxtil.

Blumenau

700




1951

Karsten S.A

Blumenau

2.536




1882

TEKA - Tecelagem Kuehnrich S.A

Blumenau

6.000

420.000.000,00

1935

Cia. Hering

Blumenau

4.505

376.590.000,00

1880

Dudalina S.A

Blumenau

1.000

96.000.000,00

1957

Malharia Cristina.

Blumenau

800




1970

Pacífico Sul. Ind. Têxtil e Confec. .

Blumenau

350




1989

Sanju Ind. Têxtil.

Blumenau

250




1995

Sulfabril S.A

Blumenau

1.400




1947

Têxtil HB - Greenjam

Blumenau

82




2000

Cremer

Blumenau

1.500

190.000.000,00

1935

Cia. Industrial Schlosser S.A

Brusque

559




1911

Fábrica de Tecidos Carlos Renaux

Brusque

1.100




1892

Têxtil Renaux S.A

Brusque

745




1925

Tituraria Florisa

Brusque

221




1967

Buettner S.A Ind. Com.

Brusque

1.696

186.006.775,00

1898

Indústria Appel

Brusque

200




1974

A M C Têxtil - Colcci

Brusque

1.300




1986

Circulo S.A

Gaspar

1.240

110.000.000,00

1937

Dicotone Têxtil

Gaspar

180




1984

Lunender S.A

Guaramirim

600




1983

Pólo New Ind. E Com. Do Vestuário

Guaramirim

130




1979

Tapajós Têxtil

Indaial

350




1958

Karlache Com. E Ind. Têxtil

Jaraguá do Sul

200




1994

A M C Têxtil - Menegotti Mlhas

Jaraguá do Sul

670




1980

Malwee Malhas

Jaraguá do Sul

5.500




1968

Marisol S.A

Jaraguá do Sul

6.313

425.216.000,00

1964

Douta Cia. Têxtil S.A

Joinville

300

24.076.000,00

1973

Fibra Malhas - Delates

Joinville

210




1981

Malharia Mana

Joinville

340

17.751.565,59

1984

Malharia Princesa S.A

Joinville

100




1952

Afetes Ind.com. E Rederes.

Joinville

143




1977

Cia. Fabril Lepra

Joinville

630

79.284.742,00

1907

Dohler S.A

Joinville

2.200




1881

Cativa Têxtil Ind. E Com.

Pomerode

1.250




1988

Dublack Ind. E Com.de Malhas

Pomerode

400




1983

Fakini Têxtil .

Pomerode

350




2004

Kyly Ind. Têxtil

Pomerode

600

69.061.000,00

1985

Dioxes Ind. Com Confecções

Rio do Sul

165




2003

Malhas Carlan

Rio do Sul

80




1980

Blue In Confecções

Rio dos Cedros

150




1996

Fiação São Bento S.A

São Bento do Sul

570

84.501.000,00

1948

Buddemeyer S.A

São Bento do Sul

770

88.121.000,00

1951

Clássico Ind. De Artigos Esportivos

Saudades

600




1979

Indústria Acrilan .

Timbó

450




1993

Malharia Diana

Timbó

907

39.541.774,00

1958

Malhas Wilson .

Timbó

250




1973

Beckhauser Ind. Com. De Malhas .

Tubarão

196

55.341.936,16

1999


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal