Comunicação



Baixar 43.14 Kb.
Encontro30.07.2016
Tamanho43.14 Kb.

Comunicação






UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

JÚLIO DE MESQUITA FILHO”



Ano

2013





PROGRAMA DE DISCIPLINA


Unidade universitária: Faculdade de Filosofia e Ciências

Curso: Biblioteconomia

Habilitação:

Opção: Bacharelado

Departamento responsável: Ciência da Informação



IDENTIFICAÇÃO

Código

Disciplina ou Estágio

Seriação ideal




COMUNICAÇÃO

1ª série

Obrig./Opt./Est.

Pré/Co/Requisitos

Anual/Sem.

Obrigatória

-

2º período

Crédito

Carga horária total

Distribuição da carga horária

04

60

Teórica

Prática

Teor./Pr.

Outras

60

-

-

-




NÚMERO DE ALUNOS POR TURMA

Aulas teóricas

Aulas práticas

Aulas teórico-práticas

Outras

35

-

-

-



EMENTA

Comunicação, cultura e sociedade. Meios de comunicação. As teorias da comunicação. Processo de comunicação, modalidades da mensagem, natureza dos veículos de comunicação. Comunicação e suas relações interdisciplinares. Comunicação e Ciência da Informação.

OBJETIVOS

- Compreender os fundamentos científicos da comunicação;

- Conhecer as estratégias de comunicação das unidades de informação;

- Identificar a função comunicativa das unidades de informação;

- Discutir as interfaces entre informação e comunicação



CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

1 Conceito de comunicação

1.1 Comunicação, cultura e sociedade

1.2 Conceito de comunicação

1.3 Elementos do processo de comunicação

2 Teorias e escolas da comunicação

2.1 Teoria da informação

2.2 Indústria cultural

2.3 Estudos culturais e de recepção

2.4 Teorias semióticas

2.5 Abordagens contemporâneas

3 Canais e meios de comunicação

3.1 Meios de comunicação de massa

3.2 Canais e veículos de comunicação

4 Comunicação e informação

4.1 Questões conceituais

4.2 Ciclo da informação

4.3 Ciência da Comunicação e Ciência da Informação

5 Unidades de informação e comunicação

5.1 Comunicação em ambientes informacionais

5.2 Comunicação científica

5.3 Comunicação formal e informal

METODOLOGIA DO ENSINO

- Procedimentos de ensino:

- aulas expositivas;

- orientações individuais e em grupo;

- análise e discussão de trabalhos;

- Tecnologias e recursos didáticos:

- lousa e giz;

- transparências e slides;

- retroprojetor;

- projetor Multimídia;

- Atividades discentes:

- leitura, discussão e redação de textos;

- avaliação escrita;

- apresentação de seminários.

BIBLIOGRAFIA

BÁSICA

BORDENAVE, J. E. D. O que é comunicação. 22. ed. São Paulo: Brasiliense, 1997.

COELHO NETTO, J. T. Semiótica, informação e comunicação: diagrama da teoria dos signos. 6. ed. São Paulo: Perspectiva, 2003.

MATTELART, A.; MATTELART, M. História das teorias da comunicação. 3. ed. São Paulo: Loyola, 1999.

MATTELARD, A. A globalização da comunicação. Bauru: Edusc, 2000.

THOMPSON, J. B. A mídia e a modernidade: uma teoria social da mídia. Petrópolis: Vozes, 2008.



COMPLEMENTAR

ADORNO, T. et al. Teoria da cultura de massa. 3. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

BARRETO, A. A. Agregados de informação: memórias, esquecimento e estoques de informação. DataGramaZero: Revista de Ciência da Informação, Rio de Janeiro, v. 1, n. 3, jun. 2000. Disponível: . Acesso em: 27 set. 2009.

BARRETO, A. A. A informação em seus momentos de passagem. DataGramaZero: Revista de Ciência da Informação, Rio de Janeiro, v. 2, n. 4, ago. 2001. Disponível: . Acesso em: 27 set. 2009.

BARRETO, A. A. Mudança estrutural no fluxo do conhecimento: a comunicação eletrônica. Ciência da Informação, Brasília, v. 27, n. 2, p. 122-127, maio/ago. 1998.

BERLO, D.K. O processo da comunicação. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

BERTRAND, C.-J. A deontologia das mídias. Bauru: Edusc, 1999.

BOURDIEU, P. Contrafogos: táticas para enfrentar a invasão neoliberal. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.

COELHO NETTO, J. T. A biblioteca como modelo do sistema de comunicação. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 11, n. 1/2, p. 29-32, jan./jun. 1978.

COELHO NETTO, J. T. O que é indústria cultural. 8. ed. São Paulo: Brasiliense, 1986.

DUPAS, G. Ética e poder na sociedade da informação. São Paulo: Editora UNESP, 2000.

ECO, U. Apocalípticos e integrados. São Paulo, Perspectiva, 2008.

GOMES, H. F. A interligação entre comunicação e informação. DataGramaZero: Revista de Ciência da Informação, Rio de Janeiro, v. 11, n. 3, jun. 2010. Disponível: < http://www.dgz.org.br/jun10/Art_03.htm>. Acesso em: 27 jun. 2010.

GUARESCHI, P. Comunicação & poder: a presença e o papel dos meios de comunicação de massa estrangeiros na América Latina. 13. ed. Petrópolis: Vozes, 2001.

HARVEY, D. Condição pós-moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. 10. ed. São Paulo: Loyola, 2001.

JACKS, N. Mídia nativa: indústria cultural e cultura regional. Porto Alegre: Ed. UFRGS, 1998.

LAGE, N. Estrutura da notícia. 5. ed. São Paulo: Ática, 2000.

LASTRES, H. M.M. Informação e globalização na era do conhecimento. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

LÉVY, P. A inteligência coletiva. São Paulo: Loyola, 1997.

LOJKINE, J. A revolução informacional. 2.ed. São Paulo: Cortez, 1999.

LOPES, M. I. V. Pesquisa em comunicação. 6. ed. São Paulo: Loyola, 2001.

MARTIN-BARBERO, J. Dos meios às mediações: comunicação, cultura e hegemonia. Rio de Janeiro: EdUFRJ, 2006.

MARTINO, L. M. S. Teoria da comunicação: ideias, conceitos e métodos. Petrópolis: Vozes, 2009.

MATTELART, A. História da sociedade da informação. São Paulo: Loyola, 2002.

MCGARRY, K. O contexto dinâmico da informação: uma análise introdutória. Tradução de Helena Vilar de Lemos. Brasília: Briquet de Lemos / Livros, 1999.

MIÈGE, B. O pensamento comunicacional. Petrópolis: Vozes, 2000.

MILANESI, L.A. O paraíso via Embratel: o processo de integração de uma cidade do interior paulista na sociedade de consumo. São Paulo: Paz e Terra, 1985.

MINISTÉRIO da Ciência e Tecnologia. Sociedade da Informação no Brasil. Brasília: MCT, 2000.

MUELLER, M. S. Comunicação, informação, biblioteca: uma abordagem integradora – um questionamento. Revista da Escola de Biblioteconomia da UFMG, Belo Horizonte, v. 19, n. 1, p. 7-23, mar. 1990.

PIGNATARI, D. Informação. Linguagem. Comunicação. 8. ed. São Paulo: Perspectiva, 1977.

PINTO, V. N. Comunicação e cultura brasileira. 5. ed. São Paulo: Ática, 2000.

SANTAELLA, L. Navegar no ciberespaço: o perfil cognitivo do leitor imersivo. São Paulo: Paulus, 2004.

SARTORI, G. Homo videns: televisão e pós-pensamento. Bauru: EDUSC, 2001.

CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO DE APRENDIZAGEM

- Participação em aula;

- Provas;

- Trabalhos.

REGIME DE RECUPERAÇÃO

A recuperação será realizada nos termos da Resolução Unesp nº 106, de 7 de agosto de 2012.

ASSINATURA DO RESPONSÁVEL

Prof. Carlos Cândido de Almeida




APROVAÇÃO

Departamento

Conselho de Curso de Graduação

Comissão Permanente de Ensino

_____/ _____/ _____




_____/ _____/ _____

_____/ _____/ _____

Carimbo e assinatura do Chefe de Departamento



Carimbo e assinatura do Coordenador do Conselho de Curso de Graduação



Carimbo e assinatura do Presidente da Comissão Permanente de Ensino




©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal