Comunicado de imprensa



Baixar 10.92 Kb.
Encontro28.07.2016
Tamanho10.92 Kb.


COMUNICADO DE IMPRENSA
XI Encontros com a História

As independências africanas, a construção dos países e das identidades nacionais
Os Encontros com a História pretendem ser uma sede de diálogo entre cientistas sociais moçambicanos e portugueses, sedimentando uma cooperação científica que se quer aprofundada e cada vez mais profícua. Com o patrocínio exclusivo das Páginas Amarelas - Listas Telefónicas de Moçambique, os XI Encontros com a História decorrem no Centro Cultural Português em Maputo (dias 8, 15 de Abril) e na Faculdade de Letras e Ciências Sociais da UEM (dia 22 de Abril) numa parceria com o Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa e têm este ano extensões ao Xai-Xai (13 de Abril) e à Beira (17 e 18 de Abril).
Ao longo dos anos, tem-se procurado facultar aos alunos de várias universidades a participação pública em debates de índole académica fora do contexto estrito das aulas. Os Encontros com a História têm servido para a apresentação quer de “estudos de caso” empiricamente fundados e teoricamente relevantes, quer de “estados da arte” sobre várias temáticas a cargo de especialistas convidados. Este ano, os Encontros com a História versam As independências africanas, a construção dos países e das identidades nacionais.
Após a abordagem, em 2014, da temática das lutas independentistas, na presente edição dos Encontros com a História pretendemos promover uma reflexão sobre os percursos dos Cinco países africanos de expressão portuguesa entre 1973 e 1975.
Se já se dispõe de quantidade apreciável de estudos sobre as circunstâncias em que se empreenderam as lutas de libertação e dos caminhos trilhados após a independência, ainda são escassos os estudos aturados sobre este período iniciado há 40 anos. Mas apesar do ainda curto lapso temporal na vida dos países, os quatro decénios decorridos permitem já reflexões sobre a construção dos Estados, países, nações e identidades nacionais. Será porventura relevante equacionar que a evolução histórica também ganhou contornos completamente imprevistos à data das independências, fruto das mudanças ocorridas no mundo, por efeito da chamada globalização a que todos os países, incluindo os africanos, se tornaram, embora sob diferentes condições e com consequências assaz diversas, muito permeáveis.
Sugerida pelos incessantes desafios da realidade social em acelerada mutação, a permanente reflexão sobre a história recente é condição para tornar o conhecimento histórico um saber pertinente e útil. Os XI Encontros com a História proporcionarão a oportunidade para uma reflexão sobre a construção dos países e das identidades nacionais, assim como sobre a reflexão científica e o saber construído a respeito dos 40 anos que nos separam daquele momento historicamente marcante.
Programa

Dia 8 de Abril

- Pedro Aires Oliveira (Instituto de História Contemporânea, FCSH/UNL): Portugal – Moçambique: do Fim do Império à Construção da Relação Pós-Colonial

- Napoleão Gaspar (FLCS/UEM): A independência de Moçambique e a evolução das relações políticas e económicas com os vizinhos: o caso do trabalho migratório para as minas sul-africanas, 1975 – c. 1986

(Moderador: Aurélio Rocha, UEM)
Dia 15 de Abril

- Paulo Jorge Fernandes (Instituto de História Contemporânea, FCSH/UNL): Imagens e Representações sobre o fim do Império: a transição política e a independência de Moçambique na imprensa local (1974-1977)

- João Mosca (Universidade Politécnica): (Des)continuidades dos sistemas económicos em Moçambique e Angola. Comparação entre o antes e o depois da independência

(Moderador: Augusto Nascimento, IICT)
Dia 22 de Abril

- Augusto Nascimento (Instituto de Investigação Científica e Tropical): A construção de Estados e de nações em tempo de contingências e de acelerada mudança política e social

- Aurélio Rocha (UEM): Estado-Nação e estratégias de afirmação da identidade nacional moçambicana

(Moderador: Joel das Neves, AHM)

Locais e Horário:

Dias 8 e 15 de Abril Dia 22 de Abril

Centro Cultural Português em Maputo Faculdade de Letras e Ciências Sociais

Av. Julius Nyerere, 720 UEM – Anfiteatro 1501

18h00 Campus Universitário



18h00


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal