Concursos william Douglas



Baixar 10.84 Kb.
Encontro29.07.2016
Tamanho10.84 Kb.




CONCURSOS

William Douglas



www.williamdouglas.com.br


Gosto não se discute, treina-se*
Todos temos aquelas matérias que gostamos mais e aquelas com as quais não nos identificamos. Muitos continuam evitando e protelando o estudo daquelas disciplinas que não gostam. Entretanto, é importante saber que estudar é divertido, independente de gostar ou não da matéria, estudar deve ser considerado algo prazeroso, um hábito de vida, inclusive e principalmente o estudo daqueles assuntos que não valorizamos muito ou com os quais não nos identificamos. Mantenha algo em mente:

Você não gosta de uma matéria porque a aprende.

Você aprende uma matéria porque gosta dela.

Se você quer começar a aprender uma matéria,

Comece por aprender a gostar dela.

Portanto, se há matérias que você não gosta ou que não quer lidar, está na hora de mudar de atitude. Se até ontem você estudava mais as matérias que gostava. Agora, é hora de gostar de todas e como gosta de todas, deve estudar mais as que ainda sabe menos.

Tenho um amigo que queria ser Promotor de Justiça. Ele adorava Direito Penal e Processual Penal e detestava Direito Civil e Processual Civil. Por isso, só estudava o que gostava. Eu disse a ele para estudar o que sabia menos. Cheguei a conseguir um estágio com um excelente Promotor, exatamente na área em que ele era mais fraco. Sabe por que ele não fez este estágio? Porque recebeu um convite para estagiar no Tribunal do Júri, na área em que ele mais amava. Quando falou-me isto, todo orgulhoso, eu disse que ele estava fazendo a besteira do século, mas não adiantou.

O final da história é que ele sempre ficou reprovado no concurso para Promotor exatamente em Direito Civil e Processual Civil. Da última vez em que nos falamos, era Delegado de Polícia (concurso em que não cai Direito Civil e Processual Civil). Ser Delegado é uma das profissões mais emocionantes e interessantes que conheço, da qual sinto saudades. O problema é que este não era o sonho do meu amigo. Ele até então não tinha alcançado o seu sonho porque recusava-se a estudar matérias que não gostava, mas que precisava saber para poder pertencer ao Ministério Público.

Será que eu tenho o direito de não gostar de alguma matéria? Depende, você pode desprezá-la se ela passar no teste referido abaixo, o item: matérias que não queremos estudar.
EXISTEM MATÉRIAS QUE PODEMOS NÃO ESTUDAR?

Você acabou de ler sobre as matérias que gosta e as que deve começar a gostar. Por outro lado, há matérias que gostaríamos de não ter de estudar. Isto é possível? Bem, depende de um julgamento a ser feito:



Dá para viver sem essa matéria?

A resposta vai indicar o melhor caminho:

1) Você vive sem ela. Eu, por exemplo, nunca gostei de química, apesar de cair no vestibular. Lendo o edital, verifiquei que haveria um provão com 90 questões, sendo 9 de química (apenas 10% do total em jogo). Para passar no provão era preciso acertar 50% da prova. Nas específicas, cairia apenas português, inglês, história e geografia.

Cheguei à conclusão de que com o tempo que iria gastar até aprender química para acertar alguma das 9 questões, era melhor estudar mais as outras matérias (principalmente as que cairiam na prova específica). Com efeito, deu para viver sem química. Passei no vestibular e nunca precisei gostar dela.

2) Não dá para você viver sem ela. Isto acontece quando a matéria é essencial para se passar na prova. Dependendo do concurso, há matérias indispensáveis, aquelas cujo peso na pontuação geral é muito grande ou que são eliminatórias. Também já aconteceu comigo com Direito Comercial, por exemplo, que tive de aprender para tornar-me Juiz de Direito. Em casos como esse, amigo o melhor conselho é aprender a amar a matéria, para poder aprendê-la e tirar o melhor que puder desse aprendizado.

Portanto, se você não pode deixar de estudar uma matéria, lembre-se de que estudá-la é a chave para a mudança de vida e o novo futuro que você tem planejado, há tanto tempo.



*William Douglas é juiz federal, professor universitário, palestrante e autor de mais de 40 obras, dentre elas o best-seller “Como Passar em Provas e Concursos”www.williamdouglas.com.br. Acompanhe-o nas redes sociais (@site_wd, William Douglas - Figura Pública e Comunidade William Douglas)

 




Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal