ContribuiçÃo negocial



Baixar 5.9 Kb.
Encontro20.07.2016
Tamanho5.9 Kb.
CONTRIBUIÇÃO NEGOCIAL

1) O que é a Contribuição Negocial prevista na Cláusula 31 da CCT 2015/2016 do SINFREN?


Resposta: A Contribuição Negocial prevista nessa cláusula é devida por todos os trabalhadores e serve para a manutenção das despesas mensais do Sindicato, tais como convênios médicos e odontológicos, atividades de lazer, campeonato de futebol, pagamento de pessoal e outras despesas para a manutenção do Sindicato.
2) Qual a importância da Contribuição Negocial para o Sindicato?
Resposta: É importante pois faz parte do Orçamento Anual do Sindicato para a sua manutenção de acordo com o que colocamos acima. Sem este dinheiro a entidade, como qualquer negócio, não sobrevive.
3) Qual o percentual que é descontado do trabalhador?
Resposta: Nesta CCT 2015/2016 foi aprovado, em assembléia geral dos trabalhadores, o percentual de 6% descontados em duas parcelas de 3%, sendo uma no mês de maio e outra no mês de novembro de 2015.
4) Posso me opor a contribuir para o Sindicato?
Resposta: Fica assegurado aos empregados o direito de oposição à referida contribuição, o qual deverá ser apresentado individualmente pelo empregado, diretamente ao sindicato profissional, em sua sede, até 30 dias após o desconto, sem efeito retroativo, em requerimento manuscrito, com identificação e assinatura do oponente. Em se tratando de empregado analfabeto, ele poderá opor-se pessoalmente na sede do sindicato, através de termo redigido por outrem, no qual deverá constar sua firma atestada por duas testemunhas devidamente identificadas.

5) O que o trabalhador que não quer o desconto da Contribuição Negocial,   QUALQUER QUE SEJA O SINDICATO A QUE PERTENCE, está fazendo?



Resposta: Não está reconhecendo e nem concordando com as conquistas em Convenção Coletiva de Trabalho de seu sindicato de classe; Não está reconhecendo o sindicato como seu único representante; Só está pensando nele, esquecendo que tem toda uma categoria envolvida e que, sem o sindicato, sua estrutura, seus empregados, ou seja, toda a categoria estaria sem representatividade. Por fim está contribuindo com o enfraquecimento de sua entidade. Lembre-se: a empresa tem seu sindicato representativo e não abre mão dele e nenhum dos patrões deixa de contribuir com seu sindicato!!!


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal