Cristina Nogueira da Silva, Biografia e curriculum (2005-2014) Biografia



Baixar 62.56 Kb.
Encontro27.07.2016
Tamanho62.56 Kb.
Cristina Nogueira da Silva, Biografia e curriculum (2005-2014)

Biografia

É Professora na Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, onde lecciona as disciplinas de História (História do Direito, História das Ideias Políticas, História das instituições - perspectivas históricas sobre a cidadania), no primeiro e segundo ciclos, e a disciplina Direito e Sociedade, no terceiro ciclo.

É licenciada em História (Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 1985-89). Concluiu o Mestrado em Ciências Sociais (História e Sociologia do Poder) no Instituto de Ciências Sociais da Universidade Lisboa (1997), tendo publicado a respectiva dissertação com o título O Modelo Espacial do Estado Moderno, Reorganização Territorial em Portugal nos Finais do Antigo Regime (Lisboa, Editorial Estampa, 1998). Doutorou-se em História do Direito na Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa (2005).

Foi membro da equipa de investigação de vários projectos sobre história institucional e política da época moderna e contemporânea (no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, no Arquivo Nacional da Torre do Tombo, na Faculdade de Direito e de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa).

Actualmente, as suas principais áreas de investigação são o pensamento liberal e a cidadania nos séculos XIX-XX e a história do estatuto jurídico dos territórios e populações do ultramar português, tema sobre o qual publicou um livro (Constitucionalismo e Império. A cidadania no Ultramar português, Coimbra, Almedina, 2010) e vários artigos, em Portugal e no estrangeiro.

Integrou e/ou integra, entre outras, a equipa de investigação dos seguintes projectos: Fontes Digitais para a História do Direito Português; O Governo dos Outros. Imaginários Políticos no Império Português (1496-1961), no âmbito do qual coordena os trabalhos desenvolvidos no Cedis (Centro de Estudos em Direito e Sociedade da Faculdade de Lisboa da UNL, instituição participante); População e Império. A demografia e os processos estatísticos no ultramar português, 1776-1875; Soberania pós-nacional: a União Europeia rumo a uma identidade política.

Coordena o trabalho da parte portuguesa do projecto “Legislação: Trabalhadores e Trabalho em Portugal, Brasil e África colonial Portuguesa”, em colaboração com Instituto de Filosofia e Ciências Humanas/Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).

Curriculum (abreviado, 2005-2014)

Graus Académicos

06.2005 - Doutoramento em Direito, ramo «História do Direito», na Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa.

02.1997 - Mestrado em Ciências Sociais, ramo «História e Sociologia do poder», no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (1993-1997).

07. 1989 – Licenciatura em História (1985-1989), pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.



Investigação Científica: membro da equipa de investigação dos seguintes projectos de investigação:

Soberania pós-nacional: a União Europeia rumo a uma identidade política (PTDC/FIL-ETI/108287/2008). Investigador Responsável : Professor Doutor António Marques, Instituto de Filosofia da Linguagem, da FCSH;

Governo dos Outros. Imaginários Políticos no Império Português (1496-1961) (Refª project: PTDC/HIS-HIS/104640/2008). Coordenação dos trabalhos desenvolvidos no Cedis (Centro de Estudos em Direito e Sociedade da Faculdade de Lisboa da UNL, instituição participante). Investigador Responsável: Doutora Ângela Barreto Xavier, Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa;

Fontes Digitais para a História do Direito Português (Biblioteca Digital, Cedis/Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa), co-coord. com António Manuel Hespanha

Legislação: Trabalhadores e Trabalho em Portugal, Brasil e África Colonial Portuguesa (em colaboração com a Universidade Estadual de Campinas, S Paulo, Brasil)

População e Império. A demografia e os processos estatísticos no ultramar português (Refª project: PTDC/EPH-HIS/3697/2012), 1776-1875. Investigador Responsável: Doutor Paulo Teodoro de Matos, Cham, Centro de História de Além Mar da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da UNL.

Livros:

O Modelo Espacial do Estado Moderno, Reorganização Territorial em Portugal nos Finais do Antigo Regime, Lisboa, Editorial Estampa, 1998. Recensão em Análise Social, nºs151-152, Vol. XXXIV, 2000, pp. 753-755, Nuno Gonçalo Monteiro; Diálogos, Revista do Departamento de História, Universidade Estadual de Maringá, vol. I, nº 5, 2001 (João Paulo G. Pimenta).

Constitucionalismo e Império. A cidadania no Ultramar português, Coimbra, Almedina, 2009. Recensão em Le Monde Diplomatique (ed. portuguesa), nº 45, II série, Julho de 2010, p. 20 (Nuno Dias)

Coordenação de livros

Co-organização (com Maciel Santos) do número temático, “Escravos, Libertos e Trabalho Forçado na Era das Abolições”, Africana Studia, Revista Internacional de Estudos Africanos, nº 14, 2010.



Artigos em revistas científicas/ colaboração em obras colectivas: c. de 60 artigos e textos. Nomeadamente, entre os mais recentes:

“O registo da diferença: fotografia e classificação jurídica das populações coloniais”, in Filipa Vicente (Org.), O Império da Visão, Coimbra, Edições70-Almedina, 2014, entregue para publicação.

“Um longo caminho para a liberdade”: a abolição legislativa da escravatura em Portugal (1836-1875)”, em publicação.

“Interdisciplinaridade, Direito e História Cultural do Direito”, Jorge Bacelar Gouveia, Henriques José Henriques, Gildo Espada e Francisco Pereira Coutinho (orgs.), III Congresso do Direito de Língua Portuguesa, Justiça, Desenvolvimento e Cidadania, Coimbra, Almedina, 2014.

“Como contar a história dos Direitos Humanos? Algumas questões metodológicas”, in Paulo Barcelos (org.), Direitos Fundamentais e soberania na Europa. História e Actualidade, entregue para publicação.

“Universalism, Legal pluralism and Citizenship: Portuguese Imperial policies in citizenship and law in the nineteenth century”, in Clifford Ando and Jean Frederick Shaub, (org.), The Antonine Constitution after 1800 years. Citizenship and empire in Europe, 200-1900, entregue para publicação.

“Tolerância religiosa e direitos da religião católica no constitucionalismo espanhol e português, primeira metade do século XIX”, Manuel Súarez Cortina (coord.), La tolerância religiosa en la España contemporânea, Dossier Mélanges de la Casa Velázquez, t. 44, nº 1, 2014, pp. 65-88.

“Estatutos incertos: ser português e ser cidadão em territórios americanos e africanos do Império português, sécs. XIX-XX”, in Roberto Guedes (org), África: Brasileiros e Portugueses, Séculos XVI-XIX, Rio de Janeiro, MAUAD Editora, 2013.


“Da carta de alforria ao alvará de assimilação: a cidadania dos “originários de África” na América e na África portuguesas, séculos XIX e XX”, in Cecília Helena Salles de Oliveira e Márcia Berbel (orgs.), A experiência constitucional de Cádis - Espanha, Portugal e Brasil, S. Paulo, Editora Alameda, 2012, pp. 109-137.

“Natives who were Citizens and natives who were Indigenas in Portuguese Empire (1900-1926)”, in Alfred W. McCoy, Josep M. Fradera, Stephen Jacobson (eds.), Endless Empire. Spain’s Retreat, Europe’s Eclipse, America’s Decline, Madison,-Wisconsin, University of Wisconsin Press, 2012, pp. 295-306.

“Libertad, Derechos Naturales y ‘multiculturalismo’ en el pensamiento de Silvestre Pinheiro Ferreira (1769-1846)”, in Esteban Conde Naranjo (ed.), Vidas por el Derecho, Madrid, Universidad Carlos III de Madrid/Editorial Dykinson, 2012, pp. 169-221.

Cristina Nogueira da Silva, Keila Grinberg, “Soil Free from Slaves: Slave Law in late 18th – early 19th century Portugal”, Slavery & Abolition, Vol, 32, Nº 3, 2011.

« As «Normas científicas da colonização moderna» e a administração civil das colónias”, in José Miguel Sardica (org.), A I República e as colónias portuguesas , Lisboa, Centro de Estudos dos Povos e Culturas de Expressão Portuguesa, Universidade Católica portuguesa, 2010.

«Escravidão e Direitos Fundamentais no século XIX», Africana Studia, Revista Internacional de Estudos Africanos, nº 14, 2010.

“Povo e Cidadania no século XIX”, in A.A.V.V., O Povo em Portugal, Práticas e Representações, Lisboa, Edições Tinta-da-China, 2010.

“Representação Política e Cidadania no Império”, in Fernando Catroga e Pedro Tavares de Almeida (coords.), «Res Publica: Cidadania e Representação Política em Portugal, 1820-1926, Lisboa, 2010.

“Fotografando o mundo colonial africano (Moçambique, 1929)”, Revista VARIA História, º 41, 2009; “Conceitos oitocentistas de cidadania. Liberalismo e igualdade”, Análise Social, Vol.XLIV (192), 2009;

“Nação federal ou Nação bi-hemisférica ? . O Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves e o «modelo» colonial português do século XIX”, Almanack Braziliense, nº 9, Maio de 2009 (www.almanack.usp.br);

“«Modelos coloniais» no século XIX (França, Espanha, Portugal)”, in E-legal History Review, nº 7, 2009 ;

“Conceitos oitocentistas de cidadania. Liberalismo e igualdade”, Análise Social, Vol.XLIV (192), 2009;

“Nação federal ou Nação bi-hemisférica ?. O Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves e o «modelo» colonial português do século XIX”, Almanack Braziliense, nº 9, Maio de 2009 (www.almanack.usp.br);

«Progresso e Civilização: povos não europeus no discurso liberal oitocentista», Estudos Comemorativos dos 10 Anos da Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa (coord. Diogo Freitas do Amaral, Carlos Ferreira de Almeida e Marta Tavares de Almeida), Coimbra, Almedina, 2008, Vol. I, pp. 15-42;

“Liberdade e tolerância religiosa: “portugueses não católicos” no Ultramar do século XIX”, in Historia Constitucional, Revista Electrónica de Historia Constitucional (Electronic Journal of Constitutional History), http://hc.rediris.es, nº 8, 2007, pp.

Participação em Conferências e Seminários:

Participou, como oradora e, por vezes, como organizadora e comentadora, em c. de 90 encontros científicos em Lisboa [Universidade Nova de Lisboa (Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Faculdade de Direito; Faculdade de Economia; Instituto de História Contemporânea, Centro de Estudos de Além Mar), Universidade de Lisboa (Faculdade de Direito; Faculdade de Letras); ISCTE - ISCTE: Instituto de Ciências Sociais e do Trabalho ; Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa; ISCTE, Instituto Universitário de Lisboa; no Porto (Faculdade de Letras do Porto)]; Paris (École des Hautes Études en Sciences Sociales), Bordeux (Musée d’Aquitaine/Maison des Sciences de l’Homme d’Aquitaine) Oñati (International Institut for Sociology of law); Nova York (New York University), Barcelona (Facultad de Derecho, Universidade Autónoma de Barcelona; Universitat Pompeu Fabra ; Universitat Internacional Menéndez), Madrid (Facultad de Derecho, Universidade Juan Carlos II; Universidad Nacional de Educación a Distancia; Centro de Ciencias Humanas y Sociales, CSIC, Casa Vélazquez, École des hautes études hispaniques et ibériques (Casa Velázquez), Saragoza (Institución Fernando el Católico/Faculdade de Direito de Saragoza), Huelva (Facultad de Derecho, Universidad de Huelva), Toledo (Centro de Estudios Internacionales «San Juan de la Penitencia»), S. Paulo (Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade de S. Paulo; Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas - Unicamp), Rio de Janeiro (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro; Universidade Severino Sombra), Florianópolis (Universidade de Santa Catarina, Faculdade de Direito) Alessandria (Università del Piemonte Orientale, Facoltá di Scienze Politiche); Messina (Università Degli Studi di Messina), Frankfurt Am Main (Max-Planck Institut für Europäische Rechtsgeschichte), Boston (Tufts University], Roma (British School at Rome, Koninklijk Nederlans Instituut Rome, American Academy in Rome), Londres Birbeck College (The University of Sydney), Macerata (Faculdade de Direito).

.

Como oradora (2007-2014)

2014, Julho, Law and Abolition of Slavery in Portuguese Legal Narratives (18th-19th centuries), Third Biennial Conference of the European Society for Comparative Legal History, University of Macerata, July 8-9. (Panel: Slavery, Freedom and the Law in Portugal and Brazil (18th and 19th centuries).

2014, Maio, “Espagne/Portugal: quelle comparaison possible” - Table Ronde (III), Colloque International “Les États Impériaux Ibériques. Une Globalisation originale? (1808-1930), Madrid, École des hautes études hispaniques et ibériques (Casa Velázquez), 8-9 Maio.

2013, Outubro, «Libertos e Assimilados nas narrativas sobre as experiências imperiais portuguesas (séculos XIX-XX)», Seminário do Programa de Pós-graduação em História, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas.

2013, Setembro, “O registo da diferença: fotografia e classificação jurídica das populações coloniais”, Colóquio O Império da Visão: Fotografia no contexto colonial português (1860-1960), org. Filipa Vicente, ICS-UL, 26-28 de Setembro

2013, Julho, Interpreting to transform: codification and application of consuetudinary law in Portuguese African colonies (1867-1929), Painel 10: “The Overseas judiciary: new approaches on an Atlantic bureaucratic network”, Seminário Internacional Colonial (mis)understandings. Portugal and Europe in global perspective (1450-1900), CHAM, Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Nova de Lisboa, 17-20 Julho de 2013.

2013, Junho, “Como contar a História dos Direitos Humanos? Algumas questões metodológicas”, Seminário Direitos Fundamentais e soberania na Europa. História e Actualidade, IFL-FCSHUNL/Cedis-FDUNL/FL-Universidade do Porto, Porto, Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 29-30 de Junho.

2013, Junho, “Becoming na Overseas’ Portuguese Citizen: fluid narratives on imperial citizenship”, Seminário Theorizing the Portuguese Colonial Experience (Brainstorming workshop with Professor Ann Laura Stoler), ICS/Companhia das Culturas, Castro Marim, 16-17 Junho de 2013.

2013, Maio, “Between imitation and assimilation: controlling difference and similarity in the Portuguese colonial administration”, Seminário Mimesis and the Government of Difference, New Perspetives on the Portuguese Colonial Empire, Birbeck College (The University of Sydney)/ICS, Londres, 31 Maio-1 de Junho.

2013, Maio, “Uma nação espalhada por várias regiões do mundo. Portugueses naturais da Índia no Parlamento Oitocentista”, Encontro Europa-Oriente, Perspetivas Coloniais dos séculos XIX e XX”, Instituto de História Contemporânea, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa.

2013, Abril, Encontro “Re-Imagining Democracy in the Mediterranean, 1750-1860” (a Leverhulme-funded international network), Lisbon Meeting, 8 April 2013, Centro de Estudos de História Contemporânea, ISCTE, Instituto Universitário de Lisboa.

2013, Março, “Ensino do Direito, Interdisciplinaridade e história (cultural) do Direito”, III Congresso do Direito de Língua Portuguesa, Justiça, Desenvolvimento e Cidadania (org. FDUNL, Instituto de Direito de Língua Portuguesa, ISCTEM) 20-21 Março, Maputo, Instituto de Ciências e Tecnologia de Moçambique.

2012, Outubro, (com Pedro Ferreira e Manuel Magalhães), “o Governo dos Outros. Imaginários Políticos e Cidadania no Império Português”, Seminário “Marcas do Império, Colonialismo e Pós Colonialismo na Época Contemporânea”, Instituto de História Contemporânea da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas/Centro em rede de Investigação em Antropologia.

2012, Setembro, “Civil Law in the overseas: universalism, legal pluralism and citizenship in the nineteenth century Portuguese Empire”, Congresso “The Antonine Constitution after 1800 years. Citizenship and empire in Europe, 200-1900”, British School at Rome, Koninklijk Nederlans Instituut Rome, American Academy in Rome, 20-22 September 2012.

2012, Maio, “Como redigir uma Constituição tão ou mais liberal do que a Constituição de Cádis?”, Colóquio “Viva la Pepa. A Constituição de Cádis (1812): História e Atualidade”, Org. Cham, Casa da América Latina (Lisboa) e Instituto Cervantes). Mesa “A Constituição de 1812 e a sua influência na península Ibérica e na América”, integrando quatro investigadores (Carlos Garriga, Universidade do país Basco, Francisco Villacorta (Instituto de História do centro de Ciências Humanas e Sociais – Conselho Superior de Investigações Científicas, Madrid, Andréa Slemian, Universidade Federal de S. Paulo, e um moderador (José Damião Rodrigues, Universidade dos Açores e Cham).

2012, Maio, “«Seeing like a State«”? visões desencontradas sobre a reforma do território nos finais do século XVIII”, Colóquio Espaços e Poderes em Conflito, Reforma e Organização do Território no Portugal Contemporâneo, Instituto de História Contemporânea – FCSH da UNL, 25 e 26 de Maio de 2012.

2012, Abril, “Estatutos transitórios e destinos incertos no Império Português, séculos XIX-XX)”, ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, Ciclo Novas Perspectivas em História Contemporânea, Iscte-IUL, 19 de Abril de 2012

2012, Março, “Representative forms of Government and Portuguese Overseas: Colonial Mp’s and the role of the Parliament under Portuguese Empire (1822-1910)”, Christopher Schmidt-Nowara (org.), Association for Spanish and Portuguese Historical Studies 43rd Annual Meeting, March 22-25, 2012, Tufts University.

2012, Fevereiro, «Porque queriam alguns indígenas distinguir-se do ‘comum da sua raça’? Significados da 'equiparação à cidadania' em Moçambique, 1917.», Workshop “Cidadania no Império” realizado no âmbito do projecto O Governo dos Outros, Imaginação Política no Império Português (1496-1961), Instituto de Ciências Sociais da Universidade Nova de Lisboa, 14 de Fevereiro.

2012, Fevereiro, “Cosmopolitismo e hierarquias entre povos nos séculos XVIII-XIX: Como integrar os povos não europeus na ‘sociedade cosmopolita’?”, Quartas Jornadas de Teoria do Direito, Filosofia do Direito e Filosofia Social, Faculdade de Direito/Associação Portuguesa de Teoria do Direito, Filosofia do Direito e Filosofia Social, 10-13 de Fevereiro de 2012.

2011, Novembro, “Some Topics on Institutional History”, workshop on Institutional History, with Sylvain Shirmann), Conferência Internacional “Portugal e as organizações Internacionais”, Faculdade de Ciências sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa/Instituto de História Contemporânea, 10-11 Novembro de 2011.

2011, Setembro, “Representación parlamentaria de las provincias portuguesas de Ultramar en el siglo XIX: las perspectivas de un diputado (indiano) electo en Índia”, International Conference “Governing Empires, Central Administration and the Making of Colonial Policies in Late 19th Century”, Instituto de Historia, Centro de Ciencias Humanas y Sociales, CSIC, Madrid, 14-16 de Setembro.

2011, Maio (com Fernanda Domingos Pinheiro (Unicamp), “Liberdade precária: as acções de redução ao cativeiro e a cidadania dos liberyos (Mariana, 1719-1820; Portugal, 1822), Seminário Permanente de história do Brasil (org. CHAM (Centro de História de Além-Mar)), Lisboa, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da U.N.L., 25 Maio.

2011 - “ La «ciudadanía nacional» y la «ciudadanía imperial» en las primeras constituciones ibéricas (Cádiz, 1812- Lisboa, 1822), Colóquio Internacional «La Constitución de Cádiz: un modelo?” (org. Fundación Ortega y Gasset, École des hautes études hispaniques et ibériques - Casa de Velázquez - Madrid), Toledo (Centro de Estudios Internacionales «San Juan de la Penitencia»), Maio 2011.

2011, Março, “Modalidades da imitação no discurso jurídico português do século XX: a improbabilidade do «assimilado», Seminário Mimetismos coloniais no Império português, Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, Projecto FCT: Mimetismo Colonial na Ásia e África Lusófonas (www.colonialmimesis.wordpress.com).

2010,Outubro, “Territórios, Espaços e Poderes no Portugal Moderno”, em Novas Perspectivas em História moderna, Ciclo de Seminários 2010-1001, Centro de Estudos de História Contemporânea e Departamento de História do ISCTE-IUL, coord. José Vicente Serrão. 14 de Outubro de 2010

2010, Outubro, “A cidadania dos «originários de África» na América e na África portuguesas, séculos XIX-XX”, in Colóquio Internacional “A experiência Constitucional de Cádis: Espanha, Portugal e Brasil”, S. Paulo, USP, 5-7 Outubro de 2010.

2010, Setembro, “Descentralização, autonomia e participação política na administração ultramarina da Primeira república”, Colóquio Internacional «I República e Republicanismo», Lisboa, Palácio de São Bento, 29 Setembro-2 de Outubro de 2010

2010, Junho, “A literatura jurídica oitocentista e o Ultramar”, Seminário Internacional “Prosopografia e historia universitária. Proyectos y realizaciones”, Universidad Carlos III de Madrid., 21-22 Junho de 2010, co-organizado pelo Projecto « Derecho en la Europa liberal : biografías de juristas » (coord : Prof. Manuel Martínez Neira) e pelo Projecto « De la enseñanza a la ciência del derecho. E-Catálogo de catedráticos españoles, 1857-1943 (coordenador: Prof. Carlos Petit).

2010 (Junho), « Natives who were Citizens and Natives who were Indigenous in Portuguese Colonial Empire (XIX-XX Centuries) », Seminário Internacional Eclipse of Empires, Colonial Resistance, Metropolitan Decline, and Imperial Crises in the 19th and 20th Centuries, Barcelona, Universitat Pompeu Fabra, 2-3 Junho de 2010.

2010 (Fevereiro), “Direito colonial e saberes científicos sobre a colonização: a despolitização da política indígena nos finais do século XIX”, Seminário Revisitar o século XIX, Instituto de História Contemporânea, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

2009 (Novembro), “Cidadania portuguesa e Império nos séculos XIX/XX. Itinerários de uma investigação”, Seminário Vitorino Magalhães Godinho, Grupo de Sociologia Histórica Comparada, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, 24 de Novembro de 2009.

2009 (Novembro), “Escravos e Direitos fundamentais no constitucionalismo de oitocentos”, Seminário Internacional Escravos, Libertos e Trabalho Forçado na era das Abolições, Lisboa, Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, 19 e 20 de Novembro de 2009.

2009 (Outubro), Seminário aberto sobre Categorias de classificação social na monarquia portuguesa (séculos XVI/XIX): África, América, Ásia e Europa, Lisboa, 13 de Outubro, Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.

2009 (Setembro), “Populações coloniais na literatura colonial portuguesa da primeira metade do século XX”, IV Congresso “Classificar o Mundo” da Associação Portuguesa de Antropologia, Lisboa, ISCTE-ICS, 9-11 de Setembro de 2009.

2009 (Agosto), Conferência: “Do escravo ao indígena: estatutos transitórios no pensamento constitucional luso-brasileiro, século XIX e XX”, S. Paulo, Universidade de S. Paulo. Organização: Programa de Pós-graduação em História Social, 18 Agosto.

2009 (Agosto), Conferência: “Conceitos oitocentistas de cidadania: liberalismo e igualdade”, S. Paulo, Universidade de S. Paulo. Organização: Departamento de História, 17 Agosto.

2009 (Agosto), “«Não existem escravos entre nós»: fronteiras geográficas e temporais da escravidão no território português do século XIX”, Seminário “O Século XIX e as Novas Fronteiras da escravidão e da liberdade”, Rio de Janeiro/Vassouras, Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro/Universidade Severino Sombra, 11-14 de Agosto de 2009.

2009 (Junho), “Slaves as «legal persons» in Portuguese legal doctrine from the nineteenth century”, Atelier de réflexion Statuts incertains: esclaves et affranchis dans le monde atlantique (Rebecca J. Scott, Département d’histoire et Faculté de droit de l’Université du Michigan; Cristina Nogueira da Silva, Faculté de Droit de l’Université nouvelle de Lisbonne), Paris, EHESS, 15 de Junho de 2009.

2009 (Maio), “Libertos and Citizenship in Nineteenth Century Portuguese Constitutionalism”, Colloque International 2e Rencontres Atlantiques, Affranchis et descendants d’affranchis dans le monde atlantique (Europe, Afrique et Amériques) du XVe au XIXe siècle: Status juridiques, insertions sociale et identités culturelles, Bordeux, Musée d’Aquitaine/Maison des Sciences de l’Homme d’Aquitaine (no âmbito do projecto EURESCL 7E PCRD), 13-16 Maio de 2009.

2008 (Dezembro), O « Reino Unido  de Portugal, Brasil e Algarves » e a crítica à ideia de Império no pensamento político de setecentos”, Seminário Internacional Portugal, Brasil e a Europa Napoleónica, Lisboa, Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, 4-6-de Dezembro de 2008.

2008(Junho), “Modelos Coloniais no Século XIX: França e Portugal”, Congreso Internacional Contraluces de una guerra. De la invasión francesa a la recepción de sus ideas en España y Portugal, Madrid, Universidad Nacional de Educación a Distancia, 18-20 Junho de 2008.

2008 (Fevereiro), “Conceitos oitocentistas de cidadania”, Colóquio Internacional Mundos em Diálogo, Colóquio Internacional sobre literatura e direito, Faculdade de Letras (Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e Centro de Investigação em Direito e Sociedade da Faculdade de Direito da UNL), 19-20 de Fevereiro de 2008.

2007 (Novembro), “O Código Civil nas colónias portuguesas”, Colóquio Internacional Comemorativo dos 140 anos do Código Civil Português de 1867, Faculdade de Direito -Universidade Nova de Lisboa, 15-17 Novembro de 2007.

2007 (Novembro), “Fotografando o mundo colonial africano nos anos ‘30”, Colóquio Internacional Imagem e Diferença, entre identificação do outro e o conhecimento de si mesmo, Lisboa, Instituto de Ciências Sociais (ICS e Centro de História de Além-Mar), 9-10 de Novembro de 2007

2007 (Maio), “O Marquês de Pombal e o Direito”, Seminário Problemas de História do Crescimento Económico Português, Faculdade de Economia da Universidade Nova de Lisboa, 9 de Maio de 2007. (transcriçao da apresentação oral e respectiva discussão em Jorge Braga de Macedo, Luciano Amaral, Álvaro Ferreira da Silva e António Castro Henriques (orgs.), Nove Ensaios na Tradição de Jorge Borges de Macedo, Lisboa, Tribuna, 2009, pp. 280-292

2008 (Novembro),“Digitalização da Doutrina Jurídica Académica Portuguesa (c. 1800-c.1910)”, III Encontro Nacional de Bibliotecas e Arquivos Jurídicos, Lisboa, Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, 20-21 de Novembro de 2008.

2006 (Novembro), “Instituciones coloniales y fotografía, Mozambique, 1929: los álbumes de José dos Santos Rufino”, Curso Internacional Derecho y Cultura Visual, Barcelona, Consorci Universitat Internacional Menéndez Pelayo de Barcelona, Centre Ernest Lluch, 2 e 3 de Novembro de 2006.

2006 (Setembro), “Universalismo e pluralismo no Direito romano”, XVI Curso de Verão do Instituto de História Contemporânea Europa: o Paradoxo da Diversidade. O Lugar de Portugal na Construção da Identidade e da Unidade Europeias, Lisboa, Universidade Nova de Lisboa, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, 20-23 Setembro de 2006.

2006 (Junho), “Libertad, Derechos Fundamentales y «multiculturalismo» en el pensamiento de Silvestre Pinheiro Ferreiro (1769-1846)”, Congresso Internacional De la galeria a la biografia. Vidas por el Derecho en la España liberal, Doñana, Facultad de Derecho, Universidad de Huelva, 11-12 de Junho de 2006.

2005 (Dezembro), “Citizenship in the Tropics.The American and African natice world and the first Portuguese Constitutionalism”, Convegno Internazionale di Studi 1812, fra Cadice e Palermo – entre Cádiz y Palermo, Nazione, Rivoluzione, Costituzione, Rappresentanza politica, Libertà garantite, Autonomie, Università Degli Studi di Messina, Dipartimento di Storia e Comparazioni degli Ordinamenti Giuridici e Politici, 5-11 de Dezembro de 2005.

2005 (Novembro), “Nação Federal e Nação Bi-hemisférica na Filosofia Política do Iluminismo. O «Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves»”, Congresso Internacional O Espaço Atlântico de Antigo Regime: Poderes e Sociedades, Centro de História de Além Mar/Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade de Lisboa, Lisboa, 2-5 Novembro de 2005.



Como comentadora (2007-2014):

2014, Third Biennial Conference of the European Society for Comparative Legal History, Macerata, 8-9 Julho (Chair do Panel 6b: Constitutional Law: vouching for the Tradition and driving the Change).

2014, Junho, Seminário Property Rights, Land and territory in the European Overseas Empires, Iscte-Instituto Universitário de Lisboa(CEHC-IUL), Center for Studies in Modern and Contemporary History, 26-27 Junho. Comentadora no painel Usos e representações do território | Territory: uses and representations ».

2013, Novembro, Tiago Luís Gil (Universidade de Brasília). História colaborativa ? A construção de um Atlas Digital para a América Lusa, Seminário CIência nos Trópicos. VIII Ciclo de Conferências, Instituto de Investigação Científica e Tropical, 19 Novembro. De 2013.

2010 (Maio), Betânia Figueiredo e Evandro Guillon (Universidade Federal de Minas Gerais), “Os cuidados com a saúde dos escravos no Império Português: a aguardente para fins medicinais, Seminário Impérios, Centros e Províncias: a circulação do conhecimento médico II, Instituto de Ciências Socais, 7 de Maio, 2010.

2007, (Maio), Eduardo Vera Cruz, “O Direito costumeiro nacional em Angola”, realizado na Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa no âmbito do Seminário Permanente sobre o Estado e o Estudo do Direito (SPEED), a 7 de Maio de 2007.



Organização de Seminários (2007-2014)

2013, Janeiro - Co-organização do Workshop em torno do texto apresentado por Thomas Duve (diretor do Max-Planck Institut f. europäische Rechtsgeschichte ), “La Historia del Derecho Europeo y los desafío conceptuales de la Historia Global”.

2012, Outubro – Co-organização do Workshop em torno do texto apresentado por Lauren Benton (Dean Professor of New York University), “New Histories of Imperial Sovereignty and Law”.

2012, Setembro – Co-organização (integrando a Comissão Organizadora) do Congresso Entre a História e o Direito, homenagem a António Manuel Hespanha (FD.UNL e ICS-UL).

2012 - Co-organização (com Ângela Barreto Xavier), do Workshop “Cidadania no Império” realizado no âmbito do projecto O Governo dos Outros, Imaginação Política no Império Português (1496-1961), Instituto de Ciências Sociais da Universidade Nova de Lisboa, 14 de Fevereiro.

2010 – Co-organização do workshop “Debatendo a Carta. Aspectos Jurídicos e Políticos na Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia” (Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, 17 de Dezembro de 2010.

2009 – Organização do Seminário Internacional Escravos, Libertos e Trabalho Forçado na Era das Abolições, Lisboa, Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, 19 e 20 de Novembro de 2009.



2007 – Co-organização (com António Manuel Hespanha), Colóquio Internacional Comemorativo dos 140 anos do Código Civil Português de 1867, Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa (15-17 de Novembro 2007).




©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal