Curriculum vitae



Baixar 16.99 Kb.
Encontro20.07.2016
Tamanho16.99 Kb.

CURRICULUM VITAE




1 - Identificação
Ana Paula Alves Afonso Falcão Neves

Natural de Lisboa

Nascida em 20 Janeiro de 1964

Casada, quatro filhos


2 – Formação académica
1988 – Licenciatura em Engenharia de Minas, ramo de Geologia Aplicada do Instituto Superior Técnico, Universidade Técnica de Lisboa, com média final de 13 valores.
1993 – Mestrado em Mineralurgia e Planeamento Mineiro, no Instituto Superior Técnico, Universidade Técnica de Lisboa, com a tese intitulada “A geomecânica do corte de rocha” em Julho de 1993, com a classificação de Muito Bom com unanimidade.
1997 – Estudante de Doutoramento no Instituto Superior Técnico, Universidade Técnica de Lisboa.
3 – Funções desempenhadas
1988 a 1989 – Monitora no Instituto Superior Técnico, Secção de Exploração, ajudando a leccionar as disciplinas de Introdução à Geomecânica, Geomecânica II e Curso Geral de Máquinas.
1989 – Assistente Estagiária no Instituto Superior Técnico, leccionando as aulas práticas das disciplinas de Curso Geral de Máquinas, Exploração de Minas III e Exploração de Minas IV.
1993 – Assistente no Instituto Superior Técnico, leccionando as aulas práticas das disciplinas de Impacte Ambiental, Exploração de Pedreiras, Exploração Subterrânea, Equipamentos Mineiros, e as aulas teóricas e práticas das disciplinas Curso Geral de Máquinas, Rochas Ornamentais e Tratamento de Rochas Industriais e Ornamentais.
2002 – Professora Auxiliar no Instituto Superior Técnico, responsável pelas disciplinas de Rochas Ornamentais, Tratamentos de Rochas Industriais e Ornamentais, e, em 2003, responsável pelas disciplinas Economia dos Recursos Minerais e Economia Mineral. da Licenciatura em Engenharia de Minas e Georrecursos
2004 – Responsável pelas disciplinas de Equipamentos Mineiros e Tecnologia das Rochas Ornamentais da Licenciatura em Engenharia Geológica e Mineira.
4 – Colaboração em projectos de Investigação Aplicada


  • “Análises da estabilidade das estruturas dos desmontes da Mina do Moinho, Aljustrel”, desenvolvido entre 1995 e 1996, financiado pelas Pirites Alentejanas.




  • “Estudo para a abertura de uma exploração subterrânea de mármore no Anticlinal de Estremoz-Borba-Vila Viçosa”, desenvolvido entre 1997 e 2000, financiado pelo CEVALOR – Projecto PORA.




  • Projecto de execução para a Exploração subterrânea de mármores na região de Pardais”, concluído em 2000, financiado pelo IGM – IAPMEI.




  • “Ensaios laboratoriais para a caracterização geotécnica do material de fundação para ampliação da ETAR de Guia-Cascais”, concluído em 2000, financiado pela GEOCONTROLE.




  • “Guidelines for Closure and Abandonement of Coal Mines” - Contrato nº 7220 - AF/012 - CECA6, DGXVII, UE de 1996 a 1999 (Bruxelas).


5 – Futuras linhas de investigação


    • Caracterização geotécnica da erosividade das rochas.




    • Estabilidade de falésias e métodos para a sua contenção.



6 – Participação em juri de provas de Mestrado e de Doutotamento


  • Vogal do juri da prova de mestrado em Georrecursos da Drª Nadir de Sousa Plasência com tese intitulada “Obras subterrâneas – Aspectos da contribuição da geologia de engenharia na concepção e projecto”, Setembro 2003.




  • Vogal do juri da prova de doutoramento em Engenharia de Minas e Georrecursos do Engº Francisco João Belo Farinha com tese intitulada “ Comportamento geomecânico de aterros de resíduos minerais”, Janeiro 2004.


7 – Trabalhos publicados


  • “A geomecânica do corte de rocha”. Tese de Mestrado, IST/UTL, Lisboa em 1993.




  • “Comportamento da rocha durante o corte”. Congresso de Engenheiros, Ordem dos Engenheiros, Lisboa em 1994.




  • “Inter-acção ferramenta-rocha. Caracterização da serrabilidade e da cortabilidade da rocha”, palestra proferida na Ordem dos Engenheiros em 7 Novembro de 1996, no Seminário – A serragem e o corte das rochas ornamentais – os aspectos científicos, tecnológicos e económicos .




  • “A serrabilidade das rochas ornamentais”. VI Congresso Nacional de Geotecnia. Vol.I, pags. 29 a 36. Sociedade Portuguesa de Geotecnia, Lisboa, 15 a 18 de Setembro de 1997.




  • “Medição da resistência ao corte de descontinuidades naturais e induzidas em rochas marmóreas”. VII Congresso Nacional de geotecnia. Vol. I, pags. 393 a 398. Sociedade Portuguesa de geotecnia. Porto, 10 a 13 de Abril de 2000. (em co-autoria).




  • “Critérios para a caracterização geotécnica de maciços rochosos para obras subterrâneas”. Congresso de Engenheiros, Ordem dos Engenheiros, Vidago em 2001.




  • “A geotecnia e a viabilidade económica da exploração subterrânea de mármores”. VIII Congresso Nacional de Geotecnia. Lisboa, 15 a 18 de Abril de 2002.




  • “Contribuição para a vantagem competitiva da indústria das rochas ornamentais, em função da sua localização”. Tese de Doutoramento em Engenharia de Minas, no Instituto Superior Técnico, Universidade Técnica de Lisboa. Lisboa em 2002.




  • “Estrutura da indústria mundial de rocha ornamental”, Rochas & Equipamentos, nº 70, 2003, (em co-autoria).




  • “Alterações da liderança na oferta e na procura da indústria mundial de rocha ornamental”, Revista Pedra, 2003 (em co-autoria).,




  • “Alterações da liderança nas dimensões nacionais e no comércio de equipamentos da indústria mundial de rocha ornamental”, Revista Pedra, 2003, (em co-autoria).




  • “Vantagens competitivas da rocha ornamental de Portugal”, Revista Ingenium, nº 75 2003, (em co-autoria).




  • O ensaio de durabilidade como indicador expedito da estabilidade da superfície rochosa das arribas costeiras”, IX Congresso Nacional de Geotecnia, Aveiro 2004.









Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal