Curso de Especialização Latu Sensu em Gerência Contábil, Financeira e Auditoria



Baixar 1.06 Mb.
Página11/12
Encontro29.07.2016
Tamanho1.06 Mb.
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   12

4 AVALIAÇÃO PATRIMONIAL
Através da análise vertical ou horizontal podemos determinar a evolução da organização, ou seja, mostram toda mudança que ocorre exercício a exercício e apresentando a evolução dos investimentos realizados na organização.

Portanto, foram escolhidos dois tipos de análise para apresentar a evolução patrimonial da Empresa Fictícia Laboratório de Análises Clínicas Ltda.:



  1. Analise Vertical;

  2. Análise Horizontal.


4.1 Análise vertical e horizontal
A análise vertical e horizontal do balanço patrimonial e demonstração do resultado do exercício devem ser analisadas em conjunto, é por isso quero utilizadas como complemento das análises realizadas através dos quocientes, mas diferente da análise dos quocientes as análises vertical e horizontal apresentam a evolução do patrimônio e dos lucros da empresa.
4.1.1 Análise vertical do balanço patrimonial e demonstração de resultado do exercício
Análise vertical é a forma mais eficaz de se fazer uma análise de estrutura patrimonial, pois permite a avaliação do percentual de cada conta ou grupo existente no balanço patrimonial ou na demonstração do resultado do exercício.

O cálculo para obtenção desse coeficiente através do balanço patrimonial é:


Conta ou Grupo de Contas x 100 ou Conta ou Grupo de Contas x 100

Ativo Total Passivo Total

Os resultados apurados na análise vertical para as contas do ativo e do passivo:

Ativo Circulante:

Disponível:

2007




2008




2009




35.888,15

X 100

25,27

45.710,21

X 100

28,52

57.162,25

X 100

30,87

142.025,44

160.286,67

185.164,45
Clientes:

2007




2008




2009




17.760,28

X 100

12,50

13.816,66

X 100

8,62

13.874,91

X 100

7,49

142.025,44

160.286,67

185.164,45

Outros créditos:




2007




2008




2009




7.769,12

X 100

5,47

17.787,04

X 100

11,10

2.817,90

X 100

1,52

142.025,44

160.286,67

185.164,45

Ativo não circulante:



Realizável a longo prazo:

2007




2008




2009




15.137,65

X 100

10,66

15.137,65

X 100

9,44

15.161,22

X 100

8,19

142.025,44

160.286,67

185.164,45
Investimentos:

2007




2008




2009




1.478,10

X 100

1,04

1.898,10

X 100

1,18

2.567,69

X 100

1,39

142.025,44

160.286,67

185.164,45
Imobilizado:

2007




2008




2009




71.761,26

X 100

50,53

67.835,11

X 100

42,32

93.580,48

X 100

50,54

142.025,44

160.286,67

185.164,45
Indicação: Resultados apurados da análise vertical do grupo do ativo.

CONTAS

2007

2008

2009

Disponível

25,27 %

28,52 %

30,87 %

Clientes

12,50 %

8,62 %

7,49 %

Outros créditos

5,47 %

11,10 %

1,52 %

Realizável a longo prazo

10,66 %

9,44 %

8,19 %

Investimentos

1,04 %

1,18 %

1,39 %

Imobilizado

50,53 %

42,32 %

50,54 %

Análise: Na análise vertical pode-se observar evolução nas contas, no grupo do ativo e perceptível a divisão entre subgrupos circulante e não circulante ondo o segundo grupo em todos os anos estão acima de 50% (cinquenta por cento), índice recomendado, e entre as contas podemos observar a prioridade para imobilizado e o disponível, evoluindo exercício a exercício.

Passivo circulante:

Fornecedores

2007




2008




2009




44.087,39

X 100

31,04

40.246,77

X 100

25,11

58.756,06

X 100

31,73

142.025,44

160.286,67

185.164,45

Outras obrigações:



2007




2008




2009




59.125,16

X 100

41,63

63.930,07

X 100

39,88

64.163,72

X 100

34,65

142.025,44

160.286,67

185.164,45

Empréstimos bancários:



2007




2008




2009




64.124,82

X 100

45,15

736,59

X 100

0,46

26.612,47

X 100

14,37

142.025,44

160.286,67

185.164,45

Passivo não circulante

Exigível a longo prazo

2007




2008




2009




14.637,65

X 100

10,31

14.637,65

X 100

9,13

14.637,65

X 100

7,91

142.025,44

160.286,67

185.164,45

Patrimônio líquido:

Capital:


2007




2008




2009




500,00

X 100

0,35

500,00

X 100

0,31

500,00

X 100

0,27

142.025,44

160.286,67

185.164,45

Prejuízos ou lucros acumulados:




2007




2008




2009




- 40.449,58

X 100

- 28,48

40.235,59

X 100

25,10

20.494,55

X 100

11,07

142.025,44

160.286,67

185.164,45

Indicação: Resultados apurados da análise vertical do grupo do passivo.



CONTAS

2007

2008

2009

Fornecedores

31,04 %

25,11 %

31,73 %

Outras obrigações

41,63 %

39,88 %

34,65 %

Empréstimos bancário

45,15 %

0,46 %

14,37 %

Exigível a longo prazo

10,31 %

9,13 %

7,91 %

Capital

0,35 %

0,31 %

0,27 %

Prejuízos e lucros acumulados

- 28,48 %

25,10 %

11,07 %

Análise: Na análise vertical pode-se observar evolução nas contas do passivo, entre os subgrupos do circulante e não circulante tem evoluído de forma perigosa, pois se recomenda maiores valores no não circulante isso não acontece em nenhum exercício.

O cálculo para obtenção desse coeficiente através da demonstração do resultado do exercício é:

Conta ou Grupo de Contas x 100



Receita Bruta
Os resultados apurados na análise vertical para as contas da demonstração de resultado do exercício:

Custos das mercadorias vendidas:



2007




2008




2009




753.469,95

X 100

58,35

1.045.837,42

X 100

72,55

1.158.890,40

X 100

76,08

1.291.334,28

1.441.544,33

1.523.252,43

Despesas operacionais:



2007




2008




2009




395.680,34

X 100

30,64

108.213,81

X 100

7,51

244.459,24

X 100

16,05

1.291.334,28

1.441.544,33

1.523.252,43

Receitas financeiras:



2007




2008




2009




8.967,42

X 100

0,69

6.630,59

X 100

0,46

4.086,47

X 100

0,27

1.291.334,28

1.441.544,33

1.523.252,43
Despesas financeiras:

2007




2008




2009




30.437,17

X 100

2,36

42.721,27

X 100

2,96

22.157,75

X 100

1,45

1.291.334,28

1.441.544,33

1.523.252,43

Resultado não operacional:



2007




2008




2009




29.400,00

X 100

2,28

4.200,00

X 100

0,29

0,00

X 100

0,00

1.291.334,28

1.441.544,33

1.523.252,43

Provisão para IR e CSLL:



2007




2008




2009




130.562,06

X 100

10,11

136.503,15

X 100

9,47

35.703,54

X 100

2,34

1.291.334,28

1.441.544,33

1.523.252,43

Lucro líquido:



2007




2008




2009




19.562,18

X 100

1,51

119.099,27

X 100

8,26

66.127,97

X 100

4,34

1.291.334,28

1.441.544,33

1.523.252,43
1   ...   4   5   6   7   8   9   10   11   12


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal