Curso: direito



Baixar 21.48 Kb.
Encontro03.08.2016
Tamanho21.48 Kb.



PLANO DE ENSINO



I- DADOS DE IDENTIFICAÇÃO:

CURSO: DIREITO

DISCIPLINA: Sociologia Geral e Jurídica

CRÉDITOS: 04

CARGA HORÁRIA SEMANAL : 04 HORAS-AULAS

PROFESSORAS: Ames e Débora Evangelista

ANO LETIVO: 2007/II

ANO/SEMESTRE LETIVO: 1º ANO 2º SEM.
II- EMENTA:

A emergência do social como objeto da ciência; o(s) método(s) sociológico(s); detalhamentos contextuais; a razão sociológica a serviço da ordem. A reflexão sociológica no século XIX e a sua contemplação do Direito: Marx, Durkheim e Weber. Direito espontâneo e jurisprudência sociológica: Ehrlich e Kelsen. Direito e história na tradição liberal; o direito traduzindo (Hayek); o direito produzindo (Bobbio). Direito, justiça e crise; a legalidade diante da legitimidade: direito alternativo versus tradicionalismo. O debate contemporâneo sobre a sociologia jurídica: como conciliar positividade com reflexi



III - OBJETIVO DA DISCIPLINA

Geral: Proporcionar o estudo da sociedade humana e do conhecimento dos principais conceitos sociológicos e precursores da Sociologia, contextualizando a sociologia jurídica, entendendo a sociedade como produto das interações entre os indivíduos, grupos, classes e organizações, incentivando uma postura ativa do profissional de Direito em busca da justiça, no ambiente em que vive;

Específicos:

  1. Situar historicamente a formação da sociedade humana, ampliando a compreensão dos problemas atuais e a influência dessa formação;

  2. Mediar debates contextualizando as teorias Sociológicas;

  3. Oportunizar a análise do pensamento de Comte, Durkheim, Marx e Weber;

  4. Compreender as origens da sociedade, suas contradições, as ideologias presentes nos pensamentos dos autores clássicos e o papel do profissional de Direito na construção de uma sociedade globalizada mais solidária e inclusiva.

  5. Compreender a função social do Direito.


IV – CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS:


O Conteúdo Programático obedecerá a ementa da Disciplina e será em duas Unidades:

UNIDADE I: A emergência do social como objeto da ciência; o(s) método(s) sociológico(s); detalhamentos contextuais; a razão sociológica a serviço da ordem. A reflexão sociológica no século XIX e a sua contemplação do Direito: Marx, Durkheim e Weber.

UNIDADE II: Direito espontâneo e jurisprudência sociológica: Ehrlich e Kelsen. Direito e história na tradição liberal; o direito traduzindo (Hayek); o direito produzindo (Bobbio). Direito, justiça e crise; a legalidade diante da legitimidade: direito alternativo versus tradicionalismo. O debate contemporâneo sobre a sociologia jurídica: como conciliar positividade com reflexibilidade?
PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO DAS AULAS


Dia

Conteúdo

05/10

Sociologia do Direito: considerações, histórico, definições, o caráter do controle social. Direito e história na tradição liberal

19/10

Direito espontâneo e jurisprudência sociológica: Ehrlich e Kelsen. direito traduzindo (Hayek); o direito produzindo (Bobbio).

26/10

Direito, justiça e crise. A legalidade diante da legitimidade: direito alternativo versus tradicionalismo

09/11

O debate contemporâneo sobre a sociologia jurídica: como conciliar positividade com refletividade

16/11

Seminário de Sociologia Jurídico – Temas emergentes

23/11

Seminário de Sociologia Jurídico – Temas emergentes

30/11

Seminário de Sociologia Jurídico – Temas emergentes


V - METODOLOGIA

Aulas expositivo-dialogadas, seminários temáticos, trabalhos individuais e em grupo, análise de filmes, pesquisas, problematizações, debates, leitura e interpretação de textos, uso de recursos audiovisuais.



VI – AVALIAÇÃO

A avaliação resultará de três registros, sendo uma avaliação da primeira Unidade dos Conteúdos Programáticos e outra da segunda, que consistirá de relatórios de estudo, participação nos debates, leitura dos textos solicitados e sistematizações. A terceira e última etapa, consiste em uma sistematização final, individual e presencial, com o conteúdo de todo semestre.




VII - REFERÊNCIAS:
REFERÊNCIAS BÁSICAS

ARON, Raymond. As etapas do pensamento sociológico. 7 ed. Martins Fontes.2003

COSTA, Maria Cristina C. Sociologia, introdução à ciência da sociedade. São Paulo: Moderna, 1987.

DEMO,Pedro.Introdução à Sociologia; complexidade interdisciplinar. Atlas. 2002 DURKHEIM, Émile. As regras do Método Sociológico. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

FARIA, José Eduardo. CAMPILONGO, Celso Fernandes. A Sociologia Jurídica no Brasil. Porto Alegre: editora Setemares, 1991.

MARTINS, Carlos Benedito. O que é sociologia. São Paulo: Brasiliense, 1988.


REFERÊNCIAS COMPLEMENTARES

AZEVEDO, Plauto Faraco de. Aplicação do Direito e Contexto Social. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2000.

BOUDON, Raymond; BOURRICAUDO, François. Dicionário Crítico de Sociologia. 2. ed. Atica, 2000.

LAKATOS, Eva Maria. Sociologia Geral. 7. ed. rev. e ampl. São Paulo: Atlas, 1999.

LEVY-BRUHL, Henri. Sociologia do Direito. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

NEDER, Gizlene. Discurso Jurídico e Ordem Burguesa no Brasil. Porto Alegre: SAFE. 1995.

OLIVEIRA, Perseo Santos. Introdução à Sociologia. 16. ed. São Paulo: Ática, 2002.

ROSA, Felipe Augusto de M. Sociologia do Direito. São Paulo: Jorge Zahar, 2001.

SANTOS, Boaventura de Souza. Pela mão de Alice: o social e o político na pós-modernidade. São Paulo: Cortez, 1999.

Santa Rosa(RS), 05 de outubro de 2007.


_________________________________________

Débora Evangelista

Sociologia Jurídica







©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal