Curso: história de schoenstatt



Baixar 14.18 Kb.
Encontro22.07.2016
Tamanho14.18 Kb.

CURSO: HISTÓRIA DE SCHOENSTATT




  1. CRESCIMENTO E DESENVOLVIMENTO (1919-1929)1:




    1. Desenvolvimento da União Apostólica fundada em Hörde




  • Alguns dos primeiros membros da União: José Fischer, Aloísio Zeppenfeld e Frederico Ernst.




  • Esclarecimento do objectivo da União: “O objectivo da União é a educação de apóstolos leigos formados no espírito da Igreja” UVI 79 / ”O Homem Novo na Nova Comunidade” + Vinculação a Maria e ao Santuário + Capital de Graças + apostolado Universal.




  • Os meios para se atingir esses objectivos – “A União exige a seria aspiração ao mais alto grau de perfeição possível, de acordo com o próprio estado e por isso cada um dos seus membros obriga-se:

  1. Escolher um sacerdote como dierctor espiritual

  2. Fazer o exame particular (EP) por escrito

  3. Elaborar um horário espiritual (HE) e controlá-lo por escrito, da forma habitual.

  4. Dar um relatório mensal ao director espiritual sobre o EP e o HE” UVI 79




  • Porque as exigências são tão grandes a União deverá permanecer sempre como um grupo de elite




  • Autonomia muito acentuada e um forte carácter comunitário como se vê pela frequência e intensidade dos encontros em 1920:




      • Retiro de 2 a 5 de Janeiro

      • 19 a 20 de Fevereiro

      • 13 a 20 de Abril, nas férias da Páscoa.

      • Agosto: 7 a 11; 19 a 23; 28 a 31

      • 25 a 29 de setembro

      • 5 a 9 de Outubro: encontro para Secundários

      • 27 a 31 de Dezembro




  • Cresce muito entre seminaristas, por toda a Alemanha: em fins de Junho de 1923 a União tinha 750 membros: 2/3 homens e 1/3 de mulheres.




  • Uma forte consciência de missão e autonomia “A União sou eu!”; “Pela União deixo-me crucificar!“




  • As viagens do PK pela Alemanha. Primeira viajem à Suíça em 1924




  • A repercussão da “União” na Alemanha; o reconhecimento por parte do Palotinos e as bênçãos apostólicas de Pio XI.

    1. A Fundação da Liga Apostólica




  • Antecedentes: A liga mariana idealizada por Albert Eise em 1917.

  • José Fischer e os primeiros grupos da Liga em Friburgo (Maio de 1920); esboço de estatutos do PK em Junho de 1920.




  • Entre 19 e 23 de Agosto de 1920, no 1º aniversário da União Apostólica foi fundada a Liga Apostólica: fortemente apostólica e braço direito do pároco – educação de apóstolos em todos os campos segundo o espírito da Igreja.

  • Os militantes (mesmos compromissos da União + trabalho apostólico permanente)

  • Os colaboradores (não se exige nenhum grau, nem forma concreta de aspiração à santidade + apostolado ocasional).

  • Todos podem participar em jornadas, retiros e encontros.

  • Podem ter grupo ou não




  • Logo após a fundação da Liga, fez-se a coordenação dos Estatutos da União com os Estatutos da Liga e começou a chamar-se á Obra que surgia “Movimento Apostólico de Schoenstatt“.

  • Ler Carta a Frederico Esser de 7 de Agosto de 1923: UVI 90


    1. O Movimento feminino




  • Primeiros contacto de mulheres com Schoenstatt: enfermeiras da guerra

  • 1920 o PK cumpre 35 anos e começa a trabalhar com mulheres




  • 8-12-1920 consagração á União da Condessa Gertrud Von Bullion e a sua prima Marie Christmann

  • 1ª jornada de mulheres com 35 participantes (13 a 16 de Agosto de 1921)

  • No final de 1921 havia 11 cursos da União Feminina (7 locais e 4 regionais)




  • A fundação das Irmãs de Maria no dia 1 de Outubro de 1926 : Ir Emilia e a Ir. Ana

  • Anexo: A vida e obra da Ir. Emilia



    1. A construção da Casa da Aliança (Bundesheim)




  • Em 1920 a casa velha já tinha algumas salas para a União, além do Santuário.

  • Em 1922 a casa velha fica inteiramente á disposição do Movimento







  • As palavras proféticas de 1929: “À sombra do Santuário serão decididos os destinos da Igreja nos próximos anos. Palavras sérias, palavras significativas. Soa quase como uma loucura. Contudo, eu as repito e reforço: à sombra do Santuário os destinos da Igreja na Alemanha, e mesmo fora da Alemanha, serão decididos essencialmente nos próximos séculos” UVI 98 – reacções internas e externas.

1 UVI 78-103


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal