Cursos : mestrado e doutorado em administraçÃo de empresas (cmcd-ae)



Baixar 39.1 Kb.
Encontro02.08.2016
Tamanho39.1 Kb.


EAESP

Escola de Administração de Empresas de São Paulo





DEPARTAMENTO : FUNDAMENTOS SOCIAIS E JURÍDICOS (FSJ)

CURSOS : MESTRADO E DOUTORADO EM ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS (CMCD-AE)


DISCIPLINA : MÉTODOS QUALITATIVOS DE PESQUISA

PROFESSORA : MARIA JOSE TONELLI

SEMESTRE / ANO: 1o/2008

PROGRAMA

OBJETIVOS DA DISCIPLINA


Assim como muitas áreas das Ciências Sociais, a área de Administração de Empresas cresceu substancialmente a partir de pesquisas qualitativas nestas ultimas décadas. Essa disciplina tem como objetivo apresentar o debate contemporâneo em Pesquisa Qualitativa, esclarecer questões relativas ás relações entre teorias e métodos bem como apresentar alguns dos procedimentos de coleta de dados para o trabalho de campo. A partir de pesquisas realizadas no campo das Ciências Organizacionais, o curso busca apresentar uma visão geral do campo de pesquisa qualitativa, que permita: i) a compreensão dos diferentes métodos de pesquisa em relação abordagens teóricas, ii) uma visão dos passos necessários para o desenho do processo de pesquisa e iii) identificação dos procedimentos de coleta de dados necessários para cada abordagem.

CONTEÚDO RESUMIDO


1. Introdução à proposta do curso

  • O que é pesquisa?

  • Pesquisa e práticas

  • Pesquisa qualitativa e pesquisa quantitativa

  • Positivismo e funcionalismo

2. O campo da pesquisa qualitativa



  • Introdução ao campo

  • Historia da pesquisa qualitativa

  • Teoria versus Método ou abordagens teórico-metodológicas?

3. Paradigmas e perspectivas



  • Interpretativismo

  • Apresentação 1

4. Paradigmas e perspectivas



  • Construcionismo

  • Apresentação 2

5. Paradigmas e perspectivas



  • Estudos Organizacionais Críticos

  • Apresentação 3

6. Estratégias de pesquisa



  • Etnografia e observação participante

  • Apresentação 4

7. . Estratégias de pesquisa



8. Estratégias de pesquisa

  • Grounded Theory

  • Apresentação 6

9. Estratégias de pesquisa



  • Pesquisa-Ação

  • Apresentação 7

10. Estratégias de pesquisa



  • História de vida

  • Apresentação 8

11 Procedimentos para coleta de dados



  • Observação

  • Entrevista

  • Documentos

12. Procedimentos para coleta de dados



  • Observação

  • Entrevista

  • Documentos

13. Métodos de análise



  • Análise de entrevistas e documentos

14. Pesquisa em países emergentes



  • Estado da Arte da pesquisa em Administração de Empresas no Brasil

  • Questões apontadas por autores internacionais que discutem metodologia a partir da experiência.






METODOLOGIA


A proposta pedagógica compreende os seguintes componentes:

  • Aulas expositivas apresentando sínteses e complementos sobre o material de leitura

  • Leitura prévia, análise e apresentação em sala de aula de “pesquisas exemplares” dos modelos estudados.

CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO


O aproveitamento na disciplina será definido em função das seguintes atividades:

  • Entrega de resenhas e apresentação de seminários sobre os textos analisados (pesquisas exemplares)

  • Ao final do curso, entrega de proposta de dissertação/tese, com justificativa de alinhamento com os objetivos da linha de pesquisa, etapas para seu desenvolvimento e cronograma de trabalho.

LEITURA OBRIGATÓRIA DE ACORDO COM ROTEIRO DAS AULAS

AULA 1 – Introdução à proposta do curso


BURRELL, G. ( 1997) Ciência normal, paradigmas, metáforas, discursos e genealogia da análise, in CALDAS, M., FACHIN, R. FISHER, T. (organizadores da Edição Brasileira), Handbook de Estudos Organizacionais, São Paulo, Ed. Atlas.

CHRISTIAS, C. G. A ética e a política na pesquisa qualitativa, in DENZIN, N. K. , LINCOLN, Y. S. e colaboradores (2006) O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens, Porto Alegre, Bookman e Artmed.

CRESWELL, J.H. (2003) Research Design qualitative, quantitative, and mixed methods approaches, Thousand Oaks, Sage Publications, 2nd edition.

SANTOS, B. (1997) Um discurso sobre as ciências, Portugal, Edições Afrontamento.

SILVERMAN, D. (1998) Introducing Qualitative research, in SILVERMAN, D. (1998) Qualitative Research; theory, methods and Practice, London, Sage Publication.

AULA 2 – O campo da pesquisa qualitativa
DENZIN, N.K., LINCOLN, Y. S. (2006) Introdução à disciplina e a prática da pesquisa qualitativa, in DENZIN, N. K. , LINCOLN, Y. S. e colaboradores (2006) O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens, Porto Alegre, Bookman e Artmed.

FINE, M., WEIS, L., WESEEN, S., WONG, L. (2006) Para quem? Pesquisa qualitativa, representações e responsabilidades sociais, in DENZIN, N. K. , LINCOLN, Y. S. e colaboradores (2006) O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens, Porto Alegre, Bookman e Artmed.

FLICK, U. (2004) Uma introdução à pesquisa qualitativa Porto Alegre, Bookman Editores.

GERGEN, M.M.., GERGEN, K. J. (2006) Investigação qualitativas: tensões e transformações, in DENZIN, N. K. , LINCOLN, Y. S. e colaboradores (2006) O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens, Porto Alegre, Bookman e Artmed.

VIDICH, A. J., LYMAN, S.M. Métodos qualitativos: sua história n sociologia e antropologia, in DENZIN, N. K. , LINCOLN, Y. S. e colaboradores (2006) O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens, Porto Alegre, Bookman e Artmed.
AULA 3 – Paradigmas e abordagens: Interpretativismo
ALVESSON, M. , SKOLDBERG, K. (2000) Reflexive Methodology: new vistas for Qualitative Research, London, Sage Publications

PRASAD, P. (2005) Crafting qualitative research: working in the postpositivist traditions, Armonk, New York; M.E. Sharpe, Chapter 1.

SCHWANDT, T. Três posturas epistemológicas para a investigação qualitativa: interpretativismo, hermenêutica e construcionismo social, in DENZIN, N. K. , LINCOLN, Y. S. e colaboradores (2006) O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens, Porto Alegre, Bookman e Artmed.
AULA 4 – Paradigmas e abordagens: Construcionismo
SPINK, M.J.S., FREZZA, R. M. Práticas discursivas e produção de sentidos: a perspectiva da Psicologia Social, in SPINK, M.J. (org) (1999) Práticas discursivas e produção de sentidos no cotidiano: aproximações teóricas e metodológicas, São Paulo, Cortez Editora.

SPINK, M.J., MEDRADO, B. Produção de sentidos no cotidiano: uma abordagem teórico-metodológica para análise das práticas discursivas, in SPINK, M.J. (org) (1999) Práticas discursivas e produção de sentidos no cotidiano: aproximações teóricas e metodológicas, São Paulo, Cortez Editora.


AULA 5 – Paradigmas e abordagens: Estudos Organizacionais críticos
KINCHELOE, J. L., Mclaren, P. Repensando a teoria crítica e a pesquisa qualitativa, in DENZIN, N. K. , LINCOLN, Y. S. e colaboradores (2006) O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens, Porto Alegre, Bookman e Artmed.

PRASAD, P. (2005) Crafting qualitative research: working in the postpositivist traditions, Armonk, New York; M.E. Sharpe, Chapter 1II, Chapter IV.

OLESEN, V. (2000) Feminism and Qualitative research at ad Into the Millennium, in DENZIN, N.K., LINCOLN, Y. editors, (2000), Handbook of Qualitative Research, 2nd edition, Thousand Oaks, Sage Publications, Inc
AULA 6 – Estratégias de pesquisaEtnografia
MCCALL, M.(2000) Performance Ethnography: a brief history and some advice, in DENZIN, N.K., LINCOLN, Y. editors, (2000), Handbook of Qualitative Research, 2nd edition, Thousand Oaks, Sage Publications, Inc

TEDLOCK, B. (2000) Ethnography and Ethnographic Representation, in DENZIN, N.K., LINCOLN, Y. editors, (2000), Handbook of Qualitative Research, 2nd edition, Thousand Oaks, Sage Publications, Inc

SATO, L., SOUZA, M.P.R. (2001), Contribuindo para desvelar a complexidade do cotidiano através da pesquisa etnográfica em Psicologia, Revista de Psicologia da USP, v. 12, no.2, São Paulo
AULA 7 - Estratégias de pesquisa – Estudos de Caso

STAKE, R. (2000) Case Studies in DENZIN, N.K., LINCOLN, Y. editors, (2000), Handbook of Qualitative Research, 2nd edition, Thousand Oaks, Sage Publications, Inc


AULA 8 - Estratégias de pesquisaGrounded Theory
CHARMAZ, K. (2000) Grounded Theory: Objectivist and Constructivist Methods, in DENZIN, N.K., LINCOLN, Y. editors, (2000), Handbook of Qualitative Research, 2nd edition, Thousand Oaks, Sage Publications, Inc

GLASER, B. , STRAUSS, A. (1967) The discovery of grounded theory – strategies for qualitative research, New York, Aldine de Gruyter ed.


AULA 9 - Estratégias de pesquisa – Pesquisa – Ação
THIOLLENT, M. (1987) Pesquisa Ação, São Paulo, Cortez Editores.

GREENWOOD, D., LEVIN, M. (2000) Reconstructing the relationships between universities and society through action research in DENZIN, N.K., LINCOLN, Y. editors, (2000), Handbook of Qualitative Research, 2nd edition, Thousand Oaks, Sage Publications, Inc



AULA 10 - Estratégias de pesquisa – História de vida
TIERNEY, W. G. Undaunted Courage: Life Story and the Postmodern Challenge, in DENZIN, N.K., LINCOLN, Y. editors, (2000), Handbook of Qualitative Research, 2nd edition, Thousand Oaks, Sage Publications, Inc
AULA 11 - Procedimento para coleta de dados: entrevistas
FONTANA, A., FREY, J. (2000) The interview: from structured questions to negotiated text, in DENZIN, N.K., LINCOLN, Y. editors, (2000), Handbook of Qualitative Research, 2nd edition, Thousand Oaks, Sage Publications, Inc

SPRADLEY, J. (1979) The ethnography interview, USA, Thompson Learning

ARKSEY, H., KNIGHT, P. (1999) Interviewing for social scientists , London, Sage Publications.
AULA 12 - Procedimento para coleta de dados: observação, documentos.
ATKINSON, P., COFFEY, A (1998) . Analysing Documentary Realities in Silverman, D. (1998) Qualitative Research; theory, methods and Practice, London, Sage Publication,

ANGROSINO, M.V., MAYS DE PÉREZ, K.(2000) Rethinking Observation: from Method to Context, in DENZIN, N.K., LINCOLN, Y. editors, (2000), Handbook of Qualitative Research, 2nd edition, Thousand Oaks, Sage Publications, Inc

HODDER, I (2000) The interpretation of documents and material culture in DENZIN, N.K., LINCOLN, Y. editors, (2000), Handbook of Qualitative Research, 2nd edition, Thousand Oaks, Sage Publications, Inc
AULA 13 – Métodos de Análise: entrevistas e documentos
HODDER, I (2000) The interpretation of documents and material culture in Denzin, N.K., Lincoln, Y. editors, (2000), Handbook of Qualitative Research, 2nd edition, Thousand Oaks, Sage Publications, Inc.

SILVEMAN, D. (2000) Analyizing talk and text, in Denzin, N.K., Lincoln, Y. editors, (2000), Handbook of Qualitative Research, 2nd edition, Thousand Oaks, Sage Publications, Inc

SPINK, Mary Jane e LIMA, Helena Rigor e visibilidade: a explicitação dos passos da interpretação, in SPINK, M.J. (org) (1999) Práticas discursivas e produção de sentidos no cotidiano: aproximações teóricas e metodológicas, São Paulo, Cortez Editora.

SPINK, Peter (1999) Analise de documentos de domínio público in SPINK, M.J. (org) (1999) Práticas discursivas e produção de sentidos no cotidiano: aproximações téoricas e metodológicas, São Paulo, Cortez Editora.


AULA 14 – Pesquisa em países emergentes
MICHAILOVA, S. CLARK, E. (2004) , Doing Research in transforming contexts: Themes and Challenges, in

CLARK, E., MICHAILOVA S. (2004) Fiedwork in transforming societies: understanding: Methodology from Experience, London, Palgrave Macmillan.

BERTERO, C. O.; CALDAS, M. P.; WOOD JR., T. (2004) Produção Acadêmica em Administração no Brasil. São Paulo, Editora Atlas.

BIBILIOGRAFIA COMPLEMENTAR


BERTERO, C. O.; CALDAS, M. P.; WOOD Jr., T. (2004) Produção Acadêmica em Administração no Brasil. São Paulo, Editora Atlas

BOJE, D. M (1995) Stories of the storytelling organization: A postmodern analysis of Disney as "Tamara-Land". Academy of Management Journal. Briarcliff Manor: Aug 1995. Vol. 38, Iss. 4; p. 997

CLARK, E., MICHAILOVA S. (2004) Fieldwork in transforming societies: understanding Methodology from Experience, London, Palgrave Macmillan

DENZIN, N. K., LINCOLN, Y. S. (2000) (Eds.). Handbook of qualitative research. Thousand Oaks: Sage.



DENZIN, N. K. , LINCOLN, Y. S. e colaboradores (2006) O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens, Porto Alegre, Bookman e Artmed.
MARSCHAN-PIEKARI, R., WELCH, C (2004) . Handbook of qualitative research: methods for international business USA, Edward Elgar.
MORGAN, G. (Ed.) (1983) Beyond the method: Strategies for social research. Beverly Hills: Sage.

SEVERINO, A. J. (2000) Metodologia do trabalho científico, São Paulo, Cortez Editora, 21ª. Edição.
Catálogo: sites -> cmcd.fgv.br -> files -> file
file -> Departamento : Gestão Pública (gep) Curso
file -> Professora : marta ferreira santos farah
file -> Cursos: cma / cda
file -> Cursos : mestrado e doutorado em administraçÃo de empresas (cmcd-cdae)
file -> 1° Semestre de 2013 Horário: quartas-feiras, das 16 às 18: 50 horas. Ementa
file -> Linha de pesquisa: administraçÃo geral e recursos humanos (adm) CURSO MESTRADO-DOUTORADO EM administraçÃo de empresas (cm-cdae) disciplina teoria das organizaçÕes professor carlos osmar bertero semestre/ano: 2º/2008 objetivo
file -> Curso: cda / cma disciplina: organizaçÕes pós-industriais: uma abordagem cinematográfica professor
file -> Cursos: mestrado e doutorado em administraçÃo de empresas
file -> Curso: Mestrado e Doutorado em Administração Pública e Governo Disciplina: o conceito de Burocracia: Teorias e História Professor: Fernando Luiz Abrucio Ementa
file -> Departamento administraçÃo geral e recursos humanos (adm) Curso mestrado / DOUTORADO EM administraçÃo disciplina informaçÕes em saúde e epidemiologia gerencial professor Álvaro escrivão junior período manhã Semestre. 1º: /2007 programa


Compartilhe com seus amigos:


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal