Da universidade de uberaba



Baixar 1.18 Mb.
Página7/19
Encontro19.07.2016
Tamanho1.18 Mb.
1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   19

ANÁLISE DE MATÉRIA ORGÂNICA E MACRONUTRIENTES NO LIXO

ORGÂNICO DA CIDADE DE DELTA

Acadêmicos: Tony Jorge de Miranda Júnior (Aluno do PIC/ UNIUBE)

Orientadora: Profª Drª Vilma Reis Terra

Instituição: Universidade de Uberaba - UNIUBE



Órgão Financiador: PAPE - UNIUBE


Lixo é todo resíduo resultante das atividades do homem na sociedade de consumo. O lixo pode ser classificado conforme sua origem em, residencial, hospitalar, industrial e outros. Independente da sua origem , pode-se separá-lo em fração orgânica e fração inorgânica, podendo ambas serem recicladas. A disposição inadequada do lixo, pode gerar grandes impactos ambientais, devido à quantidades de metais e alta facilidade de decomposição, resultando numa toxicidade para o solo, ar, e água. Segundo dados do IBGE em 1989 eram produzidos por dia 241.614 toneladas de lixo / dia, sendo 76% lançados em vazadouros a céu aberto, 23% destinados a aterros sanitários e 10 % vão para usinas de compostagem ou incineração. Um total de 60% do volume de lixo produzido é constituído de matéria orgânica putrecível, 12% de material reciclável e 28% de rejeito. A compostagem de resíduos orgânicos é um dos métodos mais antigos de reciclagem, pelo qual a matéria orgânica é transformada em fertilizante orgânico. Além de ser uma solução para os problemas de resíduos sólidos, o processo proporciona o retorno da matéria orgânica ao solo e nutrientes para as plantas. O material compostado pode ser aplicado à agricultura, somente depois que a matéria orgânica transforma-se em húmus, para viabilizar o sucesso agrícola, pois ao contrário prejudica a germinação das sementes em função da acidez exagerada do material. Delta é uma cidade com aproximadamente 5.050 habitantes e coleta por volta de 1,5 tonelada de lixo por dia. Este material é destinado a uma usina de lixo, onde é realizada a separação manual do material reciclável e a fração orgânica segue para a compostagem. Na cidade de Delta a compostagem é realizada com um mistura biocatalizadora onde o produto maturado estabiliza dentro de três dias, por uma compostagem acelerada, enquanto o processo normal leva de 70 a 90 dias, isso resulta numa vantagem, pois não ocorre acúmulo de lixo e o adubo orgânico é imediatamente aproveitado. Este trabalho visou o monitoramento da fração de lixo destinada a esta usina, com a finalidade de definir a composição do produto ao longo da compostagem. O material foi disposto em leira não revolvida, a partir da qual determinou-se os teores de nitrogênio, fósforo e potássio totais, e matéria orgânica foi feita por calcinação, titulação e análise elementar (quantitativa) para verificar a relação carbono / nitrogênio. Determinou-se a matéria orgânica por calcinação através da pesagem de 5 g do lixo seco em cadinhos de porcelana em triplicata, na mufla por 6 horas, a 550 Cº. Os dados do teor de matéria orgânica estão compatíveis com a literatura, isto é, reduz-se com o tempo, ocorrendo a formação de húmus. Os valores de matéria orgânica variaram-se num intervalo de 49 % inicialmente a 29 % no final. Na determinação do teor de matéria orgânica por titulação, também ocorrem a mesma situação que na calcinação. Há uma perda gradual de carbono, devido a redução da matéria orgânica, de acordo, com o que era esperado.
Área de Conhecimento: Ciências Exatas e da Terra

Palavras-chave: Fração orgânica de lixo, compostagem, fertilizante organo-mineral



CONSIDERANDO A MOVIMENTAÇÃO DAS PAREDES DOS FILMES DE COPOLÍMEROS

DE DIBLOCO NA FORMAÇÃO DE PADRÕES

Acadêmicos: Flávio Moretti Morais

Antonio Daud Júnior

Orientadora: Profª Sílvia Martins dos Santos

Instituição: Universidade Federal de Uberlândia - Faculdade de Física

Órgão Financiador: CNPq


Copolímeros de dibloco são moléculas de cadeias lineares que consistem em duas sub-cadeias, A e B, ligadas entre si por uma ligação covalente. Abaixo de uma certa temperatura crítica, Tc, estes dois blocos tendem a se separar, mas devido à presença da ligação covalente, eles podem segregar apenas localmente, formando estruturas periódicas (micro domínios). Para moléculas, cujas sub-cadeias tem o mesmo tamanho, estas estruturas são lamelares. Para se obter um padrão lamelar orientado é necessário considerar alguma assimetria. Nesta pesquisa abordamos a combinação do efeito do confinamento com a presença do campo gravitacional sobre a formação de micro domínios paralelos às paredes do filme. Se observarmos que a distância entre as paredes é considerável em relação ao tamanho das moléculas, mais um vínculo será incluído, uma vez que os domínios terão que se acomodar obrigatoriamente entre as paredes do filme. Observa-se, casualmente, a presença do fenômeno de frustração. Se ainda, considerarmos que tais paredes se movem com uma certa velocidade, durante a segregação de fases, a acomodação lamelar poderá se modificar. Após um certo período, a espessura do filme pára de crescer e o sistema é deixado sob as mesmas circunstâncias, mas sem velocidade, por um certo momento. Assim, o padrão lamelar resultante é analisado e comparado com aquele obtido em situações semelhantes. Usamos o Modelo de Dinâmica Celular (MDC), para investigar o efeito do movimento das paredes na formação de lamelas.

Área do Conhecimento: Ciências Exatas e da Terra

Palavras-chave: Copolímeros, segregação de fases, lamelas



DETERMINAÇÃO DO COEFICIENTE DE DIFUSÃO EM SISTEMAS POLÍMERO-SOLVENTES NA “CÉLULA A DIAFRAGMA POROSO” E OBTENÇÃO DO PESO MOLECULAR MÉDIO DO POLÍMERO

Acadêmicos: Andréia Ramos Partata


Raquel Duarte Teruel

Orientador: Prof. Daniel Tostes Oliveira

Instituição: Universidade Federal de Uberlândia - Faculdade de Engenharia Química

Órgão Financiador: FEQUI/UFU

Na Engenharia Química, os fenômenos de difusão são encontrados em várias áreas de atuação, como nos projetos de equipamentos de separação (extração líquido-líquido, absorção gasosa, lixiviação e destilação) ou no controle de reações ácido-base e corrosão superficial em indústrias metalúrgicas. Para o conhecimento dos fenômenos de difusão é importante um estudo detalhado do coeficiente de difusão de uma substância em outra. No caso de soluções poliméricas o conhecimento do coeficiente de difusão em várias concentrações possibilita ainda ter um parâmetro que permite conhecer o peso molecular médio do polímero. Neste trabalho foi determinado o coeficiente de difusão no sistema polímero-solvente, utilizando para tal soluções de polietileno glicol em água, em várias concentrações de polímero. Posteriormente obteve-se o coeficiente de difusão em diluição infinita o qual permitiu obter o peso molecular do polímero .O valor encontrado foi comparado com aqueles determinados por correlações de amplo aceite na literatura e os desvios foram analisados. Para a obtenção do coeficiente de difusão foi utilizado o equipamento denominado de Célula a Diafragma Poroso que consiste de 2 compartimentos cilíndricos de 5x10-2 m de diâmetro e 14x10-2 m de comprimento, separados pôr uma membrana permeável de polisulfona. Os rservatórios continham as soluções poliméricas e o soluto difundia de uma solução para outra através da membrana. O equipamento é de fácil manuseio, fabricação simples porém de alta eficácia como ficou provado pelos valores obtidos. Os resultados encontrados apresentaram desvios na faixa de 5% permitindo concluir ser este um método bastante simples e rápido.

Área de Conhecimento: Ciências Exatas e da Terra

Palavras-chave: Coeficiente de Difusão Célula a Diafragma Poroso Peso Molecular do Polímero

DETERMINAÇÃO DO TEOR DE UMIDADE, PH, E PARÂMETROS FÍSICOS

NO LIXO ORGÂNICO DA CIDADE DE DELTA

Acadêmico: Eduardo Lasmar Rezende Silva

Orientadora: Profª Drª Vilma Reis Terra

Instituição: Universidade de Uberaba



Nas últimas décadas, tem-se observado uma maior urbanização da população brasileira com o avanço da tecnologia, ocasionando um aumento no volume de lixo gerado, resultando em problemas ambientais sérios, provenientes da má distribuição espacial desse resíduo e também da deficiência de seu aproveitamento. Devido às conseqüências surgidas em função disso, recentemente os estudiosos do assunto, por causa da necessidade crescente da natureza, têm se empenhado, em reverter ou pelo menos amenizar estes problemas utilizando técnicas como a compostagem. A compostagem de resíduos orgânicos é um dos métodos mais antigos de reciclagem, pelo qual a matéria orgânica é transformada em fertilizante orgânico. Tal processo proporciona o retorno ao solo, da matéria orgânica e nutrientes ao solo através da decomposição biológica aeróbia do substrato orgânico, sob condições que permitam o desenvolvimento natural de altas temperaturas, com a formação de um produto suficientemente estável, tanto para armazenamento, como para aplicação ao solo. A partir de amostras coletadas na usina de compostagem, localizada no município de Delta, a qual recebe cerca de 1,5 toneladas de lixo por dia, e depois de passar por um processo de catação, principalmente para separação de plásticos e latas, o lixo é tratado com um mistura de fungos e bactérias denominadas biocatalisadores. Este processo apresenta uma vantagem em relação ao processo convencional, pois, trata-se de uma compostagem acelerada, uma vez que realiza a decomposição da matéria orgânica e sua transformação em húmus com um tempo hábil de 72 horas e além disso, viabiliza o lixo para uso na agricultura como adubo, trazendo um retorno econômico. Este trabalho teve a finalidade de medir a temperatura da leira, determinação do teor de umidade, pH, preparo da amostra, caracterizando, assim, a composição do produto durante o processo. Para a determinação de umidade, pesou-se 100g do lixo, secou-se na estufa a 60 Cº, até peso constante. A temperatura foi medida “in loco”, na hora da coleta através de um termômetro digital de 1,10 m de comprimento, sendo as medições feitas no topo, meio e base, em quatro partes da leira. O pH também foi medido na hora da coleta, determinando-se o pH em uma porção do lixo, em meio aquoso. Os valores de umidade variaram-se entre 53 % no início a 16% no final da compostagem. O teor baixo justifica-se pelo longo tempo de exposição do lixo ao ar, uma vez que este material foi preparado para que a obtenção do material compostado fosse somente de 72 horas, mas foi monitorado por 75 dias. Até 7 dias de compostagem, o lixo manteve-se dentro do ideal, que é de 40 % a 60 % de umidade. Nas compotagens convencionais, o pH é ácido no início e alcalino no final, devido a formação do nitrogênio amoniacal. Em função da mistura catalisadora, o pH manteve-se constante e neutro, durante todo o processo. A temperatura da leira, enquadra-se dentro do intervalo estipulado pela literatura, de 40Cº a 60Cº. Temperaturas altas no início são indicativas de fermentação que resultará num produto estabilizado. Até 21 dias de compostagem a temperatura permaneceu alta, abaixando lentamente depois. No processo convencional, a compostagem demanda por volta de 70 dias, enquanto neste trabalho, a demanda é maior de que 72 horas, ultrapassando a proposta prevista. Pode-se concluir que 72 horas o lixo não encontra-se compostado totalmente, ou seja, toda matéria orgânica não foi transformada em húmus.

Área do conhecimento: Ciências Exatas e da Terra


Palavras-chave: compostagem, adubo organo-mineral, fração orgânica do lixo

ESTIMATIVA DO FÓSFORO NO SOLO USANDO METODOLOGIA DE SUPERFÍCIE DE TENDÊNCIA

Acadêmico: Jader Alves de Oliveira

Orientador: Prof. Dr. Ednaldo Carvalho Guimarães

Co-orientador: Prof. Dr. Marcelo Tavares

Instituição: Universidade Federal de Uberlândia – FAMAT

Órgão Financiador: FAPEMIG

A tecnificação que a agricultura vem experimentando nos últimos tempos, tem exigido que os atributos do solo relacionados com a produtividade sejam descritos e estimados de forma detalhada. Uma das possíveis metodologias de estudos detalhados é o mapeamento do atributo e o uso da agricultura de precisão. O fósforo é um elemento químico importante para o desenvolvimento da cultura do café, sendo que esta configura-se como uma das principais culturas agrícolas da Região do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba. O objetivo deste trabalho foi o de aplicar a metodologia de superfície de tendência para estimar e mapear o fósforo presente em uma cultura de café do município de Patrocínio-MG. Selecionou-se uma área de 2475 m² e coletou-se 31 amostras georeferenciadas no campo. Avaliou-se a quantidade de fósforo em cada ponto amostral. O ajuste da superfície de tendência foi feito por meio de regressão múltipla. O modelo que se ajustou aos dados foi o linear com P=2,911+0,209*X+0,0785*Y-0,0019*X*Y e R2=91%. Verifica-se que a metodologia de superfície de tendência pode ser aplicada na estimativa de atributos dos solos e este mapeamento é uma das fases de grande importância na agricultura de precisão.

Área de Conhecimento: Ciências Exatas e da Terra

Palavras-chave: Superfície de Tendência, Regressão Múltipla, Agricultura de Precisão

ESTUDO DA RELAÇÃO ENTRE AS VARIÁVEIS 'DÓLAR' E 'SOJA' -

COMO ESTA RELAÇÃO AFETA A VIDA DO CIDADÃO COMUM

Acadêmico: Tatiana Venticinco

Orientador: Prof. Dr. Mário Hissamitsu Tarumoto

Instituição: Universidade Estadual Paulista - FCT - Presidente Prudente/ SP


Este trabalho tem como objetivo principal estudar a relação existente entre as variáveis “dólar” e “soja” no período de Janeiro de 1998 à Dezembro de 2002. A escolha da soja para este estudo justifica-se pela alta relevância deste produto como matéria-prima na produção de produtos da cadeia alimentar (óleo de cozinha, leite de soja, etc ..), afetando, portanto, classes sociais mais baixas da sociedade. Os estudos da variação e da relação existentes entre estas variáveis, bem como as atividades comerciais envolvidas nestes (importação, exportação), são abordados utilizando-se da Estatística Descritiva. Os dados observados referentes à taxa cambial e à produção, comercialização e variação do preço da soja no mercado interno e externo, foram contrastados e ilustrados por meios gráficos, com enfoque aos de séries temporais, nos dando um prelúdio, já esperado, da forte influência do dólar nessas relações comerciais supra citadas. Tais estudos evidenciaram que as variações em produtos de consumo comum, como a soja, têm como fator indutor a variação do câmbio. Este, por sua vez, sofre uma notória influência da globalização, vigente no sistema econômico, político e comercial em que nos encontramos hoje em dia. Globalização designa o conjunto de mudanças que abarcam as economias modernas e que se manifestam em diversas esferas da vida pública e privada. As transformações das forças produtivas, das relações de produção, dos sistemas institucionais e dos sistemas político-ideológicos formam o processo de globalização mundial. O trabalho visa mostrar a fragilidade econômica existente e a influência da variação do câmbio na vida do cidadão comum. Para tanto, nosso objeto de comparação com o câmbio neste artigo, como já mencionado, é a soja. Porém pretendemos estender este estudo para outras variáveis relacionadas com o dia-a-dia e com o social, no intuito de entender e questionar os mecanismos envolvidos nas questões supra citadas.

Área de Conhecimento: Ciências Exatas e da Terra

Palavras-chave: câmbio, soja, cidadão


SIMULAÇÕES COMPUTACIONAIS DE FRATURAS EM MATERIAIS FIBROSOS

Acadêmicos: Viviane Oliveira Soares

Orientador: Prof. Romuel Figueiredo Machado

Co-orientador: Prof. Américo T. Bernardes

Instituição: Universidade Federal de Ouro Preto

Órgão Financiador: PIP/UFOP, CNPq, FAPEMIG


Pode-se definir o material compósito como uma combinação macroscópica de dois ou mais elementos quimicamente diferentes, tendo uma interface entre eles. Estes materiais são, geralmente, constituídos de duas fases descontínuas: o material de reforço e a matriz. O material de reforço dá ao compósito suas principais características mecânicas e a matriz tem a função de mantê-lo unido e orientado em posição propícia. Estamos interessados no reforço fibroso, pois o material é mais resistente e rígido sob a forma fibrosa do que qualquer outra forma. Esses materiais têm uma grande variedade de aplicações, mas apresentam complicados mecanismos de fratura. Assim, cada vez mais pesquisas têm sido feitas para melhor entender o estes mecanismos. Nosso objetivo é estudar um modelo de feixe de fibras que busca descrever o processo de fratura de um material fibroso, podendo assim classificar os vários regimes envolvidos no processo de fratura desse tipo de material. Para isso utilizamos modelos computacionais, que se mostram importantes, principalmente pelo fato das aproximações analíticas exigidas no estudo de fratura desses materiais serem muito difíceis de se obter. Em geral, a fratura de um material pode ser classificada em duas categorias gerais: frágil e dúctil. A fratura dúctil é caracterizada pela ocorrência de uma apreciável deformação plástica antes e durante a propagação da trinca. A fratura frágil é caracterizada por uma rápida propagação da trinca, com nenhuma deformação macroscópica e muito pouca microdeformação. O modelo desenvolvido considera a influência da temperatura e da velocidade de tração sobre os processos de fratura, além disso apresenta os dois tipos básicos de distribuição de cargas: global e local. Obtivemos diagramas do tipo tensão vs. deformação, bem como freqüência vs. tamanho das trincas, que se formam no material fibroso, dados importantes para descrevermos as características de ruptura do material.

Área de conhecimento: Ciências Exatas e da Terra


Palavras-chave: fratura, compósitos, materiais fibrosos.

SíNTESE DE TELUROACETILENOS E TELUROACETILENOS DIHALOGENADOS E A ELUCIDAçãO DA ESTRUTURA UTILIZANDO DIFRATOMETRIA DE RAIOS-X.

Acadêmico: Laura Maia Mairink (Bolsista do PIC)

Orientador: Prof. Dr. Mauro Luiz Begnini

Instituição: Universidade de Uberaba - Farmácia Industrial

Órgão Financiador: PAPE/ PIC - UNIUBE.

A química orgânica sintética do telúrio emergiu realmente nos últimos anos contribuindo dessa maneira para o avanço da química orgânica. Constantemente surgem novos métodos de preparação levando a novas classes de compostos orgânicos de telúrio. Entre as classes de moléculas orgânicas que possuem grupamento organotelúrio ligado, os teluretos vinílicos vem merecendo maior destaque, devido à importância que tem sido demonstrada principalmente nas reações de deteluração. teluroacetilenos. Esses compostos podem sofrer reação de halogenação quando tratados com cloreto de sulfurila ou iodo, originando os derivados teluroacetilenos diclorados ou diiodados, os quais, alguns dos mesmos são compostos sólidos e muito estáveis.Neste trabalho foi realizado um estudo visando a síntese de novos compostos derivado de telúrio, os quais possuem aplicação como intermediários na síntese de moléculas mais complexas com atividades biológicas. Utilizando-se a metodologia acima descrita foram sintetizados dois compostos, onde até o presente momento apenas a estrutura de um deles foi possível confirmar utilizando a cristalografia de raios-x. O derivado diclorado do 1-telurobutil hexino foi isolado, no entanto a sua estrutura ainda não foi confirmada de forma conclusiva. Já o derivado diclorado do 1-telurobutil fenilacetileno foi obtido, purificado e sua estrutura completamente elucidada.Com os cristais do composto foi realizado a difratometria de raio-x (UFSCar – SP), onde foi elucidado de forma complementar a estrutura química do composto. A estrutura contém dois átomos de cloro ligados ao átomo de telúrio, os quais podem ser visualizados na figura do ORTEP da difratometria de raios -x.

Área de Conhecimento: Ciências Exatas e da Terra

Palavras-chave: Compostos organotelúrio, Cristalografia, Difratometria.



UMA INTERFACE MINERADORA DE DADOS UTILIZANDO GTK E PROGRAMAÇÃO C

Acadêmicos: Daniel Henrique de Oliveira Souza


Luiz Carlos Felix Carvalho

Orientadora: Prof. Dra. Sandra de Amo

Instituição: Universidade Federal de Uberlândia - FACOM

Órgão Financiador: Universidade Federal de Uberlândia

A utilização da ferramenta GTK para implementação de interfaces gráficas permite a construção de softwares voltados ao mercado e de baixo custo. O objetivo deste trabalho é a apresentação do protótipo de um sistema minerador de dados que agregue conhecimento a partir de um conjunto de informações de clientes. A proposta é apresentar a interface xMiner, desenvolvida pelos bacharelandos, além da utilização do algoritmo GSP, responsável pela mineração de padrões seqüenciais, implementado por mestrandos na área de Mineração de Dados da UFU. Foi utilizada a linguagem de programação C vinculada ao GTK na construção do código e de rotinas responsáveis na comunicação entre interface e algoritmo de mineração. O GTK é um software aberto disponível sob licença GNU General Public License (GPL).

Área do conhecimento: Ciências Exatas e da Terra


Palavras-chave: Data Mining, GTK, Banco de dados, C.

USO DE CATALISADORES A BASE DE ÓXIDOS MISTOS DE CÉRIO/ZIRCÔNIO PARA PRODUÇÃO DE GÁS DE SINTESE.

Acadêmico: Fabiano de Almeida Silva (bolsista)

Priscila Pereira Silva (bolsista)

Cleuber Galante Sousa (bolsista)

Orientadora: Profª Carla Eponina Hori

Co-orientadores: Profª Lisiane Vieira Mattos

Prof. Fabio Bellot Noronha

Instituição: Universidade Federal de Uberlândia - Faculdade de Engenharia Química.

Órgão Financiador: CNPq

Grande parte das reservas de gás natural estão localizadas em regiões remotas, distantes dos centros consumidores. As rotas de conversão química do gás natural são uma alternativa para a viabilização econômica do aproveitamento destas reservas. Estas rotas, conhecidas pela sigla GTL (gas to liquids), consistem em transformar o metano, principal constituinte do gás natural, em combustíveis líquidos como gasolina e diesel, através de um processo catalítico. A rota GTL tradicional envolve a geração do gás de síntese (mistura de H2 e CO), a produção de hidrocarbonetos via síntese de Fischer-Tropsch (FT) e o craqueamento para gerar as frações de gasolina e diesel. Na busca de catalisadores mais adequados para a transformação do metano em gás de síntese, o óxido misto Ce-ZrO2 tem sido testado devido à sua alta redutibilidade e capacidade de transferência de oxigênio. Este trabalho visou a preparação de catalisadores baseados em óxidos mistos de cério-zircônio com maior área superficial para possibilitar a melhor dispersão do metal. Para isto, introduziu-se a alumina com o objetivo de aumentar a área disponível. Os catalisadores foram preparados por co-precipitação (Pt/CeZrO2/Al2O3(prec)) e co-impregnação (Pt/CeZrO2/Al2O3(imp)). Para efeito de comparação, foram preparados também os catalisadores Pt/CeO2/Al2O3 e Pt/Al2O3. Os resultados de difração de raios X mostraram a formação de uma solução sólida de cério e zircônio, independentemente da técnica de preparação. As análises de infravermelho de CO2 mostraram que a impregnação foi mais efetiva em dispersar o óxido misto de cério-zircônio na superfície da alumina do que a co-precipitação. As medidas da capacidade de armazenamento de oxigênio confirmaram este resultado. As análises de redução a temperatura programada mostraram que a promoção da redução do óxido de cério pela platina foi mais efetiva no catalisador Pt/CeZrO2/Al2O3(imp). Este resultado é coerente com os obtidos pelas outras técnicas de caracterização e do teste catalítico. Através destes testes, observou-se que a amostra Pt/CeZrO2/Al2O3 (imp) manteve uma boa atividade seletividade e estabilidade para conversão de metano durante 24 horas. Todos os outros catalisadores mostraram uma atividade similar no início do teste, porém desativaram fortemente alcançando ao final do período de 24 horas uma conversão de metano de apenas 20%. Área do conhecimento: cinética química e catálise.

Área de Conhecimento: Ciências Exatas e da Terra

Palavras-chave: gás de síntese, óxidos mistos de cério-zircônio, oxidação parcial do metano.


1   2   3   4   5   6   7   8   9   10   ...   19


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal