Departamento de biologia celular, embriologia e genética



Baixar 12.9 Kb.
Encontro07.08.2016
Tamanho12.9 Kb.
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS


DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA CELULAR, EMBRIOLOGIA E GENÉTICA


CURSO DE GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA

CURRÍCULO 2003-2



Programa de Ensino
I - IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA:

NOME: Genética Geral CÓDIGO: BEG 5438

Nº DE HORAS-AULA SEMANAIS: 05 (03 Teóricas, 02 Práticas)

Nº DE HORAS-AULA SEMESTRAIS: 75

HORÁRIO: Teórica 507303. Prática: Turma A: 608202; Turma B: 6110102; Turma C: 613302

II - PROFESSOR RESPONSÁVEL:

Giorgini Augusto Venturieri e Milton Divino Muniz


III - PRÉ-REQUISITO (S):

BEG5109
IV - OFERTA:

Curso de Agronomia - Turma 0386
V - EMENTA:
Célula: mitose e meiose. Herança cromossômica. Mendelismo. Herança relacionada ao sexo. Linkage e mapas cromossômicos. Mutações. Alelos múltiplos. Populações. Herança citoplasmática. Bases químicas da herança. Aberrações cromossômicas. Heteroploidia
VI - OBJETIVOS:

Fornecer ao aluno embasamento teórico para compreensão da genética ao nível molecular, cromossômico e populacional, com vistas a posterior aplicação em melhoramento animal, melhoramento vegetal e biotecnologia.


VII - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

1. Introdução: Conceitos básicos e históricos

2. Genética Molecular

2.1 Identificação, estrutura e síntese do material genético.

2.2 Código genético e síntese protéica

2.3 Regulação gênica

2.4 Mutações gênicas

3. Citogenética

3.1 Cromossomos, a divisão celular e a distribuição independente dos caracteres

3.2 Aberrações cromossômicas numéricas

3.3 Aberrações cromossômicas estruturais

4. Transmissão do material genético

4.1 Princípios mendelianos e a probabilidade de eventos independentes

4.2 Alelismo múltiplo e interação gênica

4.5 Determinação do sexo e herança relacionada ao sexo

4.6 Herança extracromossômica

4.7 Ligação e crossing-over

4.8 Mapeamento genético

5. Genética Quantitativa

5.1 A distribuição binomial e a hipótese dos fatores múltiplos

5.2 Heterose e sua aplicação

5.3 Variância e parâmetros genéticos

6. Genética de Populações

6.1 Frequências alélicas

6.2 Equilíbrio de Hardy-Weinberg e fatores que o alteram
VIII - METODOLOGIA DE ENSINO:

Haverá aulas expositivas, dialogadas, com utilização de material audiovisual e incentivo a visitas em sites da Internet. As atividades práticas previstas no cronograma constarão de: a) Oficinas de fixação dos conhecimentos teóricos (resolução de exercícios, aplicação de jogos educativos, exibição de vídeos e debates, indução de mutação com colchicina em flor-de-maio); b) Execução de experimentos de genética mendeliana com Drosophila melanogaster seguido da elaboração de um relatório sobre os resultados.


IX - AVALIAÇÃO:

A freqüência suficiente (>75%) é absolutamente necessária para que o aluno seja avaliado no final do semestre. Para os alunos que tiverem freqüência insuficiente será atribuída a nota zero (parágrafo 2° do artigo 69 do Regulamento dos Cursos de Graduação da UFSC).

Haverá 3 avaliações escritas, previamente marcadas. Os alunos receberão uma quarta nota pela apresentação do relatório das aulas práticas com drosófila. A média das 3 avaliações escritas principais terá peso de 80%, e a nota do relatório terá peso de 20%.

X - NOVA AVALIAÇÃO OU RECUPERAÇÃO:

Isenta, conforme o Regulamento dos Cursos de Graduação da UFSC.


XII - REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BÁSICAS:



GRIFFITHS, A.J.; MILLER, J.H.; SUZUKI, D.T.; LEWONTIN, R.C. & GELBART, W.M. Introdução à Genética. 7° edição, Rio de Janeiro - Guanabara Koogan - 2002.



RAMALHO, M.; SANTOS, J. B. & PINTO, C. B. Genética na Agropecuária. 2ª ed. São Paulo, Globo/FAEPE, 1990.

Obs. O plano de ensino, links para pesquisa, orientações sobre o relatório do experimento sobre drosófila, textos ilustrativos para os debates e todas as transparências usadas em sala de aula estão no site www.ccb.ufsc.br/~giorgini


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal