Departamento de letras a epifania em clarice lispector achilles cleto cabral da luz



Baixar 278.74 Kb.
Página1/8
Encontro02.08.2016
Tamanho278.74 Kb.
  1   2   3   4   5   6   7   8




U

NIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO



CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO

DEPARTAMENTO DE LETRAS

A EPIFANIA EM CLARICE LISPECTOR

ACHILLES CLETO CABRAL DA LUZ

Recife, 10 de Julho de 2009

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

CENTRO DE ARTES E COMUNICAÇÃO

DEPARTAMENTO DE LETRAS

ACHILLES CLETO CABRAL DA LUZ

A EPIFANIA EM CLARICE LISPECTOR

Orientadora: Profa. Dra.: LUCILA NOGUEIRA RODRIGUES


RECIFE

2009

ACHILLES CLETO CABRAL DA LUZ

A EPIFANIA EM CLARICE LISPECTOR

Monografia apresentada à Coordenação do Curso de Letras da UFPE, como requisito para obtenção do título de bacharel em Letras, com ênfase em Crítica Literária.

Orientadora: Profa. Dra.: LUCILA NOGUEIRA RODRIGUES

RECIFE


2009
ACHILLES CLETO CABRAL DA LUZ

A EPIFANIA EM CLARICE LISPECTOR


Monografia apresentada à Coordenação do Curso de Letras da UFPE, como requisito para obtenção do título de bacharel em Letras, com ênfase em Crítica Literária·.


Aprovado em ________/_______/________
_____________________________________________

Orientadora: Profa. Dra.: LUCILA NOGUEIRA RODRIGUES

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO

____________________________________________

Prof

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO


____________________________________________

Prof

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO



D

EDICATÓRIA



Dedico este trabalho à minha família, que me apoiou nos momentos mais difíceis.


AGRADECIMENTOS

Às professoras Dras. LUCILA NOGUEIRA e DILMA LUCIANO pelas orientações deste trabalho e pelas atenções dispensadas no convívio acadêmico.

A todos os professores do curso, que souberam transmitir seus conhecimentos e, sobretudo, sabedoria.



"Por vezes sentimos que aquilo que fazemos não é senão uma gota de água no oceano. Mas o oceano seria menor se lhe faltasse uma gota."

(Madre Teresa de Calcutá)


RESUMO

O objetivo deste trabalho foi fazer uma revisão bibliográfica acerca do fenômeno chamado epifania, ocorrido no conto “Amor”, de Clarice Lispector, bem como a transformação a qual passava Ana, uma simples doméstica, após se deparar com um deficiente visual. Pretende-se, também, pontuar alguns aspectos do conto, mostrando seus precursores, além de situar o conto brasileiro e seus principais contistas. Assim, primeiramente, foram dados conceitos e definições sobre o texto narrativo e a estrutura do conto, mostrando os principais contistas brasileiros. Após, foi apresentada a escrito Clarice Lispector e a epifania comum em suas narrativas. Por fim, foi feita uma análise da epifania contida no conto Amor, de Clarice Lispector. A fundamentação teórica pauta-se na observação de textos de pesquisadores que se dedicaram à análise da vida e obra de Clarice Lispector, a exemplo de Olga de Sá, em A escritura de Clarice Lispector (1979), Vera Lúcia Cardoso Medeiros, em Conto de Clarice Lispector: projeções para além do narrado (2003), etc. Com esta pesquisa, concluiu-se que, nas narrativas de Clarice Lispector, o autor é projetado para um mundo além daquele narrado nas páginas de suas obras, levando-o a questionamentos internos de descobertas e inquietações.



Palavras-chave: Conto. Clarice Lispector. Epifania.


ABSTRACT

This study discuss the phenomenon called epiphany happened in the story "Love" by Clarice Lispector and the transformation which was Ana, a simple housewife, having to face a blind man chewing gum. It is also scoring some aspects of the story, showing their precursors, and situating the tale and its main Brazilian authors. So first, were given concepts and definitions about the narrative text and structure of the story, showing the main Brazilian authors. After, was presented in writing Clarice Lispector and common epiphany their narratives. Finally, an analysis was made of epiphany in the love story of Clarice Lispector. The theoretical foundation was based on the observation of texts by researchers who are dedicated to the analysis of the life and work of Clarice Lispector, like Olga de Sá in the writing of Clarice Lispector (1979), Vera Lúcia Cardoso Medeiros, in Clarice Lispector tale: projections beyond the narrated (2003) etc.. With this research, the conclusion was that in the narratives of the author Clarice Lispector is designed for a world beyond that described in the pages, but the author takes the internal questions, discoveries and concerns.



Key-words: counting. Clarice Lispector. Epiphany.

SUMÁRIO



INTRODUÇÃO 11

1 O TEXTO NARRATIVO E A ESTRUTURA DO CONTO 14

1.1 Histórico do Conto 14



1.2.1 Principais contistas brasileiros 15

1.2.2 O conto como narrativa 17

2 CLARICE LISPECTOR E A EPIFANIA 20

2.1 A escritora Clarice Lispector 21



3 A EPIFANIA EM CLARICE LISPECTOR 40

3.1 Conceito de epifania 40

3.2 As Obras de Clarice Lispector 48

3.3 A epifania no conto “Amor” 54

3.4 Análise detalhada do Conto Amor 59

CONCLUSÃO 71

BIBLIOGRAFIA 73




  1   2   3   4   5   6   7   8


©principo.org 2016
enviar mensagem

    Página principal