Departamento de teologia



Baixar 0.9 Mb.
Página1/18
Encontro29.07.2016
Tamanho0.9 Mb.
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   18
CES – CENTRO DE ESTUDOS SUPERIORES DA COMPANHIA DE JESUS

INSTITUTO SANTO INÁCIO – FACULDADE DE FILOSOFIA E TEOLOGIA

DEPARTAMENTO DE TEOLOGIA

EDWARD NEVES MONTEIRO DE BARROS GUIMARÃES



CRISTIANISMO E MODERNIDADE

A CRISE DO CRISTIANISMO PRÉ-MODERNO E AS PISTAS

PARA SUA CONFIGURAÇÃO ATUAL NA OBRA DE TORRES QUEIRUGA

Dissertação de Mestrado

Orientador: Prof. Dr. João Batista Libanio

BELO HORIZONTE

2006


Agradecimentos

A Deus pelo amor infinito, luz agápica e presença afirmativa, manifestado, de modo pleno, em Jesus de Nazaré e experimentado pelo dom do Espírito Santo.

A Torres Queiruga, pela capacidade de expressar e alimentar, com entusiasmo e profundidade teológica, a alegria da experiência desse amor e pelo empenho hercúleo em busca de configuração libertadora e companheira da experiência cristã.

A João Batista Libanio, amigo e irmão do “Caminho”, pela motivação, imprescindíveis intuições, lições e paciência de sábio e mestre. Mas, especialmente, transmitidas com sabor, estímulo e simplicidade fraternos.

Ao Centro de Estudos Superiores que, com seus brilhantes professores e atenciosos funcionários, acolheu e acompanhou meus passos acadêmicos de 1989 a 1991 e de 1993 a 1996 e, nos tempos do mestrado, de 2004 até o dia de hoje...

Aos alunos e alunas dos cursos de teologia para leigos, que acolheram na fé, com entusiasmo e alegria no coração, as intuições teológicas aqui sistematizadas.

A Heloisa, mãe querida, especialmente, porque, em minha existência, foi o “sacramento primeiro” e a mediação direta do “Amor de Deus”. Seu modo de ser e de viver a fé cristã fez “vir à luz” pela primeira vez o gosto e o encantamento pelo mistério de Deus.

A Andréa, companheira de todas as horas, pela compreensão e palpável mediação cotidiana do que afirmo na fé.

Com gratidão e estima,

Edward Neves M. B. Guimarães

__________________________

Belo Horizonte, 04 de junho de 2006



Festa de Pentecostes

RESUMO

A dissertação tem como objetivo demonstrar que a experiência cristã tem algo fundamental, definitivo e universal a dizer a todo ser humano a cerca de Deus e do próprio homem. Segundo Torres Queiruga, as mudanças culturais da Modernidade colocaram em crise a configuração antiga do cristianismo. Daí a necessidade de profunda revisão e atualização na compreensão dos conceitos e da linguagem religiosa. Estuda-se a possibilidade, em atitude de fidelidade às fontes, de outra configuração capaz de revigorar e restaurar a vitalidade da experiência de Jesus de Nazaré.




PALAVRAS-CHAVES: CRISTIANISMO, CRIAÇÃO, REVELAÇÃO, SALVAÇÃO, MODERNIDADE, AUTONOMIA, HISTORICIDADE, PARADIGMA, MUDANÇA, CRISE, RECONHECIMENTO, NECESSIDADE, POSSIBILIDADE, ASSIMILAÇÃO ASSIMÉTRICA, ABERTURA, CORAGEM, EMPENHO, REPENSAR, FIDELIDADE, OUSADIA.


RÉSUMÉ

La dissertation a comme but faire voir que l’expérience chrétienne a quelque chose de fondamental, définitif et universel à dire à tout être humain au sujet de Dieu et de l’homme lui-même. Selon Torres Queiruga, les changements culturels de la Modernité ont mis en crise la configuration anciennne du christianisme. D’où la necéssité d’une profonde révision et actualisation dans la compréhension des concepts et du langage religieux. On étudie la possibilité, en attitude de fidélité aux sources, de l’autre configuration capable du révigorer et restaurer la vitalité de l’expérience du Jésus de Nazareth.




MOTS CLÉS: CHRISTIANISME, CRÉATION, RÉVÉLATION, SALUT, MODERNITÉ, AUTONOMIE, HISTORICITÉ, PARADIGME, CHANGEMENT, CRISE, RECONNAISSANCE, NÉCESSITÉ, POSSIBILITÉ, ASYMÉTRIQUE ASSIMILATION, OUVERTURE, COURAGE, ENGAGEMENT, REPENSER, FIDÉLITÉ, AUDACE.

ÍNDICE GERAL

Introdução ......................................................................................................................

I – A crise da configuração pré-moderna do cristianismo ........................................


    1. O cristianismo pré-moderno ................................................................................

    2. O surgimento da Modernidade .............................................................................

      1. A novidade radical da mudança e as implicações para a fé cristã ..............

      2. Surgimento de nova consciência ................................................................

    3. O embate entre cristianismo e Modernidade .......................................................

      1. A crise do cristianismo diante da mudança cultural ...................................

      2. Horizonte de diálogo entre cristianismo e Modernidade ............................

      3. Perigos e ingenuidades diante da Modernidade .........................................

      4. O ateísmo e secularização ..........................................................................

    4. O reconhecimento da necessidade de repensar o cristianismo ............................

      1. Positividade e irreversibilidade da nova consciência .................................

      2. Reconhecimento e necessidade de nova expressão cultural .......................

      3. Enfrentar o desafio da assimilação assimétrica dos novos dados ..............

      4. Os cuidados diante do novo ........................................................................

    5. A tarefa inalienável da teologia ...........................................................................

      1. A teologia na mudança da cultura ..............................................................

      2. Repensar o próprio papel da teologia .........................................................

Conclusão ........................................................................................................................



II – Elementos teológicos que reforçam a gravidade da crise da configuração pré-moderna do cristianismo segundo análise crítica de Torres Queiruga ................

    1. Compreensão pré-moderna da relação Deus-mundo ...........................................

      1. Compreensão pré-moderna da relação Deus-mundo, do agir de Deus-Criador e as conseqüências para a fé cristã ................................................

      2. Compreensão pré-moderna religiosa do problema do mal e as conseqüências para a fé cristã ....................................................................

      3. Compreensão pré-moderna do Deus carente de serviço e louvor e as conseqüências para a fé cristã ....................................................................

    2. Compreensão pré-moderna da relação do ser humano com Deus .......................

    3. Compreensão pré-moderna da linguagem religiosa .............................................

      1. Aproximação crítica ao sentido da linguagem em geral e a especificidade e problematização da linguagem religiosa .................................................

      2. O problema da linguagem religiosa na Modernidade ................................

    4. A gravidade da crise em pilares estruturantes da experiência cristã ...................

      1. Análise crítica da compreensão pré-moderna de salvação .........................

      2. Análise crítica da compreensão pré-moderna de revelação .......................

Conclusão ........................................................................................................................
III – Pistas para uma configuração atual do cristianismo .........................................

3.1 A Posição de Torres Queiruga diante dos pontos criticados acima .....................

3.1.1 “Outra” compreensão da relação de Deus-mundo .....................................

3.1.1.1 “Outra” concepção de Deus e de seu agir no mundo ....................

3.1.1.2 “Outra” compreensão da problemática do mal ..............................

3.1.1.3 “Outra” compreensão da relação de Deus com o ser humano .......

3.1.2 “Outra” compreensão da relação do ser humano com Deus ......................

3.1.2.1 “Outro” sentido para a oração cristã ..............................................

3.1.2.2 “Outro” jeito de ser cristão ............................................................

3.1.3 “Outra” compreensão da linguagem religiosa ...........................................

3.1.3.1 “Outro” jeito de compreender a linguagem religiosa ....................

3.1.3.2 O desafio de “outra” linguagem da ação divina ............................

3.1.3.3 O caminho da superação da leitura literalista da Escritura ............


    1. “Outra” compreensão dos pilares da experiência cristã .......................................

      1. “Outra” concepção de salvação ..................................................................

        1. O amor salvífico de Deus por nós no centro de tudo .....................

        2. O cristianismo como sacramento do amor gratuito de Deus ..........

        3. A importância da mudança na idéia de Salvação ...........................

        4. Uma teologia afirmativa a partir do Deus criador-salvador ...........

      2. “Outra” concepção de revelação ................................................................

        1. O esforço supremo do amor divino na mediação do esforço e realização humanos ........................................................................

        2. Possibilidades alvissareiras ............................................................

        3. “Outra” objetividade na compreensão da Revelação .....................

    2. Ensaio prospectivo de “outra” configuração do cristianismo ..............................

      1. Um cristianismo liberto de todo particularismo estreito ............................

      2. Um cristianismo aberto ao diálogo com as outras tradições religiosas em prol da humanidade ....................................................................................

      3. Um cristianismo mais comprometido com o mundo ..................................

      4. Um cristianismo aberto ao diálogo com as demais buscas culturais ..........

      5. Um cristianismo mais companheiro ...........................................................

Conclusão Final ..............................................................................................................

Bibliografia ......................................................................................................................



07


10

10

15



18

19

24



24

27

30



31

34

35



36

39

43



45

45

52



59

60

61


62
71
76

79

83


83

86

90



90

98

101


103

105


106

106


114

125


128

129


133

135


136

137


139

139


141

142


142

144


145

148
148

152

155


158

159
161

164

165


165

168


175




Compartilhe com seus amigos:
  1   2   3   4   5   6   7   8   9   ...   18


©principo.org 2019
enviar mensagem

    Página principal